Image
Marilyn Monroe em 1949: 22 anos e virtual anonimato (Fotos: J.R. Eyeman – Time & Life Pictures/Getty Images)

Ainda que batalhasse em papéis menores desde pelo menos 1947, Marilyn Monroe (1926-1962) só passou a protagonizar filmes a partir de Só a Mulher Peca (título original: Clash By Night), do mítico director austríaco Fritz Lang (1890-1976), lançado cinco anos depois.

E foi mais ou menos no ponto intermediário deste intervalo entre o anonimato e a fama que a atriz nascida Norma Jean Mortensen em Los Angeles foi retratada por J.R. Eyeman (1906-1985), fotógrafo da revista Life por duas décadas.

Aspirante a estrela

As imagens, produzidas no início de 1949 em Hollywood, mostram os esforços de uma aspirante a estrela da telona aos 22 anos. Marilyn, então já trazendo pouco mais de uma dezena de longas no currículo, aparece ensaiando passos de dança e aprimorando técnicas vocais e dramáticas com a ajuda de especialistas.

Parte das fotografías saiu na Life em outubro do mesmo ano, em ensaio que trazia ainda sete outras “garotas” – a maioria desconhecida até hoje – supostamente promissoras. Algumas, porém, estiveram guardadas no baú da revista até agora.

Precisando de dinheiro, no final de 1949 Marilyn posaría nua por míseros 50 dólares, na famosa sessão que acabou sendo publicada por Playboy em sua edição inaugural, de dezembro de 1953, quando a loura já havia estourado.

Abaixo, mais fotografias da Marilyn pré-fama:

Image
Foto inédita mostra Marilyn em aula de dança
Image
Outra não publicada pela “Life” até agora: o instrutor de dança é Nico Charisse, ex-marido da atriz e dançarina Cyd Charisse
Image
Em outro clique inédito, a estrela e Charisse novamente
Image
Posando
Image
E tome aperfeiçoamento (mais uma imagem não publicada antes)
Image
Marilyn toma lições de teatro com a professora Natasha Lytess
Image
Com Natasha Lytess novamente
Image
Marilyn, 22 anos
Image
Aula de canto com o “bandleader” Phil Moore na casa noturna Mocambo
Image
Ainda com Phil Moore

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

20 + nove =

13 Comentários

CINTIA em 11 de outubro de 2013

Na minha opinião, a diva foi "queima de arquivo", se afundou em drogas porque sabia demais e não tinha personalidade para aguentar o que sabia; era muito meiga, cheia de sonhos, muito dedicada e esforçada, fazendo o que amava: atuar e cantar. Se envolveu com pessoas de péssima índole (políticos e mafiosos), soube de algo que não deveria saber e pagou com a vida... quem a conhecia, sabia que ela seria incapaz de guardar algo sórdido por muito tempo, meigas demais para isso...

eduardo em 19 de agosto de 2013

delicia

GEROLDO ZANON em 15 de agosto de 2013

Quem gostava dela erro falecido PRESIDENTE DOS EUA

nilton de souza moraes em 08 de agosto de 2013

inteligente

Dulce Regina em 03 de agosto de 2013

Fora do tópico. Li o segundo e terceiro comentários e, descrevo o que me veio na cabeça ao ver o Papa, tomando aquele chimarrão: " não tome, pode estar com veneno " . Creio que o Santo Papa, deva ter mais cautela, com a sua segurança. Irão passar todos os tipos de pessoas, pela sua vida. Atenção, seguranças !!! Sempre aconselhei meus filhos a, não beber ou comer, nada oferecido. Todo cuidado é pouco. Qto. as fotos, parece que ela se esforçou bastante para aprender, pena ter se envolvido com drogas, que a levaram à morte.

Leonardo Saade em 02 de agosto de 2013

Talvez a maior sexy simbol do Séc. XX .

Marilene L'Abbate - São Paulo em 31 de julho de 2013

Prefiro as fotografias da Marilyn-de-Lullão! SALVATTI é muito mais... digamos... DESAFINADA!

Jorge Medeiros em 30 de julho de 2013

Foi bela para os padrões da época. Não sei se faria o mesmo sucesso hoje. Mas, certamente é um ícone cinematográfico; mesmo nem tendo brilhado como atriz.

Angelo Losguardi em 30 de julho de 2013

A questão do filme pornográfico é autêntica, Setti? Aquilo foi realmente validado como autêntico? Não tenho condições de responder a você, caro Angelo. Dizem tantas barbaridades a respeito de pessoas célebres, não é mesmo? Teria que pesquisar com cuidado para checar essa versão.

Ligia em 29 de julho de 2013

Nessa época ela já fazia filme pornográfico;está na net pra quem quiser ver.

FILÓSOFO em 29 de julho de 2013

Enfim um tema mais ameno do que nosso sofrível cenário político nacional. Indubitavelmente Marilyn Monroe foi o maior mito da história do cinema e ícone pop da cultura ocidental - além de ser uma excelente atriz com o método Stanislavski do Actors Studio de NY. Resta uma pergunta que não quer calar em relação á maior diva da sétima arte : suicídio ou assassinato ? Teorias da conspiração apontam a CIA, a Máfia ou os Kennedy.

Pedro Augusto em 29 de julho de 2013

O Papa deve tormar cuidado com a oferta de chimarrão. A experiência argentina de batizar a agua num jogo contra o Brasil, poderá servir de exemplo para deixá-lo doidão numa dessas visitas por ai...

anselmo em 29 de julho de 2013

Sonho de consumo que não vai mais se realizar.

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI