Image
Zico: golaço incrível que Pelé tentou e não fez (Foto: Site do Flamengo)

Comentando o post do dia 2 de abril, no qual falei das modalidade de gols “impossíveis” tentados e por pouco não conseguidos por Pelé na Copa de 1970, o leitor Flávio Gordon lembrou muito bem: Zico marcou, sim, o golaço que o Rei deixou de fazer na semifinal daquele mundial, após driblar goleiro do Uruguai só com corpo.

Se Mazurkiewicz, o guarda-metas celeste naquele jogaço em que o Brasil venceu por 3 a l, esteve a alguns centímetros de eternizar-se após a jogada genial do Atleta do Século – relembrem aqui  – , o folclórico Passarinho, arqueiro do humilde e há três décadas extinto ADN do Rio de Janeiro pode se gabar, portanto, de ter entrado para a história do futebol.

Foi ele que, a 11 de junho de 1979, no estádio de Caio Martins, em Niterói, tornou-se vítima da maestria do Galinho, após o craque receber passe de Adílio. Sem tocar na bola, Zico correu por um lado e a encontrou do outro, só tendo o trabalho de, dado o drible de corpo, empurrá-la para as redes.

Foi um dos seis (!) gols que anotou na goleada de 7 a 1 imposta por seu então imbatível Flamengo no Campeonato Carioca daquele ano.

Agora falta alguém descobrir uma jogada semelhante ao rebote direto de tiro de meta que Pelé também quase converteu em gol em 1970. Alguém se habilita?

Para saber mais sobre a fatídica tarde em que Passarinho levou sete gols do Flamengo, sendo seis de Zico (e uma obra de arte), cliquem aqui. Para se deliciarem com uma compilação dos outros melhores gols do Camisa 10 da Gávea, cliquem aqui. Abaixo, o gol de placa de Caio Martins:

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

doze + dezessete =

6 Comentários

Cronos em 16 de abril de 2013

É!Lembra um pouco,mas só um pouquinho.

luiz paulo alvarwnga em 15 de abril de 2013

Eu tive a felicidade de ver o zico jogar, mais além do futebol maravilhoso que encantava a todos, mesmos os maiores rivais, zico tem algo que pra mim vai além de muitos....o carater, e a moral, pois nunca vi o zico envolvido em confusão e até hoje honra o seu casamento com a Sandra, a companheira de tantos anos!!! É isso Zico, o fato de voce mostrar que é possível ser uma estrela e viver a família com compromisso, lhe credencia como uma verdadeira craque!! Valeu por tudo que fez pelo meu mengão, mais ainda mais em prol da familia!

Renato Cesar Carvalho em 15 de abril de 2013

Não há mais o que comentar sobre esse gênio da bola. Mas um detalhe é importante na comparação com Pelé: o caráter de Zico. Irretocável. Enquanto Pelé cobra do Santos pra usar sua imagem, Zico dá de graça ao Flamengo em reconhecimento ao que recebeu, principalmente da torcida que o idolatra. Também é bom notar que NENHUM outro jogador tem essa relação de idolatria com o clube que o projetou. Sugiro uma reportagem com o Zico homem, já que o jogador todo mundo conhece.

toninho malvadeza em 14 de abril de 2013

Feliz daquele que pode dizer ,EU VI : Pelé,Zico,Dinamite,Garrincha,Edu,Maradona,Falcão,Gérson,Ronaldo,Sócrates,Platini,Luiz Pereira,...etc,etc,etc .

luiz em 14 de abril de 2013

Os jornalistas inventaram que o Ronaldo é um fenômeno, será que eles não assistiram o Zico jogando? Depois de Pelé, não tem Maradora, não tem para ninguém, o segundo maior jogador do mundo foi o Zico. Detalhe, sou tricolor, e o tal de Zico já judiou muito de mim.

Márcia Maria em 14 de abril de 2013

Pergunta para o Carlos Nascimento, q anda triste com o tricolor Paulista, mas alegre agora q o Neil se declarou tb tricolor Paulista. É diferente arriscar uma jogada destas numa Copa do Mundo com uma seleção super rival, do q contra um time extinto, de sei qual divisão? Isso ,é para o Carlos Nascimento parar de onda, quando diz q não vai mais comentar futebol. Depois q todo mundo lê seus comentários.

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI