“Informe JB”, de Ancelmo Gois: Empresa gerindo cadeia

O futuro secretário da Administração do governador eleito de São Paulo, Antonio Carlos Mesquita, informa que o governo de Orestes Quércia (PMDB) vai partir para uma iniciativa inédita no Brasil no campo penitenciário: passar a administração de prisões para empresas particulares que se habilitem para tanto, por meio de concorrência pública.

O sistema já existe em alguns Estados americanos e está começando a ser implantado, em meio a grande polêmica, pelo governo do primeiro-ministro conservador da França, Jacques Chirac.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × 5 =