“Informe JB”, de Ancelmo Gois: Pra ver se aprende

O deputado Delfim Netto (PDS-SP), ex-czar da economia do regime militar, tem, nos últimos dias, manifestado preocupação com a possibilidade de um golpe.

Só que suas atenções não se voltam para o fantasma de um pronunciamento militar, mas para o que Delfim chama de “golpe legislativo”: a redução, pela Constituinte, do mandato de seis anos de que o presidente José Sarney foi investido pelo Colégio Eleitoral previsto na atual Constituição.

Isso é o que Delfim anda dizendo em público.

Em rodas privadas, ele prefere dizer que sua defesa dos seis anos de mandato para o atual governo tem um outro objetivo:

–É para ver se o PMDB aprende a governar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × quatro =