Leitores do blog elegeriam Serra no primeiro turno. Marina ficaria em segundo. Veja os resultados

Leitores do blog elegeriam Serra no primeiro turno. Marina ficaria em segundo. Veja os resultados O candidato Serra: favorito dos leitores (Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom - Agência Brasil)

Mais de 7 mil leitores-eleitores votaram na enquete do blog para escolher o próximo presidente da República. Com mais de 50% dos votos, o candidato José Serra, do PSDB, venceu no primeiro turno.

Em segundo lugar, com uma diferença de quase 2 mil votos, ficou a candidata do PV, Marina Silva, com 31%. Em seguida vieram Dilma Rousseff, do PT, com 11%, e Plínio de Arruda Sampaio, do PSOL, com 4%. Os demais candidatos somaram 1% dos votos.

Os resultados da enquete do blog levariam o novo presidente do Brasil a ser escolhido no primeiro turno. Mas e na eleição real, que acontece neste domingo? Você acha que vai haver o segundo turno?

A nova enquete já está no ar. Participe.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

treze − quatro =

Nenhum comentário

  • Policarpo

    A direita desistiu de ganhar. Se rendeu à imensa maioria nova que se constituiu no Brasil a partir do governo Lula e de suas conseqüências sociais. Já despejou sua decepção e sua raiva no seu candidato, incapaz de manter uma dianteira que eles mesmos nunca souberam explicar, mas que os acalentava de ter o candidato mais viável. Se rendeu a direita a um candidato que não era o da sua preferência, mas o mais viável para voltar ao governo. Sofreu com a crise de identidade dessa Viúva Porcina, que foi sem nunca ter sido – foi um bom economista, sem nunca ter sido; foi grande governante, sem nunca ter sido; tinha uma trajetória exemplar como político, sem nunca ter tido.

    Pelos editoriais, a linha da direita é tudo, menos o Lula, tudo contra a Dilma, candidata da continuidade do governo Lula. A preocupação das ultimas semanas é diminuir o poder do próximo governo. A FSP fala na necessidade de limitar o poder (dos outros, nunca o deles). O Globo se preocupa com a maioria no Congresso (como se o Lula não tivesse, até mesmo para buscar um terceiro mandato, não fosse democrático, ao contrario de FHC, que mudou a Constituição durante seu mandato, para ter dois).

    Agora, é buscar o segundo turno, como forma de demonstrar limitações no apoio ao Lula, mais semanas de embate e tentar demonstrar que seu denuncismo ainda tem poder de influencia. Sabem que o Serra é um cadáver político. Com tudo o que fizeram com ele (como diz o meu primo Zé Simão: se parece ao Atlético Mineiro, cada vez que aparece na televisão, perde 3 pontos), não conseguem alavancá-lo.

    Daí a operação Marina. Era a ministra mais criticada do governo, com suas picuinhas, que brecavam obras de infra estrutura, se tornou a queridinha da mídia, trogloditas de repente descobrem e se tornam ecologistas de ocasião. A soma dos dois, mais nanicos, mais dificuldades de gente do povão de votar para tantos candidatos (para presidente é a sexta votação) e a necessidade de levar documento com fotos, anima a oposição. Pelo menos para não levar uma goleada desmoralizante.

    Já têm como seguro Senado e Câmara com grande maioria governista, maior parte de governadores a favor do governo e eleição da Dilma, no primeiro ou segundo turno, como estabelecidos. O plano agora, para salvar os dedos é:

    – garantir São Paulo, Minas e o Paraná
    – conseguir chegar ao segundo turno
    – tentar diminuir a maioria governista no Parlamento.

    Para esta ultima, a oposição busca evitar o mês de janela que se anuncia para logo depois da eleição, que sangraria mais ainda os já combalidos partidos da oposição. DEM e PPS com riscos de desaparição, PSDB tornando-se um partido médio na representação parlamentar.

    Conta, para a operação final, com o monopólio privado da mídia, seu elemento forte, aquele em que são claramente majoritários. A operação Data Folha era previsível. Pode ser que mantenham uma diferença baixa ou que, para tentar segurar um pouco que seja de credibilidade, voltem a aumentá-la, depois que esse DF tenha os efeitos possíveis. O Globo, a FSP, o Estadão e a Veja, se jogam com tudo, sem pensar nas conseqüências pós-eleitorais, com uma derrota que demonstra como perderam totalmente a capacidade de influência. Tentam agora sobreviver a todo custo, contra ventos e tempestades, depois que seu candidato naufragou espetacularmente.

  • Nelson Luiz Pedra

    Quem disse que não iremos ganhar?Se ser direita é valorizar o mérito,o trabalho honesto e o estudo,com muito orgulho sou de direita.Que despeja raiva companheiro?Nós vimos no palanque em Joinville!O Manifesto pela Democracia foi organizado pela imprensa?O antro chamado Casa Civil também?Achas o máximo Lula e Dilma? Leva pra você!O nível educacional do Brasil,entre outras coisas,mostram claramente os oito anos do governo lulista.Entre 140 países,72º lugar!

  • mafalda

    Pena que os leitores de seu blog não refletem o eleitor brasileiro…

  • Gilberto Campos

    Precisava fazer uma enquete dentro de um portal oposicionista pra apurar que um candidato da oposição ganharia?

  • Sergio

    Ricardo, como comentei antes, é um resultado mais que previsível. Mas identifica a maioria dos leitores do Blog. Sendo esse o objetivo, valeu. Um abraço.

    Outro pra você.

  • Santos

    Se o nível cultural do povo brasileiro fosse comparável ao de seus leitores, o Brasil seria um outro país e Dilma seria apenas uma piada de mau gosto…

  • Didi Aguilar

    SIM

  • Marconi Herbert

    Olá Ricardo, parabéns !!! Vc conseguiu convencer os leitores de seu blog que Serra é o melhor. Grande proeza a sua.

    Me faça o favor de indicar em qual post eu disse isso, caro Marconi.

  • ana

    Olá Ricardo, olha que interessante:

    Na campanha presidencial deste ano, uma candidata desponta como aquela que leva um padrão bem acima daquilo que é declarado: é a verde Marina Silva.

    Em setembro deste ano, as doações da campanha da candidata superavam a marca de 13 milhões de reais, tornando a campanha de Marina mais cara que a de Lula em 2006.

    Ainda sim, Marina e Guilherme Leal, seu vice bilionário e cuja empresa é acusada de biopirataria e tem mais de R$ 1,5 bilhão em multas da Receita Federal, afirmam fazer uma campanha modesta frente aos candidatos José Serra e Dilma Rousseff.

    No começo do pleito, Marina viajava o país todo dentro de um jatinho Legacy, propriedade da Natura, empresa do vice do PV.

    Há alguns dias, em imagem exibida no Jornal Nacional, percebe-se que o avião agora é outro: um luxuoso e exclusivo jato Falcon 2000 Easy, no valor de mais de 50 milhões de dólares.

    Agora , nesta reta final de campanha, surgem dúvidas pertinentes aos eleitores:

    Por que Marina trocou de avião?

    Por que Dilma voa em um Citation e Serra em um Learjet, aviões bastante inferiores aos da falsa humilde ex-Marina, e ela gasta milhões em seu raid aéreo por todo o Brasil?

    Barack Obama voou em sua campanha num jato Legacy, da JetBlue Airlines, fabricado no Brasil. Marina silva voa num avião que custo o dobro. Chique, não?

    E a pergunta mais importante de todas: QUEM PAGA POR ESTE AVIÃO E QUE INTERESSES TÊM NISSO?

    Marina Silva tem que vir a público para explicar estas questões. A sua máscara de boazinha já caiu faz tempo. Caiu com um super jato, com comissária de bordo, navegação e telefonia por satélite, interior luxuosíssimo, cama de casal, bar, escritório e um custo aproximado de US$ 10 mil por hora de vôo?

    …e tem muito mais por aí…

  • ana

    Ah Ricardo, isso aqui também é um escândalo, saiu na FOLHA.COM que todos sabem não ser nenhuma amiguinha do presidente Lula ou do PT:

    30/09/2010 – 08h31
    Após ligação de Serra, Gilmar Mendes para sessão sobre documentos para votar

    Publicidade

    MOACYR LOPES JUNIOR
    CATIA SEABRA
    DE SÃO PAULO

    Após receber uma ligação do candidato do PSDB à Presidência da República, José Serra, o ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes interrompeu o julgamento de um recurso do PT contra a obrigatoriedade de apresentação dos dois documentos na hora de votar.

    Serra pediu que um assessor telefonasse para Mendes pouco antes das 14h, depois de participar de um encontro com representantes de servidores públicos em São Paulo. A solicitação foi testemunhada pela Folha.

    Ai ai ai.

    Oi, Ana.

    Eu comentei o fato e critiquei o ministro Gilmar no blog. Talvez você tenha passado apressadamente por ele, o que é normal.

    Confira o link http://veja.abril.com.br/blog/ricardo-setti/politica-cia/o-suspense-que-o-ministro-gilmar-criou-sobre-votar-com-um-ou-dois-documentos-foi-prejudicial-e-totalmente-desnecessario/

    Um abraço, volte sempre.

    Ricardo Setti

  • ana

    Caro Ricardo, já havia lido o seu comentário e mais uma vez percebi que sim, você criticou o fato ocorrido mas como sempre, no final, a observação contra o PT ( não foi a candidata do PT quem fez a ligação foi?). Só postei de novo aqui para que seus leitores se interem cada vez mais e mais. Um abraço.