Image
O CARTAZ DO EVENTO — O título principal diz : “De gordo a magro” e, logo abaixo: “Se pode, se deve e que bem que faz! Para baixar de peso, o impossível não existe”. Em seguida, o dr. Máximo Ravenna é apresentado como “o especialista número 1 da Argentina”. Abaixo, “O Guru de famosas personalidades”, com as fotos da apresentadora de TV argentina Susana Giménez e da presidente Dilma Rousseff

O médico e psiquiatra argentino Máximo Ravenna, criador de um método de emagrecimento em voga no Brasil e em vários países estrangeiros, está usando a imagem da presidente Dilma Rousseff para a propaganda de um evento que realizará no próximo dia 4 de março num resort em Encarnación, no Paraguai, às margens do Rio Paraná, o AWA Resort Hotel.

A promoção do evento está fazendo circular um cartaz que apresenta o dr. Máximo como “O guru de famosas personalidades”, com as fotos da presidente e, ao lado, da apresentadora de TV mais conhecida da Argentina, Susana Giménez — algo equivalente ao que foi, no Brasil, a falecida Hebe Camargo, com o acréscimo de que, na juventude, Giménez foi vedete de sucesso no teatro, atriz de televisão e mulher de um campeão mundial de box.

Não se sabe se a presidente autorizou o uso de sua imagem, embora ele esteja notoriamente satisfeita com os resultados da assessoria de Ravena: boa parte dos alegados 13 quilos que Dilma pretendia perder já se foi.

A presidente aumentou muito de peso ao longo da campanha eleitoral do ano passado, por alimentação inadequada e fora de hora, falta de caminhadas e excesso de stress.

Ravenna não criou uma “dieta”, mas um método de emagrecimento. Ele consiste, como explica o próprio site da clínica, em “uma terapia interdisciplinar de emagrecimento que trabalha o vínculo alimentar, modificando a maneira do paciente  relacionar-se com a comida”. Ou seja, o método inclui, sim, uma dieta, mas os pacientes são acompanhados permanentemente por uma equipe multidisciplinar, composta por médicos, psicólogos, nutricionistas, professores de educação física e outros especialistas.

Os pacientes passam por todos os membros da equipe, com periodicidade variada, e são submetidos periodicamente a exames, especialmente de sangue.

As clínicas são equipadas com instalações para psicoterapia de grupo, sala para atividades físicas ou dança, restaurante e outras. Os pacientes que desejaram podem almoçar e jantar ali, ou comprar e levar para casa alimentos adequados a seu programa de redução de peso.

O núcleo central do que o médico denomina “terapia” não se cinge, portanto, a calorias, embora elas naturalmente importem. Trata-se, sobretudo, da abordagem psicológica do problema, feita em grupos e que o paciente deve frequentar pelo menos três vezes por semana. Isto porque “modificar a maneira do paciente relacionar-se coma comida” é entendido como tratar a compulsão — a qual estaria no âmago da questão de comer em demasia.

Ou seja, o ideal, para o método funcionar — e o êxito tem sido comprovadamente muito grande, com pessoas perdendo até 70 0u mais quilos, sem cirurgia, sem o uso de medicamentos e, melhor do que isso, mantendo-se no peso adequado — é a FREQUÊNCIA à clínica.

Embora haja uma clínica Ravenna em Brasília, de alguma forma o dr. Máximo está conseguindo contornar este ponto — a terapia de grupo –, praticamente impossível de encaixar na agenda da presidente, sem contar a questão da privacidade decorrente da ocupante de um cargo desta envergadura.

Quem sabe, na palestra de abertura que fará no evento no Paraguai, o dr. Ravenna não faça alguma revelação a respeito?

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

19 + 15 =

58 Comentários

elizabeth M. Frederico em 25 de fevereiro de 2015

Pois eu vaticino que, breve, muito breve, todo o povo brasileiro será modelo de "esbeltez" para o restante do planeta! Hehehe...

Ricardo em 25 de fevereiro de 2015

Acho que o nome da dieta deveria ser Petrolão. Pela manhã, no desjejum, digerir várias denúncias sem molho. No almoço, duas delações premiadas na grelha e a noite deglutir uma denúncia no JN regada a gravações telefônicas de "cumpanheiros". Nos finais de semana, ingerir com moderação uma reportagem de VEJA e de sobremesa um relatório da Abin sobre os movimentos populares de impeachment nas redes sociais. Também recomenda-se passar as noites em claros ou regadas a Dormonid ou Zolpiden. Durante o dia é possível usar Diazepan em doses cavalares. Para terminar algum exercício. Corridas a São Paulo para dialogar com o mentor e chefe. A sensação de incompetência e nulidade auxiliam na perda das gordurinhas localizadas e tira estrias e celulite. Ahhh e o preço. Somente US$ 80 bilhões. Só. Garanto que funciona.

Samuel em 24 de fevereiro de 2015

Encarnación não está às margens do Rio Paraguai, mas sim às margens do Rio Paraná. Você tem razão, eu me enganei e vou corrigir. Muito obrigado!

Charles A. em 24 de fevereiro de 2015

Grande comentário do Moacir 1 às 19:03! Um artigo completo e detalhado que deveria estar em destaque na grande imprensa para ser lido e discutido. Aí está uma sugestão ao grande jornalista Ricardo Setti. Boa sugestão! Vou reler o comentário e decidir. Abração e obrigado.

Lola em 24 de fevereiro de 2015

Será que ele ainda conseguirá algum cliente ?

dyanne em 24 de fevereiro de 2015

kkkkkkkkkkkkk era so o q faltava

Charles A. em 24 de fevereiro de 2015

Ai,meu deus!As pelancas, o que ela vai fazer com elas?Vai passar 6 meses operando pelancas em algum hospital caríssimo,pago com dinheiro público? As pelancas,dilma,que estão em sua alma nunca sairão de lá;vão se juntar a seus crimes impunes .Dilma parece uma rainha;só lhe falta a nobreza!

Charles A. em 24 de fevereiro de 2015

E lá vai ela gastar o que não lhe pertence para melhorar a imagem e a autoestima. Para isso apela para um picareta de milionárias.Não adianta,dilma.Sua fome está na alma,é o apetite dos predadores e dos frustrados. Quanto à "envergadura do cargo", está reduzida à envergadura de uma ratazana gorda. O Brasil desce a rampa e dilma paga para emagrecer com o dinheiro dos contribuintes. Tudo tem seu preço e a cobrança virá,cedo ou tarde.E dilma continuará gorda...

cristina em 24 de fevereiro de 2015

Não publico ofensas, insultos ou xingamentos contra quem quer que seja.

Felipe em 24 de fevereiro de 2015

Para a plebe, Sistema Único de Saúde; para o Politburo, médicos e clínicas de ponta, chique no último;

Claudia Gouveia em 24 de fevereiro de 2015

Ih! cuidado.... Dilma como garota propaganda sei não....será que funciona mesmo?

Nini em 24 de fevereiro de 2015

Propaganda com Dilma mentirosa e propaganda enganosa

Anônimo Paulistano em 24 de fevereiro de 2015

Dietas de emagrecimento rápido implicam em engorda idem, não existe milagre a não ser na reeducação alimentar, mesmo assim é bastante complicado porque exige vigilância total ao que vai se ingerir, essa conversa de terapia e equipe multidisciplinar para controlar a ansiedade não existe.

Olivia Paz em 24 de fevereiro de 2015

Ela não pode reinvidicar o direito de imagem, uma vez que usa da Merry Streep no facebook pra ropaganda do FIES.

Márcio em 24 de fevereiro de 2015

Ela está eh tomando tarja preta e com depressão em razão da preocupação com o impeachment vindouro

Nilo em 24 de fevereiro de 2015

A coisa esta tao feia, que tem feito bico na propaganda, como"modelo".

Oliveira Jr em 24 de fevereiro de 2015

Haveria, porventura, um método para eliminar a idiotice, a covardia, a insensatez, o esquerdo-imbecilismo e a incapacidade de raciocínio numa pessoa aparentemente normal, tipo assim, dirigente de sindicato, jornalista chapa-branca e até, por que não, presidente de república?

raquel em 24 de fevereiro de 2015

Pensei que fosse outro tipo de 'regime'...

Marcelo em 24 de fevereiro de 2015

O Regime proposto pela dona em questão é tiro e queda, basta uma olhadela nas pessoas submetidas a ele, os súditos do Fidel, do Stalin, do Gorducho da Coreia do Norte: é só pele em cima do osso.

Armando em 24 de fevereiro de 2015

Somos nós que estamos pagando o tratamento ? Quanto custa por mês ? gostaria de saber.

jair em 24 de fevereiro de 2015

eu fico envergonhado ver os politicos,o poder judiciario recebendo 35% ai os professores fica um mes de creve pra tentar um almento de 10% e o governo nao da a justiça nao contesta o seu almento.veja paralizaçao dos motorista a primeira coisa que fala e punir.

André em 24 de fevereiro de 2015

Sei bem qual é a dieta da Sra. Dilma. Próximo passo da dieta é comprar uma peruca. Tá sendo carcomida por dentro.

jair em 23 de fevereiro de 2015

ate que fim pegou o cara,acabando com a mata do brasil quem sabe agora vamos conseguir beber agua,si o stf nao soutar o cara ai e o fim

André em 23 de fevereiro de 2015

Para o povo o SUS, para a Nomenklatura a clínica particular.

Marcos F em 23 de fevereiro de 2015

Falta agora Dilma fazer um anúncio: "Como emagrecer um país" - mostrando exemplos da Argentina e Venezuela. "-Você tambem pode!"

eliane em 23 de fevereiro de 2015

Em menos de um ano ela terá engordado o dobro!

soninha em 23 de fevereiro de 2015

A única coisa que senti de menos nela, foi o célebro e a mais foi um biquinho de botox.

Alex em 23 de fevereiro de 2015

Pô, Setti, que marqueteiro deu essa ideia ao Dr. Máximo Ravenna?

Vanderlei em 23 de fevereiro de 2015

A dama da capa de botijão de gás é a mais nova top model de quem?

moises santos em 23 de fevereiro de 2015

ELA ESTA MUITO PARECIDA COM O MADURO DA VENEZUELA.

Gilvan em 23 de fevereiro de 2015

Petrolão mudou de nome, agora chama-se dr. Máximo Ravenna,e o pior o cara está faturando por não ter feito absolutamente nada. Sessenta dias sumida do povo brasileiro foi o suficiente para saber que não existe nenhum regime, mas o abalo psicológico em saber que a qualquer momento seu nome pode ser citado por delatores na esquema petrolão. Isso sim, emagrece que é uma belaza.

Zeca em 23 de fevereiro de 2015

Eu tenho um outro regime para Dilma : Regime fechado na Papuda.

Rodrigo em 23 de fevereiro de 2015

Dê o fora daqui, vá se espalhar nos blogs sujos. Você não sabe distinguir o que é ESCREVER OPINIÃO?

Claudio Lessa em 23 de fevereiro de 2015

Não divulgo boatos.

Clemente em 23 de fevereiro de 2015

Eu tenho um outro regime para Dilma*** muito mais eficaz do que o desse argentino picareta. Manda *** *** viver com um salário mínimo! Espero que você não me censure.

Dilma Bola Murcha em 23 de fevereiro de 2015

Coitadilma,,,,Dançou Feio... DE Botijão e Máquina de Lavar na Posse a uma Bola Murcha 45 dias Depois.

aparecido f. em 23 de fevereiro de 2015

O petrolão está tirando a fome....quem quiser acreditar numa clinica paraguaia que acredite...

Paulo em 23 de fevereiro de 2015

Eu já acho que dizer que está fazendo essa dieta e deixar-se aparecer em propagandas é uma bela desculpa para quem mal consegue comer de tanta preocupação com o que vem por aí. E o medo também deve fazê-la ter dores de barriga que a transforma de presidentAh em *** *** *** *** *** *** **** *** ***

Porcão em 23 de fevereiro de 2015

Com a corda no pescoço a beira de um impechment é fácil emagrecer. Caso derrubem mesmo, volta a ser uma ****** atacando porco no rolete e tudo que aparecer na frente. Vamos ajudar parando o país. Não compre nada e diminua o consumo. Menos imposto pra elles roubarem

Justice em 23 de fevereiro de 2015

Não pode ser comparada nem a raspa de tacho, tamanho a mediocridade.

José em 23 de fevereiro de 2015

Perdeu peso, agora só falta o mandato.

Gustavo em 23 de fevereiro de 2015

PROPAGANDA ENGANOSA! Dilma esta magra devido ao Desespero pelas consequencias desastrosas do seu governo e nao por causa de um regime...

blindado em 23 de fevereiro de 2015

Quero saber quem vai pagar essa conta.Não muda nada que se aproveite.Quando o IMPEACHEMENT estiver encaminhado,o efeito sanfona vai atuar com juros e correção.

Isa em 23 de fevereiro de 2015

Durante a campanha parecia estar precisando emagrecer no mínimo de 20 a 30 Kg. O stress não foi só durante a campanha, mas continuou com o PETROLÃO; fortes emoções. Como explicar? Precisava fazer dieta (confirmado em noticiários que nos jantares que participava havia comida especial para dieta), sessões de terapia, ginástica. Impossível Com uma vida agitada, e emoções fortíssimas DUVIDO QUE NÃO TEVE MEDICAÇÃO, JÁ QUE TERAPIA ERA IMPOSSÍVEL, POR FALTA DE TEMPO. Aqui vai uma sugestão: DILMA CONTRATARIA O TAL MÉDICO MÁGICO PARA TRABALHAR NO SUS, COM UM BOM SALÁRIO, PARA QUE ELE ATENDA TODOS QUE DURANTE 3 ANOS ENGORDARAM, PORQUE O PADILHA E A ANVISA RETIRARAM OS MEDICAMENTOS QUE SÃO PARA QUEM NÃO PODE FAZER TRATAMENTOS CAROS. O ÚNICO REMÉDIO QUE PADILHA DEIXOU FOI A SIBULTRAMINA, POIS ERA UM DOS REMÉDIOS QUE O LABORATÓRIO LABOGEN TRABALHARIA. Por que DILMA não fez uso da tal SIBULTRAMINA DO LABOGEN? Fácil... Ele pode causar graves danos ao coração, e causar até a morte. Ela não se arriscaria... Mas hoje o número de obesos TRIPLICOU e todos continuam sem medicação adequada e eficaz.

João Alves em 23 de fevereiro de 2015

Agora que emagreceu só falta tirar o bigode ! Por outro lado, isso é bom para mostrar para o zé povinho que nela votou como ele está preocupada com a situação desastrosa em que deixou o país !

Glória Anaruma (Jundiaí-SP) em 23 de fevereiro de 2015

A gente tá aqui num perrengue danado para pagar contas de sobrevivência e ela tem um baita equipe, paga por nós, para saber se relacionar melhor com a comida? Viva com 788 reais e fique magra sem nos emagrecer ainda mais.

jorge em 23 de fevereiro de 2015

Daqui a algum tempo a foto dela estará estampada no mundo,por ordem da "INTERPOL",seguida do seguinte texto: PROCURA-SE VIVA OU MORTA. *********,*****,**************,MENTIROSA,********** SE COFRES PÚBLICOS,MENTIROSA. CONSEGUIU,EMAGRECER OS COFRES DA PETROBRAS À TAL PONTO,QUE FALIU A MAIOR EMPRESA DO BRASIL. SUA QUADRILHA É FORMADA POR LULA O CHEFE,SEGUIDO DE JOSÉ DIRCEU e TODOS OS PETRALHAS.

ArquivoX em 23 de fevereiro de 2015

kkk, onde a população foi amarrar o "votobode", e quem vai receber o cache ela ou o partido...há o marcos valerio vai decidir em uma reunião com o lula...tudo em minúscula mesmo...

Daniel em 23 de fevereiro de 2015

Cuidado, a dieta dela enxuga os cofres e isso ela faz como ninguém.

Moacir 1 em 23 de fevereiro de 2015

Prezado Setti, Peço licença para um desabafo em off topic. O assunto está atravessado na minha garganta faz dias.Tomara que seja "moderável". Obrigado // A julgar pela reação vergonhosamente tímida dos líderes , dos governos , das organizações regionais da América Latina, como a OEA e a Unasul sobre a prisão arbitrária do prefeito de Caracas Antonio Ledezma , é difícil não concluir que todos eles se tornaram uma organização de proteção para regimes repressivos. Em vez de solicitar a libertação incondicional de Ledezma, bem como a do líder da oposição Leopoldo Lopez e outros presos políticos que, segundo a Organização das Nações Unidas ,têm sido vítimas de detenções arbitrárias, as maiores organizações regionais e os líderes líderes latino-americanos têm, em grande parte , feito cara de paisagem e olhado para o outro lado. De que servem essas organizações regionais, se nem sequer levantam um dedo para fazer valer as suas próprias Cartas e os princípios que as justificam, pedindo o respeito e defesa da democracia? Como se justifica a ausência de uma resposta forte do Brasil , o maior país da região, cuja MandatáriA posa nas fotos como líder de uma democracia moderna? Como é possível acreditar - como a senhora presidentA - ser um "assunto interno" da Venezuela o fato de que qualquer liderança oposicionista que se fortalece por lá é simplesmente aprisionada , sem ordem judicial ? Como podemos engolir calados que o presidente do partido da presidentA ,o petista Rui Falcão , em nome do povo brasileiro embora sem procuração , vá a Caracas na maior cara-de-pau , para garantir apoio aos chavistas? Se os assuntos da Venezuela são só da conta dos proto-ditadores por que Luizinácio Lula da Silva , pediu votos para eleger o "presidente" herdeiro Nicolás Maduro nas últimas eleições presidenciais? Como pode uma presidentA que se auto denomina de Coração Valente , que participou da luta armada contra a ditadura militar brasileira e que por ela foi torturada , se calar covardemente diante de um regime cada vez mais liberticida ? Será que a PresidentA não se envergonha de ser cúmplice de todas as violações dos direitos humanos que vêm sendo cometidas diuturnamente pelo seu cumpanheiro bolivariano? Será que DilmA imagina que a sociedade brasileira - a exemplo dela e dos do seu partido corrompido - é formada por zumbis morais e por mentecaptos incapazes de sentir empatia ou de abstrair que os direitos humanos são universais e não uma mera questão "interna" da Venezuela? Será que a política externa da senhora Dilma Rou$$eff - como escrevem seu nome nos blogs os revoltados cidadãos venezuelanos - desconhece que desde 1988, a Constituiçao DESTE PAÍS , no seu artigo 4 , passou a prever a defesa da democracia, dos direitos humanos, da autodeterminação dos povos e da paz? Se for este o caso é preciso que a Presidenta seja chamada à razão.Sugiro que alguém - pelamordedeus! - no nosso ruborizado Itamaraty ,S-O-L-E-T-R-E para a MandatáriA o Compromisso de Santiago com a Democracia de 1991,a Declaração de Quito de 1995, a Declaração a Respeito da Manutenção da Democracia de 1997,o Compromisso Democrático de Cartagena de 2000, o Protocolo de Ushuaia do Mercosul de 1998, a Carta Democrática Interamericana de 2001, a Declaração de São José de 2002,todas elas assinadas por ESTE PAÍS , compromissado com a ordem democrática e, portanto, prevendo reuniões de emergência entre Estados membros no caso de haver interrupção dela. Saiba a nossa leviana presidentA que décadas atrás, quando um país latino-americano descaradamente violava as liberdades democráticas, como a Venezuela está fazendo agora, os mais importantes líderes democráticos da região condenavam tais eventos, e pediam reuniões extraordinárias da Organização dos Estados Americanos para pressionar por ações de correção de rumo. Quando, por exemplo, em 1992, o ex-presidente peruano Alberto Fujimori fechou o Congresso de seu país , o governo da Venezuela rompeu relações diplomáticas com o Peru, a Argentina mandou para casa o seu embaixador, o Chile e vários outros países solicitaram oficialmente que o Peru fosse desligado da OEA. E a OEA protestou contra a ação de Fujimori, forçando-o a convocar eleições antecipadas para um novo Congresso, alguns meses depois. Nada disso aconteceu após a prisão de Leopoldo Lopez , a perda do mandato legislativo de Maria Corina Machado e,na quinta-feira,do sequestro do prefeito Ledezma, um dos recordistas de votos na Venezuela e um de seus principais líderes oposicionistas ter sido sequestrado. Nenhum governo latino-americano teve a dignidade de condenar essa prisão autoritária feita no figurino covarde das piores ditaduras ,nem tão pouco solicitou uma reunião extraordinária dos ministros das Relações Exteriores da OEA para resolver a questão. Maduro, que no início deste mês promoveu comemorações oficiais para homenagear a tentativa de golpe de 1992 comandada pelo falecido presidente Hugo Chávez, acusou Ledezma e outros líderes da oposição de "conspirar e organizar" ações violentas contra o governo, o que eles negam categoricamente, e a nomenklatura chavista não consegue provar. Na sexta-feira, o Secretário-Geral da OEA, José Miguel Insulza , expressou sua preocupação sobre os últimos acontecimentos na Venezuela. Mas, na ausência de qualquer pedido de qualquer país membro para que a questão fosse discutida , o que faz hoje é basicamente assistir aos eventos venezuelanos de longe. A União de Nações Sul-Americanas - Unasul - anunciou sexta-feira que vai enviar uma delegação de ministros das Relações Exteriores do Brasil, Equador e Colômbia para a Venezuela, em data ainda a ser determinada para observar a situação de perto. Isso pode ser uma boa notícia para Maduro, uma vez que a Unasul é o grupo regional mais simpático ao seu governo. No ano passado, a Unasul despachou pra Caracas os ministros das Relações Exteriores dos mesmos três países , em um suposto esforço de mediação após os protestos estudantis em Caracas que deixaram um saldo de pelo menos 43 mortos pela repressão "coletiva castrista" ou a oficial Mas os mediadores da Unasul não só não conseguiram intermediar um acordo entre Maduro e a oposição - que conversa pode-se ter com trogloditas que acreditam ser submissão o único sinônimo da palavra diálogo? - mas ajudou Maduro ganhar um tempo precioso para dizimar os protestos. Os três ministros de Relações Exteriores dos países cúmplices, não conseguiram a libertação de todos os estudantes presos durante os protestos, nem um compromisso de Maduro para atender a algumas exigências básicas da oposição, tais como a nomeação de autoridades eleitorais independentes para as eleições legislativas deste ano. Em 2013, a Unasul já havia corrido para abençoar a vitória eleitoral duvidosa de Maduro, depois de um tribunal eleitoral pró-governo o ter proclamado vencedor por 1 por cento dos votos , apesar das acusações de fraude maciça feitas pelo eleitorado e as oposições. Na última sexta-feira ,o Presidente Ernesto Samper , da bolivariana Unasul , em vez de lamentar a ausência de modos democráticos de Maduro, criticou as sanções norte americanas contra cerca de cinco dezenas de funcionários venezuelanos suspeitos de abusos de direitos humanos e corrupção. O Human Rights Watch , classificou as colocações de Samper como lamentáveis, porque não há absolutamente nenhuma conexão entre o cancelamento legítimo pelos EUA de seus vistos e o congelamento dos bens de funcionários venezuelanos envolvidos em abusos de direitos humanos , em corrupção e em narco-tráfigo com as cada mais mais frequentes detenções arbitrárias na Venezuela . É claro como o sol do meio dia ,que estamos assistindo a uma deterioração diária das liberdades fundamentais na Venezuela. É evidente que os chavistas , com uma taxa de aprovação popular de meros 22% ,não poderão mais concorrer em eleições democráticas. É óbvio que o regime de Maduro está apenas se adaptando a esta nova realidade política e que se encaminha a largos passos para se transformar em mais uma homicida ditadura no continente. Contra a escalada da repressão chavista , que vozes latino americanas se elevarão? Não é nenhuma surpresa para ninguém que os aliados mais próximos da Venezuela chavista - os demagogos populistas dominantes no Brasil, Bolívia, Equador, Nicarágua e Argentina - têm-se mantido e vão continuar em num silêncio abjeto.Entre eles Dilma Rou$$eff. Que barbáries precisará Maduro cometer, para que o governo brasileiro se toque que a cláusula democrática do Mercosul - que para os amigos tem sido flexibilizada - tem que ser usada para fazer frente aos abusos dos regime totalitários de seus cumpadres aliados? Onde está escrito que a cláusula democrática do Mercosul existe para ser descumprida a menos que , como já vimos, o impedido legal e constitucionalmente , seja um Lugo amigo? Será necessário que o mundo assista horrorizado ao exército venezuelano - cumprindo uma LEI recentemente elaborada no Ministério da Defesa da Venezuela - atirando para matar contra manifestantes antes que Dilma Rou$$eff decida honrar o cargo que exerce? O Brasil petista,a PresidentA, os países cumpanheiros , a Unasul, o Mercosul e todos os pseudo-democráticos outros grupos regionais estão cada vez mais assumindo , sem qualquer vergonha, o papel de protetores dos abusos de governos autoritários , em vez daquele de defensor das liberdades democráticas. Mas o Brasil do qual fazemos parte não se calará. Somos solidários ao povo venezuelano. Finalizo com palavras antigas da lavra de Mario Vargas Llosa , que no entanto são mais atuais do que nunca: * " Em nome da cultura da liberdade, aprovada pelos povos da América Latina, exorto todos os governos democráticos e todas as organizações internacionais a cortar todos os laços com o governo ilegítimo e a fazê-lo sentir o repúdio das instituições e dos homens do mundo livre". * Abraço

Rangel em 23 de fevereiro de 2015

Ficaria melhor mostrando a imagem do bolso do contribuinte no lugar da governanta.

Marcio em 23 de fevereiro de 2015

Continua **** de mesmo jeito.

José Carlos em 23 de fevereiro de 2015

Dieta de Ravenna coisa nenhuma. A dieta dela é a "Dieta do Medo". Experimente você, ficar mais de 2 meses sem conseguir dormir direito (tendo pesadelos em que um camburão vem chegando para levá-lo para a delegacia) para ver se você não perde muito mais do que 13 quilogramas. O dia tá chegando. Que pena, vai estragar a dieta e volta a ganhar peso com o efeito sanfona. Coitadinha dela. Vou chorar junto.

Payxão em 23 de fevereiro de 2015

Faz sentido, garota propaganda que ganhou a reeleição...... Mas já vi uma charge no "Jornal da Besta Fubana" na qual diz: "COMPROVADO: MENTIR ENGORDA", acabou a campanha eleitora, as mentiras à rodo diminuiram e ela emagreceu.

Andre em 23 de fevereiro de 2015

É para jogar a derradeira pá de cal no imenso buraco que a vergonha alheia nos dá.

Painho, Rei do Gado em 23 de fevereiro de 2015

O Ravenna esvaziou a barriga da Doutora Pasadilma mas parece, a julgar pela última acusação contra FHC, que o **** ***** foi transferido para a cabeça.

Bernardo Pereira em 23 de fevereiro de 2015

Isso não é dieta e ela sabe disso. Cuidado com a saúde Dilma, são 4 anos pela frente.

Mairalur em 23 de fevereiro de 2015

Se faltava alguma coisa, já não falta nada. Esculhambación total.

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI