O fotógrafo Guido Argentini, italiano radicado em Los Angeles e presença constante em algumas das melhores revistas do mundo, continua amando (fotografar) as mulheres, e para deleite dos apreciadores, reinventa-as, brincando com fantasias proibidas, tabus e fetiches, em fotos sensuais – mas nunca apelativas.

Suas lentes perpassam clichês e lugares-comuns, beirando limites, tudo com uma delicadeza e sensibilidade extremas, que chegam a maltratar.

Confiram:

Image
“Cara Mischelle e sua jovem escrava loira”

Image
“Irina Dominatrix”

Image
“Irina e a máscara de renda”

Image
“Tentando alcançar o inatingível”

Image
“Pernas na cama dourada”

Image
“Thea chorando no motel verde”

Image
“Irina e o voyeur”

Image
“Tiffany em Veneza brincando com seus sapatos”

Image
“Você vai ouvir minha voz”

08-LONG-NAILS-ON-A-NECK-OF-A-YOUNG-WOMAN

Image
“Tin sozinha em seu quarto”

Image
“Irina brincando com Eric na cadeira”

Image
“As mulheres nascem para amar”

Image
“Edita sob um mosquiteiro em Bali”

Image
“Irina fumando um cigarro”

Image
“Voyeur”

Image
“Quem é a menina com o vestido amarelo?”

Image
“Malene e o Cadillac em Hollywood”

Image
“Kim sob o céu nublado”

Image
“Olga chupando seu polegar”

Image
“Margherita nas escadas”

Image
“Tereza com algemas”

 

 

Leia também:

Vídeo e fotos-colírio: vejam J. R. Duran fotografando a jovem atriz global Marina Ruy Barbosa

Fotos: pura beleza feminina na arte do grande Patrick Demarchelier

Imperdível: a volta, em novas imagens, das maravilhosas “Amazonças” do fotógrafo Otto Weisser

Fotos incríveis: as “Amazonças”, mulheres-natureza, de Otto Weisser

Exclusivo: o fotógrafo J. R. Duran conta como foi feita a nova foto de Adriane Galisteu se depilando

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × cinco =

22 Comentários

maria jose moura em 06 de fevereiro de 2014

dar ate para darem uma tregua nas criticas ou noticiarios de politicas e verem esse trabalho.

Gustavo J. veras Falcão em 28 de janeiro de 2014

Parabéns, angulos fantasticos, e lindas formas de apresentação femenina. mui bom

Ana Carolina em 13 de janeiro de 2014

Belíssimo trabalho.

Ronaldo Barra em 30 de dezembro de 2013

Sensacional! Mulheres extraterrestres. Coisa de Louco!

Sir ney Brasil de paz... em 29 de dezembro de 2013

Por isso precisamos , como o Gabeira, fugir de maya, a ilusão cósmica: http://g1.globo.com/globo-news/fernando-gabeira/videos/t/todos-os-videos/v/fernando-gabeira-visita-primeiro-mosteiro-zen-da-america-latina-em-vitoria-es/3035535/ . O Budismo nasceu em Bodhgaya, nordeste da Índia!

Antonio em 29 de dezembro de 2013

Belíssimo trabalho. Lindas mulheres, fotos maravilhosas. Parabéns ao autor por fazê-las, parabéns ao blog por divulgá-las.

ze sobrinho em 14 de novembro de 2013

bela matéria! qual edição impressa saiu? As fotos não foram publicadas no Brasil.

warley ap oliveira em 26 de outubro de 2013

na verdade sendo de mulheres ta valendo warley pompel

Carlos em 16 de novembro de 2012

Nudez e um espetáculo mas por favor não tire mas fotos preto e branco nos estamos em plena era digital. invetaram foto digitais tv em hd tudo para ter melhor nitidez e vocês tiram fotos preto e branco. Você nem leu o texto, não é, Carlos. Não fui eu quem "tirei", como diz você, as fotos. Publiquei fotos do grande fotógrafo italiano Guido Argentini!

Julia em 23 de setembro de 2012

Na verdade todos vivemos no século XII nesse aspecto. Mulheres ainda são vistas como objetos decorativos, igualzinho como no século XII. Mari Labbate, também vou esperar as fotos dos homens serem publicadas aqui, mas vou esperar sentada pra não cansar.

Marcelo em 01 de julho de 2012

Lindas! A nudez feminina é algo belo,maravilhoso, e sem duvidas deve ser mais explorada. Nada como belas e redondas nadegas femininas nuas para nos deixar mais felizes. Parabéns.

Dayse em 28 de abril de 2012

belo trabalho, realmente. mas ainda prefiro o Helmut Newton...

relume romano em 26 de abril de 2012

A Arte.é sentir o que seu coração deseja,independentemente da cultura dos Povos.

Jeremias-no-deserto em 16 de abril de 2012

Maravilha, Setti, não existe forma mais bela que a mulher e esse Argentini italiano captura essa estonteante beleza de forma magistral.

Tuco em 16 de abril de 2012

. Essa Olga é um bebê! Viu como ela capricha no polegar? .

Fernanda em 16 de abril de 2012

LINDA as fotos, criatividade e audácia sem sem vulgar. Parabéns.

AJS RJ em 16 de abril de 2012

Setti, parabéns. São todas lindas. A tal Leida ainda vive no século 12, tadinha. Meu palpite é século 11... Abraços

joar em 16 de abril de 2012

Muito bom! Leida, tá com inveja? Leia Carta Capital e Piaui que só verá mulheres vestidas de vermelho e bem feias...

Mari Labbate *44 Milhões* em 16 de abril de 2012

AS FOTOGRAFIAS SÃO SIMPLESMENTE BELÍSSIMAS! Querido Setti: esses artistas fotografam lindos-homens? Sinto muita falta desse incentivo às almas-femininas, pois Beleza existe nos dois sexos. Aprecio os corpos, naturalmente, desenvolvidos. Você aceitaria fotografá-los? Seria um talento a mais e realizaria um sonho meu, na igualdade entre os sexos = oportunidades-idênticas. DE AMOR! Abbraccio... Os fotógrafos que tenho apresentado -- e os fotógrafos que não fotojornalistas, em geral -- clicam em 90% ou mais dos casos a mulheres. Vou procurar atender a sua vontade proximamente, com algum que clique os dois sexos. Um abração

Ismael em 16 de abril de 2012

Gostei muito. A atmosfera onírica e sensação de inatingível, ainda mais reforçadas pela opção do monocromático, deixam as fotos muito mais sensuais do que a nudez escrachada e brega da maior parte das revistas "de muié pelada". Bom gosto.

Leida em 15 de abril de 2012

Quer fazer sucesso? Tire fotos, desenhe ou pinte uma mulher pelada. A mídia faz o resto. E a mulher continua sendo usada de todas as formas sob os aplausos dos machistas tarados. DEPLORÁVEL. Em que século você vive? No século XII?

Reynaldo-BH em 15 de abril de 2012

Me permite, mestre Setti. A nudez feminina não é chique. Ela só é. Não cabe adjetivações. Quando um olhar atento de põe sobre uma mulher, os adjetivos perdem o sentido. E concordo: só quem ama as mulheres pode retratá-las com esta delicadeza. Sem vulgaridade. Como são as mulheres. TODAS! Quando a lente de um fotógrafo faz as vezes dos olhos de todos nós, revelando nuances que só as mulheres tem, não se trata sequer de voyeurismo. É quase como entender a natureza e aumentar os mistérios que esta nos dá. E que a nós - homens - cabe somente admirar, conscientes de que somos sempre eternos dependentes delas. Já não bastassem ser mais sensíveis, inteligentes, leais, corajosas e completas, ainda são BELAS. Aqui em BH, hoje, dia de sol. No blog, dia de luz! Abraços.

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI