Image
José Wilker: personalidade fortíssima, que extravasava, inevitavelmente, para os personagens (Foto: Rede Globo)

Publicado originalmente a 5 de abril de 2014

Muitos outros jornalistas terão muito mais a dizer sobre José Wilker, e com muito mais propriedade.

O que gostaria de registrar, além da perda para a cultura brasileira que significa a morte deste grande ator, é algo que o fazia singular, especial, além de seus dotes profissionais e da voz extraordinária, que precisaremos, todos os fãs de teatro, cinema e TV, esperar anos para ouvir igual nos palcos e telas.

As origens, a vida, a trajetória, as dificuldades e durezas, os amores e as perdas, as convicções morais e políticas, os tropeços e sucessos moldaram em José Wilker uma personalidade tão forte, tão exuberante e única que, à maneira de alguns poucos gigantes do ramo — como os americanos Marlon Brando e Jack Nicholson e, de certa forma, o britânico sir Laurence Olivier –, mesmo interpretando com rigor os personagens que lhe eram designados, ela aflorava, inexorável, sem no entanto perturbar o resultado pretendido.

Muitos atores e atrizes costumam dizer que acabam carregando consigo personagens marcantes que lhes coube viver.

Pois Wilker era daqueles atores que enriqueciam os personagens que fazia com os traços de sua própria personalidade que, trazendo para eles, acabava por lhes acrescentar.

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 − seis =

36 Comentários

Helena de Macedo Amaral em 11 de abril de 2014

Inteligência privilegiada,q tivemos a honra de ver trabalhos belíssimos e ouvir palavras muito sábias, de quem viveu uma vida inteira c/ muita ânsia de se satisfazer e principalmente agradar o seu público...

Maru em 09 de abril de 2014

ELE FOI GENIAL. SAUDADES ZÉ!!!

hellen em 08 de abril de 2014

JOSÉ BARBOSA.O ator Wilker fumava, pode ter sido essa a causa de ter provocado um infarto nelo, pois o fumo é uma das causas de infarto fulminante!!

Maria Luz em 07 de abril de 2014

Lamentável perda. O cinema,o teatro e a televisão ficaram órfãos de um de seus maiores astros. Era um homem de classe ,avesso a escândalos e futricas. Dono de uma voz envolvente e sedutora, representou papeis de conquistadores simpáticos e galanteadores. Encarava a arte com seriedade, com sólidos conhecimentos, e ministrava oficinas de interpretação, ocasiões em que, generoso, os compartilhava com colegas de palco. Teve uma boa morte mas nos deixou perplexos,por ser tão prematura e repentina,deixando-nos saudades. Ele é insubstituível.

Jose barbosa em 07 de abril de 2014

Sera que Jose Wilk enfartou mesmo? ou foi alguma falcatrua, que fizeram pra ele, pois ele nunca ficou doente, sera que fizeram um exame pra ver se foi mesmo um enfarto fulminante? acho que não, sei que é difícil entender que uma pessoa sadia pode morrer em instante.....

Luis em 07 de abril de 2014

Excelente homenagem,Setti! De fato Wilker deixa saudades! Sua presença nos elenco nos dava a certeza de qualidade da obra.

Vera Scheidemann em 07 de abril de 2014

Uma pena, uma pena ! Além de tudo o que já sabemos no campo profissional, transmitia, como você disse, ser um cara muito legal ! Vera

Meia verdade em 06 de abril de 2014

Muito boa sua homenagem.

Luciano em 06 de abril de 2014

Essas notícias me deixam um tanto triste. Fico com a impressão desagradável de que todo mundo que presta neste país ou está morrendo ou está indo embora.

Moacir 1 em 06 de abril de 2014

Prezado Setti, Eu apreciava nele também o apaixonado amante e crítico de cinema .Certa vez ele mencionou ter em casa quase 7.000 fitas. Ele chegou a escrever uma coluna semanal no Jornal do Brasil e a comentar o assunto num canal da Globosat,além de ter apresentado alguns Oscars. Além de um ator extraordinário e competente diretor de teatro - as suas resenhas cinematográficas eram deliciosas.Foi cedo demais. Abc Como se tudo não bastasse, era reconhecidamente um grande boa praça. Que pena!

Antonia Matos em 06 de abril de 2014

A morte de certas pessoas, pessoas reais, parece ser sentida pela natureza. O vento quando não sopra, ou sopra de vagar, sopra com mais força como que a procurar, ou reclamar esta ausência, tentando preencher lacunas que nos fazem despertar: aquilo que fazemos, ou não fazemos, é o que nos faz, ou não, ressuscitar. A gente para por um tempo, para lidar com sentimentos, e percebe que é preciso continuar. Às vezes agente chora, outras vezes congela, mas mesmo o choro congelado existe. E quem se foi parece chorar junto com a gente e dizer ao mesmo tempo: “Não chora muito tempo porque eu preciso parar de chorar”. E junto com aquele choro envia um sorriso que nos leva a viver, continuar...

selminha em 06 de abril de 2014

Choque! Para mim,Wilker era uma daquelas pessoas "imorríveis". Boas demais para nos deixar. Que o seu exemplo, de uma pessoa que, além do enorme talento como ator, sempre valorizou o conhecimento, a cultura, a procura constante da evolução intelectual, por meio da leitura, fique para as novas gerações, que não são nada chegadas a um bom livro. Para mim, na verdade, ele não morreu, ficou encantado, como escreveu Guimarães Rosa.

Vainophagus em 06 de abril de 2014

Com certeza o Wilker foi grande, possivelmente o maior de sua geração, mas grande a nível do Brasil, que tem um ótimo teatro e um péssimo cinema. Agora, compará-lo aos tops do Actors Studios como Marlon Brando e Jack Nicholson é uma memória ruim - uma paixão triste -, pq é óbvio e objetivo - incabe discussão - que essa comparação é entre desiguais, mesmo com o complexo de vira-lata. Talvez até por falta de oportunidade, mas isso não inibe a diferença entre eles. Você leu e não entendeu o post. O que é que eu posso fazer?

Dulce Regina em 06 de abril de 2014

Ontem qdo li a notícia, aqui na Veja, me assustei...Como ? Não é possível ! Mas infelizmente, ele agora está gozando da eternidade, num lugar onde só existe LUZ. Setti, vc citou Jack Nicholson. Sabe ? Eu achava ao jeito do Wilker ( sorriso ), bem parecido. Ficará sempre na nossa memória, com suas excelentes interpretações . Abraços para a família e amigos.

Alberto Neto em 06 de abril de 2014

Ele foi simplesmente FELOMENAL

JT em 06 de abril de 2014

O que é assustador para mim é saber que o Wilker é da geração do meu pai. Ele morreu jovem demais para os atuais parâmetros da sociedade, onde uma pessoa pode perfeitamente ser ativa até os 80 anos.

EDSON BARBOSA ALVES em 06 de abril de 2014

Jose Wilker foi um artista que somente nascerá outro, somente quando outro mundo existir.

Margarete Euzebio dos santos em 06 de abril de 2014

José Wilker será meu eterno ator.....Saudades.

Wanda em 06 de abril de 2014

Bom dia. Belas palavras que expressam o que eu gostaria de dizer sobre José Wilker. Um abraço.

Elliot em 05 de abril de 2014

Duas pessoas como eu conheci. José Wilker - Esnobe. Eu- Mais esnobe que êle. vamos nos ver.

Luzia Souza em 05 de abril de 2014

Extraordinário. E ele partiu de repente, sem ensaio, como se tivesse vestido um personagem...que ainda não tinha interpretado...

Rosilea Oliveira de Miranda em 05 de abril de 2014

Com toda certeza, foi extraordinário em tudo que fez. Deixará um grande vazio e uma tristeza enorme. Lamentável para todos nós que o perdemos.

Rodrigo Santos em 05 de abril de 2014

Estou triste com esta notícia. Ele foi embora muito novo. Não para acreditar...

José Figueredo em 05 de abril de 2014

Caro Setti,Lamentavelmente o grande José Wilker nos privou de sua existência e talento aos 66 anos,segundo informa o jornalismo da Globo.Veja.com está anunciando como 69 anos.Pediria por seu intermédio fazer contato com a redação para ratificar ou retificar este dado.De qualquer forma o choque e a consternação é de um Brasil inteiro.

João Leopold em 05 de abril de 2014

Um ator extraordinário!

Sandra em 05 de abril de 2014

Concordo integralmente, ele era tudo de bom!!!

celia em 05 de abril de 2014

Saudades demais dessa pessoa extraordinária na sua arte.

Marco em 05 de abril de 2014

D. Setti, nossa, sem dúvida! Estou ligado na Globo News, até agora. Todos depoimentos dos colegas e conhecidos reconhecendo um artista e colega fora de série. Completo e cultíssimo. Nunca foi hostil com ninguém. Apenas não entendi o famoso Zé Abreu e o Paulo Betti. Afirmarem, q ele era do mesmo partido, pelo q entendi, ele era só ligado ao Miguel Arraes. Outra curiosidade pessoal era q ele tb tinha extremos em consumir, beber e fumar. Mas fazia check-up periódicos. Abs.

Grace Olsson em 05 de abril de 2014

Fiquei muito triste com essa perda...

Maria/Salvador em 05 de abril de 2014

Ator espetacular! Eu gostava muito do seu trabalho e do seu jeito de ser. Que Deus receba sua alma e fique em paz.

antonio costa em 05 de abril de 2014

Com a morte de José Wilker, perde a cultura brasileira , de certa forma também todos nós , o Brasil está ficando mais pobre , fica alguns muito ruins , e vão gente antes da hora.

Alberto em 05 de abril de 2014

"Eu não fujo. Nem essa revolução nem nenhuma outra vai me fazer trair os compromissos com meu povo. Querem me cassar? Podem me cassar. Eu não fui eleito para ser feliz. Eu não sou comunista, eu não sou fascista, eu não sou covarde! Eu sou Tenório. Natalício Tenório Cavalcanti de Albuquerque. E sou MACHO!" Sensacional! Wilker merecia um Oscar pela atuação. RIP.

Neusa em 05 de abril de 2014

Perdemos um grande ator...gostava muito dele.

BBR em 05 de abril de 2014

Uma grande perda...sentiremos sua falta!

ze do matogrosso em 05 de abril de 2014

...acabamos de ficar mais pobres intlectualmente. Obrigado José Wilker, pelo exemplo de vida e atuações gloriosas.

J.B.CRUZ em 05 de abril de 2014

DURANTE NOSSA VIDA: Conhecemos pessoas que vem e que ficam.. Outra que vem e passam.. Existem aquelas que vem, ficam e depois de algum tempo se vão.. Mas existem aquelas que vem e se vão com uma enorme vontade de FICAR... Meus sentimentos a família do grande ídolo que se foi; mas a admiração continua dentro de nossos corações..

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI