Lula delira de novo, diz que mensalão foi “tentativa de golpe” — desqualificando o procurador-geral e o Supremo –, mas ainda não explicou porque pediu desculpas aos brasileiros em 2005. Espante-se com as declarações e reveja o vídeo das desculpas

Lula, ao lado do vereador José Américo (PT), com a Medalha Anchieta e o título de Cidadão Paulistano: o ex-presidente volta ao delírio de que mensalão foi “tentativa de golpe” (Foto: abril.com.br)

O ex-procurador-geral da República Antonio Fernando de Souza, que apresentou em 2006 denúncia contra os envolvidos no escândalo do mensalão ao Supremo Tribunal Federal, é um golpista.

O ministro do Supremo Tribunal Federal Joaquim Barbosa, que recebeu (aceitou) a denúncia sobre o mensalão em 2007, é um golpista.

O atual procurador-geral da República, Roberto Gurgel, é um golpista.

Os delegados e agentes da Polícia Federal que chegaram à conclusão, em inquérito, de que houve dinheiro público no escândalo do mensalão, são golpistas.

Essa é a conclusão a que se chega diante das delirantes, absurdas, espantosas declarações de Lula no final da noite de ontem, após receber o título de Cidadão Paulistano e a Medalha Anchieta na Câmara Municipal da capital.

O ex-presidente, felizmente, curou-se do câncer graças ao tratamento e à medicação que recebeu.

Agora, precisa de algo para a cabeça, sobretudo para a memória.

As declarações patéticas do ex-presidente foram divulgadas já perto da meia-noite, pela Folha On-line.

Reproduzo aqui:

Às vésperas de o STF (Supremo Tribunal Federal) julgar a ação penal do mensalão, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltou a dizer, nesta segunda-feira (21), que o escândalo foi uma “tentativa de golpe” contra seu governo (2003-2010).

“O PT era mais atacado do que hoje por grande parte dos políticos da oposição e por uma parte da imprensa brasileira. Na verdade, era um momento em que tentaram dar um golpe neste país”.

Lula afirmou que a oposição foi forçada a recuar diante do apoio que recebeu dos movimentos sociais. Ele também citou artistas populares como o apresentador de TV Raul Gil e o cantor e vereador Agnaldo Timóteo (PR).

“Eu disse: ‘Não vou me matar como Getúlio [Vargas] e não vou fugir obrigado como o João Goulart. Só tem um jeito de eles me pegarem aqui. É eles enfrentarem o povo nas ruas deste país.'”

O ex-presidente disse que a oposição se intimidou depois de ele receber apoio de movimentos populares em visita ao Palácio do Planalto.

“Aquilo foi a coisa que mais deixou eles com medo de continuar na luta pelo impeachment”, afirmou.

Lula discursou após receber homenagem da Câmara Municipal de São Paulo. Ele ganhou o título de cidadão paulistano e a medalha Anchieta.

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

Agora, sou eu de novo escrevendo.

Lula, incorrigível, procura uma vez mais borrar a história, como fazem tantos petistas. Sua memória frágil, necessitada de estímulos, apagou o famoso discurso transmitido pela TV a 12 de agosto de 2005, em que, constrangido, apalermado, abatido, sem saber para onde dirigir o olhar, levemente trêmulo, o então presidente da República declarou perante a o país que fora “traído” e mencionou “desculpas”.

Nesse discurso, gravado na Granja do Torto, em Brasília, antes de uma reunião ministerial, Lula não explicou quem o traiu — nunca explicou, aliás, e com o tempo foi ficando cada vez mais desmemoriado, esquecido completamente do assunto, a ponto de, ontem à noite, novamente haver delirado e falado em “golpe”.

A alegação da traição ficou, insiste em ficar, e continua latejando. O líder supremo do lulalato também não esclareceu até hoje, e parece que nunca o fará, porque, exatamente, pediu desculpas aos brasileiros.

Se Lula fez o discurso da traição durante o escândalo, é claro que se destinava a, de alguma forma, apresentar uma explicação ao país sobre a espantosa sucessão de bandalheiras que a cada dia vinham à tona — uma explicação frouxa, gaguejante, canhestra, reticente e vazia, mas uma explicação.

Se Lula proferiu o discurso e denunciou a traição, ocorreu naquele momento um explícito reconhecimento de que o mensalão não apenas existiu, mas teria propiciado esse seríssimo agravo ao presidente da República.

Como, depois disso, sem mais nem porquê, de repente não existiram a montanha de dinheiro, a CPI no Congresso, os depoimentos no Supremo e, sobretudo, o discurso? Tudo teria sido uma “farsa” e uma tentativa de “truncar o mandato de um presidente democraticamente eleito”, como o desmemoriado sumo sacerdote do lulalato definiria, mais de uma vez, a bandalheira?

E como fica a tão elogiada Polícia Federal e sua atuação durante o lulalato?

Bem, melhor do que tudo o que escrevi é relembrar o discurso.

É curtinho — mas altamente revelador. Revejam:

httpv://www.youtube.com/watch?v=lp1-jwgphGk

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

41 Comentários

  • Luis

    O que esperar de um homem que já fez de tudo e deveria estar trabalhando pela moralização pública no país e está trabalhando para mensaleiros, DELTA ( filha da mãe do PAC), cachoeiras e etc.?

  • Alberto Porem Jr.

    A minha dificuldade de entendimento da nossa mídia dita “livre” baseia-se na premissa de até quando os nossos jornalistas vão tratar aqueles que leem o que eles escrevem como uma massa não pensante e que poderia deixar se pautar por análises que claramente denotam uma posição ideológica.
    Repito aqui 11 princípios utilizados por J. Goebbels e façam uma comparação com o que nossa mídia dita “livre” busca com este bate estaca de mensalão, que está para ser julgado pelo STF.

    – Os 11 princípios de Joseph Goebbels, ministro da propaganda de Adolf Hitler:

    1) Princípio de simplificação e do inimigo único: Adotar uma única idéia; um único símbolo; individualizar o adversário em um único inimigo.

    2) Princípio do método de contágio: Reunir os adversários em uma só categoria ou indivíduo. Os adversários tem de constituir-se em suma individualizada.

    3) Princípio da transposição: Atribuir ao adversário os próprios erros ou defeitos, respondendo o ataque com o ataque: “Se não podes negar as más notícias, inventa outras que as distraiam”.

    4) Princípio do exagero e desfiguração: Converter qualquer anedota, por pequena que seja, em ameaça grave.

    5) Princípio da vulgarização: “Toda propaganda deve ser popular, adotando seu nível ao menos inteligente dos indivíduos, aos que se dirige. Quanto maior seja a massa a convencer menor há de ser o esforço mental a fazer. A capacidade de entendimento das massas é limitada e sua compreensão rara; além do mais tem grande facilidade para esquecer.”

    6) Principio de orquestração: “A propaganda deve limitar-se a um número pequeno de ideias e repetí-las incansavelmente, apresentando-as de diferentes perspectivas; mas sempre convergindo sobre o mesmo conceito. Sem ranhuras nem dúvidas”. Daquí vem também a famosa frase: “Se uma mentira se repete suficientemente, acaba por converter-se em verdade”.

    7) Principio de renovação: Emitir constantemente informações e argumentos novos a um ritmo tal que, quando o adversário responda, o público está já interessado em outra coisa. As respostas do adversário nunca devem poder contrariar o nível crescente de acusações.

    8) Principio da verossimilhança: Construir argumentos a partir de fontes diversas, através dos chamados balões de ensaios ou de informações fragmentadas.

    9) Principio do silêncio: Calar sobre as questões das quais não se tem argumentos e encobrir as noticias que favorecem o adversário; também contraprogramando com a ajuda de meios de comunicação afins.

    10) Principio da transfusão: Por regra, a propaganda opera sempre a partir de um substrato preexistente, seja uma mitología nacional ou um complexo de ódios e prejuízos tradicionais. Se trata de difundir argumentos que possam se nutrir em atitudes primitivas.

    11) Principio da unanimidade: Convencer muita gente que se pensa “como todo o mundo”, criando impressão de unanimidade.

  • Roberto Souza

    Caro Setti,

    mais uma vez, parabéns pelo texto corajoso, irretocável.
    É de jornalistas como você, decentes, corajosos, bem informados e com memória aguçada que a população brasileira necessita, é esse o único caminho para combater políticos inescrupulosos, cínicos, anti-éticos, imorais e, como se não bastasse, demagogos poderosos.

    Muito obrigado pelo seu generoso comentário, caro Roberto.

    Um grande abraço

  • ze do matogrosso

    alem dos citados artistas populares endossaram a diatribe do molusco o prêmio nobel de literatura tupiniquim, chico jabuti, e o maior imitador de papagaio de pirata, o zé do breu.

  • Marcio Thomas Basta!

    Presidente Lula, seja coerente. Ofereça-se como testemunha de defesa no STJ para acabar de vez com a “farsa” do mensalão. Aliás, podia começar depondo no processo do qual se recusa a participar. “Lula foi arrolado como testemunha de defesa do ex-procurador da Fazenda, Glênio Sabad Guedes. Ele, junto com o publicitário Marcos Valério Fernandes de Souza e os sócios deste — Rogério Lanza Tolentino e José Roberto Moreira de Melo —, como a ConJur noticiou, respondem ao processo 2006.51.01.523697-3, na 3ª Vara Federal Criminal do Rio, pelos crimes de falsidade ideológica, tráfico de influência, corrupção ativa e passiva, formação de quadrilha e lavagem de dinheiro”.

  • Luiz Pereira

    Setti,
    É uma mistura de Alienista com Goebbels. Só que, por mais que Lula seja popular, ninguém vai saudá-lo com “Heil, Lula”.
    abs

  • Haiganouch Licin Ganatchian Pilli

    Este senhor consegue deixar a gente sem palavras. Juro que estou me questionando: qual é o país que estou vivendo? estou mesmo lendo o artigo do Setti? ou estou ficando louca. Como alguem pode ser tão dissimulado e farsante? E como consegue ainda fazer tanta gente acreditar que êle é o máximo? Nunca antes dêle o Brasil existiu.Como diz um provérbio popular : agua mole em pedra dura tanto bate até que fura: é nisso que está acreditando? É bom êle saber: que consegue se enganar alguns por tôdo tempo,alguns pôr algum tempo, mas não todôs por tôdo tempo.

  • Kitty

    Caro Ricardo,
    Uma vez mais nos confrontamos com a absurda teimosia de uma mente doentia e carregada de ódio.
    Demóstenes era apelidado de “demo” pelos governistas, devido à sua recorrente e contundente oposição ao governo do PT, especialmente na época do famigerado mensalão. O senador–hoje um falso moralista–constrangia a bancada governista com um discurso próprio de alguém que pensa em candidatar-se como possível candidato para 2014.
    A CPI foi a grande oportunidade que Lula e o PT precisava para se vingar da oposição e, ao mesmo tempo criar uma cortina de fumaça para minimizar o julgamento do mensalão no STF que deverá acontecer até o final do ano–não se depender do ministro Lewansdoski o eternamente agradecido pela nomeação a Ministro por obra e graça da intervenção de Dna. Marisa, ex-primeira dama–.
    O ex-presidente Lula faria qualquer coisa para evitar que sua biografia ficasse maculada com o fato de que a maior corrupção que o país já viu, veio a ocorrer no seu governo. O impacto deve ter sido terrível, por isso o sentimento de culpa nos primeiros momentos, mas, aos poucos começou a perceber quão arrasador seria um escândalo dessa magnitude em que a sua credibilidade seria afetada, o seu futuro político e a do seu partido.Então, a bem estudada estrategia encontrada foi a de negar..negar a existência do mensalão..até hoje.
    Por isso que a instalação da CPI e que o Caso-Cachoeira serviria para provar que o mensalão não existiu,que tudo não passou de um factoide “plantado” pela oposição na mídia.Resta saber se o STF vai compactuar essa repentina crise de memória com que o PT e Lula pretende embaucar o país.
    O absurdo do mensalão e a insistência de Lula é desqualificar o Ministério Público, a Policia Federal,e desmoralizar a imprensa, sobretudo a Revista VEJA!Só espero que não use a comiseração devido ao câncer para tirar proveito! Dos demagogos contumazes eu espero qualquer coisa!
    Um abração////Kitty

  • fpenin

    Um minuto e trinta e dois segundos: o tempo exato do primeiro ato da farsa.Até pouco tempo atrás, no Iraque , dizia-se que o ditador teria mil sósias,que seriam responsáveis pela manutenção do carrasco da mídia. No presente caso, o ex-presidente pode estar sendo vítima de várias situações, desde uma simples amnésia voluntária até manifestações de delirium tremens,causadas pela branquinha, mas, o mais provável é que, à semelhança do tirano iraqueano,pessoas diferentes estejam falando sobre um mesmo assunto, com versões aberrantemente opostas. Em 1:32 min., dá para ver a face pinóquitica de Lula.Todos, ou a maioria,já tomamos algum pileque e sabemos que, no outro dia,de nada lembramos; não acho, porém, que seja esse o caso do apeDELTA. É mentira pura, e quem mente, em algum momento há de contradizer-se. Mais atos estariam por vir, os ensaios não param. Não há saco que aguente,Augusto. Mais uma vez você “excede”; parabéns pela garimpagem jornalística. Grande abraço.

  • fpenin

    Desculpe-me, Setti, troquei o teu nome pelo de Augusto Nunes.São dois gigantes do jornalismo, não há desdouro, mas o crédito a ti pertence. Mais uma vez, grande abraço.

    Sem problema, o Augusto é meu irmão. E obrigado pelo elogio, excessivamente generoso.

    Um grande abraço pra você também.

  • fpenin

    Setti,
    Grande referência: Agnaldo Timóteo…

  • Fernando

    Uma professora petista do ensino fundamental explicava aos alunos o
    “ser petista”. Pediu que levantassem a mão todos aqueles que fossem
    simpáticos ao partido.

    Todos os alunos, por temerem represálias, levantaram a mão, exceto
    um menino que estava sentado no fundo da sala.

    A professora olhou para o menino com surpresa e lhe perguntou:
    – Joãozinho, por que não levantou a mão?
    – Por que não sou petista! – respondeu.

    A professora perguntou de novo:
    – Se não é petista, então com quem se simpatiza?
    – Com os tucanos! – respondeu com orgulho o menino.

    A professora cujos ouvidos fanáticos não podiam dar crédito a algo
    assim, exclamou:
    – Joãozinho, me diga: porque és simpático aos tucanos?

    O menino muito tranquilo respondeu:
    – Minha mãe é tucano, meu pai é tucano, meu irmão é tucano, por isso
    eu também sou tucano! – arrematou…
    – Bem, replicou a professora – mas isso não é um bom motivo..
    Você não tem que ser tucano como seus pais. Por exemplo, se sua mãe fosse
    mentirosa e enganadora, seu irmão um cara de pau meliante vagabundo e
    contraventor e seu pai um fraudador ladrão de dinheiro público, o que você
    seria?
    – Bom… aí eu seria petista!

  • Markito-Pi

    Brilhante, como sempre, caro Setti.
    Só te peço uma correção: O vereador da foto não é José Police, homem de bem e honrado.Quem segura a “comenda” entregue ao Palhacio é o picareta petista ( perdão pela redundancia, José Américo, um ex-jornalista que é a favor do controle social da mídia(?????)

    Rapaz, que mancada! Não reconheci o Zé Américo. É ele mesmo. (Já corrigi). Nos tempos em que era da Libelu e agitava as assembleias do Sindicato dos Jornalistas, do qual, aliás, me desliguei recentemente após mais de 40 anos filiado — esse negócio de ser da CUT e fazer política em vez de jamais discutir a profissão não dá mais –, ele era magricela, barbudo e com cabelo black power.

    O poder — e o tempo, claro — engordam, não?

    Abraço

  • Paulista indignado

    Se elle enfatiza tanto que é uma farsa, devia provar isso no tribunal. Coragem, apeDELTA. Mostre a sua cara para provar contrário!!!

  • Eduardo S.B.Infantini

    Só uma Nação anestesiada pode manter um sem escrúpulos,demagogo como esse líder político.Sozinho não teria sucesso;é ajudado por uma legião de indivíduos sem caráter,espertos que encontram na bajulação vantagens pessoais(meio de ganhar dinheiro,muitos desempenhavam o mesmo papel na época do regime militar).

  • Corinthians

    Alberto Porem Jr. – 22/05/2012 às 21:29
    Muito bom esse comentário. Não sabia destes princípios.
    Infelizmente eu vejo isso principalmente nos movimentos das alas mais fanáticas do PT, das penas compradas ou por empréstimos do BNDES ou por publicidade estatal, e ainda pelas atitudes que sempre aparecem.
    1) Dona zelite x povo (ou ricos x pobres, ou nortistas x sulistas, pig x verdade) – quem é que vive a dividir o Brasil em seus discursos ?
    2) Dona zelite x povo (de novo, mesmo argumento do item 1)
    3) Caixa dois é algo que todos fazem, é culpa do sistema político, é culpa dos governos anteriores… gostaria de ver alguma notícia em que é atribuído a petistas o erro de outro, como no caso Arruda por exemplo, por que eu não vi isso.
    4) Serra gravou a propaganda em uma favela de estúdio, fato gravíssimo. E aquele repórter que disse que Lula gostava de beber, vamos expulsá-lo do país.
    5) Privatização é ruim (menos quando é a gente que faz). Nós somos o partido do social, mesmo tendo sido contra as bolsas no passado recente.
    6) Caixa dois todos fazem. Caixa dois todos fazem. Caixa dois todos fazem. Mensalão é caixa dois. Mensalão é farsa.
    7) Esse é até estranho, mas vindo de Goebbels não surpreende – parece até que o correto seria segurar informação nova ou ainda não colocar novos argumentos em pauta. Mas voltando ao assunto, parece-me que saiu recentemente um livro sobre a privatização na época do FHC, com “novas” informações, é isso mesmo ?
    8) Vazamentos seletivos ? O próprio ataque à Veja/imprensa (esse golpismo de sempre) foi baseado em que conversa completa ? Enquanto quando vemos sobre o mensalão vemos sempre os vídeos completos, a CPI, as declarações, o próprio processo com as provas, incluindo recibos de depósitos e retiradas no caixa do BMG em Brasília…
    9) Faz-se isso contratando através de propaganda oficial e através de empréstimos bancários – fora empregos fantasmas e outras atitudes piores ainda. Usando dinheiro público para atender um ente único, o partido, o líder. Mesmo com a teoria da Liga da Injustiça, onde os donos de todos os jornais que não dependem de dinehiro público se reúnem para discutir como dominar o mundo ou derrubar o governo petista fica difícil imaginar que todos sigam a mesma pauta só por “golpismo”. Enquanto isso revistas isentas davam descontos a filiados de certo partido e noticiavam falsos e inverificados dossi6es (até mesmo antes do pagamento, como foi o dos aloprados).
    10) Esse aí remete ao 1 e 2… vamos incluir direita x esquerda, progressismo x conservadorismo, etc. etc. apesar de todas as evid6encias no mundo sobre o que funciona e o que não funciona
    11) Programas de spam criando tendências no twitter ? De novo, sites e blogs sustentados por dinheiro público oficial ? MAV ?
    Na verdade fiquei mais convencido é de que nada é mais parecido com o nazismo do que a esquerda radical.

  • Edivaldo Souza

    Delírio ! mas também poderia ser chamado de : canalhice, senvergonhice, pilantragem, mau caratismo ou simplesmente ” lula”…

  • Markito-Pi

    Tive de voltar, Setti. O poder, o tempo, de fato, engordam. Se acompanhados, como é o caso,das mordomias típicas das engordativas “consultorias”, e defesaS, A SOLDO, “DOS ANSEIOS POPULARES”,como todo petista adora, é exemplar. Aquele black power que V. cita, agora é enólogo, e só fuma cohibas, além dos bem cortados ternos de Zegna, como se vê na foto. Engordam muito. As contas bancárias, o apetite pelas massas ( ótimas e caras)de um restô da Alameda Campinas, lá em baixo, perto da Rua Estados Unidos).Este exemplar da fauna petista,no (des) governo de dona Marta Belezura, deitou e rolou na propina. Não tenho informações privilegiadas: o que escrevi estava diariamente, nos jornais. Libelu?????

  • Nena

    Setti, já repassei o vídeo e o seu comentário para refrescar a memória dos que haviam, convenientemente, esquecido dessa parte do nuncanatesnahistóriadessepaís. Obrigada pelo resgate. Abs.

  • ridney

    Caro Ridney, você faz comentários sobre questões pessoais e com termos que não gosto de ter no blog. Crítica a quem for não precisa ser ofensiva, não é mesmo?

    Tente de novo que publicarei.

    Abração

  • SidneyCWB

    Mimimi, a oposição não gosta de mim… Mimimi, a imprensa é golpista… Mimimi fui traído… Mimimi, só o povo me entende…
    De mimimi em mimimi o Goebels brasileiro vai convencendo os brasileiros que não tem como o avaliar de que ele é uma vítima de tudo e todos. Seria preferível que tivesse algo realmente seu para mostrar, ao invés de só chorar lágrimas de crocodilo. Eita Brasil que não aprende!!!!

  • claudio da cunha e silva filho

    Era de se esperar.

  • Revoltado

    Quem tem problema de caráter muda de opinião como se troca de roupa. Nenhuma surpresa pra quem fez críticas severas contra Collor e Sarney, depois os abraça com elogios e faz alianças. É capaz de fazer pactos até com o diabos(e fez) para se manter no poder e levar grana. Que esperar do amigo dos genocidas Armadinejah, Kaddafi, irmãos Castro, traficante Hugo Chaves e outros assassinos? Esse corrupto irresponsável, enganador e mau-caráter vai pagar pelo que fez e ainda faz contra o país.

  • Telmo Silva

    Golpe essa corja de PTralha deram e continuam aplicando nos cofres públicos, tudo homologado por esse *****.

  • Anonimo

    Ricardo
    a Musiquinha da hora:

    Lulla coveiro
    do povo brasileiro

  • Rosa do Luxembourg (o jardim)

    Ah cansei! Este cara não é mais nada. Se não tem decencia para ficar calado em casa, me poupem de seus despautérios. Já foi pedir muito ter que ouvir as besteiras que falou durante oito anos. Chega. Cansei !.

  • Evaldo Muller

    Esse senhor é um tremendo cara de pau…

  • Ricardo

    Caro Ricardo, entendo sua revolta, mas não posso publicar seu comentário nos termos em que ele veio.

    Espero que você compreenda.

    É perfeitamente possível criticar, de forma duríssima, sem ofender e/ou incursionar por problemas pessoais do homem público, não é mesmo?

    Abraço

  • Alberto Porem Jr.

    Caro Corinthians 12:30( muita fé nesta hora, é hj um grande dia contra o Vasco, vamos ganhar!)

    – Serve tanto pra Chico como pra Francisco, só que eu não concordo nem com um, nem com outro! Acho que devemos parar de tentar imitar O Nazi e começar a pensar em Brasil. Devem ser presos todos os que roubaram e roubam o brasil, mas TODOS e não somente quem outro lado quer para ficar com o butim.
    A maneira Cachoeira de agir tem que ser expurgada acabar! É isto que quero para meu país. Quero que os culpados paguem e não que alguns culpados paguem e se houve problemas na mídia ou em São Paulo que se puna também. O Corporativismo e proteção da “mão amiga” deve acabar. isto é por que eu sempre peço imparcialidade mas Goebbels sempre fala mais alto seja nos governos, seja na mídia, seja na internet.
    Por uma país justo para os inocentes e cadeia para os culpados sejam quem for.
    BASTA DE HIPOCRISIAS!

  • sergio

    Ele estava sóbrio?

  • jandira gomes

    Blahg, blagh, blagh! O tratamento por que passou recentemente o (argh, “sapo barbudo”), provavelmente derreteu os poucos neurônios existentes; golpe, por golpe ele quem deu um golpe nos PeTrálhias e no povo brasileiro ao enfiar goela abaixo a “criatura” que ora aí esta.
    O desespero tomou conta, porque muito provavelmente
    toda a safadeza perpetrada pelos “aloprados” virá à tona e os respingos de lama irão respingar no falastrão.

  • Milanezi

    Esse pais deve ser passado a limpo. Vai aparecer muita sujeira.

  • Tuco

    Grande Tuco, assim não dá…

    Abraço

  • Dercio Conceicao

    não podemos deixar de considerar que são tão cínicos e caras-de-pau como Lula, isso para não dizer cúmplices mesmo, são aqueles que oferecem a ele um palco para continuar mentindo à Nação e enganando os analfabetos funcionais que pensam ser Lula um homem honesto – e a pergunta que fica é: será que esse malandro acredita mesmo que alguém minimamente instruído leva a sério suas lorotas? – ah, sim, os petistas e os pelegos que estão levando vantagem, evidente, acreditam.

  • maury

    karaka, o que será que deu nele hein???afff haja oleo de peroba, ainda bem que estamos livres desse kara.

  • Pedro Luiz Moreira Lima

    Alberto Porem jr:
    Falo o mesmo que você – é impossivel – inventam,criam argumentos totalmente fora de lógica e pior cobram da gente, notícias e fontes diariamnte em jornis,revistas e internet.
    Até no julgamento de mensalão o Globo marcou a data para o inicio e sendo desmentido(vergonha!) pelo STF.
    Somos os unicos aqui,não a defender o Lula,PT mais sim atos continuadamente cometidos por todos os partidos,tiro o PSTU e PSOLpor estarem fora do poder – o diabo de uma maioria do PIB brasileiro no legislativo e judiciario.
    Por falar nisso um juiz sem grandeza – nção condenou o Ulstra – para alegria de todos aqui!espere e verá os ataques – terroristas,cubanos,coreanos do norte…
    São os arguemntos q

  • Pedro Luiz Moreira Lima

    saõ os argumentos que usam,usam e ainda usam.
    Acredito que o POVÂO conhce as técnicas de Goebbles,sempre usadas contra eles.
    ABRAÇÃO
    Pedro Luiz

  • Charles A.

    As mentiras descaradas e as eructações verbais do ditador- comandante Lulla não colam mais. Os petistas e seu chefe estão pouco a pouco sendo desmacarados diante da população que se cansou de tantas trapaças e cafajestagens.O que não dá para entender são as homenagens da Prefeitura de São Paulo ao múltiplo doutor honoris causa própria ;o doutor mais ignorante e *****,porém sabido, do mundo.Cidadão paulistano em ano eleitoral? Ora, vão plantar batatas prefeito e vereadores! Doar terreno para construir o Museu da Mentira? Ora, vão catar coquinhos na enxurrada! Perguntem à população de São Paulo o que ela acha dessas “homenagens”;espero que a resposta venha das urnas.Não adianta,Lulla e PT;seu dia vai chegar…

  • Corinthians

    Alberto Porem Jr. – 23/05/2012 às 16:54
    É nóis, ganhamos, sofrido, no final, como não podia deixar de ser.
    Voltando ao assunto, concordo com tudo o que você disse. O problema é que acredito que o brasil ainda não aprendeu a viver em uma democracia, legado que temos das ditaduras anteriores.
    Falei o que falei por que não há como negar a tática do partido PT em chamar o mensalão de farsa e em usar a CPI para isso – o próprio presidente gravou um vídeo dizendo isso.
    O problema que vejo é quando acabamos por pedir a punição de um mediante a punição de outro – ao invés de causar igualdade de punições, isso acaba por causar igualdade de impunidade.
    Imagine só – só vamos punir os casos do mensalão caso seja punido o caso do Arruda, e só vamos punir o arruda se punirmos os aloprados, e só puniremos os aloprados se punirmos o Maluf, e aí o Sarney, o Garotinho, Collor, etc. etc.
    No fim fica a impunidade. Temos que punir quem cometeu crimes. Ponto. Se foi o Demóstenes que era DEM que cometeu crimes, que seja punido, independentemente do Agnelo do PT, do Cabral do PMDB ou do Perillo do PSDB. Se foi Dirceu que comandou o mensalão, que seja punido independentemente do que fez o Arruda.
    Pensar inversamente só faz do partido político um pedigree, que seria útil dependendo do governo de ocasião.

  • S Ten do EB

    É o Sapo Barbudo tentando livrar o Zé PTralha para livrar a própria pele pq se o Zé PTralha for condenado a casa do Sapo Barbudo cai, o Zé PTralha não vai pra cadeia sozinho vai arrastar o Sapo Barbudo junto……..Uiiiiii…..

  • Zé Povinho

    LULA. Como Cidadão deste País, também estou INDIGNADO com esta SITUAÇÃO.
    Estes POLÍTICOS CORRUPTOS ROUBARAM O DINHEIRO DO POVO.
    Estes SUJEITOS tiram o DINHEIRO DO POVO. Deixando o POVO na MISÉRIA.