Lana Del Rey: beleza, mistério, vozeirão e um certo glamour hollywoodiano

Lana-Del-Rey

Lana: será que ela é tudo isso? “Video Games” indica que sim

Por Daniel Setti

Mesmo sem ter lançado um único álbum – conta apenas com um par de singles -, a cantora norte-americana Lana Del Rey (nascida Elizabeth Grant) já causou tanto burburinho que chegou a ser chamada para se apresentar no Later… with Jools Holland, o melhor programa televisivo do gênero, produzido pela BBC.

O hype em torno da moça de 25 anos pode ser exagerado, dada à escassez de material seu disponível de mercado. Mas a julgar pela qualidade de sua canção mais conhecida, “Video Games” (coescrita com Justin Parker), seu elegante vozeirão, a aura um tanto misteriosa e a beleza que remete às grandes estrelas do cinema (e um pouco a Natalie Portman), ela está no caminho certo para justificar tamanha atenção.

A fixação da loira por Hollywood, aliás, começa no pseudônimo, que criou ao emprestar metade do nome da diva Lana Turner. O sobrenome é um tributo ao velho Ford Del Rey.

Assistam à performance da bela acompanhada por piano e quarteto de cordas, registrada na mais recente leva do clássico TV show comandado por Holland, exibida este mês, e tirem as suas conclusões.


Lana Del Rey – Video Games @ Later with Jools… por javierlobe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

13 − 9 =

5 Comentários

  • Marco

    Amigo Setti, Daniel, com certeza é uma voz e garganta ambiciosa !
    Abs.

  • Reynaldo-BH

    Off topic, Daniel. Mais um capítulo da sga de Dilma, a Anta!
    Nem vale a pena deixar por aqui, sei lá!
    Mas a verdade da demissão agora aparece! (by Kibe Loco).
    Pode ser até baixaria. Mais é menor que a deles!
    http://www.youtube.com/watch?v=cFvXNNJ-NuE

  • duduvieira10

    Prezado Sr. Setti; Amei! nós estavamos precisando disso, ela brinca, ela abusa de sua excelente cordas vogais, e nem vou falar que ela é linda demais! Obrigado por mais esse presente meu caro RS. SdS

  • PauloMarx

    O mundo musical é muito interessante. Tem gente que faz sucesso sem ter a minima condição de ser cantor(a). Por isto sou fã de programas de calouros, onde temos oportunidade de ver, pelo menos por pouco tempo, verdadeiros cantores. O ultimo American Idol fiquei maravilhado por Haley Reinhart,mas será que vira sucesso?

  • Vivi

    Ela é uma pseudo-indie fabricada pelas gravadoras americanas para concorrer com a britânica Adele.