Amigos do blog, já reclamei disso antes neste blog. Mas nesta semana, em se disputam as semifinais e finais do Mundial Interclubes da FIFA podendo, portanto, acontecer o tão aguardado confronto entre Barcelona e Santos, sou obrigado a voltar ao assunto.

É difícil, muito difícil não se irritar ou até mesmo não se revoltar com a arrogância dos jornais esportivos espanhóis, sobretudo, de longe, os de de Barcelona quando se trata da cobertura do futebol não-europeu ou de sua babação cega e constrangedoramente acrítica pelo Barça.

Na verdade, o mesmo vale para os periódicos de Madri e sua relação com o Real Madrid, mas com o supertime de Messi, Xavi e Iniesta participando do campeonato no Japão a partir de amanhã, quinta-feira contra o Al-Sadd, do Catar, o panorama nas bancas da Catalunha nos últimos dias é insuportável.

O mesmo se pode dizer das emissoras de rádio, quando falam em esportes, e nas televisões. Mas vamos nos concentrar mais nos jornais.

Monotema

Entre as 48 páginas da edição publicada na manhã desta terça-feira do Sport, um dos jornais que se comportam como verdadeiros panfletos do Futbol Club Barcelona, não há uma única matéria sobre o Santos– repito, uma única reportagem, nada –, tido como favorito na outra semifinal da competição, amanhã, quarta, 14, contra a equipe japonesa Kashiwa Reysol, dirigida por Nelsinho Batista. Ainda que o Mundialito, como os espanhóis se referem ao torneio, esteja em grande evidência na publicação.

Image
Site do Sport, de Barcelona: parece que o Santos não existe

Ao final da tarde, a home do site do diário trazia sessenta notas, e apenas uma sobre o provável rival de Vila Belmiro e mesmo assim porque tratava da estrela Neymar – considerado como contratação garantida pelo Barça em 2013 pelos jornalistas catalães – e ainda por cima republicada de agência internacional.

Como se o Santos não apenas não pudesse ser o rival do Barça na final, mas também como se o clube que se consagrou com Pelé não existisse.

Proporção semelhante se encontrava na página inicial do concorrente, Mundo Deportivo, que divulgou, sem nenhum destaque, a mesma reportagem. O Mundo Deportivo chega a ser hilário, como um jornal que supostamente deveria noticiar com alguma isenção sobre futebol: seu slogan é “Siempre com el Barça”.

Image
“Mundo Deportivo”: tão isento que seu lema é “Siempre com el Barça”

Mas que Santos, que nada. A manchete principal de ambos é a gravíssima, transcendental polêmica ocasionada pela recusa de Marcelo, lateral-esquerdo brasileiro do Real Madrid, de cumprimentar o zagueiro azul-grená Gerard Piqué no clássico do sábado passado, em que o Barça novamente venceu o Real por 3 a 1, em pleno estádio Santiago Bernabéu.

Nada sobre o Santos além de Neymar

 

Image
Sobre o time do Santos, nada, apesar da multidão de jornalistas enviados ao Japão. E Neymar só é notícia porque interessa, no futuro, ao Barça

Nem uma linha sobre qual o possível esquema tático do alvinegro praiano; tampouco sobre sua preparação para o jogo de quarta.

Muito menos alguma informação extra a respeito do impressionante perfil vitorioso de Muricy, que nos último cinco anos foi quatro vezes campeão do concorridíssimo Brasileirão, e que só não é o atual técnico da Seleção Brasileira porque fez questão de cumprir o contrato que tinha com o Fluminense quando se cogitou de seu nome. Nem qualquer repercussão com relação aos comentários que fez sobre o trabalho de seu colega Pep Guardiola. Nada.

Entre as enormes equipes que ambos jornais enviaram ao Japão para cobrir o evento, não há interesse suficiente para designar um mísero repórter que se encarregue de produzir pelo menos uma notícia diária sobre o outro grande participante do campeonato.

O preguiçoso comboio de torcedores-jornalistas prefere mesmo é não sair de sua rotina: se revezar na tarefa de reescrever, todo santo dia, o mesmo artigo sobre como este Barça é glorioso, como Messi é genial, como os jogadores do Barcelona são bonzinhos, como Cristiano Ronaldo é mascarado, como José Mourinho é mau caráter…

A tendência, imagino, é que este déficit de atenção ao Santos melhore caso os favoritismos se confirmem nas semifinais. Mas por enquanto está difícil, bem difícil.

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

12 + 12 =

58 Comentários

Thiago em 26 de abril de 2012

Aqui no Brasil acontece a mesma coisa praticamente.

joao em 22 de abril de 2012

mas qual é o problema? claro que vao falar sobre o barca, a melhor equipe do mundo! o barça é muito melhor do que o santos, da mesma maneira que o santos é muito melhor que muitos times no brasil, mas nao vejo voce atacando jornais brasileiros por nao darem noticias do gama, do brasiliense ou do asa de arapiraca! voce so fala isso porque te afeta, mas quando nao afeta nao ta nem ai! esperava uma postura mais correta! tambem nao falam do meu fluminense nos jornais aqui na europa mas nao fico atacando eles so por causa disso, nao se pode ser clubista quando se tem um argumento serio sobre futebol, porque assim voce nao esta sendo logico.

carla maria em 22 de dezembro de 2011

Isso é irônico. Se a imprensa espanhola rasga seda para a equipe catalã, então o que dizer da mídia paulista em relação a equipe do Santos, sobretudo o Neymar ...

Anzo em 22 de dezembro de 2011

Críticas à revista VEJA devem ser dirigidas a seu diretor de Redação, por meio do email veja@abril.com.br

LUCIO em 20 de dezembro de 2011

É... Parece que a imprensa catalã tinha razão... Um time com uma atuação abaixo do medíocre, como foi o caso do Santos nesta final do mundial, nem merece ser citado... Até os gandulas tiveram maior posse de bola que o Santos, cuja posse de bola se resumiu em buscá-la no fundo do gol... Uma bela lição para a imprensa brasileira. Esta sim que se portou com bastante arrogância e um ufanismo ridículo, ao achar que os malabarismos do Neymar, que hoje só seriam úteis em um circo, poderiam ganhar um jogo de uma equipe que vem se preparando há décadas para chegar ao nível que está hoje, treinou muito para esta final (ao invés de ficarem gravando comerciais e twitando ofensas aos torcedores rivais), e estudou o adversário minuciosamente (mandou um espião para o Brasil, com o objetivo de filmar os últimos jogos do Santos no Brasileirão). Bem feito para os jornalistas brasileiros, que engolem calados as ofensas, as ironias e as malcriações do Muricy, nas coletivas de imprensa do Santos, só para puxar o saco do Santos e do Pelé, este que, como já disse o Romário, é um poeta quando calado...

elian mattos em 20 de dezembro de 2011

Parece que não só a imprensa ,mas o próprio Barcelona ignorou totalmente o Santos!!!

Sergio Do Prado em 20 de dezembro de 2011

Só prá lembrar, o Muricy após o jogo da semi-final disse que Guardiola sóseria "um grande técnico" se treinasse um time no Brasil. E o Léo após a con1uista da libertadores disse que iria ver quem era este tal de Barcelona. A imprensa nacional menosprezo o Barcelona, e colocou Neymar acima do que ele é, assim como se faz com jovens jogadores que vão para a europa e retornam rápidinho sem o devido reconhecimento internacional, poucos se sobressaem. Cada um puxa a sardinha para seu lado, más já está se tornendo exagero.

Sergio Do Prado em 20 de dezembro de 2011

Bem, o que você acha da imprensa nacional, é uma babção sobre os jogadores e demais atletas, que qualquer brasileiro é um super-homem ao ganhar qualquer título, que mesmo sendo brasileiro não aguento esta XENOFOBIA. Adorei ver o Santo cair de quatro frente ao Barcelona, pois já haviam endeusado Neymar e cia. Merecido a derrota, frente ao desmerecimento que coube a imprensa nacional em achar que o campeão já estava definido.

A. Santos em 20 de dezembro de 2011

Bom dia. Em minha opinião o jogo reflete com um pouco de exagero a diferença atual entre o futebol de clubes brasileiro e o europeu. Dificilmente um team brasileiro passaria a fase de grupos da Champions League, ou seja, dificilmente se colocaria entre os melhores 16 da Europa. Ricardo, me permita dizer que admiro a sua firmeza e ética contra os maus comentaristas. Eu próprio já fui injusto com vc e fui respondido com firmeza, objetividade e ética. Bem haja! Abraço Muito obrigdo por suas palavras generosas, caro Abílio. Um grande abraço -- e volte sempre.

fpenin em 19 de dezembro de 2011

Setti, No jogo do Santos contra o fortíssimo time japonês, que dominou o segundo tempo, com vários chutes perigosos a gol e, inclusive, duas bolas na trave e um gol,já deu pra sentir a iminência do VEXAME.Jogo para aprendiz é no sub-17, e, mesmo assim,tem muito craque.Chega!

fpenin em 19 de dezembro de 2011

Eu sou torcedor do Santos,mas reconheço:Vasco, Corinthians ou Fluminense teriam feito melhor papel que o Peixe, com certeza. Durval jogou um bolão, a favor do Barça...Futebol é conjunto, um só Neymar não faz verão. Continuem aprendendo, garotos, mesmo que para isso recebam milhões. Até eu gosto de ensino remunerado...

fpenin em 19 de dezembro de 2011

O jogo já aconteceu. Os espanhois mostraram-se coerentes. Cá pra nós, Setti: Durval, Henrique, Léo e Robson não emplacam nem em time da segunda divisão brasileira. E o Pato, ou melhor, o Ganso, resolveu abrir uma polêmica sobre direitos federativos na semana do jogo. Com a bola que está jogando, Ganso merece ir para a panela, rapidinho. Alguns coleguinhas da imprensa insistem em achar o time santista o melhor do Brasil, mesmo sendo assíduo frequentador do meião do quadro classificatório do Campeonato Nacional,algumas vezes namorando com a ameaça do rebaixamento. Francamente. Pior que tudo isso, só Pelé: o mico que ele pagou ao comparar Messi a Neymar é o maior da história do futebol.E, pagou no ato, sem parcelamento. Lamentável, tudo isso. O futebol brasileiro padece de falta de estrutura, jogadores que erram frequentemente passes de 5 a 10 m e, principalmente, técnicos. Dizer que aprenderam a lição é balela. Continuarão a errar, mas se acharão,ainda e sempre, os melhores. É pena, tudo isso...Choque de realidade!

Etiene em 19 de dezembro de 2011

Não sei quem é o "Renato" a quem você se refere, mas comentário grosseiro como o seu, com palavrões, não publico.

Etiene em 19 de dezembro de 2011

Não publico comentários racistas.

Etiene em 19 de dezembro de 2011

ALGUEM SE LEMBRA QDO O MAESTRO MURICI DISSE EM ALTO BOM SOM, QUE QUEM QUISER VER ESPETÁCULO QUE FOSSE AO TEATRO, Ñ PRECISOU ELE VIU, E DO BARÇA, O MELHOR DO MUNDO, SE EU ESTIVER ERRADO ME CORRIJAM, CONTRA FATOS Ñ EXISTE ARGUMENTO, NUNCA.

Etiene em 19 de dezembro de 2011

SETTI, EU PERGUNTO, EXISTE ? VOCE VIUO O BAILE OU Ñ ? SE Ñ VIU, TODAS TVS BRASILEIRA ESTÃO PASSANDO O JOGO, ASSISTA ! SÓ VOCE EO AFROBRASILIS AMARROTADO PELÉ É QUE N~VEEM PORQUE SÃO CEGOS, E OS DOIS SE MERECEM, POIS VOCE O CLASSIFICOU ENTRE AS CINCO PERSONALIDADES QUE VOCE ADMIRA, PESSIMO GOSTO ALIAS, QUEM REJEITOU A FILHA PORQUE ERA NEGRA E FILHA DE UMA NEGRA Ñ MERECE RESPEITO NEM DO DIABO Uma coisa é falar da boçalidade da imprensa de Barcelona. Outra é comentar o time do Barcelona. O que eu comentei, se é que você leu o post, foi a falta de objetividade e profissionalismo da IMPRENSA de Barcelona. Não falei uma palavra negativa sobre o TIME do Barcelona, que é extraordinário e que sempre considerei favorito absoluto desse jogo. Não me critique por algo que não fiz! Leia direito o post antes de escrever asneiras! Claro que assisti ao jogo. O Barça deu um banho no Santos. Quanto às impropriedades que você diz sobre Pelé, você leu o processo na Justiça que a filha moveu contra ele para ser reconhecida? Se você souber do conteúdo, é muito estranho, porque o processo correu em segredo e só Pelé, a moça que morreu, os advogados e o juiz sabem das razões dos desentendimentos entre eles. Essa loucura sobre ele não querer reconhecer a moça por "ser negra" é um absurdo que não sei de onde você retirou, até porque todos os filhos dele são negros, inclusive a moça gaúcha fisioterapeuta, reconhecida por ele e que se dá bem com o pai. Acho que sua bronca com Pelé tem a ver com outras razões. Com o futebol inigualável dele é que não deve ser, não é? Porque se for, você está mal, meu amigo.

Serio cara tens coragem de Falar da imprenssa espahola??? logo os brasileiros da globo e sportv ufanisnta barato que acham que so brasileiro sane joga neymar é um lixo como robinho e denilson tudo que vcs da imprenssa paulista inventam n presta em 19 de dezembro de 2011

Serio cara tens coragem de Falar da imprenssa espahola??? logo os brasileiros da globo e sportv ufanisnta barato que acham que so brasileiro sane joga neymar é um lixo como robinho e denilson tudo que vcs da imprenssa paulista inventam n presta TUDO o que "nós", da imprensa paulistana, "inventamos", "não presta"? Você não acha que essa generalização, além de injusta,e mentirosa -- porque a imprensa séria não "inventa" nada --, é imbecil?

Eles era,??? Os ufanistas pachecões brasileiros a turma do oba tem coragem de criticar alguem a invensão Neymar desde desde Robinho provou ser mais um trouxa em 19 de dezembro de 2011

Eles era,??? Os ufanistas pachecões brasileiros a turma do oba tem coragem de criticar alguem a invensão Neymar desde desde Robinho provou ser mais um trouxa

Percio em 18 de dezembro de 2011

Não foi só a imprensa que ignorou o Santos, não. O Barcelona também ignorou...

paulo dórian em 18 de dezembro de 2011

coitado do santos!!!

carlos nascimento em 18 de dezembro de 2011

Amigo Ricardo, Após imersões e mergulhos n'água, 2 garrafas de vinho - espanhol - conselho do AN, cabeça já relaxada, hora de algumas considerações : Nelson Rodrigues diria, o problema é o complexo de vira-latas, ainda não perdemos essa porcaria de postura, jogo decisivo, adrenalina no ápice, os nossos jogadores cometiam faltas e ato contínuo davam tapinhas e pediam quase que "serviçalmente" desculpas aos espanhóis, ora bolas, isso é vergonhoso, prova que o time não entrou focado, não entrou pilhado como se diz, isso foi também um fator determinante, me perdoe Murici Ramalho, mas não tem pedigree ainda para grandes decisões, Mestre Telê deve estar decepcionado com o seu pupilo, todos nós sabíamos de antemão que o Barça era infinitamente superior ao Santos pelo conjunto, agora, a postura do time foi de fracasso antecipado. Eu imaginava um jogo de 6 x 3, ou 7 x 4, agora 4 x 0 foi demais, prova que estamos em retrocesso brabo, seja mental, seja físico, seja técnico, ninguém ganha nada com esse tipo de postura, REVERÊNCIA em demasia, é sinal de complexo de vira-latas, Nelson Rodrigues nunca esteve tão atual. Antecipo minhas férias, agora é hora de relaxar, pegar os netinhos e sair para o abraço do mar, vou tentar curar as minhas decepções esportivas, pelo menos no âmbito familiar as alegrias estão cada vez RENOVADAS. FELIZ NATAL e ANO NOVO VENTUROSO. É HORA DE VC RETORNAR AO PAÍS. Abração. Carlos Nascimento. p.s:- Fale ao Daniel que ele foi a grande surpresa do ano, acredito que será um sucesso estrondoso em 2012, só pede para ele ouvir um pouco as nossas dicas, ele está devendo: Phill Colins, os anos 80 da febre Disco, além de outras dicas. brincadeira.... abraços. Prezado Carlos, Compartilho em grande parte de sua visão do que ocorreu na partida Santos x Barcelona. Lamento pela sua cabeça quente mas... o futebol, que nos dá grandes alegrias, é também fonte de sofrimento constante. Aproveite bem as férias, obrigado pelas referências ao Daniel e também lhe desejo boas festas e um grande Ano Novo. Um abração

Fernando em 18 de dezembro de 2011

E agora? A imprensa da Espanha estava errada? Caro Fernando, no caso do Barça, eu me concentrei mais na imprensa de Barcelona. Então, em relação ao absoluto favoritismo do Barça, evidentemente que não, estava certíssima. Quanto a sua total falta de equilíbrio na cobertura, e seu papel de lambe-botas do time -- quando a função é informar, e deixar a opinião para as colunas --, evidentemente que sim, estava e vai continuar a estar errada. Abração

Fã do Diogo Mainardi em 18 de dezembro de 2011

E se fosse outro time braisleiro teriam dado de 8 fácil ou de 10 com algum esforço

Fã do Diogo Mainardi em 18 de dezembro de 2011

O Barcelona se poupou. Se quisesem teriam dado de 6

carlos nascimento em 18 de dezembro de 2011

PARABÉNS BARCELONA ! Ricardo, Não se aborreça mais com os espanhóis, HOJE, eles são os melhores não do planeta. O Brasil retroagiu, até no futebol, é hora de profundas reflexões. O melhor time do País parecia um simples time da várzea, incrivelmente o Barcelona teve 72% de posse de bola, só isso já DEFINE tudo. Até no futebol o Brasil já não mais o melhor, o que será que os políticos fizeram para nos transformar nisso. abração. Carlos Nascimento. Caro Carlos, Em absoluto me aborreço com os espanhóis, gosto muito do país e do seu povo. Minhas críticas, neste post, foram a uma imprensa lambe-botas, sem a menor isenção, que faz um jornalismo de torcedor. Mas até ela é divertida de ler. As ginástica que os jornalistas-torcedores fazem para que tudo seja favorável ao time que eles defendem chega a ser engraçada. Quanto ao futebol brasileiro, pecamos pela base: não há profissionalismo, tudo é dirigido por cartolas amadores e em grande parte mal-intencionados. O futebol europeu e também em países como o Japão está anos-luz à frente do nosso. Por isso, nossos grandes jogadores acabam todos indo embora. Somos, junto com a Argentina, os maiores fornecedores de grandes (e também de médios) jogadores do mundo. Que triste. Abração

Otaviano em 18 de dezembro de 2011

afinal parece que a imprensa arrogante tinha razao...

carlos nascimento em 18 de dezembro de 2011

FIM DO PRIMEIRO TEMPO A)- diferenças abissais. B)- erros fatais : Murici escalou errado, Léo fora de ritmo, Elano no banco, Durval "apavorado", adiantei abaixo, o Barcelona tem a linha de 4 jogadores que pressionam o tempo inteiro a zaga adversária, ai reside o problema, tem que ser invertido o processo, não pode permitir que o Time saia jogando, tocando a bola com facilidade, teria que ser feito pressão na saída de bola deles,o Abidal está passeando solto pela esquerda, agora é rezar para não ser HUMILHADO. Murici tinha que inventar no último jogo, deveria ter deixado o Adriano na ala direita, tinha que ter deixado o Léo no banco, o Elano entrando de cara, invertendo a pressão, deveria jogar no campo do Barcelona, vamos ver como vai ser o segundo tempo. OREMOS ! Caro Carlos, time nenhum ganha jogo -- sobretudo do Barça -- com bolão lançado lá na frente para os atacantes terem que matar, dominar e começar uma jogada, nem com goleiro dando chutão, sem fazer o time sair jogando (sendo que o Barça tem uma grande defesa e ótimos volantes defensivos), e nem errando 50% dos passes, bisonhamente. E por aí vai. E por azar o Neymar ainda não aproveitou, do jeito genial que ele costuma fazer, três chances de cara com o goleiraço Valdés. Então, só milagre. Quatro foi até pouco... Abraço

carlos nascimento em 17 de dezembro de 2011

Está chegando à hora,O palco aqui de casa já está arrumado, o café da manhã será diferente, vai ser em frente da "telinha", ainda não me decidi qual o canal que irei acessar, ultimamente não ando com paciência de ouvir narrações do "gavião", prefiro o Cléber Machado, decido na hora. Estou ansioso, aguardo esse confronto há bastante tempo, será um divisor de águas, só peço que os meninos da vila joguem com naturalidade, sem invenção, partindo pra cima da zaga catalã, com os demais multiplicando-se em campo, para cada jogador do Barcelona deverá ter sempre em cima 2(dois) Santistas, pegando firme, no cangote, sem permitir transpiração, os primeiros 20 minutos serão decisivos, nada de jogar recuado, é pressão, buscar fazer um ou dois gols de cara, ai sim, armar o ferrolho, partindo em contragolpes mortais, com PHG fazendo os lançamentos mortíferos, sempre em diagonal para Neymar e Borges liquidarem a fatura. Um aviso ao Murici, não tente jogar esperando o adversário, será fatal, o toque de bola deles é hoje uma arma mortal, comparo aos dos jogadores de basquete americano - Jordan + Magic Johnson -, se deixar jogar à vontade é nocaute. Reparem que o Barcelona usa sempre um linha de 3 a 4 jogadores na frente da zaga adversária, o segredo é saber superar essa linha, o meio de campo tem que fazer a bola ultrapassar isso rapidamente, com deslocamentos e troca de passes, ai o clarão irá aparecer lá na frente. Bem, chega de papo, voltamos amanhã, oxalá com a vitória do PEIXE. PHG, NEYMAR, BORGES E CIA. VAMOS LÁ. É HORA DE FAZER HISTÓRIA !

Miguel Campos em 16 de dezembro de 2011

Os jornais brasileiros fazem a mesma coisa em relação aos clubes brasileiros, sobretudo os paulistas e cariocas. Lá é como cá.

Fernando em 15 de dezembro de 2011

E o Santos existe? Esse complexo de superioridade dos brasileiros é de lascar. É só lembrar da seleção com alguns que estão nesse time do Santos, como o queridinho Neymar, que só levou fumo quando jogou com alguma seleção decente. Podemos também levar em consideração a pressão que sofreu do time japonês. Ou mais, o time que vocês acham que tem chance com o Barcelona levou fumo aqui em Minas contra o América-MG, o qual foi rebaixado. O futebol brasileiro está em clara decadência, a cada seleção que arrumam, consegue ser pior que a anterior.

carlos nascimento em 14 de dezembro de 2011

Caro Ricardo, Desculpe-me, retiro o convite para regressar ao País, acabo de tomar ciência de que Barbalho está de volta ao Senado, fique por ai mesmo meu amigo, pelo menos a gozação dos espanhóis é apenas sobre o futebol, não venha se aborrecer com o lixo político. Abraços Carlos Nascimento.

Lúcia Helena em 14 de dezembro de 2011

Prezado Setti Acabei de ler no marca.com que eles consideram que perder do Santos é "ilógico"! O noticiário esportivo deles parece o nosso noticiário político, não? abs Acho que é pior, cara Lúcia Helena. Abração

carlos nascimento em 14 de dezembro de 2011

Caro Ricardo, Penso que seja hora de retornar ao Brasil, apesar do nosso padrão politico, Congonhas está sentindo falta do seu desembarque. Vc tem inúmeras maneiras de tirar sarro dos espanhóis : - O Brasil é Penta Campeão Mundial de Futebol de Seleções (4 vezes). - Os times brasileiros já venceram diversas vezes o Campeonato Mundial de Clubes - Santos (2), São Paulo (2), Flamengo (1), Internacional (1), portanto, caso não tenha esquecido algum, somam 6 títulos. - O Brasil possui diversos títulos mundiais de Fórmula Um : Fittipaldi(2), Piquet(2), Senna(3), ao todo são 7 títulos, pelo que me consta, Alonso só ganhou uma única vez. - Na economia a Espanha é a bola da vez (quebrada), tem gente desempregada nos tetos, diferentemente do Brasil, uma economia em ascensão, apesar do pt. - O Brasil tem o maior gênio vivo do Futebol, chama-se Pelé, Messi é razoável, além de argentino, só joga no Barcelona pelo conjunto, na Seleção Argentina ele está devendo, e muito. - O Santos irá colocar o ego dos espanhóis em seu devido lugar, domingo vc irá confirmar. - Xavi, Iniesta, Messi, sim, são excelentes jogadores, porém, temos PHG, Neymar e Borges, veremos ao final do confronto. Tenha orgulho do futebol brasileiro, os espanhóis estão longe dos 4(quatro) títulos mundiais do Brasil, essa geração do Barça está em seu final, me aponte os sucessores deles, enquanto aqui, podemos formar 3 ou 4 SELEÇÕES. Anote ai, Santos 3 x 1 Barcelona. Abraços Carlos Nascimento. Obrigado por seus conselhos, amigo Carlos. De todo modo, voltarei no final de janeiro, ou pouco antes. Quanto a convencer os espanhóis dos nossos méritos esportivos, acho que as pessoas comuns, pelo que vejo, os conhecem. A imprensa é que é muito autocentrada, olha demasiado para seu próprio umbigo. Um abração

Vera Scheidemann em 14 de dezembro de 2011

Agora não tem jeito, vão ter que reconsiderar... A propósito, vai ser um jogão ! Um abraço ! Vera

julio em 14 de dezembro de 2011

Quem dera baixe o arquétpo de Pelé em Neymar, Ganso, Borges e tal e lhe enfiem um 5x1 ben claro! Tomara engulam a seco, se não cairem antes e nem jogarem a final...

Renato em 14 de dezembro de 2011

Puxa!!! Deve ser horrível viver em um país onde a imprensa é tendenciosa... Pois é, Renato, você não imagina o que tenho sofrido aqui na Espanha.

Natal em 14 de dezembro de 2011

É bom lembrar que, em 1981, ninguém falava ou conhecia o Flamengo. Para a imprensa européia, o Liverpol ia apenas dar um passeio e pegar o troféu. Todos sabem o resultado. Portanto, nome e fama nçao ganham jogo nem título, arrogância, muito menos. Sou Flamengo, mas, neste caso, torcerei para o Santos e que a arrogância e a empáfia percam para a humildade e simplicidade.

Mairalur em 14 de dezembro de 2011

Cada qual com sua opinião, mal ou bem educada, conforme cada um. Sou paulista, paulistana e sãopaulina, mas vou torcer muitíssimo para o Santos e para o menininho Neymar. Há de dar "nóis" lá, porque o Santos lá é São Paulo, é o Brasil. Gente chata, essa turma do contra!

Jayme em 14 de dezembro de 2011

É exatamente o que a imprensa do Sul e Sudeste faz com o futebol do Norte e Nordeste do Brasil. A parcialidade no tratamento e nos comentários beira até a covardia, como no caso do comentário feito pelo ex-jogador Batista (PFC-SPORTV) após a entrada criminosa de Bolivar (Inter) em Dodô (Bahia), que resultou em rompimento dos ligamentos cruzados do joelho e afastamento dos gramados por 06 (seis) meses.

Armando em 14 de dezembro de 2011

Sou espanhol que moro no Brasil. Torcedor fanático do Barça desde criança. Concordo contigo em quase tudo. Mas isto não so é aplicável a Espanha, também a Inglaterra, Italia,... Eles não dão importancia a ligas sulamericanas. En qualquer caso, você tem que entender que para nós é muito mais importante ganhar do Real Madrid no Bernabeu que contra o Santos na final do mundial. Trata-se de uma briga politico-esportiva que dura décadas. Mas é verdade que um pouco de humildade seria bom para nós espanhois e mais se tratando de futebol (onde o Brasil é a referência mundial)

jackson em 14 de dezembro de 2011

Prezado Setti, para os espanhóis não existe o Santos e nem existirá. Mesmo que aconteça um resultado favorável. Quem é esse time do Santos? Ganhou uma Libertadores sem ter jogado um único jogo decente, bem como não disputou nenhum jogo com algum time expressivo, afinal os times mais tradicionais acabaram saindo nas primeiras fases. A Libertadores também se ganha na sorte. Por favor, não queiram transformar um torneio desprestigiado em algo que não é.

hippie sujo da esquerda festiva em 14 de dezembro de 2011

Ricardo, a liberação dos comentários nos outros tópicos da 1ª página estão atrasados. Tem comnetário só do dia 11 ainda em alguns tópicos. Dá um up aí cara !

etiene em 14 de dezembro de 2011

Ñ VEJO A HORA DO EMBATE, POIS ESSE TIMINHO DE TERCEIRA, Ñ VAI VER A COR DA BOLA, AI QUERO VER A CARA DESSES SANTISTA IDIOTAS.

etiene em 14 de dezembro de 2011

RICARDO: SOU GDE ADMIRADOR SEU, MAS TEM HORA QUE PISA NA BOLA, CITO: COLOCAR PELÉ ENTRE OS CINCO QUE VOCE ADMIRA, É DEMAIS, ESSE SAFADO QUE RENEGOU SUA FILHA,SÓ PQUE ERA NEGRA E FILHA DE UMA DOMESTICA "NEGRA", PISOU! E AGORA FALAR SOBRE O BARCELONA, Ñ O ENTENDO: A IMPRENSA DO BRASIL JÁ TRANSFORMOU ESSE MOLEQUE DO NEIMAR, ATÉ EM MESSI, TÁ MUI LONGE, PRA COMESSAR ELE PRECISA VIRAR HOMEM, E É SOMENTE UMA PROMESSA, E TALVEZ FALSA. Caro Etiene, você sabe em detalhes o que se passou entre Pelé e sua filha reconhecida apenas na Justiça? Acha que tem TODAS as informações sobre os fatos para julgar Edson Arantes do Nascimento dessa forma tão ligeira e definitiva, como faz? E percebeu que eu me referi a Pelé DENTRO DO CAMPO no meu texto, ou só correu os olhos pelo blog e já veio criticando? Não faço, porém, QUALQUER julgamento sobre o que houve entre Pelé e esta filha. Ele, fora do campo, já teve gestos generosos inúmeras vezes. O que terá ocorrido é algo que só as partes sabem, e acho espantoso alguém de fora achar que sabe toda a verdade e, com base nisso, condenar o homem -- e o craque, pelo visto. Pense bem. Abraço

Valeria em 14 de dezembro de 2011

Puxa Ricardo vc conseguiu traduzir o que eu penso do jornalismo pró culé, chega a ser irritante mesmo, eles sao os dons perfeitos, o Guardiola um Deus(sem querer desmerecer o seu talento como treinador),o Messi um santo , enfim toda essa falsa humildade que eu sinto cada vez que eles fazem uma declaraçao na imprensa.Tenho um filho torcedor do Barça, mas espero que o Santos vença este combate e assim baixar um pouco a bola de todos ,desde a imprensa até o catalanismo exacerbado. Abraços

Esron Vieira em 14 de dezembro de 2011

Creio que este será até um ingrediente a mais para a vitória do Santos. Vai dar mais garra e motivação pra superar. E olha que não sou santista, porém torço para os times brasileiros quando estão disputando fora.

JT em 14 de dezembro de 2011

A imprensa esportiva de Barcelona torcer pelo Barcelona é compreensível, pois esta cidade só tem um time grande. O que não dá para admitir, é que a imprensa paulistana está pendendo claramente para o Corinthians. Em detrimento de São Paulo e Palmeiras, e também o Santos. Não dá mais para ver programa esportivo na hora do almoço, por exemplo. Se o Palmeiras fecha o treino, o apresentador avisa que não tem notícia do clube, mas no mesmo dia o Corinthians fecha o treino e tem um plantonista na porta do centro de treinamento, falando qualquer fofoca. Todo dia tem entrevista coletiva do Corinthians resumida na TV. Já as reportagens sobre Palmeiras e São Paulo são superficiais e usam trilha sonora de circo, com o repórter falando em tom irônico. Enfim, não vou fazer uma análise científica disso, mas estou chegando a conclusão de que não existe imprensa esportiva neutra, em nenhum lugar do mundo.

Ruben em 14 de dezembro de 2011

Caro Setti, será que não temos que ver estas questões pelo outro lado também? Acho que o futebol brasileiro tem pouca visibilidade no exterior também muito por culpa de nossos dirigentes, que não se preocupam em tornar o futebol brasileiro mais forte e atraente, de modo que para os europeus, com certa dose de razão, somos meros expostadores de pé-de-obra. Felizmente com a melhora econômica que os clubes brasileiros vem passando a expectativa é que isso mude um pouco, mas de certa forma até entendo essa postura, tirando é claro o modo exagerado com que Marca e Mundo Deportivo tratam de Madrid e Barça. PS: Nos jornais mais "sérios", como o El País, a cobertura é parcial assim também? Um abraço. "El País" não tem essa postura quase patética de vassalagem em relação ao Barça, mas sua cobertura esportiva também é enviezada e ignora praticamente de forma absoluta os dois centros futebolísticos do mundo que mais fornecem grandes jogadores para os campeonatos europeus -- o Brasil e a Argentina.

Frederico em 14 de dezembro de 2011

Que coisa, né...parece até a imprensa esportiva de São Paulo que só destaca as virtudes do "timão" do "verdão" e do "tricolor", esquecendo que existem outros times na terra do futebol. Ué, e daí, Frederico? O que é que tem uma coisa com a outra? Não sei se você percebeu, mas o post era sobre a imprensa espanhola, em especial a de Barcelona. Quanto à imprensa de São Paulo, não escrevi uma linha.

Atheneu em 14 de dezembro de 2011

Ficar chorando porque os caras nao escrevem sobre o poderoso Santos. E ainda querer que o proprio jornal espanhol seja obrigado a ter isencao. Eh realmente hilario. Nao eh um complexo, mas o verdadeiro vira-lata latindo. Era do Pele, infelizmente, passou. O que o Santos tem agora ainda esta longe de fazer frente ao atual esquema do Barcelona. Eh simples assim. Pode ocorrer o inesperado? Pode, ninguem discute. Mas, como se escreve, inesperado. E sobre a isencao do jornal, sugiro passar a patrocinar o noticioso esportivo deles, ou entao compra toneladas de jornal para distribuir no Brasil. Deixe de ser grosseiro e agressivo, meu caro. Ninguém está chorando nada. Tentei mostrar uma situação, não tem nada com "defender" o Santos. E não digo quem é viralata porque, diferentemente de você, tenho educação.

chu13rs em 14 de dezembro de 2011

E você ignora o Kashiwa. Não ignorei ninguém, cara. Se você leu o post, o que parece não ter sido o caso, constatará que não fiz qualquer análise sobre o Mundial de Clubes, mas mostrei o comportamento da imprensa pró-Barcelona.

Lapeno R em 14 de dezembro de 2011

O Barca e fregues dos times brasileiros. Lembro bem que em 1992 a imprensa arrogante deles fez o mesmo, inclusive com declaracao do Zubizarreta (goleiro deles na epoca e da selecao) zombando do SPFC. Saldo to jogo - Barca humilhado por Rai com um golaco de falta no fim, o resto e historia. Que o Santos faca o mesmo com eles esse ano.

terceira via em 14 de dezembro de 2011

A dor de cabeça destes espanhois vai ser muito forte na segunda. Setti, o barça joga por musica e dois toques sempre em direção a messi. Ele é o centro da engrenagem, o cara é "bom". Se mantivermos o time, tirando mesi e colocando Neymar. O barça melhora ou piora??? fica mais perigoso com Neymar????? esta respondido quem é o melhor do mundo. NEYMAR. Só que joga no campeonato brasileiro, por sinal o mais disputado do mundo. Esta certo o Muricy que falou que para serem os melhores tecnicos do mundo precisariam trabalhar num campeonato brasileiro. Não sou Santista, mas com certeza se der peixe vou azucrinar a vida dos sites destes porras-locas.

Gamal em 14 de dezembro de 2011

Acho que o Barcelona vai ficar com o gosto de cabo de guarda-chuva na boca. O jogo está escrito. O costado de Daniel Alves é a avenida por onde Neymar vai deixar os azuis-grená de joelhos. O mundo que espera ver Messi brilhar vai ficar perplexo com o garoto da Vila. Bye Bye Barça. Ademais, Muricy é melhor do que Mourinho e Guardiola juntos. O Santos de Dorval, Mengálvio, Coutinho, Pelé e Pepe será honrado!

Guto Junior em 13 de dezembro de 2011

Olá Setti, parabéns pela coluna, sou um novo leitor que pretende acompanhar de perto a coluna. Quanto ao Santos, hoje mesmo o jornal Espanhol Marca (principal jornal esportivo do país e da Europa) trocou o escudo do Santos no seu site pelo da Ponte Preta, e a "gafe" foi corrigida apenas no final do dia, virando assunto em diversas partes do país. Grande abraço ! Obrigado, caro Guto. Muito bom saber que você é um novo leitor que pretende acompanhar de perto o nosso trabalho. Fiquei sabendo da gafe pavorosa do Marca, hahahahaha. Na verdade, Marca não é tido por aqui como o principal jornal esportivo da Europa. Há outros mais importantes e mais isentos, sobretudo franceses, ingleses e italianos. Volte sempre, Guto! Abraço

J.B.CRUZ em 13 de dezembro de 2011

Faz lembrar a semana que antecedeu ao jogo BARCELONA X INTERNACIONAL em 2.007..A mesma ladainha..Enquanto os ESPANHÓIS ganharam o jogo antecipadamente; o INTER jogou para o gasto e levantou o "CANECO" com gol de ADRIANO "GABIRÚ"....Meu Avô (paterno) já dizia: ''A LÍNGUA É CHICOTE DO CORPO ''....Plagiando Adílson Batista,"VAMOS AGUARDAR !!''...

Marco em 13 de dezembro de 2011

Amigo Setti: Outra coisa q se diz por aqui q não existe imprensa mais Xenofóbica q aí, tanto é q o Puyol é considerado mais importante q o Messi. Abs.

Marco em 13 de dezembro de 2011

Amigo Setti: Me antecipei e comentei esse assunto no música no Blog, mas essa d q o Neymar precisa jogar no Barça para ser um grande jogador, é desmedida, nos faz lembrar de Pelé e outros antigamente q sempre jogaram nos mesmos clubes, e o próprio Maradona q saiu do Barça e foi jogar no Nápoli q estava na segunda divisão. Volto a dizer q o q faz um jogador se tornar grande é ser decisivo e faixa no peito. Se o nosso amigo Carlos Nascimento, q acho q agora vai aparecer nesse texto, já q é um grande desportista,gostaria q visse minhas interrogações antes no música no Blog. Abs.

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI