Vocês acham que o ex-presidente Lula tem observações relevantes a fazer sobre “o mundo árabe em transição” e bagagem para dizer, se, naquela região, o futuro chegou? Qual será a colaboração que ele pode emprestar a um evento que pretende “debater, discutir e ampliar” as mudanças no Oriente Médio “no contexto do mundo globalizado”?

Parece-me, aqui do meu canto, modestamente, que mesmo o mais fanático lulista dificilmente poderá assegurar que o ex-presidente é um especialista nesses temas.

A menos que Lula, depois de deixar a Presidência, enquanto descansava em instalações militares no Guarujá, ou no intervalo entre suas intervenções no Fórum Social Mundial, no Senegal, e a palestra que fez para funcionários da multinacional coreana LG, mergulhou fundo nos problemas infernalmente complexos do mundo árabe e do Oriente Médio e está capacitado para ilustrar o público que irá ouvi-lo no emirado do Catar, no próximo dia 14.

Lula abordará o futuro do mundo árabe e do Oriente Médio em mutação no meio da ziquizira da globalização a convite da polêmica rede de TV Al Jazira. Mais informações sobre o tema na nota abaixo da Agência Estado.

“BRASÍLIA – O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva vai participar do 6.º Fórum Anual da Al-Jazira, rede de televisão com sede em Doha (Catar). Lula será um dos palestrantes do painel “O Mundo Árabe em Transição: O Futuro Chegou?”, no dia 14. Convidado pela emissora em meio à tensão política na Líbia, o ex-presidente falará sobre a experiência sul-americana para analistas políticos, jornalistas e intelectuais.

O fórum da Al-Jazira foi criado há seis anos para “debater, discutir e ampliar” as mudanças no Oriente Médio no contexto do mundo globalizado. No painel, Lula estará ao lado do ex-primeiro-ministro francês Dominique De Villepin, que abordará o futuro das relações entre a União Europeia e o Oriente Médio.

A Venezuela propôs uma solução negociada para conter a revolta na Líbia e quer que Lula lidere uma comissão internacional. Até agora, nenhum pedido formal foi apresentado a ele.

A Al-Jazira entrevistou Lula em maio de 2010, quando falou sobre política externa brasileira e a questão nuclear no Irã, entre outros temas. “Eu quero gastar a minha energia tentando pensar numa coisa positiva, tentando pensar em ajudar alguém, tentando construir a paz”, afirmou.”

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × 3 =

Nenhum comentário

ALBERTO em 14 de março de 2011

Catar é só uma escala. Depois o apedeuta vai ao Japão ensinar como se previnem os terremotos.

Auditor Interno em 14 de março de 2011

Prezado Ricardo Setti Sendo especialista em algo cometemos gafes, imagine quem é apenas um “Franco Atirador”... Para citar algumas pérolas ... Fonte: Web design para não designers - Robin Williams e John Tollette - Editora Ciência Moderna “No futuro os computadores não devem pesar mais do que 1,5 toneladas” Popular Mechanics, prevendo a implacável marcha da ciência, 1949. --------------------------------------------------- “Não há razão pela qual alguém iria querer ter um computador em casa” Ken Olson, Presidente, fundador e presidente do conselho da Digital Equipment Corporation, 1977 --------------------------------------------------- “Mas, para o que ele é bom?” Engenheiro da Divisão de Sistemas de Computação Avançada da IBM, 1968, comentando sobre o microchip. _________________________________________ Este telefone tem defeitos demais para ser seriamente considerado como um meio de comunicação. O dispositivo é inerentemente sem valor para nós” Memorando interno da Western Union, 1876 Fraternalmente Muito bom seu comentário, caro Auditor. Em matéria de previsões, os apontados por você são páreo para certos economistas brasileiros... Abraços

Alexandre em 14 de março de 2011

Só pode ser piada...

Sylvio Haas em 13 de março de 2011

Lula já não enxerga mais nada senão a si mesmo; lembra um pouco o Jô Soares, outro egocêntrico insuportável, que se acha em condições de discursar sobre especialidades que não as suas. É cansativo, constrangedor. E enjoa.

Marcus Borelli em 13 de março de 2011

Para quem ganhou R$ 200.000 por uma palestra lida do papel por 50 minutos, o que equivale a 30 anos de salário de R$ 545 e para quem ganha R$ 264.000 por ano para fazer nada a não ser dizer as bobagens de sempre, o ***** tem a vida que pediu a Deus. Aqueles que realmente labutam e tocam esta nação continente para a frente e que merecem os aplausos. Viva o povo brasileiro!

Lyon Rezende em 13 de março de 2011

com a mesma habilidade com que ele reconheceu o estado palestino... antes mesmo desses eventos. Acho que qualquer um lider que viveu no regime militar e lutou contra mesmo( e não a favor) está habilitado para esta tarefa. Mas não é uma novidade o senhor e a fox( quem apoiou a invasão ao Iraque) não achar que a Idéia de Hugo Chaves boa.

Paulista indignado em 13 de março de 2011

Não é difícil agradar a opinião pública do mundo árabe. É só criticar os americanos que eles aplaudem, no entanto, elles não vivem sem eles. É melhor continuar com inimigo comum para continuar enganando o povo.

Mariazinha em 13 de março de 2011

No livro do Dan Brown tinha os Iluminatti, certo? O petralhismo nos legou outra coisa, os Apagatti, seres sem luz que tentam remodelar o mundo com metáforas futebolísticas enquanto assassinam a gramática. Eles tem medo de livros porque ler dá sono e os enfraquece. Hahahahaha, sensacional. "Apagatti". O Augusto Nunes vai gostar desta! Abraços

Mariazinha em 13 de março de 2011

Olha, eu tenho pena mesmo é do coitado do tradutor que vai ter que rebolar para tornar o palavrório bravateiro do apedeuta em alguma coisa com sentido. Já imaginaram o drama?

Paulista indignado em 13 de março de 2011

O **** pode falar ou fazer qualquer besteira, desde que não seja aqui no brasil. Elle já deixou uma herança maldita que pode custar atraso de mais uma geração de povo sem educação e cultura.

Sonia Ramos em 13 de março de 2011

segura essa onda Lula...segura

TicoMia em 12 de março de 2011

Mais ignorante é aquele que contrata um ignorante para proferir uma palestra, para falar "che cosa": futilidades e inverdades??? "Nesse mundo maravilhoso morre o homem fica o burro"...

Cws Multiradio em 12 de março de 2011

Será que nosso **** ***** vai tentar vender umas "Borsa Miséria",ou algumas Casinhas do Minha Casa minha Vida,lá para o irmão de fé e ditador Kadhaffi??De repente vai levar alguns toneis de cachaça da boa pra dar de presente pro governo do Ditador....Afinal **** procura *****...

Dawran Numida em 12 de março de 2011

fafa-11/03/2011 às 11:33. Interessante como esse assunto objeto de seu comentário, tem tudo a ver com a sabedoria do ex-presidente sobre a África do Norte, Oriente Médio e Ásia Menor. Isso só reforça que realmente não tem mesmo nada a oferecer no caso da diplomacia para a região. existem filmes para a garotada sobre "eu sei o que vocês fizeram no Oriente Médio, Irã, Sudão, Cuba, Honduras, Paraguai, Líbia, Egito,..."

Hermes Magnus em 12 de março de 2011

Eu gostei do "...tentando pensar numa coisa positiva" (profundo) E nós aqui tentando não rir...

Eduardo Dornas em 12 de março de 2011

Lula está merecendo a mesma bronca que o Rei da Espanha deu em Hugo Chaves: "O senhor te calas!"

jose francisco santoro em 12 de março de 2011

O Lula,ex presidente e palanqueiro mor só consegue falar sôbre si próprio.Se for para fazer auto propaganda é com êle mesmo.Não precisa nem pagar os 200 mil que andam cobrando.Êle faz de graça.

Antonio Antunes Rodrigues Junior em 12 de março de 2011

É bom alguém avisá-lo de que os mulçumanos não toleram bebidas alcoólicas... Só por precaução... Vai saber que tipo de piadinha o ignorante vai lançar em público!!!

Viernes em 12 de março de 2011

Setti e Fafa... Admiro como ambos discutem em um nível civilizado. Quero manifestar minha posição quanto ao tema criado nessas discussões, pois acho que de todas aqui é a mais educativa. O Brasileiro perdeu essa postura, a capacidade de colocar opinião na mesa. Se fala de futebol, se fala da novela e do BBB, mas política não, esquerda, direita, foram assuntos estirpados de nossas vidas. Amigos no bar antigamente falavam de política. No pais desculturalizado e ignorantizado (acho que inventei palavras, perdão) em que vivemos, falar de política é piegas. A pessoa que mostra preocupação com o futuro do pais está por fora... Continuem assim! Eu continuo ao lado da oportunidade democrática, oportunidade esta que não existe na esquerda nem na direita. Precisamos parar, deixar o orgulho de lado e admitir que ambos os lados têm + e -... unir e fortalecer... o que tenho visto o atual governo fazer é dividir pra conquistar. Abraço

sidney em 11 de março de 2011

Setti ABSOLUTAMENTE ..... NAO COMPLETAMENTE...........NAO INTEIRAMENTE................NAO NUNCA............................ tambem NAO !!!! CHEGA !!!!! Abracos

Ivander em 11 de março de 2011

"Claro que não. O único com bagagem suficiente é o ultra-inteligente, respeitado, sem-igual, incomparável, iluminado e exímio conhecedor de qualquer assunto: Fernando Henrique Cardoso."

JB/RJ em 11 de março de 2011

Adoro a aviação. Genéricamente, e até por experiência, posso falar do assunto. Bem... conversar sobre o assunto. Mas não posso sair por aí dando aula de aviação. Imagine então se fosse dar pitaco em investigações de acidentes aéreos, como naquela série "Air Crash Investigation". Isso é para quem está preparado. Mas parece que é o que o Lula se permite. Sem conhecer a história, sem nenhuma vivência de temas onde se mete, é realmente patético. Poderia começar lendo o livro de Karen Armstrong, "Em Nome de Deus". Perceberia, se além desse lesse outros, a diferença abissal entre "negócios sindicais" e a pedreira que é o mundo árabe.

Alberto Porém Júnior em 11 de março de 2011

Talvez clareie um pouco: do Jornal Dailymail - Inglaterra 11/03/2011: The Gorbachev Awards, "Man Who Changed The World". AND THE FULL LIST OF NOMINEES IS.... PERESTROIKA: For contribution to the development of global civilisation: -Sir Timothy Berners-Lee (UK) - Inventor of the world wide web in 1989. -Martin Cooper (US) - Engineer and inventor who made the world's first mobile telephone call in 1973. -Luiz Inacio Lula da Silva (Brazil) - Rose from humble roots to become president of Brazil between 2003 and 2011. Revived his country's economy and drove development around the world. GLASNOST: For contribution to the development of the culture of an open world. -Ted Turner (US) - Founder of CNN and philanthropist. -Steven Spielberg (US) - Film director and producer who created Schindler's List, E.T. and Jurassic Park. -Bono (Ireland) - Lead singer of U2 and philanthropist. USKORENIE: For contribution to the development of modern science and technology. -Sergey Brin (pictured top right) (US) - Co-founder of Google. -Jurgen Habermas (Germany) - Philosopher and social scientist -Evans Wadongo (Kenya) - In 2004, aged 18, he invented a solar power lamp which gives people free light.

LIMA em 11 de março de 2011

RICARDO. OOMO UM ANALFABETO, QUE NUNCA TRABALHOU NA VIDA E NEM LEU UM LIVRO, QUE GOSTA DE CACHAÇA E, AINDA, DEVE CHEIRAR GRAXA, PODE FALAR DE DEMOCRACIA, PARA UM POVO QUE VIVE NUMA DITADURA. ELE JAMAIS SERÁ UM FHC., NEM DAQUI A MIL ANOS. FALTA CLASSE SE TUDO MAIS.

Reidson em 11 de março de 2011

O assunto que você menciona não é, em absoluto, proibido. Trata-se de algo no âmbito da vida pessoal do político que você menciona e, mais do que isso, não há provas de que os fatos sejam verdadeiros. Podem até ser, mas não vi uma única e escassa prova disso.

darci delfino em 11 de março de 2011

nâo pode far bem do Lula.isto nâo è DEMOCRACIA..

darci delfino em 11 de março de 2011

Um homen que governou por 8 anos um pais com a popularidade de86%.È justo este convite que muintos tâmbem queria.

POLY em 11 de março de 2011

Não creio.A este Sr. falta estrutura e estatura para temas desta magnitude. Êle teve tempo mais do que suficiente para estudar e, inclusive, dominar bem o idioma Inglês. E, porque não o fêz?. Que estadista. HEIN?

Luiz Barbosa em 11 de março de 2011

“Nunca antes na história desse país” se viu um presidente tão ignorante e arlequim. Vai meter o bedelho onde ele nem sabe localizar no mapa e muito menos a diferença entre mulçumano, islâmico, árabe, xiitas, sunita, judeu, mesquita e sinagoga.

tonia santos em 11 de março de 2011

Cara Tonia, não há assuntos proibidos na revista e muito menos no blog. Mas, evidentemente, por uma questão de ética, não comento acusações contra colegas do site de VEJA. Um abraço

Luiz Barbosa em 11 de março de 2011

Dizem que não há nada mais perigoso do que um incompetente com iniciativa. E cá entre nós, esse senhor aí é um incompetente com muuuuita iniciativa. Além, é claro, de ser sem noção, analfabeto, desinformado, narcisista, oportunista e, infelizmente, com muita sorte. Mais sorte até do que quem acerta na mega sena de final de ano. A prova disso é que ficou oito anos no governo, saiu milionário e mais famoso do que entrou. E o que é pior, saiu ovacionado pela grande maioria dos brasileiros. Ahahahah, brasileiros carentes de leitura. Na verdade, o que esse Zé Mané quer mesmo é chamar a atenção. Ele não suporta estar fora da mídia.

Chico em 11 de março de 2011

lula esse ser, como não tem papa na língua, vai abrir a sua latrina para falar o que vier na teia. Ser inergúmeno, lula se sente a vontade de falar de tudo, como um conhecerdor profundo das questões humanitárias. Usará de suas metáforas futibolísticas, para analisar o que não conhece. As relações de conflitos no Oriente Médio, são seculares, para compreendê-las, requer uma leitura de anos, para poder compreender a formação daquele povo, suas origens, pois nem todos que ali estão, são nem Árabes e nem Judeus, tem o povo de origem Persa, sera que o apedeuta sabe distinguir um do outro. Mas enfim, se tratando de lula, ele atira para todos os lados, e na tentativa de agradar gregos e troianos, ele irá agredir os judeus, pois não tem nada mais notável para os esquerdistas doque isto. Fecha a ladrina lula.

Siará Grande em 11 de março de 2011

Elle entende de tudo, agora os conflitos vão acabar ligeirinho. Só não entendo porque elle ainda não se mudou pra lá de cuia e bagagem e gallega e filharada e netarada e toda a petralhada.

fafa em 11 de março de 2011

Setti, pertuba também o silência sobre a questao do video que mostra o encontro do secretario de segurança de SP e reporter da Folha. Porque não se repercute reportagens sobre isso nem na sua, nem ne outra coluna? É importante perceber que os leitores, hoje, tem uma pluralidade de fontes de informação e aquele veiculo que não se mostrar coerente, vai perder leitores! O que é que você quer que eu comente desse tal encontro? Que há um vídeo de 1 minuto e pouco mostrando o secretário conversando com o jornalista num shopping, e portando um envelope? Não há nada de ilícito comprovado até agora. Vou comentar o quê? E você acha que é possível para qualquer blogueiro que tenha uma vida fora da profissão, que tenha algumas horas por dia para dormir, comer, conviver com a família etc comentar tudo o que sai de relevante nos jornais?

@Hugokuma em 11 de março de 2011

Reparei que após as eleições não há mais lulustas ou petistas gritavam horrores nesse tipo de matéria! impressão minha ou será que acabou o emprego deles ?

gaúcha indignada em 11 de março de 2011

Luis 51 vai para a Líbia, com o teu amigão e não volta.

fafa em 11 de março de 2011

Fafa, não vou publicar seu comentário porque não publico críticas a colegas de VEJA. Não acho -- e não é -- ético. No caso específico, peço que se dirija ao diretor de Redação de VEJA pelo email veja@abril.com.br Abraços

fafa em 11 de março de 2011

Setti, as honrarias não param, agora Lula receberá o premio Gorbachov. Eu, claro, adoroooooooooo! Abs

Helvécio em 11 de março de 2011

... segundo a midia, ele irá faturar cerca de R$300.000,00 nesta palestra>>> como diz o adágio popular : "Enquando existir cavalo, São Jorge não anda a pé ". O "cara", que depois de oito anos fazendo m... e deixou o governo com mais de 80% de "aprovação" (eu faço parte dos 20% que sempre o achou parecido com o David Cooperfield"), vende até fumaça engarrafada ... para os otários é claro !

terceira via em 11 de março de 2011

Vamos fazer um favor ao povo da região que pede mudanças. Esse cidadão brasileiro é tão pé - frio que todos os amigos dele na região vão cair do camelo. heheheheh.

eme efe em 10 de março de 2011

srs. lula é uma piada... de mau gosto, é verdade... uma piada sem graça, no papel de palhaço latino-americano, ao lado do palhaço chavez, servirão de gozação para o mundo civilizado e os arabes, com um pé num futuro democrático entenderão de uma vez por todas que ditador e comunista de boteco nada tem a acrescentar...espera-se que desvincule sua fala embriagada da nação brasileira, o país não merece ser achincalhado por ignócios com faixa de ex-presidentes!

Markito-Pi em 10 de março de 2011

Lula é uma res nullius para os árabes. Para si, nem pode ver aquelas nações em que não se pode tomar" umas branquionha". Fará melhor se calar e boca e vá fazer o que gosta, que é encher a cara com a peãozada.

lucia s em 10 de março de 2011

Acho que o tradutor da criatura ( não falo o nome porque dá azar) vai ter um trabalho insano... O quase monoglota ( ainda não sabe falar o próprio idioma, como todos já sabem)vai enlouquecer a todos com o festival de besteira. Quem sabe, ele vai "motivar" a turma, como na LG e assim teremos a 3ª guerra mundial.

Vítor em 10 de março de 2011

Acredito que sim, ricardo. A política externa dele já se mostrou interessante, na minha opinião. E ele sempre se meteu a mediador e pacificador em alguns assuntos!

ORF em 09 de março de 2011

Ricardo, o unica crise que Lula poderia dar palpite eh a do "Curintia". Em politica nacional e internacional, Lula eh analfabeto de pai e mae. Ha de se respeitar o talento do homem em animacao de palanques e auditorios qualhados de "cumpanheros". Um abraco, ORF

Carlos Alberto Santos da Silva em 09 de março de 2011

Eu acho que fui atingido pelo Complexo de Cachorro Vira-Lata: Lula não dá! Ele não serve para essas coisas de Oriente Médio. Vejamos outro: Fernando Henrique. Foram oito anos com baixíssima popularidade, vergonha dos tucanos que nunca viram um céu de brigadeiro. Já sei!!! O gênio das trompas, médico renomado, orador sem par. Quem? Quem? Quem? Toquem as trombetas para o inigualável Mão Santa! Talvez ele se dê bem nesse lugar onde há tantos feridos,mas inferior ao que ele merece. Se ao menos fosse um Oriente Superior...

Dawran Numida em 09 de março de 2011

Depois de oito anos no governo, com a diplomacia que apresentou, não. A julgar pelo ocorrido no caso da atividade nuclear do Irã, na Ásia Menor, e as visitas ao Oriente Médio, também não apresentaram nada de visão de futuro, como proposto pelo tema do fórum. Aliás, nem no Brasil.

carlos mattos em 09 de março de 2011

xiiiiiiiiiiiiiiiii, desculpe, nao pode???, ta bom, e se disser, tomara que faca: bummmmmmmmmmmm!!!!?

carlos mattos em 09 de março de 2011

J a que verdade, morei 17 anos nos estados unidos, desde 2001, assustados com qualquer pacote abandonado, tomara que o pacote de la, na hora da palestra, **** ***** ***** ***** ******

carlos mattos em 09 de março de 2011

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk,desculpe, nao me contive com a piada, ahhhh, nao e piada? PS>kakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakakaka

Jose Fernando em 08 de março de 2011

Lula, todos sabem, é samba de duas notas. E só! Nada, alem do auto-engrandecimento, chegando-se ao ridículo do registro em cartório de obras inexistentes ou de autoria de outrem, ou da patológica desqualificação de tudo o que foi feito por seus antecessores, sendo FHC seu alvo mais freqüente. Em sua estréia como palestrante, Lula não surpreendeu, e dedilhou o mesmo par de notas, enfatizando que em seu governo isso, em seu governo aquilo, nuncaantesnessepaíz isso, nuncaantesnessepaiz aquilo. Enquanto detinha o poder, éramos obrigados a ouvir, ver e ler tudo isso quase que quotidianamente, pois a imprensa se limitava divulgar qualquer asneira por ele proferida, sem dar-se sequer ao seu trabalho mais nobre, o da análise dos fatos. Agora não mais. Estamos enfim livres do espírito encarnado de Pedro Alvarez Cabral, que redescobriu o Brasil em primeiro de janeiro de 2003. Ouvir isso novamente é castigo. PAGAR prá ouvir isso novamente é penitência.

Pimenta em 08 de março de 2011

Caro Setti, Lula quer gastar a energia que ele tentou tirar dos 44 milhões de brasileiros, com seu palavrório ensurdecedor. Como pode pensar em ajudar alguém, um sujeito que só proferiu inverdades sobre a gestão do seu antecessor? Como pode tentar construir a paz alguém que tentou extirpar partidos de oposição e um ou outro político de tais partidos, se empenhando em não deixá-los se elegerem, levando a coisa para o lado pessoal? Com sua política "pega-babaca" o que ele fez foi atrasar o Brasil em cinco anos. Ele que vá "pra lá" e não volte mais!

Raphael em 08 de março de 2011

"[...] A imprensa brasileira sofre de uma grave crise de credibilidade, acentuada pelo surgimento da blogosfera independente, notadamente protagonizada por blogueiros progressistas, opositores da desinformação vigente nas redações dos gigantes veículos de comunicação, construtores de uma nova pauta: livre, diversa, analítica, real. [...] A idéia de que a imprensa age como órgão oficial de oposição já está incrustada na cabeça de seus mais comuns colaboradores. E que órgãos livres, segundo o catequismo das redações da grande imprensa, fazem apenas o trabalho de "ajudar o governo", pois não se interessam em informar a sociedade, tal qual fazem, "exemplar e imparcialmente", O Globo, Folha, Estadão, Veja, Época etc..." Não defendo nenhum texto como modelo, mas vale a pena ler este artigo aqueles que não querem ficar do mesmo tamanho. http://palavras-diversas.blogspot.com/2011/01/propagada-imparcialidade-da-grande.html

fafa em 07 de março de 2011

Ao Van Helssing - 07/03/2011 às 7:51 Voce critica Marx, mas até hoje, além do materialismo histórico, nenhuma outra teoria deu conta de explicar nossa sociedade, mesmo que momentos diferentes. Se voce conhece outra teoria que dá conta e que sobrevive a tempos, avise-me. Setti, quanto a mim, nunca será necessario cortar meus comentarios por grosseria, pois sei discordar sem ter que recorrer a ofensas pessoais, coisa que, ao que parece, o comentarista citado não dá conta. Quanto a você, não tenho dúvidas, Fafa. Já o Van Helsing eu convidei a não mais vir aqui. Abraços

Frederico em 07 de março de 2011

Tomara que ele fique por lá. Poderia ser contratado pela rede de tv Al-Jazira como seu comentarista permanente. Ficariamos livre dele por um bom tempo.

Pedro Luiz Moreira em 07 de março de 2011

Amigo Setti: Detesto falar de assunto político política,quero dizer Lula é o bom,Lula é péssimo,FHC é o máximo,FHC é uma bomba.Entramos sempre no esquema maniqueista. O mundo tem pelo Lula um conceito de excelente politico e habil negociador.Durante a Ditadura civil-militar caso me engane gov.Geisel,o Itamaraty implantou politica terceiro mundista e com isto o Brasil era o melhor interlocutor com os paises africanos sempre instaveis.isto gerou ao Brasil uma posi;áo importante na geopolitica internacional e vc sabe quanto odeio ditaduras! No governo Lula a politica terceiro mundista abandonada por uma outra de quase destruicáo,transformar o ITAMARATY como encarregados de neg[ocios e puro marketing,erro terrivel entre varios de FHC. Governo Lula, voltou a politica terceira mundista e como consequencia - outra vez o Brasil no cena[rio geopolitico mundial. Dentro deste contexto e sem paixáo politico politica,qual o melhor pais em condicóes de oferecer uma abertura de negociacáo?EUA?Fraca?Inglaterra?náo conversam jogam bombas.E o Brasil!aberturas de embaixadas,visitas ao Oriente Medio,conversas com Israel,Ira,Palestinos. Amigo do Ghadafi?Mubarack?mas náo eram os governos que todos negociavam?do Iran,com quem deveremos negociar com os filhos do Xa do Iran? Carter e Lula sáo hoje as grandes referencias no mundo como negociadores,se realmente os GRANDES quiserem negociadores e a ambos que devem recorrer,sejam - caipira plantador de amendoim ou sem estudos chegados a uma 51 - mas ambos dotados de respeito pelas comunidades internacionais.

Van Helssing em 07 de março de 2011

fafa cuidado quando passar proximo *** **** ****. Caro Van Helssing, ofensas pessoais aqui no blog não dá, não é mesmo? Já estabelecemos isso há tempos. Sei que você entende. Abraços

Van Helssing em 07 de março de 2011

Lula e os petistas são a prova viva do triunfo dos idiotas [Até o século XIX] o idiota era apenas o idiota e como tal se comportava. E o primeiro a saber-se idiota era o próprio idiota. Não tinha ilusões. Julgando-se um inepto nato e hereditário, jamais se atreveu a mover uma palha, ou tirar um cadeira do lugar. Em 50, 100 ou 200 mil anos, nunca um idiota ousou questionar os valores da vida. Simplesmente, não pensava. Os "melhores" pensavam por ele, sentiam por ele, decidiam por ele. Deve-se a Marx o formidável despertar dos idiotas. Estes descobriram que são em maior número e sentiram a embriaguez da onipotência numérica. E, então, aquele sujeito que, há 500 mil anos, limitava-se a babar na gravata, passou a existir socialmente, economicamente, politicamente, culturalmente etc. houve, em toda parte, a explosão triunfal dos idiotas

fafa em 07 de março de 2011

Setti, me desculpe, mas como sou leitora assidua do seu blog sinto liberdade para criticar. Porque você tenta, a todo momento, desqualificar Lula? Parece uma misão de vida! Pior, a incapacidade de reconhecer que ninguem chega aonde ele chegou por golpe de sorte, mas porque tem historia, tem competencia, tem sabedoria... Tem outras coisas também, não é, Fafa? Não vou repetir aqui minhas críticas ao Lula. O que você chama de tentar desqualificá-lo tem a ver com meu inconformismo com uma enorme série de políticas e atitudes dele das quais discordo inteiramente, a começar da falta de compostura no exercício do poder e do péssimo exemplo que deu o tempo todo a milhões de brasileiros ao virtualmente se vangloriar o tempo todo por não ter estudado. Não é missão de vida, não. Só sinto que o país sofreu danos morais e políticos gigantescos nesses oito anos de lulalato, e não consegui -- e ainda não consigo -- me calar diante disso. Felizmente ele está fora do poder, então você pode ficar sossegada que aos poucos vou deixando de tratar do ex-presidente, que você tanto admira. Minhas admirações são bem outras, meu nível de exigência é bem maior: Churchill, Roosevelt, Konrad Adenauer, Felipe González, Nelson Mandela... Entre nós, seria de Juscelino Kubitschek (com algumas reservas) para cima. Entnre nossos vizinhos, Michelle Bachelet, do Chile, seria um contraponto muito bom em matéria de seriedade, competência e altivez -- e gigantesca popularidade -- ao seu ídolo. Um abraço

fafa em 07 de março de 2011

Setti, já algume tempo se percebe a diferença da TV Al-Jazira e outras TVs. Enquanto as TVs americanas mostra um monte de expertes comentaristas falando ...elucubrando, a Al-Jazira transmitia ao vivo...enfim, não se pode negar que é uma TV com grande influência no mundo árabe e já reconhecida pelo mundo ocidental. Agora tenho que concordar com um comentarista daqui...se convidaram Lula e não cientistas politicos, sociologos tupiniquins é porque querem ouvir o que ele tem a dizer. De certo, não foi para servir um chá e conversar sobre futebol! Abs

SergioD em 07 de março de 2011

Ricardo, concordo com as citações do Pedro Moreira Lima quanto ao Presidente Jimmy Carter, considerado o melhor ex-presidente dos EUA. Pena que perdeu as eleições de 1980 por conta dos problemas econômicos (Paul Volker no FED elevou os juros a inacreditáveis 21%aa quebrando toda a América Latina) e do sequestro não resolvido dos diplomatas na embaixada em Teerã (sempre o Irã). Quanto ao Jazz, escuto alguma coisa mas não sou conhecedor como você parece ser. Um abraço Concordo com você sobre o Jimmy Carter. Os leitores felizmente poucos leitores que, aqui no blog, criticam de forma injusta VEJA por supostamente ter "apoiado" a ditadura não têm ideia do que realmente aconteceu. VEJA foi um dos pouquíssimos veículos da imprensa que foi censurado pela ditadura. Mas, falando sobre Jimmy Carte, durante seu governo eu trabalhava na seção Internacional da revista, e a editora de então, Dorrit Harazim, com o apoio do diretor de Redação, J. R. Guzzo, dava o máximo espaço possível ao então presidente dos EUA e à sua política de direitos humanos, que significou uma reviravolta na política externa norte-americana e produziu efeitos benéficos no Brasil. VEJA enfatizava fortemente esse aspecto nas relações Brasil-EUA. Quanto ao jazz, caro SergioD, descobri ao longo da vida o quanto gosto do gênero, que é 80% do que ouço -- e, sempre que possível, assisto --, mas confesso a você que sou um total leigo. Só sigo meu ouvido, não "entendo" nada de jazz. Isso é com meu filho, Daniel, que é uma enciclopédia de música em geral, incluindo o jazz.

SANDRA M em 06 de março de 2011

Depois de ser ungido Garoto propaganda da LG ,e provavel que sera do kadafi!!

Pedro Luiz Moreira Lima em 06 de março de 2011

Jimmy Carter cehegou a presidente dos EUA e sendo gozado com um "simples caipira colhedor de amendoim."Em minha opinião ao eleger ReaGUN os EUA perderam a grande oportunidade presidente(Carter).Seu primeiro governo foi a resistencia ao complexo industrial/militar americano. Hoje Carter referencia como supervisor de eleições mundial e sua opinião é aceita e respeitada. Não comparo Lula com Carter,no entando os dois são respeitados por suas atuações.Num mundo doido porque não utilizar estes 2 homens?

Berta Reel em 06 de março de 2011

O tal Lula tem capacidade suficiente para iludir qualquer "não companheiro". Com certeza sairá de lá com muitos adeptos a sua seita. Não sei o que o mantém em evidência, certamente há trocas que nunca saberemos ...

Agilmar Machado Filho em 06 de março de 2011

Para quem já chamou o Muamar Kadhafi de "meu líder, meu irmão e meu amigo" digamos que ele já mudou de lado. Essa metamorfose ambulante é bem esperto. Deveriam era soltar ele com um fuzil na mão gritando "Abaixo Kadhafi".

Frederico Hochreiter/BH em 06 de março de 2011

Setti: Independente do assumido parti-pris, amplio sua pergunta. Você acha que o ex-presidente lula tem obervações RELEVANTES (note bem, RELEVANTES), a fazer, sobre o que quer que seja além de jogos de futebol e coisas semelhantes? Talvez sobre sua experiência de governo, suas tratativas com políticos, suas campanhas eleitorais, a vida sindical... Que ele tem uma vivência enorme, não se pode negar, não é?.

Marcos F em 06 de março de 2011

Lula dando mais um cala-a-boca na tucanada. Nem assim eles aprendem, continuam matracando seu nome por aí. É o preço do sucesso. kkkkkkkkkkkkkk Quem é que é tucanada aqui, cara-pálida? Quer dizer que criticar Lula significa ser tucano? Você conhece alguma coisa além do maniqueísmo?

Thales em 06 de março de 2011

Um presidente que não sabe nem o que ocorre mo seu palácio não tem capacidade de resolver qualquer crise no Oriente Médio. No mais das vezes já está é muito bom se o Molusco não criar uma crise ao invés de resolver.

maisvalia em 06 de março de 2011

O çábio nem do time maloqueiro que ele torce entende, hehehehe

Paulo Bento Bandarra em 06 de março de 2011

O que eu me pergunto é o que estas pessoas estão pensando? Será que são mais cegos que os eleitores brasileiros? Outra questão é fazer baderna na rua e derrubar presidentes está muito longe de ser um regime democrático! Hoje a opressão no Irã é muito maior do que na época do Xá! Será este tipo de futuro que a TV Al Jazira sonha?

Sam Spade em 06 de março de 2011

Piada!

SergioD em 06 de março de 2011

Ricardo, o meu carnaval é mesmo atípico. Aqui em casa, ouvindo Rock progressivo dos anos setenta. Minha mulher está quase me batendo por conta do que ela chama de excentricidade. Tento explicar que gosto de samba, mas não é a minha primeira opção de audição para o período de repouso. Fazer o que? Quanto ao tema do post, sinceramente acho que poucas pessoas no mundo poderiam dar alguma contribuição para os problemas atuais do Oriente Médio. O quadro já era complexo antes da revolta tunisiana, que serviu como gatilho de todas as demais. Colocar israelenses e palestinos juntos, numa mesa para negociar sempre foi um dificuldade, e com qual facção dos palestinos:o Fatah, o Hamas ou o Hezbollah? E agora? Será que o governo que emergirá no Egito vai manter a passividade de mais de 30 anos com Israel? A Jordânia permanecerá uma monarquia absoluta ou partirá para um governo constituicional? O rei Hussein vai aceitar isso passivamente? E o mais medieval dos regimes da região,o da Arábia Saudita? Por conta dessa movimentação o VALOR ECONÔMICO semana passada publicou interessante reportagem sobre a visita de Barack Obama. O texto dá conta de sinalização que a Presidente Dilma já fez chegar ao Presidente Obama de que, por conta de não sujar a matriz energética do país, o petróleo do pré-sal seria exportado e que as vendas se dariam preferencialmente para os EUA, o que satisfez a comitiva americana que prepara a visita do Presidente Obama, uma vez que é intenção daquele país diminuir sua dependência do petróleo importado do Oriente Médio. Transcrevo o primeiro parágrafo da reportagem, aberto ao todos, já que a reportagem completa está disponível apenas para assinantes. Não tenho o costume de quebrar direitos autorais, portanto desculpe se não passo o complemento. "O governo brasileiro quer se tornar grande exportador de gás e petróleo aos Estados Unidos, para evitar que os combustíveis extraídos da camada pré-sal no litoral do Brasil reduzam a proporção de fontes de energia "limpa", renovável, como a hidroeletricidade, na matriz energética brasileira. A intenção de exportar a maior parte do petróleo e gás do pré-sal para não "sujar" a matriz foi comunicada pela presidente Dilma Rousseff a enviados do governo americano que estiveram no país em preparação à visita do presidente Barack Obama." Essa reportagem foi publicada em 03.03.2011, na primeira página. Quanto a presença do ex-presidente no fórum da Al- Jazira, creio que a principal ajuda que ele poderia dar seria em termos de incentivar a boa vontade entre israelenses e palestinos, pois com o quadro atual é tortuoso e difícil até para especialista no assunto. No entanto, creio que esse incentivo não vá ter boa acolhida em Israel e EUA por conta da atuação de Lula junto ao Irã e a declaração de reconhecimento de uma pátria palestina, não é?. Grande abraço Principalmente por causa da questão do Irã, que toca o nervo mais sensível da superpotência: sua segurança nacional. Obrigado pela informação publicada no Valor para os amigos do blog, caro SergioD. Lá em VEJA costumo ler o jornal com atenção, é excelente e tem uma ótima cobertura também para assuntos não propriamente econômicos. Abraço e... bom rock progressivo, que não é o meu forte. Prefiro jazz e o melhor da MPB, sem contar a grande canção americana -- Cole Porter, os Gershwins, Rodgers e Hammerstein, Sammy Kahn e Jimmy Van Heusen etc etc.

Antonio Skoldharougs em 06 de março de 2011

"renintencia' não, o certo é Renitência*

Antonio Skoldharougs em 06 de março de 2011

Vejam que Hosni Mubarack, Saddam Hussein, Muhammar Kadhafí e o proprio Bin Laden foram crias dos Estods Unidos. Bin Ladden então foi treinado com todas as táticas de guerra, guerrilhas e terrorismo dentro dos 'UsCountry" para servir aos EUA no Oriente médio, eles (USA) pensaram que o Sr. BLadden seria uma peça útil, só que ele se voltou contra o seu mestre, e agora tem os EUA como seu alvo, eles (USA) não perceberam e pagaram o preço pela displicência. Vejam onde o Lula quer meter o dedo, ou bedelho se preferirem, o melhor a fazer é ir para uma praia do Nordeste e gozar das sombras dos coqueirais com muita água de coco.

Antonio Skoldharougs em 06 de março de 2011

Quanto a iluminar os caminhos de Oriente médio, acho que ele devia ir para o "banco de reservas" clar-se e poupar energias para voltar em 2018, o país ainda vai precisar muito dele. Quanto a pergunta, não! ele não entende muito desse assunto, eu acompanho esses problema desde adolecente, sei que o Lula está se esforçando para saber o que leva aquela região a ser um barril de pólvora, quais os interesses das potencias com aquela area, o porque dessa semeadura do ódio que os países ricos sempre fazem na região, o porque de usar Israel como pivô em conflitos de interesses americanos, os interesses que elestem em causar discordias para desestabilizar as nações do oriente médio e assim tirar proveitos em vendas de armamentos e equipamentos bélicos. Lula é pouco informado nesse assunto, o melhor a fazer é silenciar para não atrapalhar.

Paulo Toshiharu Watanabe em 06 de março de 2011

Torço para que Lula aceite o convite e dê a sua opinião pessoal, no improviso, para o Mundo! A consequência será o Mundo criticando o Brasil. Caberá a Dilma e os petralhas decidirem se mantém o "cordão umbilical" ou .... Quando me refiro aos "petralhas", estou me referindo ao sentido genérico que a palavra significa: "não é obrigatório pertencer ao PT", podem ser do PMDB, PDT, PSB, ..., desde que estejam com os MENSALEIROS.

Antonio Skoldharougs em 06 de março de 2011

Amigo Ricardo Setti, Existe uma renintencia de comentários em defesa ou criticas ao Lula, porque também existem diversas matérias postas sobre o assunto, e ao contrário de muitos Serristas e Eféagássistas que nem os lê, percebo que em seu espaço jornalistico todos são acolhidos, mesmo que não concorde com o que foi escrito, isso é a damocracia jornalistica que você exerce tão bem. (não gosto do termo 'blog' e nem 'blogueiro', isso é para amadores, dá uma impressão de gang, de tribo, ou facção. não é para jornalistas do seu calibre nem do Ricardo Kotcho, PHAmorim e outros bons jornalistas que possuimos) Shalom Obrigado pelas boas palavras sobre a coluna, caro Antonio. Um grande abraço

joaonildo51 em 06 de março de 2011

Ainda bem que o articulista, lembrou já em meio ao desenvolvimento do seu pensamento, que o LULA foi convidado pela rede Al Jazeera,legítima porta voz do mundo àrabe. Então a 1ª coisa a pensar seria,Os diretamente interessados na questão acham que ele tem muito a dizer, Poderiam ter convidado o articulista ou outros luminares das ciências políticas tupiniquim mas, convidaram o operário/sindicalista que é um ídolo na região, admirado principalmente pelos jovens. Mas aí nosso tema já mudaria ao tentar descobrir porquè ? Ué, a Al-Jazira concorreu a alguma eleição para ser a "legítima porta-voz do mundo árabe"? Quanto a convidarem o articulista que gere este modesto espaço, não está entre meus planos nem minhas ambições dar lições a ninguém do Oriente Médio sobre o Oriente Médio.

Tito Livio Bereta Bereta em 06 de março de 2011

Não seja maldoso com o Lulla. Ele venderá água em pó aos árabes.

Ajuricabat Manaus em 06 de março de 2011

Se ele entende do assunto? Entende desse e de todos os outros que você possa imaginar, na qualidade de deus na terra em que se julga estar.

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI