Image
O Hovenring: mobilidade e lazer para os ciclistas (Fotos: IPV)

Até o dia 29 de junho do ano passado, o tráfego de automóveis na intersecção de nome dificílimo Heerbaan/Meerenakkerweg, no caminho entre as cidades Eindhoven e Veldhoven, no sudeste da Holanda, vinha crescendo constantemente e tirando o sono dos ciclistas. O motivo do aumento dos congestionamentos era a inauguração de um novo complexo habitacional na zona.

A solução, porém, veio naquele dia de verão, com a abertura da Hovenring, uma plataforma elevada circular de 72 metros de diâmetro, constituída por aço e concreto, sustentada principalmente por 24 cabos de aço ligados a uma torre de 70 metros.

Com suas quatro vias de acesso simetricamente distribuídas em ângulos de 90º, esta espécie de “Minhocão de bicicletas” inédito no mundo funciona ao mesmo tempo como um atalho rápido e seguro para os ciclistas, tão numerosos nos Países Baixos, e área de lazer com vista privilegiada. Assistam ao vídeo abaixo, realizado pela produtora Beeldtaal:

Pouco antes do início do funcionamento do Hovenring, os engenheiros responsáveis pelo projeto, da firma IPV, da cidade holandesa Delf, detectaram que os cabos estavam vibrando. Para isso, recorreram a amortecedores. A IPV também desenvolveu um sistema de iluminação especial que fizesse jus ao apelido de Lichstad, ou “Cidade da Luz” de Eindhoven, lar da Philips. Vejam as fotos a seguir:

ipvdelfthovenring4

ipvdelfthovenring5

ipvdelfthovenring6

ipvdelfthovenring2

ipvdelfthovenring10

ipvdelfthovenring9

ipvdelfthovenring3

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × dois =

10 Comentários

MAJOR em 18 de novembro de 2013

Igualzinho aos que os nossos burrocratas fazem aqui, no PAÍS DOS BANANAS !!!!!

MARCO ANTONIO em 11 de novembro de 2013

Pelo que entendi, essa obra foi para desafogar o transito de bicicletas, mas porque as motos também utilizam este espaço. Tanto lá como aqui não existe respeito.

Ordalia em 11 de novembro de 2013

O pais não está preocupado com assaltos, sistema de saúde falido ou corrupção , ise preocupam com bem estar da população , qualidade de vida. Meu filho mora nesse pais, sorte dele e rezo para ficar ai

Lima em 10 de novembro de 2013

' País sem PT (petralhas)é outra coisa."

jose monteiro teixeira em 10 de novembro de 2013

No Brasil, primeiro se rouba no superfaturamento. Ninguém vai mesmo pra cadeia e começa outro superfaturamento com a mesma obra que nunca termina. Nunca vi na televisão o nome das maiores empreiteiras envolvidas nessa corrupção. O que a gente escuta e vê é superfaturamento e obras não concluídas. Por que será, hein?

Antonio Carlos Jeremias em 10 de novembro de 2013

Sobre o Hovenring. É um projeto arquitetônico bonito e limpo. E poderia ser adaptado para os difíceis cruzamentos de São Paulo (capital), em menor escala, e mais simples. Assim, seria possível, de fato, o uso intenso de bicicletas, para trabalho e lazer.

Brasileira em 10 de novembro de 2013

País civilizado é outra coisa [2]

juber em 09 de novembro de 2013

Se fosse n Brasil,depois de umas 30 promessas eleitoreiras iam fazer o projeto.Depois começariam a obra,então ela seria paralisada por falta de recursos... e blá...blá...

Paulo Mendes em 09 de novembro de 2013

No Brasil o trânsito que "roda" bem é o da corrupção.

Tocqueville em 09 de novembro de 2013

País civilizado é outra coisa.

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI