Amigos, essa toada não nasceu com a propaganda dos Cobertores Parahyba, diferentemente do que muita gente pensa.

O que hoje se denominaria clipe teve como autores Mario Fanucchi (design) e o maestro Erlon Chaves (letra e música) por encomenda de Assis Chateaubriand, o rei do grande império de mídia do país até os anos 60, os Diários e Emissoras Associados, pioneiro da TV no Brasil e criador da TV Tupi, em 1950.

Diz a lenda que Chatô queria ver toda criança dormindo no máximo às 8 da noite. Assim, entre 1950 e 1961, a musiquinha seria a senha para mandar parte da audiência para a cama. Os pais aprovavam a campanha, mas as crianças odiavam.

Nessa época, a melodia era acompanhada do desenho de um indiozinho, símbolo da TV Tupi, indo dormir numa rede. No início dos anos 60, entretanto, os direitos da música foram vendidos para os fabricantes dos Cobertores Parahyba, e o índio foi substituído pelos três garotos, um deles conduzindo uma vela acesa.

O anúncio foi exibido durante mais uns 20 anos e o sucesso da trilha foi tal que a empresa lançou um disco de 45 rotações para distribuir a clientes.

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove + 6 =

4 Comentários

Betty em 30 de maio de 2011

Q bonitinho! Adorei rever a propaganda e saber sobre sua origem!

Diocleciano em 30 de maio de 2011

Hoje em dia o que predomina na tv é a mediocridade. Até as novelas perderam muito em qualidade.

cacalo em 29 de maio de 2011

presente! um dos que odiavam!

Milton Bissoli em 29 de maio de 2011

Caro Ricardo, obrigado por me trazer uma gostosa recordação da infância. Abs

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI