Image
A mulher-robô seria capaz de imitar 65 expressões humanas, como o sorriso à Mona Lisa acima (Foto: Intelligent Robotics Laboratory)

Hiroshi Ishiguro tem uma estranha, peculiaríssima profissão: é um engenheiro altamente especializado da Universidade de Osaka, no Japão, na criação de robôs – alguns de seus andróides, já em ação em diferentes instituições, custaram mais de 1 milhão de dólares per capita.

Ishiguro dirige uma unidade da Universidade, o Intelligent Robotics Laboratory. Recentemente ele chegou perto de realizar um de seus sonhos: “Criar um robô que possa induzir as pessoas a pensar que se trata de um ser humano”.

Assim surgiu a robô-mulher Geminoid F, que reproduz algumas expressões humanas: é capaz de mover a cabeça, sorrir, mover as sobrancelhas e a boca, e de “cantar”, dublando vozes, estas sim, humaníssimas. No vídeo que você vai ver abaixo, não se nota, mas Hishiguro assegura que ela já consegue imitar 65 expressões de uma pessoa.

Image
A Geminoid tem seus movimentos acionados por um conjunto de doze motores (Foto: Intelligent Robotics Laboratory)

A mulher-robô é movida por um complexo de doze pequenos motores e suas “expressões” são obtidas por meio de um sistema pneumático — colchões “subcutâneos” de ar que inflam e desinflam sutilmente, copiando movimentos de rosto.

Apesar do intrincado mecanismo, o custo final para interessados – o mercado potencial são parques de diversões, feiras, vitrinistas e outros consumidores – é relativamente baixo: 110 mil dólares.

Veja o vídeo:

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois + 3 =

2 Comentários

Tuco em 14 de abril de 2012

. Patético, Grande RSetti. Uma merda. .

ze do matogrosso em 12 de abril de 2012

..só 110 mil US$...? por um habeaS o catarata manda comprar duas e tá tudo resolvido... o ideal seria comprar uns 510 pro congresso e 5l pro senado...vai fazer diferença?...

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI