Gilmar Mendes anuncia como próxima a nomeação de ministro que falta no STF. Mas com que credenciais? Quem designa é Lula

A que título, e com que credenciais, terá vindo a público hoje o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), para assegurar que a indicação substituto do ministro Eros Grau, aposentado em agosto passado, deve acontecer “a partir de hoje”?

O 11º integrante do STF — que terminaria com a situação de empate de 5 a 5 verificada na corte no exame de tema tão importante como a Lei da Ficha Limpa –, segundo Mendes, deve ter o nome anunciado rapidamente para que possa passar ainda neste ano pela sabatina no Senado.

Ao que se saiba, o ministro Gilmar Mendes — designado para o STF pelo então presidente Fernando Henrique Cardoso em 2002 — não é próximo do presidente Lula, responsável pela indicação, nem muito menos seu porta-voz.

O ministro não esclareceu se anunciou uma notícia ou um desejo.

Por essas e outras, ministros do Supremo deveriam falar preferencialmente nos autos dos processos que julgam, e não aos jornalistas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × três =

Nenhum comentário

  • duduvieira

    Prezado Sr. R. Setti;
    Há muito que o 3º Poder (independente?) deixou a desejar. Muitas decisões polêmicas carregados de sombra de dúvida. Não pode haver dúvida, pecado mortal!. Há muitas suspeitas que não estão totalmente nos autos. Eu não compraria uma carro usado do Sistema Judiciário, o Sr. compraria? sds;

  • Fernanda

    Independentemente do fato de Gilmar Mendes ter falado mais do que devia e precisava, Deus queira que o próximo Ministro seja alguém sensato e incorruptível, pois o conhecimento jurídico é pressuposto, não condição…assim sendo, temo mais pela sensatez e lucidez dos Ministros do que pela capacidade técnica que todos ali têm, uns mais outros menos…
    Uma pena que os critérios de seleção sejam políticos, acima de tudo…acho lamentável esse procedimento de indicação de Ministro pelo Presidente da República, mas enfim…

  • marcia soares

    Ele deve ter falado com a autoridade de Presidente do STF. Ou alguém acha que os poderes da Républica não devem se comunicar. A nomeação do Lula mas isso não quer dizer que o Supremo deva ficar de espectador. Não há nada de anormal na fala do Ministro.

  • jefferson

    Gilmar Mendes é um ególatra incorrigivel!

  • Altamiro Martins

    Comentário à marcia soares – 17/11/2010 às 13:41:

    “Ele deve ter falado com a autoridade de Presidente do STF”.

    Márcia, não duvido de que ele tenha falado com a “autoridade” de Presidente do STF. O que é um despautério, pois o Gilmar Mendes não é mais o primus inter pares do colegiado. Se o fez, investido de tal autoridade, é um usurpador ou um boquirroto.

    Há quem diga que incontinência verbal é menos grave do que incontinência urinária, mas há controvérsias. Gilmar Mendes, com fraldas encharcadas, só incomodaria a quem dele estivesse próximo.

  • Mario Sergio

    Justiça, democracia e meritocracia devem ser escritas com ‘s’ no mundo de vaidades.

  • Lilian

    Temos pela frente o que poderá ser a última batalha da Ficha Limpa! Mais de 175.000 pessoas agiram assinando a petição e telefonando para
    o Supremo Tribunal Federal pedindo para eles declararem a constitucionalidade da Ficha Limpa, mas a votação teve um empate dramático de 5 a 5.

    Agora, a decisão final está nas mãos do Presidente Lula que irá apontar o 11º Ministro do STF que irá desempatar a votação. Se o novo Ministro não for um forte aliado anti corrupção, há um enorme risco da Ficha Limpa ser bloqueada, abrindo caminho para os políticos corruptos recém-eleitos, como Jader Barbalho e Paulo Maluf, assumirem seus cargos.
    (avaaz.org)