Image
 helicópteros H-1H Iroquois, presentão


País rico, com tudo sobrando, é outra coisa, não é mesmo?

Vai ver que foi por isso que o governo fez hoje mais um presentão ao “cumpanhêro” Evo Morales — aquele mesmo presidente da Bolívia que ocupou militarmente instalações da Petrobras durante o lulalato e foi afagado pelo então presidente.

O Senado aprovou projeto que cede gratuitamente à Bolívia quatro helicópteros H-1H Iroquois da Força Aérea Brasileira à correspondente da Bolívia.

O argumento é de que os aparelhos não mais atendem às “necessidades operacionais” da FAB.

Sim, os “Huey”, como são apelidados desde a Guerra do Vietnã, estão rodados, e talvez não sirvam para operações como as de escolta, assalto aerotransportado, ataque e salvamento quando em combate.

Mas certamente seriam uma preciosidade para Polícias Militares e Corpos de Bombeiros estaduais que funcionam, Brasil afora, em condições precaríssimas de equipamento.

E veja, no Radar on-line de meu colega e amigo Lauro Jardim, em que condições o Senado votou o presente a Morales.

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × cinco =

Nenhum comentário

Cesar Bellotti em 22 de julho de 2013

Helicópteros — que faltam para PMs, bombeiros ou combate a incêndios — o Brasil dá de graça ao “cumpanhêro” Evo Morales Seria bom realizar revisão antes de publicar. "Dá de graça" é um pleonasmo.

Elita Barros em 21 de julho de 2013

Elita, desculpe haver deletado seu comentário, mas há meses reitero aos amigos do blog que as regras para publicação de textos neste espaço, que têm chamada permanente na home page, vedam textos somente em maiúsculas. Conto com sua colaboração da próxima vez. Obrigado

roberto vaz em 23 de junho de 2012

Esse é o Brasil. País de contrastes...

Indignado em 10 de junho de 2012

Para os "entendidos" e que mandam a gente "fazer pesquisa na internet": Se o Brasil "ia se desfazer deles de qualquer maneira", por que não foi VENDENDO( nem que seja como SUCATA) e não DOANDO? E por que sempre para o ditador boliviano ? Chega de doações para os bolivarianos! Mesmo que não saiam do chão, servem de propaganda política, demonstrando apoio externo ao projeto de poder total deles. Refinarias, estradas, helicópteros, estamos cheios de DOAR qualquer coisa para esses ditadores bolivarianos.

Mario sergio pacheco de sousa em 10 de junho de 2012

A aeronave é velha mas a Polícia do RIO COMPROU DUAS e esta usando,após reformar e blindar. Sem dúvidas somos um país rico.

Hélio em 08 de junho de 2012

Como entusiasta de aviação, acho muito interessante que a maior parte das pessoass que comentaram aqui, com raras exceções, como o SérgioD e o Téo, simplesmente criticaram a decisão, sem ao menos fazer uma pesquisa básica na Internet, sobre a relação custo/benefício de manter estas aeronaves antigas, e nem se preocuparam em ouvir o outro lado, que seria a FAB. Teve comentarista que nem sabe que já há tempos não temos mais Ministro da Aeronáutica. Pessoal,acho que nunca é demais um pouco de pesquisa antes de comentar qualquer assunto. Pessoalmente, até entendo a posição do Setti, é tá razoável, mas acho extremamente temerário oferecer aeronaves tão antigas para os Bombeiros, SAMU, Polícias, etc, pois além do óbvio risco aumentado de acidentes, a carga de trabalho a que estes helicópteros seriam submetidos, ao contrário do que muitos pensam, seria até maior do que seu uso na FAB. Qualquer pessoa que tenha assistido pelo menos uma vez na vida a qualquer programa policial, como o do Datena, por exemplo, verá o quanto os helicópteros da PM de São Paulo voam por dia, e assim também acontece com as aeronaves de outras forças públicas pelo país. Se o Brasil ia de qualquer maneira se desfazer deles, e a Bolívia aceitou ficar com eles, por conta e risco, problema do Evo. Abs!

SergioD em 08 de junho de 2012

RICARDO, veja esses post do Blog Poder Aéreo sobre a doação dos helicópteros. A se acreditar no que o Lauro postou a doaçãomfoi feita sem nenhuma discussão, quando o assunto já vinha sendo discutido desde 2008. Como fica claro no primeiro post do Poder Aéreo, o Senador Luis Henrique (PMDB-SC) foi o relator na CCJ. Na Câmara o relator na CCJ foi o deputado o deputado Luis Carlos (PSDB-AP). Quer dizer, não faltou discussão, diferentemente do que o Lauro publicou, como demonstra o segundo post. Abraços. http://www.aereo.jor.br/2012/05/24/comissao-autoriza-doacao-de-quatro-helicopteros-para-bolivia/ http://www.aereo.jor.br/2011/04/28/ccj-aprova-doacao-de-quatro-h-1h-para-a-bolivia/ O Lauro mencionou o fato de não ter havido qualquer discussão no plenário, no momento da aprovação.

Indignado em 07 de junho de 2012

Não se preocupem, que o evito vai mandar a conta das peças de reposição diretamente para o planalto. Se algum cair, vai culpar o governo brasileiro de "conspirar" contra ele e pedir o pagamento do seguro e indenização . Brasil do PT, um país de TROUXAS e Otários.

Teo em 07 de junho de 2012

Não sou especialista, mas sei que este modelo é ultrapassado e muito cara a sua manutenção, peças de reposição somente via desmonte de outras aeronaves, alem do mais hoje é mais barato comprar um novo aparelho, por economia de manutenção, combustivel e sistemas eletrônicos, alem de ter modelos de acordo com a função a ser desempenhada pela aeronave. Mas deveriamos ver a oponião da Aeronautica, se foi ofertada aos estados da União, caso não tenha sido ofertado haverá de ter uma resposta coerente, esta de dar para a Bolivia por estreitar amizades é muito fraco. Abracos

SergioD em 07 de junho de 2012

Ricardo, seria muito caro mantê-los. Já não existem peças de prateleira para substituição. Se para a FAB já seria difícil mantê-los voando com toda a estrutura de manutenção que tem o que dirá bombeiros e polícias militares que teriam de pagar, e muito, para colocá-los no ar, afetando os já combalidos cofres estaduais. A Bolívia, certamente, terá de arranjar outros helicópteros do mesmo modelo para canibalizá-los, o que é praxis no meio. Quanto a doação para a Bolívia, bem, o Evo já não é tão amado assim pelo indígenas. Deu para notar isso quando do problema da estrada que a Odebretchniria cohstruir, com todo o apoio dele. Siceramente, o aparelhos estão em tal estado, vão dar tanto trabalho, que acho que você deveria repensar essa sua opinião.

Paulo Stéffano em 07 de junho de 2012

O Brasil é uma galinha mesmo.

paulo sucupira em 07 de junho de 2012

È o Brasil que nõs brasileiros temos de pior uma presidenta que não tem pulso para decidir nada um ministro da aerenautica que não tem voz é conivente com a turma do pt o povo tem que reagir nõs não podemos fcar calado acorda brasil e brasileiros vamos ter vergonha na cara e mandar pro quinto do inferno a turma dos petralhas. Caro Paulo, não temos ministro da Aeronáutica há mais de dez anos. Não há mais ministros militares. Há os comandantes das Armas, que não são ministros e que se reportam ao ministro da Defesa, que é um civil.

SergioD em 07 de junho de 2012

Ricardo, esses helicócteros já estavam quase no limite de sua vida estrutural, além de serem caríssimos de se manter. Pelo mesmo motivo os Mirage 2000 do 1o. GDA de Anápolis, deverão ser descontinuados até o final de 2013. Se uma aeronave dessas não serve, por motivos econômicos e de segurança, para a FAB é justo que ela não queira que outras instituições do país os utilizem. O destino desses aparelhos seria a alienação e o desmonte. Não vejo nada demais em doá-los para países cujos padrões de segurança não tenham os altos padrões da FAB? Por que a crítica então? Por terem sidos doados para a Bolívia? A crítica está no post, caro SergioD. Os helicópteros podem não servir para os propósitos militares que especifiquei, mas muito provavelmente seriam úteis para Estados cujas PMs e bombeiros estão desfalcados. E, sim, também não gostei de serem dados à Bolívia, cujo regime tem sido hostil aos interesses do Brasil e cujo presidente, para mim, é uma espécie de aiatolá indígena.

Vera Scheidemann em 07 de junho de 2012

Inacreditável ! Vergonhoso ! Vera

Lauriberto em 06 de junho de 2012

Louvações à ditadura militar, não, Lauriberto. Desculpe, mas não dá.

ze do matogrosso em 06 de junho de 2012

...e a aeronautica, o ministério público, a oposição que tá igual ao pib do Brasil, não tugem e nem mugem? Já tá virando sacanagem e provocação...

luiz em 06 de junho de 2012

Vai transportar coca para o cocaleiro Evo Morales. Deve ter uma trampa com o PT para fazer caixa 2,3,4,5....

sidney em 06 de junho de 2012

Setti Realmente uma - VERGONHA - !!!! e ; ainda mais nas - CONDICOES EM QUE O PROJETO FOI APROVADO NAS DEPENDENCIAS VAZIAS.... DE SENADORES - NO SENADO - e claro ; pela esperteza !!!! daquela que mandou um montao de gente - RELAXAR - etc etc Quem sabe um dia desses neee !!! PS; Aproveitando , sera que essas aeronaves irao - PATRULHAR.......etc etc - a estrada/rodovia apelidada ou chamada dos Cocaleiros que tem um tal de aporte ( $$ ) do Brasil ???

carlos mattos em 06 de junho de 2012

Ate quando meu Deus, ate quando, iremos tolerar estas atrocidades contra o Brasil, por estes politicos safadosssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssss

Tuco em 06 de junho de 2012

. Tenha a santa paciência! Cadê o MP? .

Lúcia Helena em 06 de junho de 2012

Caro Ricardo Nada mais me surpreende, infelizmente! Tenho a impressão de que vivemos uma realidade pararela... abs

hebe em 06 de junho de 2012

E onde fica a Aeronáutica nessa doação?

Ivan Baiocchi Filho em 06 de junho de 2012

Vida boa a de presidente de republiqueta, além de dar uma banana prá PETROBRÁS e pro Brazil dazelites da lula, ainda ganha troco...

Reg Prata em 06 de junho de 2012

...pois é, a Dilma provavelmente tá pensando em se candidatar na próxima eleição pra presidente... ...da Bolívia.

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI