“Informe JB”, de Ancelmo Gois: Mais mordomia

Por razões que nem a Constituinte explica, o Senado Federal pega nos dentes mais uma vez o freio da austeridade nas contas públicas e, em plena anemia financeira da moratória e da inflação ameaçando chegar aos 30% ao mês, o presidente da Casa, senador Humberto Lucena (PMDB-PB), mandou pagar 30 diárias extras para 1800 funcionários da Gráfica do Senado referentes a abril.

A brincadeira vai custar aos cofres públicos cerca de 25 milhões de cruzados — isto se Lucena não repicar no pagamento de maio, e se não for aplicado, ainda por cima, um gatilho sobre a mordomia.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × 3 =