Havelange, sob ameaça de expulsão do Comitê Olímpico Internacional, recebe "desagravo" no Rio. O Brasil tem jeito?

Havelange: o cordão dos puxa-sacos se antecipou (Foto: Felipe S. Quintaninha / Foroarena)

Eu ia escrever aqui que benza Deus, até que enfim João Havelange renuncia a alguma coisa na vida — à sua condição de membro do Comitê Olímpico Internacional (COI), devido a sérias acusações de que teria embolsado dinheiro irregularmente durante sua interminável gestão à frente da FIFA (1974-1998) –, mas nem deu tempo.

O veterano dirigente, de 95 anos, está sob ameaça de ser expulso do COI e alegou, para sua renúncia, súbitos e até então desconhecidos “problemas de saúde”. Uma grande coincidência, claro: as investigações sobre o caso devem ser anunciadas nos próximos dias, e, de repente, a inabalável saúde de Havelange apresenta problemas.

Bem, de todo modo, já transformaram uma grande solenidade no Rio — a abertura do VIII Fórum Internacional de Futebol — numa espécie de “desagravo” ao homem.

O cordão dos puxa-sacos foi encabeçado, vejam só, pelo técnico Carlos Alberto Parreira. Leiam no site de VEJA.

Lembremo-nos: Havelange renunciou porque quis, porque se viu constrangido. Desagravo, então, ao quê?

Diante disso, pergunto, uma vez mais: o Brasil tem jeito?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

18 + dezessete =

8 Comentários

  • Reynaldo-BH

    O Brasil real ainda tem jeito. O de faz-de-conta, que nem o realismo mágico de Garcia Marquez pode competir, este já nasceu sem jeito algum.
    Quer dizer então que se faz desagravo a quem, por livre vontade, renuncia a um cargo? Ou seria ao estado de saúde? Ou aos 95 anos?
    O que se desgrava? Desagravo é pedido de desculpas a alguém injustamente acusado.
    A renúncia de Havelange (ex-sogro de Ricardo Teixeira) é um ato injusto? estranho caso que o desgravado tem que pedir desculpas a si mesmo.
    Ou o técnico Parreira é portador de alguma inside information, já que está propondo um desagravo para uma acusação “injusta” ainda desconhecida, visto que não divulgada pelo COI?
    Neste país de mentiras, alterações de passado e vergonhas expostas como valores morais, nada mais adequado.
    E espero qe este Brasil fake não tenha futuro, pois nem passado merece ter.
    Nós por cá, no Brasil real, estaremos fazendo desagravo a todos os esportistas roubados em administrações passadas e atuais.
    Estes merecem nossos sinceros pedidos de desculpas.

  • Newman

    O Brasil lembra o Egito antigo. Não faltam pirâmides (estádios da Copa, Olímpiada, Fura-Filas, etc) e nem Faraós (Generais do “Brasil Grande”, Sarney, Havelange, Lula, ACM)

  • Ronaldo

    É Setti, só aqui mesmo no Brasil se colhe umas jabuticabas dessas! A renuncia não foi um ato de confissão? Que parece, parece…

  • Tuco

    .

    CAParreira, de bandeja, entrega
    alguma benesse da qual foi conivente
    ou fartou-se.
    A Psicologia dá o nome de ato falho.
    Os canalhas costumam se entregar dessa
    forma. Por não terem retidão, acabam
    cometendo esses “deslizes” que, aos
    olhos atentos, faz-se uma confissão.
    Que vá o milionário Havelange pro
    Inferno (temos ideia de quanto devemos
    ao Diabo por encomendar a ele essas
    tranqueiras?).
    Não seria importante que o Sarney, a
    exemplo daquele, também renunciasse?
    E, também para o Inferno fosse, já que
    nossa dívida para com o Diabo é impagável!


    .

  • Wagner Ferraz

    Enquanto a maior rede de televisão brasileira for a favor deste tipo de cidadão sim, Não ouvi-se falar uma virgula no “Jornal” (des)Nacional, nada! Nem dele nem do Srº Ricardo Teixeira…porque será? Porque será que nada é falado sobre o metrô de SP? Ou sobre a Xevrom? Ou Daniel Dantas?
    Democracia no … dos outros é refresco amigo!

  • Mari Labbate *44 Milhões*

    SETTI, “o Brasil tem jeito” e sinto que podemos comemorar a VITÓRIA, visto que os aloprados estão desesperados e agindo de forma totalmente desconexa! Haja vista a meiga fotografia da delicada “Dama dos Coraçõezinhos”. Responda-me: Combina, energeticamente, a jovem guerrilheira com a dama que fazia coraçõezinhos no ar, durante a campanha eleitoral? As pessoas não modificam-se tanto assim com o passar dos anos… Essa senhora é a materialização da FALÁCIA!

  • Luiz

    Dom Pedro I também não gostava dele!

  • Ismael

    Gostaria muito de saber o teor das investigações sobre a MSI, mas ocorreu um bloqueio judicial para cobertar dirigentes do futebol brasileiro na justiça suíssa. Sinto pelos corinthianos, mas podem surgir aspectos constrangedores sobre o tal mundial.