O grupo de arruaceiros que se intitulava como “alunos” e ocupavam há 42 dias a sede da reitoria da Universidade de São Paulo (USP) liberaram o prédio nesta terça-feira, por força de ordem judicial emanada do Tribunal de Justiça de São Paulo e com a presença da Polícia Militar.

Esses animais — como ex-estudante universitário, recuso-me a considerá-los na mesma categoria em que estive — deixaram para trás um rastro de destruição que, segundo a USP, é o pior das três ocupações recentes da reitoria, que também foi tomado em 2007 e 2011.

Depois da perícia realizada de manhã pela polícia, funcionários começaram a contabilizar os prejuízos e constataram que, além das pichações, da imundície de lixo espalhado por toda parte, de móveis depredados e outros atos de selvageria, os “alunos” roubaram diversos equipamentos, a começar por computadores.

O comportamento desses facínoras, que contaram com a “compreensão” de um juiz de Direito que merecia as atenções do Conselho Nacional de Justiça, indica bem no que eles transformariam o mundo, se pudessem.

(Leiam mais neste link.)
educacao-reintegracao-reitoria-usp-20131112-03-size-598

educacao-reintegracao-reitoria-usp-20131112-04-size-598

educacao-reintegracao-reitoria-usp-20131112-05-size-598

educacao-reintegracao-reitoria-usp-20131112-06-size-598

educacao-reintegracao-reitoria-usp-20131112-07-size-598

educacao-reintegracao-reitoria-usp-20140208-02-size-598

imagens-do-dia-best-pictures-of-day-20131112-01-size-598

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × dois =

33 Comentários

Joel em 16 de novembro de 2013

Essa é a cara dessa corja esquerdista, baderneiros de plantão e oportunistas do caos, imagino quando o Brasil for limpar o lixo e recuperar o moral de nossas instituições dilapidadas pelos camaradas do momento.

Corinthians em 14 de novembro de 2013

Setti, Essa é a demonstração de que a pseudo-ideologia esquerdista fez por aqui.... as ciências deixaram de ser humanas para se tornarem isso. ----------- Um off-topic, mas interessante: http://rt.com/politics/poland-bans-communist-symbols/

Andrea Munhoz em 13 de novembro de 2013

Só acredito em revolucionário que rasga nota de 100 que ganhou com o próprio suor e que pisa em cima de iPod que está pagando do próprio bolso. O resto... O resto, ora resto!

Nadia em 13 de novembro de 2013

Esses caras que enterrem o Bakunin e outros comparsas vivos deles e que não fiquem gastando o nosso o dinheiro que tanto suamos para gastar. Cobrem de quem nada fez a não ser xingar aqueles que não são partidários do atraso .

Jayme Guedes em 13 de novembro de 2013

Marcondes (9:57), concordo em gênero, número e grau. Mas nem precisaria que a PORRADA viesse do povo. Bastaria que viesse de uma parcela do povo, aquela parcela que está na USP para estudar, note bem, eu disse ESTUDAR. Os estudantes autênticos deveriam ensinar aos não-estudantes uma lição inesquecível. Ladrões e vândalos não devem ser acolhidos pelos estudantes de verdade.

JT em 13 de novembro de 2013

Animais, propriamente ditos, não fariam tanto estrago na reitoria da USP.

Virgínia Souza Pereira em 13 de novembro de 2013

As pessoas se revelam por meio de seus atos... É aterrorizante ver a que nível chegou o universitário brasileiro (com as sempre devidas exceções). Uma coisa é inegável: eles têm a cara do governo "destepaíz".

marcos veloso em 13 de novembro de 2013

SETTI,NÃO TEMOS MAIS LIDERES DE VERDADE NA AREA ESTUDANTIL,eles deveriam espelhar-se em grandes atitudes de jovens que lutaram por este BRASIL e fizeram história para o presente e futuro,mas,observando este momento,o tempo cala-se diante de tanta falta de INTELIGÊNCIA MORAL deste caminho que vão ficar marcado somente pela desonra de uma universidade que o pensar e valentiou pela falta de sabedoria.SAUDADES EU TENHO dos grupos estudantis que faziamos DEMOCRACIA COM HONRA PARA O FUTURO.obrigado.

SergioD em 13 de novembro de 2013

Ricardo, me assusta a noção de vida em ambiente democrático dessa gente. Um total absurdo. Abraços PS: organizando fotos e anotações. Me aguarde.

toninho Malvadeza em 13 de novembro de 2013

Baseando-se na clínica que fechou as portas após o caso beagles,o governo do estado deveria fechar as portas da USP,jogar a chave fora e mandar um aviso aos estudantes:Quem quiser que vá estudar no Uruguai,lá a maconha é livre...(péssimos profissionais teremos no decorrer dos próximos anos)

Marcondes em 13 de novembro de 2013

Eu proporia o seguinte: Da próxima vez (será logo vcs verão) que fizerem isto, o povo rapidamente se unir pelas redes, marcar e ir prá USP tirar essa gente na PORRADA lá de dentro. Invadimos e tiramos esses Chês e Chauís da USP na porrada.

Roberto em 13 de novembro de 2013

Serão esses aí o futuro da nação? Setti, se me permite o atrevimento da mudança de assunto, gostaria de saber sua opinião sobre essa história de exumação dos restos mortais de João Goulart e das suspeitas que levaram a isso. Confesso que não entendi e ainda não ouvi nenhuma explicação razoável sobre esse assunto que me parece um imbróglio.

Artur Souza em 13 de novembro de 2013

Desde que Lula chegou ao poder, o brasileiro foi incentivado a trocar a lei de Gerson, de levar vantagem em tudo, pela de Raul Seixas, mais sintonizada com o espírito petista: "Faz o que tu queres, pois é tudo da lei."

LC em 13 de novembro de 2013

Esses "estudantes" se fazem perante a mídia de representantes dos alunos.. A maioria dos estaudantes da USP não concordam e condenam o vandalismo mas são calados por uma patrulha que age como milícia partidária. Alguns professores fazem parte, informalmente e dissimuladamente, dessa milicia. Os estudantes sabem que para serem aceitos precisam ser de "esquerda" ou pelo menos fingir ser. Ser petista barbudinho, pálido e taciturno é um diferencial positivo... Ser blac block é um plus.

bruna em 13 de novembro de 2013

Em nome do fanatismo religioso, destruiram uma das sete maravilhas do mundo, a Biblioteca de Alexandria. O que aconteceu na USP, foi exatamente isso fanatismo ideológico,licenciado por alguns partidos políticos e juristas.Enquanto eles não destruirem o Brasil, eles não vão sossegar.Coitado de nós, porque gente dessa laia está sendo produzidos em todas as nossas Universidades a toque de caixa.

o fantasma de CELSO DANIEL em 13 de novembro de 2013

Concordo com a Maria [12/11/2013 às 22:42]... avisem os empreendedores do Inst. Royal para reabrirem as portas!

o desPTtizador em 13 de novembro de 2013

Animais com cérebro de ALFACE! Esses futuros ministros petistas tem q ser EXPULSOS DA USP e as vagas [conquistadas no modo 'papai pagou'?] cedidas a quem QUER ESTUDAR E TRABALHAR - e não fazer estágio de Marighella e Zé Dirceu!!!!!

Marcondes em 13 de novembro de 2013

Esses são os amigos do Lula, da Dilma, do EDUARDO SUPLICI e do Chico Buarque. Estarei mandando um e-mail ao Suplici, pra lembra-lo e ele ver a vagabundagem que os seus amigos (que ele tanto defende) fizeram na USP

Soberano em 13 de novembro de 2013

São os famosos socialistas caviar..... Quebram tudo com suas calças diesel, tenis nike, relógio suiço e comedores de caviar.

Marcondes em 13 de novembro de 2013

Esquerda nojenta! Pau nas cabeças dessa laia vermelha!

Jayme Guedes em 13 de novembro de 2013

Setti, parabenizo-o pela definição precisa - "animais". Nesse sentido deixei no RAzevedo o seguinte texto: Reinaldo, os responsáveis pelo prejuízo causado ao patrimônio público na USP não estavam ali no papel de alunos mas sim no de ladrões e vândalos e assim a imprensa deveria referir-se a eles no noticiário. Na vida representamos papeis. Filho, irmão, pai, profissional, criminoso, e assim por diante. Na verdade, na vida não somos, estamos. Estamos sempre representando um determinado papel. Quem deixa aquele rastro de destruição, decididamente não pode ser tratado como aluno.

Reino Animal em 13 de novembro de 2013

por aí passaram porquinhos e rolas-bostas

Titus em 13 de novembro de 2013

Vamos, os contribuintes, pagar pelo estrago. Agora, a conta deveria ser repartida entre os vândalos e quem permitiu o vandalismo. Daqui a pouco acontece de novo e não aparece ninguém com cojones para impedir.

Caio Frascino Cassaro em 12 de novembro de 2013

Prezado Setti: É o caso de perguntar ao tal juiz Adriano Laroca se ele vai arcar com os custos da sua decisão. Esses desocupados tiveram 42 dias para vandalizar o prédio da reitoria. Tivessem sido expulsos logo de cara e decerto que os prejuízos seriam infinitamente menores. Cadê o CNJ que não toma uma atitude contra um sujeito desses? Como cidadão cumpridor de meus deveres e na qualidade de contribuinte eu EXIJO a demissão imediata desse fulano. O sujeitinho é um perigo – parece aquele personagem do Batman, o espantalho, que no terceiro filme da série assume o cargo de juiz, para alegria da malta que o aplaudia a cada decisão. Um sujeito desses deveria mudar-se para a Coréia do Norte, Cuba ou o Irã – nesses países ele iria exercer o “Direito encontrado nas ruas”. Sim, nas ruas. Em uma lata de lixo. Abs

Maria em 12 de novembro de 2013

Esta aí excelentes substitutos dos beagles!

Roberto Silva 51 RJ em 12 de novembro de 2013

Canalhas. Escroques. Vagabundos. Esquerda nojenta. Não sabem conviver numa sociedade democrática.

Marcia em 12 de novembro de 2013

Sujeitinhos sem noção, filhotes de comunas que nem sabem onde têm o nariz. Boçais de primeira linha que não deveriam ter o direito de sentar pé na Academia. Espero que sejam expulsos. PT dos infernos, que está fazendo brotar o que o povo tem de pior.

ademar filho em 12 de novembro de 2013

Presenciei uma batida entre dois automóveis. De uma pick-up desceu um rapaz, musculoso. Do outro veículo desceu um senhor de 60 anos. O musculoso disse que ia quebrar a cara do "velhinho". Muvuca montana, todos descemos para acalmar o volumoso. O velhinho pediu para sua acompanhante (uma velhinha) bater uma foto do musculoso e disse para ele: meu advogado vai adorar arrancar a casa dos seus pais. O valentão berrou, rosnou e entrou no seu carro e foi embora. Se o tal juiz de direito ou melhor juiz dos direitos dos universitários, fosse um homem com visão cidadã e comunitária, sentenciária os inóspidos aprendizes de curso universitário a se retirarem para o lixo que costumam habitar. Deveria também sentenciá-los a limparem e reconstruírem as suas expensas o dolo causado a comunidade universitáia e comundade paulista. Tempos estranhos esses que vivemos, onde até o ministro do STF se apequenou diante dos infringentes.

José dos fatos em 12 de novembro de 2013

Essa turma é o suprassumo da esquerda boçal brasileira. Sabe quais as razões do sucesso do livro do Constantino? E o do Lobão, e o do Olavo, e os do Reinaldo? São três: Qualidade, valentia e a terceira: ninguém aguenta mais esta esquerda tosca, totalitária, boçal, com seus ídolos dantescos como o débil mental do Che Guevara, ou o fanático violento Marighella, uma gente que NUNCA, nunquinha, jamais, em tempo algum, ofereceu QUALQUER COISA BOA pra humanidade. Ninguém aguenta mais esta esquerda fascista, boçal e mentirosa distorcendo passado e presente, mandando na grande imprensa e nas universidades, em esquema quase que de pensamento único. E até na nossa democracia que só tem partidos de esquerda. Pois o PSDB, embora composto por alguns seres inteligentes e outros nem tanto, é um partido de esquerda. Vão para o raio que os parta esquerdistas boçais do mundo. Seres humanos produtivos e inteligentes: uni-vos contra os parasitas e esquerdistas malas ressentidos. Ninguém aguenta mais aquela foto do débil mental do Che Guevara nas camisas de patricinhas com iPod, iPad, Iphone e tudo mais que seja capitalista. Pelo amor de Deus. CHEGA DE BURRICE BRASIL!!!!! Esquerdista merece é ver o Maduro conversar com passarinhos. Pelo amor de Deus. Que turminha desgraçada.

Reino Animal em 12 de novembro de 2013

porquinhos que comeram da lavagem dos porcões

Sylvio Haas em 12 de novembro de 2013

Animais não fariam isso, Setti, humanos, sim. É nessa espécie que se encontra baixaria, ignorância, prepotência, arrogância, mediocridade.

Maria Luz em 12 de novembro de 2013

Dever-se-ia fazer o levantamento de todos que participaram dessa barbárie para condená-los por destruição de bem público e exigir-lhes ressarcimento dos prejuízos.

paulo roberto em 12 de novembro de 2013

Até quando ? A porrada tem que comer,só assim vão aprender a respeitar o que é de todos. Vagabundos, desocupados , todos, inclusive seus cúmplices que sabemos aonde estão ! e recebem, e bem por isto !

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI