As empresas de cartão de crédito esperam, sequiosas, que as grandes redes de supermercados voltem ao sistema, acompanhando o movimento iniciado pelo supermercados de porte médio.

Vão ter que esperar sentadas, pelo menos no caso da maior e mais poderosa rede brasileira: não há nenhuma perspectiva de que o Pão de Açúcar, com suas 620 lojas, 61 mil funcionários e 7% do total das vendas do setor, volte a operar com cartões de crédito em prazo visível a olho nu.

(Nota publicada no Jornal do Brasil.)

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

11 − dez =

TWITTER DO SETTI