“Informe Econômico”, de Miriam Leitão: Nem pensar

O ministro-chefe do Serviço Nacional de Informações (SNI), general Ivan de Souza Mendes, deverá ser derrotado pela segunda vez no processo de feitura de um ministro da Fazenda.

Quando caiu da cadeira o ministro Dilson Funaro, em abril passado, o candidato do general Ivan foi o deputado José Serra (PMDB-SP), cujo passado de dirigente estudantil de esquerda, ex-presidente da UNE e exilado político no Chile foi completamente posto de lado, aos olhos do chefe do SNI, pela competente e severa gestão dos recursos públicos durante sua gestão como secretário do Planejamento do governador Franco Montoro em São Paulo.

O escolhido, como se sabe, foi o agora também ex-ministro Luiz Carlos Bresser Pereira.

Com a queda de Bresser, no dia 18, o candidato do general Ivan ao posto é, uma vez mais, o deputado José Serra.

Serra, porém, se um convite vier a ser feito, não vai aceitar em hipótese alguma.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um + dezessete =