Image
O prefeito reeleito de Londres, Boris Johnson, com a mulher, Marina: de olho no cargo de Cameron (Foto: thesun.co.uk)

Os conservadores britânicos estão aliviados porque, na derrota eleitoral que sofreram nas eleições municipais de dias atrás, se salvaram em Londres, onde o excêntrico prefeito Boris Johnson se reelegeu.

É verdade que a coisa foi apertadíssima: Johnson, numa cidade gigantesca como Londres, venceu por apenas 62 mil votos ao duas vezes ex-prefeito trabalhista Ken Livingstone.

Se os conservadores respiram, o mesmo não se pode dizer do primeiro-ministro e líder do partido, David Cameron – já que Johnson está de olho comprido em seu cargo, tanto no partido como no governo, para o futuro próximo.

Vejam a declaração ferina que ele fez sobre sua vitória:

— Nós sobrevivemos à chuva, à BBC [que ele acusou de ser parcial na cobertura das eleições], ao Orçamento [extremamente severo, porque o primeiro-ministro está precisando cortar despesas devido à crise] e ao apoio de David Cameron.

Curiosamente, Johnson, que é jornalista com carreira de sucesso, nasceu em Nova York, tem um bisavô turco e ancestrais judeus, é primo em oitavo grau de Cameron.

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco − 2 =

Nenhum comentário

Carioca da gema em 08 de maio de 2012

E este daí tem uma aliada fortíssima. É a Maria Bethania inglesa. Saravá.

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI