O presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), senador Albano Franco, parte firme na tentativa de desarticular a greve geral convocada pelas centrais sindicais CGT e CUT para o próximo dia 20, e está recomendando aos empresários filiados à entidade que dirige o pagamento antecipado do resíduo salarial decorrente da aplicação dos extintos gatilhos, que segundo o Plano Bresser só deverá ocorrer depois de setembro.

O próprio Albano confirmou a informação, em reunião sigilosa que manteve ontem, em Brasília, na sede da Confederação Nacional dos Trabalhadores da Indústria, com o presidente da CNTI, José Calixto Ramos, e os presidentes dos sindicatos dos Metalúrgicos de São Paulo, Luiz Antonio de Medeiros, e dos Eletricitários de São Paulo, Antonio Rogério Magri.

Os três dirigentes situam-se entre os mais reticentes em todo o movimento sindical quanto às possibilidades de êxito da greve.

(Nota publicada no Jornal do Brasil.)

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

10 − 7 =

TWITTER DO SETTI