Artigo de 1970: Mas ainda há as flores, pelo menos

Um lamento sobre um novo e importante passo dado contra a democracia no Brasil, sacramentado com as indicações, pelo governo militar, às presidências da Câmara e do Senado

Artigo de 1970: Mas ainda há as flores, pelo menos Geraldo Freire, presidente biônico da Câmara em 1970 (Foto: Arquivo de Boa Esperança)
mas-ainda-ha-as-flores-pelo-menos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × 2 =