Impressionante: várias grandes cidades dos EUA têm taxas de homicídios muito superiores às de São Paulo e mesmo do Rio. New Orleans chega perto de Honduras, o país mais violento do mundo. Confiram os dados

Criminosos condenados em uma prisão na Califórnia: cidades americanas exibem índices alarmantes de assassinatos (Foto: images.catholic.org)

O chamado “ex-blog” do vereador e ex-prefeito do Rio Cesar Maia publica hoje dados impressionantes sobre a criminalidade nos Estados Unidos — mostrando, por exemplo, que a taxa de homicídios da capital americana, Washington, é quase o dobro da de São Paulo, e que Detroit, no Estado de Michigan, bate de longe o Rio de Janeiro. New Orleans é o pior caso, como vocês verão abaixo.

Mais reproduz material de Andrés Oppenheimer, jornalista argentino que é editor de assuntos latino-americanos do jornal The Miami Herald e colaborador da rede de TV CNN em espanhol.

O material de Oppenheimer foi publicado pelo jornal argentino La Nación.

Diz o “ex-blog”:

CIDADES DOS ESTADOS UNIDOS COM ÍNDICES DE HOMICÍDIOS LATINO-AMERICANOS!

(Andrés Oppenheimer – La Nación, 29)

1. O estudo, intitulado “A violência armada em cidades norte americanas em comparação com aquela dos países mais violentos do mundo”, cujo autor é o guru do desenvolvimento urbano, Richard Florida, da Universidade de Toronto (Canadá), contém um mapa com dados impressionantes sobre a gravidade alcançada pelo problema da violência armada em várias cidades dos Estados Unidos.

Aqui estão alguns dos números do mapa, mostrados em 22 de janeiro no site theatlanticcities.com, com dados do Escritório de Drogas e Crime das Nações Unidas.

2. A taxa de homicídios com armas de fogo em Washington, D. C., capital dos Estados Unidos, é de 19 por 100 mil habitantes.

New Orleans, com 62 assassinatos por arma de fogo por 100 mil habitantes, tem uma taxa quase tão elevada quanto a de Honduras, o país mais violento do mundo, com 68 homicídios com armas de fogo por cada 100 mil habitantes.

Detroit tem 36 assassinatos com armas de fogo por cada 100 mil habitantes. Baltimore [no Estado de Maryland] tem uma taxa de homicídios por armas de fogo de 30 por 100 mil habitantes, Newark [Nova Jersey, encostada em Nova York], 25 e Miami [Flórida], 24.

“Os números são impressionantes”, diz Richard Florida. “Um número de cidades dos Estados Unidos tem uma taxa de homicídios com armas de fogo comparável aos países mais violentos do mundo.”

3.1. (Ex-Blog) Estado de São Paulo: 4.833 homicídios dolosos, 41,5 milhões de habitantes. Homicídios por 100 mil habitantes: 11,6.

3.2. Estado do Rio: 3.998 homicídios dolosos, 16 milhões de habitantes. Homicídios por 100 mil habitantes: 25.

3.3. Cidade de São Paulo: 1.497 homicídios dolosos, 11,5 milhões de habitantes. Homicídios por 100 mil habitantes: 13.

3.4. Cidade do Rio de Janeiro: 1.196 homicídios dolosos, 6,35 milhões de habitantes. Homicídios por 100 mil habitantes: 18,8.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × 4 =

32 Comentários

  • Gergra

    Caro Setti

    Esta estatística carece, sem dúvida, de uma boa análise, porque dá a impressão de que lá é como cá. Ela é muito boa para a finalidade do CMCI (Cezar Maia Criminal Institute)rsss.

    O link abaixo mostra um consolidado onde os números são realmete invejáveis:

    http://www.deathpenaltyinfo.org/murder-rates-nationally-and-state

    O índice consolidado nos EUA (2011) é de 4,7 por 100.000, conforme a fonte acima. No Brasil, o mesmo índice estava em 2010 (fonte: http://mapadaviolencia.org.br/pdf2012/mapa2012_web.pdf) em 26,2 por grupo de 100.00O habitantes (5,6 vezes a mais)!

    Se dividirmos algumas áreas dentro das grandes cidades brasileiras acho que nos surpreenderiamos com os resultados.

    Abraços

    O post não se refere a dados consolidados, Gergra.
    Abraços

  • Gergra

    Caro Setti,

    Eu de novo. no site indicado (http://mapadaviolencia.org.br/pdf2012/mapa2012_web.pdf) se vê algumas divisões:

    Por exemplo, as cidades brasileiras mais violentas (por 100.000 habitantes, região metropolitana:

    Maceió 100.7
    Belém: 80,2
    João Pessoa 72,9
    VitóriA: 68,6
    SAlvAdor: 60,1

    E por Município:

    Simões Filho-BA: 146,4
    Campina Grande do Sul-PR 130,0
    Marabá-PA: 120,5
    Guaíra-PR 112,8
    Porto Seguro-BA 108,3
    Ananindeua-PA: 108,1
    Coronel Sapucaia-MS: 107,7

    A coisa tá feia. Precisa, para efeito de comparação, tentar achar características comuns. Comparar só com os piores não vale!

    Abraços

  • Cil

    Verdade, mas o que dizer das pequenas cidades, como aquela onde o houve último massacre, mas que ficou 10 anos com 2 crimes. No BR, a violência está em todo lugar. Se é pra morrer, ainda prefiro o american way… ehehehehe

  • Paulo

    DEVERIA MOSTRAR e MANTER DIRETO E MESMO AQUI O RANKING DOS HOMICIDIOS COMPARAVEIS AOS BAIXÍSSIMOS DE SAÕ PAULO!
    O mais desinteressante dessa historia acima é que graças a uma certa imprensa tendenciosa noticiam quase diariamente a criminalidade de S Paulo mas omitem em muitas capitais brasileiras em habitantes muito mais violentas, como Maceió, Recife e Salvador Estado governado pelo PT.
    Então, deveria manter isso aqui da mesma forma para mostrar ao paulistano que isso não passa de preconceito contra o PSDB-Alckmin e preparar o caminho para o PT – o salvador da patria – dos ex guerrilheiros marxistas que queriam tomar o poder a bala e instalar aqui uma Cuba II.

  • nei Brasil 2022, o destino...

    Bom artigo, parabéns.
    Isso serve para brasileiros babacas que adoram frequentar Miami e acham que fazem bom negócio.
    Todas, todas as cidades paulista têm indice abaixo de Miami : http://www.ssp.sp.gov.br/estatisticas.
    Em janeiro os homicidios voltaram a cair em S. Paulo! segundo estadao.com.

  • Ismael Pescarini

    O que fortalece também o conceito que não é a miséria que causa violência, mas outros condicionantes sociais, como exclusão racial, formação moral, deficiência de uma educação sem comprometimento e DROGAS. Estamos porém no caminho errado, isto é, imitando eles no que tem de pior.

  • nailton

    é impressionante e espantoso, querer se nivelar por baixo. O caos está instalado e tem gente querendo massacrar as estatísticas para dizer que tudo não vai tão mal.

    Quer dizer que divulgar estatísticas comparativas, para você, imediatamente é “querer nivelar por baixo”?
    Então você acha que eu, ser minimamente racional, quero o pior para o meu país, defendo que está tudo bem e que nada precisa mudar? Se assim for, deve ser a primeira vez que você lê o blog.

  • Paulo

    Está demonstrado que os EUA também tem criminalidade, o que não quer dizer que estamos bem por isso. Ao invés de justificar o que há de ruim mostrando o pior, que tal tentar melhorar o que está ruim e buscar lá fora para tanto atraso aqui dentro, como por exemplo na educação, saúde…

  • Augusto

    Viva a segunga emenda da constituição americana…como não vai haver tanto homicidios por arma de fogo se cada americano pode andar armado. Uma briga de butiquim no Brasil acaba no braço no EUA acaba na cova.

  • Jose Silva

    Bom, pergunta é: Os numeros lá também são maquiados como aqui? Sim, pq aqui se acham sujeito com 12 tiros nas costas morto na praia, colocam na sumula que o desafortunado morreu afogado.

  • Erika

    Ola! setti, obrigada por fazer o post. Moro aqui nos EUA. Eu sempre fall isso para os menus conterraneos no Brasil e aos conhecidos brasileiros que resided aqui, esse pis aqui nao e to calmo como se pensam. A violencia aqui e grande. O número de homicidios com aromas de fogo e grande. E isso em cidades de Porte medio populacional. Imagines se tivessem o tamanho de São Paulo, Rio ou Recife. Isso e que as pessoas nao perceberam ainda no Brasil. E a coisa aqui so piora. E tem gente que ainda diz que isso aqui e calmo. Veja o número de homicidios com armas de fogo em Chicago no mes de janeiro/ 2013. São impressionantes. Conheco uma brasileira que levou uma bala perdida quando saia de uma lojinha em uma cidade no Nordeste dos EUA. Ate isso acontece aqui diariamente.

  • Erika

    Desculpa os errors gramaticais. Meu teclado pede desculpas.

  • Ricardo

    Os Estados Unidos pode até possuir cidades com elevado índice de assassinatos. A questão é que lá a taxa de homicídios resolvidos é de cerca de 60%. Aqui no Brasil não devemos chegar nem a 10%. Esse é o ponto.

  • betão

    Quase 90 % relacionados com trafico de drogas…com certeza cobrança de dívidas ou para arrumar grana para compra mais, essa estória, com e mesmo, de liberando a venda acaba a matança… é pura falácia.. Maceió chegou ao alarmante 135 homicídios por 100.000 habitantes em dez anos e o responsável direto? O crack nas favelas. O caso do golpe militar de Honduras, transformou o país em um narcoestado, ou seja uma artéria do trafico internacional lá em San Pedro Sula, 159 por 100.000. o país mais perigoso do mundo.

  • Beto

    Algum dia São Paulo ou Rio de Janeiro passaram por uma grande tragédia como New Orleans. Ainda que nos EUA a população tem a chance de auto defesa, com armas e treinamento. No Brasil foi tirado o direito do cidadão de bem defender a sua vida e armaram os bandidos e principalmente os menores de idade que ateiam fogo em seres humanos vivo, pois ão existe punição.

  • elisabete araujo

    A violencia e mundial nao acusem o brasil que na real nosso pais e o menos violento

  • NILTON

    A taxa de homicídio realmente nestes lugares são altas mas eu pago os meus impostos pra ter segurança é aqui em São Paulo, e outra coisinha a taxa de solução de destes homicídios lá é em torno de 60% em quanto aqui não passa de 3%. ISSO É UMA VERGONHA E FALTA DE RESPEITO.

  • Claudio

    Morei em detroit.. não é tão seguro como alguns brasileiros pensam..
    em algumas partes da cidade o cenário é assustador.. casas e fábricas abandonadas, com seus vidros quebrados e servindo de abrigo para drogados

    os brasileiros adoram achar que o brasil é o pior lugar do mundo.. deviam valorizar mais esse país

  • Weber

    Suma daqui. Vá falar mal e mentir sobre a revista nos blogs sujos.

  • Paulo José

    Washington D.C tem o porte de armas proibido, não me surpreende.

  • marco

    Engraçado que sempre falam da violência RIO/SP mas esquecem que as capitais mais violentas estão no nordeste…de longe as mais violentas do país…SP é a capital menos violenta do Brasil e Rio esta bem atrás das do nordeste tbm…quem tiver dividas procure os números!

  • deyvson

    É mentira.. EUA é o melhor lugar do mundo para se viver…

    Podem até ser. Pessoalmente, gosto muito dos EUA.
    Mas você é leviano, ofensivo e… mentiroso ao dizer que os dados que trago aqui são “mentira”. São dados oficiais, conhecidos e divulgados.
    Tenha mais respeito por quem trabalha sério, rapaz.

  • DIRCE

    Se você quiser saber por que razão seu comentário foi deletado, favor ler as regras para publicação da opinião dos leitores no link http://goo.gl/u3JHm
    Obrigado

  • Karina Borges deSantonelli

    Lógico que isto foi escrito por um brasileiro. Olhe, sou brasileira, filha de um brasileiro com americana e vivie 22 anos no Brasil e 20 nos Estados Unidos. Tudo que fala aqui, é mentira. Eu vivi em New Orleans quase 4 anos e prefiro o pior Bairro de New Orleans ao melhor Bairro de Sao Paulo onde vivi 3 anos e 3 meses. Nao tem comparaçao possivel. Me dói no coarçao falar assim porque sou tao brasileira como qualquer brasileiro, mas o fato de nao querer reconhecer a realidade, só perjudica o nosso país, pois pensando que estamos bem, nao avançamos e gostemos ou nao continuamos a pertencer ao terceiro mundo. Estados Unidos é um pais muitissimo mais seguro e desenvolvido que o Brasil. Mesmo que fosse verdade que aqui a criminalidade é alta, també é verdade que a lei aqui se faz cumprir, por isso tem muita gente presa, mais do que no Brasil, onde os malandros andam todos soltos. A educaçao das pessoas é totalmente diferente. Visitei o Rio faz 8 meses e vi uma mulher bater de chinelo num menino de 2 anos, bater ao ponto da perninha dele ficar preta … aqui, ela estaria presa porque a criança tem outra proteccao. També temos que reconhecer que tem mais brasileiro cometendo crime nos Estados Unidos do que gringo cometendo crime no Brasil. Lamentavelmente até em Portugal, tem cidades fundadas ha mais de 1.000 anos onde nao tinha historia de roubo nem de crime, ms chegou um brasileiro ha 3 meses e matou um portugues a facada numa briga… Chegou uma brasileira se envolvendo com homem casado, e porque ele nao deixou a esposa, ela matou ele… Tinha que ser brasileiro neh??? Por favor, nao fechem os olhos a realidade. Visitem CIDADE DE DEUS… Depois me fala de New Orelans. O Brazil tem uma taxa de criminalidade muitissimo mais alta que os Estados Unidos, um 48% mais – sem contar que mais de metade dos crimes aqui cometidos sao os sulamericanos, os hispanos… Mulher brasileira nos Estados Unidos é simbolo de prostituta rouba-marido… Sabe uma coisa? Como falo ingles a perfeiçao, eu só sou brasileira no Brasil, aqui sou gringa.

    NADA do que está escrito aí é mentira. Você não tem ideia de a quem está se dirigindo. Sou um jornalista sério, e os dados mencionados no post são OFICIAIS.
    Respeito é bom e eu gosto. Caso contrário, suma daqui!

  • Karina Borges deSantonelli

    Para Erika e outros que comentaram sobre Estados Unidos. Nao sei donde vocês vieram, onde vivem… Lógico que em nenhum pais do mundo você vive sem roube nem criminalidade … o problema é a porcentagem de crime que existe e a porcentagem de crime que se resolveu. Nos Estados Unidos, a maioria dos crimes é cometida por ***** … e enquanto que aqui um 60% dos crimes sao resolvidos a vao presos, no Brasil andam a solta. A Erika conhece uma brasileira que morreu por uma bala perdida saindo de uma lojinha … eu conheçi 3 americanos e 4 portugueses que foram assassinados no Brasil, 2 a facada por briga, 2 com um ferro metido na cabeça, e 3 levaram tiros porque se negaram a entregar um par de Euros… Aqui nao se vive no paraíso, mas o Brasil comparado com os Estados Unidos é o inferno. Eu gostaria de perguntar a Erika e a outros brasileiros como eu que vivem aqui, se alguma cidade dos Estados Unidos tem Favela como as favelas do Rio se Janeiro. Alguma vez viram as estradas daqui nas condiçoes das estradas do Brasil, ou se alguma vez fizeram uma viagem de 2.000 kilometros de ônibus sem medo a ser assaltados. Neste momento vivo em Sunny Isles Beach, a uns 10 kilómetros do centro de Miami e todas as noites caminho 6 milhas – 9 kilometros. Asvezes vou sozinha depois das 11 da noite … Porque trabalho com companhias multinacionais, o meu horario é um pouco complicado, entao saio a caminhar e chego as 3 da madrugada …SOZINHA… Desde que me casei faz 20 anos, nunca tirei o meu anel de compromisso do dedo nem a minha aliança de casamento e tenho varias pulseiras de ouro … NUNCA ME ACONTECEU NADA. No principio, nos primeiros anos de casados, o nosso carro ficava na rua … nunca aconteceu nada. Faz 2 meses fomos de férias e andava eu de compras. Com a pressa deixei o meu carro aberto. Estava ao telefone e sai correndo deixando a porta do carro escancarada. A mala e o assento de trás, estavam cheios de compras, tinha telefone Apple, 2 bolsos Michael Kors e um computador da Sony… NINGUEM TOCOU EM NADA … Aqui tem vigilancia por todo lado e aqui a lei se respeita x q quem nao respeita vai preso … PRESO MESMO!!! Nao posso dizer que isto é o paraiso, mas tampouco posso comparar com o meu país porque o meu querido pais perderia muito… Vamso sser honestos … num pais que fica em penultimo lugar em educaçao, vocês acreditam que pode se comparar com Estados Unidos ??? De verdade? Por amor de Deus, se até ficamos atrás da Colombia 🙂 … Apenas superamos Coreia do Sul (COM ESSA NAO CONTAVA A COREIA)… Ah… Faz 2 semanas, por motivo de trabalho visitei a cidade de Newark em New Jersey (dizem que uma das mais perigosas do pais)… O meu marido e eu, depois de comer uma feijoada num bom restauranate brasileiro, decidimos caminhar até ao hotel – mais de 2 kilometros por volta da meia noite (deixamos o carro alugado no hotel e fomos de taxi porque sabiamos a falta de estacionamento que havia)… Nada nos aconteceu … A cidade super tranquila!!! Agora o que sim soubemos foi que existem uns bares de GO-GO onde as mulheres dançam a volta do tubo (eu nao conheç) e que 90% sao brasileiras … Isso sim me deeu muita tristeza. Minha gente, eu amo o meu país, o meu querido Brasil, mas temos que reconhecer uma coisa – estamos mal vistos em todo o mundoooooo … Futbol, Samba, Lambada, Prostituiçao – nao pode deixar o pais progredir! FALEI

  • CIDADÃO BRASILEIRO

    O PROBLEMA É QUE O POVO BRASILEIRO TEM UMA VISÃO TOTALMENTE ERRADA DO QUE É A REALIDADE DO PODRE ESTADUS UNIDIS ….

  • ...

    a cidade de detroit foi a mais violenta de 2013 com 400 e poucos assassinatos são paulo e rio passam dos 1000.

  • ...

    os homicidios e a criminalidade nas periferias d sp diminuiram graças ao pcc que dominou tudo, antigamente quando não existia o partido era bem mais q 1000 homicidios, não to defendendo só to falando a real. não foi o governo q fez diminuir os homicidios pode fazer pesquisa nas favelas pra vc ver.

  • Charles Myclos

    O problema que no Brasil as pessoas morrem e não ficam registrada nas estimativas, uma vez teve uma matéria no fantástico mostrando o número real de pessoas que morrem no Brasil é 3 vezes maior do que ficam registrados.

  • Breno

    Gente… Nada a ver, nos Eua, quem não deve não teme.. LA tem muito tráfico de cocaína, maconha, e muita heroína.. Estupradores, assaltantes e ladroes de carros. Hipócrita aquele que fala que prefere morar no pior bairro de NO, do que no melhor de SP, porque a coisa la é bruta… Veja com teus próprios olhos.. Saia a noite e tente voltar vivo ou sem ser roubados….

  • rogerio gret

    Acho fascinante o pessoal dizendo que se sente seguro nos EUA. Ora, meus amigos americanos se sentem seguros no Rio e pensam que o lugar é um paraíso tropical.

    Só porque brasileiros são extremamente ingênuos nos EUA e americanos são extremamente ingênuos no Brasil não significa que os lugares são seguros. “nunca acontecer nada” é o normal em qualquer lugar do mundo – a chance de ser assassinado é pequena mesmo em Honduras. Só que enquanto em Miami vc tem algo como 1% de chance de ser assassinado (a) ao longo da vida (uma chance em 100), em Oslo ou Tokyo a chance é uma em um milhão.

    Eu andei por décadas em São Paulo nos mais diversos locais e horários e nada me aconteceu. Se eu fosse ingênuo o bastante, extrapolaria estes resultados pessoais fortuitos e diria que SP é a cidade mais segura do mundo – incorreria no mesmo erro de brasileiros iludidos com os EUA e americanos iludidos com o Brasil.

  • Alex

    Há muitas coisas que não só os EUA, mas alguns países europeus, jogam para debaixo do tapete. Vendem um peixe que é muito melhor do que realmente é. E isso inclui a poluição do ar e de seus ecossistemas, pelo menos daqueles que ainda sobraram. São países organizados, com bons serviços públicos mas….também têm defeitos, problemas “quase” iguais aos nossos. Mas de forma geral, a violência abaixo do equador, exceto pela Oceania, ainda é maior do que lá. Mas, lá, não é perfeita. Algumas cidades alemãs, holandesas, italianas e inglesas são bem “agitadinhas”.

    Caro Alex,
    Seu comentário é ponderado. Difícil discordar. Nossos problemas, infelizmente, são em geral bem mais graves do que os dos países chamados adiantados, mas nenhum deles é perfeito.

    Obrigado pela visita ao site.
    Proximamente, ele estará pronto, com uma nova home e uma coluna onde escreverei periodicamente.