Image
Tem toda a pinta de nave espacial; mas é apenas um dos recintos abandonados que o fotógrafo americano Noel Kerns encontra pelo Texas, e, não sem antes tratá-los com iluminação bastante original, clica em seus ensaios (Fotos: Noel Kerns)

Nascido e criado na zona montanhosa do interior do Estado norte-americano do Texas, o fotógrafo Noel Kerns desenvolveu um particular fascínio pelo desolamento e a solidão dos muitos lugares abandonados que avistava ao circular por seu entorno. Principalmente quando estes estranhos rincões se viam ornados pela presença da noite.

A partir desta predileção, Kerns, que vive em Dallas, uma das metrópoles texanas, realizou uma série de ensaios temáticos. Em um dos quais, por exemplo,  enfocava apenas bases militares abandonadas; em outro, as chamadas “cidades-fantasma”.

Uma compilação destes trabalhos pode ser contemplada em seu livro Night Watch, sem edição brasileira.

Em muitas das fotografias, Kerns vai além de simplesmente clicar os locais ou objetos, acrescentando também toques originais de iluminação para ressaltar ainda mais a estranheza e – por que não? – beleza dos cenários.

Não raro sua obra faz lembrar frames da cultuadíssima série Breaking Bad, aclamada por, entre outros atributos, a fotografia primorosa, e rodada no estado vizinho ao Texas, o igualmente grande e desértico Novo México. Observem, por exemplo, a última imagem do post, e saberão do que estou falando.

“Entre as coisas de que mais gosto sobre fotografar sob a luz da lua cheia estão os detalhes latentes, aquelas coisas que se revelam apenas quando você toma o tempo para que a própria luz da lua conte a história”, filosofa Kerns. “A execução em si é um exercício de paciência, controle, imaginação e experimentação”.

bates Roy's abandoned motel in Amboy, California. Perhaps the most iconic and iso Caixa dagua Caranga casa rosa Abandoned church in Cee Vee, Texas. January 2009 Chevys in Bowie, Texas. April 2009 Diner Janela Fusca Joshua tree Kombi posto Prada Starlie TEatr Van

 

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete − nove =

2 Comentários

Marco em 26 de abril de 2014

D. Setti, gostei da abordagem e todo mundo sabe o quanto é importante para uma boa foto a iluminação, e ficou muito bom ainda com apenas a iluminação natural da lua. Muito bem pensado o trabalho. Abs.

Roberto Souza em 26 de abril de 2014

Maravilhosas, caro Setti!

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI