Fotos

No Chile, quase colado no ex-presidente Eduardo Frei

Estação Mapocho de trens, 11h30. Eu tinha acabado de ver a votação do senador Volodia Teitelboim. Chegou Bernardo Leighton; Eduardo Frei veio num pequeno Peugeot cinza-esverdeado. Votou e saiu seguido por um Chevrolet Malibuy preto da Polícia. Quase houve enfrentamentos entre torcidas. Em meio a gritos de “Viva Chile”, “Viva Frei” e “Viva Chile livre e democrático”, ele fez V da vitória e demorou 35 segundos para votar. Mulheres tentaram agarrá-lo e beijado. A cabine eleitoral, que ficava à altura dos trilhos, quase foi derrubada, mas ele conseguiu assinar a papelada.

Se você quiser ler a reportagem relativa a esta foto, clique aqui. Não se esqueça que as matérias digitalizadas em PDF exibem um pequeno dispositivo acima, à esquerda, uma espécie de pequeno trilho preto no qual desliza uma bolinha, que permite a ampliação para o tamanho de letra que o leitor quiser.

A 5 de março de 1973.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja mais fotos