O photoshop é uma criação incrível, que nos permite retocar imagens adicionando ou retirando elementos, dando brilho, escurecendo, alterando formas e cores. Permite montagens, recortes e tem inúmeras ferramentas que qualquer leigo no assunto pode usar, para qualquer fim — inclusive para o mal quando, por exemplo, jornalistas, políticos ou historiadores inescrupulosos alteram fotos que documentam episódios, mentindo, desta forma, por meio das imagens.

Mas a manipulação de fotografias, por várias formas, inclusive artesanais, existe há muito tempo, e tem a idade da invenção da fotografia.

O site Four and six reuniu exemplos eloquentes de fotos históricas que foram manipuladas para atingir determinados propósitos. Como seria impossível relacionar e investigar todas as imagens importantes que, ao longo da história, sofreram alterações, o propósito do site é mostrar e analisar muitas que se tornaram notórias, controvertidas ou desafiaram a ética. Ou tudo isso junto.

Como as de vários líderes politicos que, além de escreverem a história de seu tempo – para bem ou para mal – quiseram alterá-na também nos registros, como Mao Tsé-tung na China e Josef Stalin na falecida União Soviética, que tinham a seu dispor especialistas em apagar das fotos personagens caídos em desgraça.

Este post é uma contribuição do leitor Roger. Confiram algumas fotos manipuladas:

lincoln

O icônico retrato de 1860, em litografia, do presidente americano Abraham Lincoln, acima à esquerda, é uma combinação de sua cabeça com o corpo de John Calhoun, 7º vice-presidente dos Estados Unidos.

stalin-com-e-sem-comissario

Excluir inimigos de fotografias era uma prática comum de Stalin. Aqui, nessa foto de 1930, um comissário foi banido após cair em desgraça com o ditador soviético.

Mao

Nesta fotografia adulterada de 1936, à esquerda, Mao Tsé-tung (que na foto está à direita, de mãos na cintura) removeu o dirigente do Partido Comunista da China Po Ku (o primeiro à esquerda na outra foto)1937-Hitler

Nesta fotografia adulterada, de 1937, Adolf Hitler removeu o ministro da Propaganda, Joseph Goebbels (o primeiro à sua esquerda na foto original). Nunca se soube o motivo.

1939-KingGeorge

Nesta foto de 1939, a exclusão do rei da Inglaterra, George VI (à direita na foto da direita), se deu, provavelmente, para que o primeiro-ministro canadense William Lyon Mackenzie King usasse sua imagem ao lado da rainha Elizabeth num cartaz eleitoral.

1961-cosmonaut.jpg

Aqui, o cosmonauta russo Grigoriy Nelyubov (a cabeça mais alta na foto acima) foi retirado da fotografia, datada de 1961, pois foi expulso do programa – liderada por Yuri Gagarin, o primeiro ser humano a subir ao espaço –, na primeira equipe que saiu da órbita da terra. Supostamente, por mau comportamento.

1968-castro.jpg

Quando, no verão de 1968, Fidel Castro (à direita) aprovou a intervenção soviética na Tchecoslováquia, Carlos Franqui (no meio da foto original) cortou relações com o regime e foi para o exílio na Itália. Sua imagem foi removida dos registros fotográficos. Franqui escreveu sobre o seu sentimento de ser apagado: “eu descubro minha morte fotográfica. Que eu existo? Eu sou um pouco de preto, eu sou um pouco de branco, eu sou um merda, o colete de Fidel”.

Sep1976-gangoffour

A chamada Gangue dos Quatro, uma uma facção política radical composta por quatro dirigentes ultrarradicais do Partido Comunista da China que se destacaram durante a Revolução Cultural e foram posteriormente acusados de uma série de crimes, foi retirada da fotografia original de uma cerimônia em memória de Mao Tsé-tung realizado na Praça da Paz Celestial, em 1976.

1942-Mussolini

Orgulhoso, o ditador fascista da Itália, Benito Mussolini, excluiu da fotografia o tratador do cavalo, a fim de ficar mais heroico, em 1942.

Blair-com e sem alguns

Nesta foto, de 1865, uma inclusão, para variar: o General Sherman é visto posando com seus generais, mas o General Francis P. Blair (extrema direita) foi adicionado posteriormente. A foto acima é outra imagem da mesma sessão, na qual o general Blair não estava presente.

Grant-tres-em-uma1Aqui, nesta montagem de 1864, a ousadia foi maior…

Grant-tres-em-uma2

… o que parece ser o General Ulysses S. Grant na frente das tropas do Norte dos Estados Unidos no City Point, Virginia, durante a Guerra Civil Americana, é resultado de um retrato seu, cavalo e corpo do Major General Alexander M. McCook e ao fundo prisioneiros capturados na batalha de Monte Fisher – e nós podemos saber de sua origem graças ao ótimo trabalho de detetive dos pesquisadores da Biblioteca do Congresso.

1950-TydingsAcredita-se que esta fotografia adulterada contribuiu para a derrota eleitoral do senador Millard Tydings, em 1950. A foto de Tydings (direita) conversando com Earl Browder (à esquerda), líder do Partido Comunista americano, foi a intenção de sugerir que Tydings tinha ligações comunistas.

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 + dez =

12 Comentários

Kk em 24 de março de 2014

Teria sido impressão minha ou na foto retocada de Mao, ele aparece maior em relação aos outros personagens?

Nascimento em 10 de dezembro de 2011

Muito boa essa galeria de fotos. Deveria existir um museu só com essas preciosidades.

duduvieira10 em 09 de dezembro de 2011

Meu caro Setti; Os espertinhos podem apagar a imagem, podem falsificar, mas uma coisa eles não poderam apagar nunca, a HISTÓRIA, podem passar milênios!! sds.

Roberto em 06 de dezembro de 2011

Concordo com o cacalo kfouri...fico imaginando como deveria ser uma manipulação fotográfica décadas antes do Photoshop...é impressionante!!!Coisa de artistas mesmo!

Cavalcanti em 06 de dezembro de 2011

O interessante é que os excluídos terminaram se vingando dos que mandaram os apagar. Na foto dos cosmonautas, sabemos o nome do Grigoriy Nelyubov, mas e os outros? Eles sim estão apagados na história. Abs, Cti.

ALGUEM ME AJUDA AI... em 04 de dezembro de 2011

Concordo com o Tuco, logo logo o Lupi vai apresentar nova foto do king air onde ele nao estara presente, apenas os ongueiros de aluguel.

ALGUEM ME AJUDA AI... em 04 de dezembro de 2011

Em termos de adulteracao a esquerdalha brasileira esta pos-graduada, inclusive inventaram o Brasil que comecou em 2003, antes nao havia nada,era um vazio sem forma, nao havia plano real,nem petrobras,nem industrias,nem telefonia ou eletricidade, nem corrupcao desenfreada, tudo foi iniciado em 2003.

Teresinha em 03 de dezembro de 2011

.Impressiona muito a arte de preenchimento do espaço alterado e as manobras de reconstrução da foto. . A retirada do desafeto não alterou em nada o caráter do personagem principal , ao contrário só confirmou o mau. . essa história hoje é divertida - será nossa maldadezinha oculta.

wilson em 03 de dezembro de 2011

A turmo do PCBdoB dá Aula.

Reynaldo-BH em 03 de dezembro de 2011

Falando em fotos. Não deixa de ser uma bela foto a que se segue no link abaixo, do blog do Noblat. Por dois motivos: esta foto com Dilma então com 22 anos, parece ser a que foi mais benevolente com ela. Arrisco a dizer que ela está até bonita. E um fato histórico que a história nunca: a acusada está de cabeça em pé, olhando para a frente. E os acusadores escondendo o rosto com as mãos. Retrato de uma época em que acusadores se envergonhavam do que faziam. (Dilma está depondo após 22 dias de tortura). Pena que Dilma esqueceu de todo o passado e hoje é somente a "paixão" de ministro ladrão e marionete do "inginorante, pobri e nordestino", Ou desculpando "malfeitores" ou obedecendo cegamente a outro senhor. Isto também a história não esquecerá. http://oglobo.globo.com/pais/noblat/posts/2011/12/03/foto-inedita-mostra-dilma-em-interrogatorio-em-1970-419876.asp

Tuco em 02 de dezembro de 2011

. He, he, he... Se o Lupi soubesse disso, nunca teria estado naquele avião... .

cacalo kfouri em 02 de dezembro de 2011

setti, sem fazer juízo de valor - eu, como repórter fotográfico, desprezo manipulações -, os caras que alteraram as imagens eram uns artistas. pensar que foi tudo feito na valentona, e conseguiram substituir o "retirado" pela complemantação do fundo sem que se note é de tirar o chapéu. no photoshop é fácil, é só questão de paciência. no cinema, é a mesma coisa: quando assistimos a um filme dos Comedy Capers, por exemplo, em que, quase sem recursos, faziam trucagens extraordinárias, e que, por mais que olhemos, não percebemos como fizeram, e comparamos ao que se faz hoje, via computador, e sempre dá pra perceber que foi no computador, só dá pra chegar a uma conclusão: os "antigos" eram bons paca. abraço Concordo plenamente com você. No cinema antigo, então, nem se fale. Abração

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI