Image
Polícia feminina de Dubai ganha Ferrari FF (Foto: Karim Sahib / AFP)

Os BMW da polícia alemã ou os Alfa Romeo da polícia italiana não chegam nem perto.

Vejam só: a polícia feminina que patrulha os bairros mais turísticos e mais ricos do riquíssimo emirado de Dubai está dirigindo uma Ferrari FF, e a masculina, um Lamborghini Aventador LP 700-4.

Embora o Aventador alcance uma velocidade máxima de 217 quilômetros por hora, e a Ferrari 335 quilômetros por hora, não se espera, realmente, perseguições cinematográficas nas ruas da cidade. O regime ditatorial do emirado não inspira a que se cometam muitas infrações graves.

Image
Não é a primeira vez que um Lamborghini foi inscrito por uma força de polícia. Veja na foto abaixo

De todo modo, são dois os motivos declarados da frota de supermáquinas recém-adquiridas: inibir alta velocidade nas ruas e estradas (porque na meca econômica do deserto, cidadãos e turistas também dirigem supermáquinas de alta potência) e promover a capital dos endinheirados.

Image
Em 2008, um Lamborghini Gallardo LP 560-4 ingressou na Polícia italiana

A Ferrari FF custa a bagatela de 550.000 dólares,  e o Lamborghini pouco mais de 375.000 — lá, onde tudo é muito mais barato pela ausência quase total de impostos. No Brasil, nem se fale.

Nenhuma alteração foi feita para o pacote mecânico dos carros, mas seus interiores estão equipados com um avançado sistema de monitoramento de vídeo, GPS, radares e outros dispositivos da polícia. Um conjunto obrigatório de luzes de alerta típicas também foi colocado no teto dos carrões.

[cmsvideo id=”bd428d3ff30797d29d642ce6420d3a53″]

Image
Nissan GT-R, da polícia de Abu Dhabi

Até agora, o título de mais rápido carro de polícia no Golfo Pérsico está sendo disputado com a Ferrari de Dubai por um Nissan GT-R, da frota de de Abu Dhabi, capaz de superar 315 quilômetros por hora. A polícia do emirado já contou entre seus recursos com alguns dos nada lentos Chevrolet Camaro.

Image
O Camaro 2010 já fez parte da frota de Abu Dhabi

LEIAM TAMBÉM:

O bilionário emirado de Dubai, “onde o dinheiro não tem qualquer outro objetivo que não seja sua multiplicação e endeusamento”

Vídeo trepidante: DUBAI, suas luzes, seu movimento e seus delírios de grandeza

Dubai, a “Disneylândia financeira”, acusa o golpe da crise e ensaia rever seu modelo econômico

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × cinco =

4 Comentários

Roger Schultz em 16 de junho de 2013

Que maravilha! Obrigado Setti por trazer essas coisas tão interessantes a seu blog.

Flavico em 06 de maio de 2013

Ferraris para perseguir camelos?

João Augusto em 04 de maio de 2013

Em Tempo;É invejável. Uma frota como esta não pode ser vista pelos orgãos de segurança pública do Brasil, principalmente do Rio, onde houve mais um brutal estupro em um mini onibus, onde os passageiros foram obrigados a assistir.

João Augusto em 04 de maio de 2013

Conheci na India alguns emigrantes que foram para Dubai.Mostram-me onde moram. Favelas que não são mostradas pela imprensa.Não conheci Dubai e escala técnica em Abu Dhabi, mas as fotos "gritavam".

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI