MENSALÃO: O resultado final do julgamento é incerto, apesar da independência do ministro Celso de Mello. O que ficou certo, até agora, é que o PT aparelhou o Supremo

Celso de Mello: o ministro mais experiente do Supremo talvez até vote para admitir os embargos — mas, no julgamento deles, deverá ser tão severo quanto foi no exame da ação penal contra os mensaleiros (Foto: Supremo Tribunal Federal)

Encerrada a sessão do Supremo Tribunal Federal com a votação empatada em 5 votos a 5, as esperanças dos brasileiros de bem de que a corte negue a admissibilidade dos chamados embargos infringentes — que poderiam propiciar um novo julgamento a mensaleiros já condenados, capitaneados pelo ex-ministro José Dirceu — agora repousam nos ombros do mais experiente dos ministros, Celso de Mello, o decano dos magistrados do tribunal.

O resultado final do julgamento, porém, não se pode antecipar.

Há pessoas próximas ao Supremo que acreditam que Celso de Mello — para muitos o ministro mais douto da Corte, e de reconhecida e louvada independência — poderá admitir, por razões de convicção jurídica e em nome do asseguramento de garantias plenas do direito dos réus à defesa, a existência dos embargos infringentes e, assim, fazer a balança se inclinar para o placar final de 6 a 5.

Mas que, no julgamento propriamente dos embargos, será tão duro como foi ao apreciar a ação penal proposta pelo Ministério Público, quando votou firmemente pela condenação de todos os implicados no escândalo.

E teve, também, palavras duríssimas para a tentativa de “golpe de Estado branco” promovida com dinheiro público, tal como a qualificou o ex-presidente do STF Carlos Ayres Britto.

O triste do julgamento, até agora, foi constatar que, de certa forma, o aparelhamento do Estado promovido escandalosamente pelo lulopetismo há quase 11 anos chegou, sim, ao Supremo Tribunal Federal.

O julgamento dos mensaleiros durou tanto, e com tanta cooperação de ministros subservientes ao Planalto, que, como lembrou o Reinaldo Azevedo, deu tempo de que fossem aposentados, por atingirem 70 anos de idade, ministros independentes, substituídos por ministros que não merecem levar esse adjetivo, e que se juntaram, em uníssono, aos magistrados proteladores.

A condenação final dos mensaleiros reforçará a confiança dos brasileiros na Justiça — mas este detalhe importante não poderá ser esquecido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nenhum comentário

  • carlos nascimento

    Ricardo,
    A minha única dúvida era o voto do MAM, ele não estava sinalizando, deixava sempre em suspense, hoje foi simplesmente BRILHANTE, desmontou o “novato”, o despiu, o STF está aparelhado de fato, imoralmente aparelhado, o País já conhece as figurinhas carimbadas, nossa sorte é que o SENHOR do Universo é justo, apesar de toda a cooptação, do jogo de interesses, dos bastidores, a espada da JUSTIÇA será do Ministro Celso de Mello, ele terá a missão histórica de salvar o Judiciário da vergonha.
    Hoje os mensaleiros não dormirão, até quarta-feira vai ser um sufoco, o estoque de lexotan vai explodir nas farmácias.
    Minha aposta, VENCEREMOS.

  • paulo

    É triste ver um supremo tribunal assim, uns pensando em fazer justiça e outros com preocupações partidárias ou de agradecimento por estarem alí.

  • Nuno Alves

    Independente do voto do Ministro Celso de Mello, está qualificado o aparelhamento do Supremo. São 5 ministros sub-servientes aos companheiros que comandam o país aparelhando até festinha de aniversário de criança. Não resta instância institucional do Brasil que o PT não ocupou com seus meliante, digo militantes. Que justiça podemos esperar de pessoas comandadas pelos campeões de escândalos e de corrupção deste país?

  • Ismael Pescarini

    Exatamente. O prejuízo maior já está dado. O país assiste estupefato a divisão do STF entre ministros pró e contra o governo. Um absurdo. Aparelharam o STF. Mesmo sabendo que em outras questões os ministros “petistas” possam ser íntegros e justos, fica a mancha de que sempre o tribunal supremo da nação será a favor de um projeto de poder em detrimento da justiça e da razão. Pobre país.

  • Gabriel

    Game over, já era, agora só na eleição de 2014 é poderemos reverter o quadro, do contrario seremos a nova Venezuela.

  • Filipe Fernandes

    Ministro Celso de Mello diz que manterá posição sobre infringentes!
    http://g1.globo.com/politica/mensalao/noticia/2013/09/ministro-celso-de-mello-diz-que-mantera-posicao-sobre-infringentes.html
    Alguém tinha dúvidas que ia virar pizza? Agora não tenham ilusões, ja virou mesmo!

  • Meia Verdade

    Semana que vem vou saber se “O crime não compensa”

  • Aurea

    Ministro Barroso, ‘multidao’ é a mae! Nós somos o POVO!

  • Nerah

    Desde o começo do julgamento do mensalão eu já sabia que ia dar em nada. O Brasil está entregue ao PT e eles fazem e interferem onde bem entendem. Não acredito na Justiça. O STF hoje está dividido entre os independentes e os comparsas. E aos poucos os independentes serão substituídos também. Haverá uma só voz neste STF a do PT. Infelizmente este é o Brasil de hoje.

  • mariza tannure

    POR ISTO QUE OS ESTADOS UNIDOS NOS ESPIAM. Eles não querem outra Venezuela no continente, pobres ministros que se vendem. O dia deles chegará. Todo ato desonesto terá seus dias contados.

  • Joca

    É hora de extinguir esta corte, que serve apenas para a maioria dos ministros esbanjarem poder, ao mesmo tempo que são subservientes ao governo.

  • mariza tannure

    Temos que sair as ruas mas em paz sem vandalismo com cartases exclarecendo a nação quem são os dirigentes do PT inclusive Lula Dilma e Rosemeri

  • Guerra

    É isso aí, Sr. Ricardo. As forças atuantes estão desmontando o nosso estado de direito e levantando um estado autoritário no lugar dele. É esperar pra ver. Se ninguém aparecer pra dar um basta, a vaga vai sumir no brejo. Nessa tendência, daqui a alguns dias, não teremos mais a quem confiar as nossas liberdades. É isso: os democratas ficam com os bordões e eles, com as ações. Não param pra descansar. Estão sempre maquinando e fazendo, até nos submeterem ao autoritarismo. E os arautos da liberdade ficam maldizendo autoritarismos passados, sem se darem conta de que ele está vindo mais depressa do que pensam. Aliás, alguns nem pensam.
    Ontem mesmo o Bolsonaro questionou, na tribuna da Câmara, uma portaria do comando da Polícia Federal. Ela é simplesmente inexplicável, tendo em conta que polícia existe pra policiar. O papel proíbe as ações mais básicas e óbvias do policiamento de rodovias e de abordagem a transgressores. Daqui pra frente, o bandido poderá furar uma barreira policial sem o menor receio de que alvejem o seu veículo. Ao ser abordado pelo policial, terá a prerrogativa de não ver a arma do policial sendo apontada para si. Disparo de advertência, nem pensar.
    Qual o significado disso se não o incentivo à insegurança e à baderna social como justificativa de um endurecimento do regime? E os democratas não querem nem pensar em medidas mais duras. São democratas. Pensam que isso tudo será resolvido nas eleições do ano que vem!!!!!!

  • JOSÉ FELIPE FILHO

    Mais uma ou duas peças que o PT trocar no supremo e está resolvido. Não haverá justiça para petistas, só para oposição

  • Roberto Silva 51 RJ

    O PT não aparelhou o STF.
    O PT forrou o STF com seus capachos.

  • Jacinto Armando Boccanella - PE

    Logo Celso de Melo, o mais sensato e de maior conhecimento jurídico, vai livrar a pele dos bandidos. Criminosos que praticaram o pior dos crimes contra a sociedade, o lesa-pátria, pois arranca, sobretudo, dos mais necessitados dinheiro, que poderia salvar vidas e garantir melhor futuro pela educação.

  • Antonio José Festini

    É triste ter que concordar que o aparelhamento chegou a esse ponto. A tentativa de ‘venezuelização’ (perdoem-me) em curso é algo que deve nos preocupar. Faço coro à Aurea: ‘multidão não – é Povo/Cidadãos’

  • Bruno

    Ministra Carmen informa o Brasil que a partir de hoje deverá ser chamada de “Ministra Carmen Lúcida” !

  • Joel Rocha

    Concordo com o Carlos Nascimento, e acrescento que esse partido de ladrões conseguiu destruir o que ainda restava de digno no Brasil, como o Itamaraty, por exemplo. Espero que o Ministro Celso de Mello saiba conciliar o que espera a nação “do bem” com o bom direito. Expeça-se os mandados de prisão imediatamente. Cadeia aos mensaleiros, já.

  • Bruno Sampaio

    Provavelmente voc~e não vai publicar este comentário, Setti. Mas temo que diante do avanço da petralhada e da crewscente “venezuelização” do país, algum grupo de pessoas indignadas tente a mesma estratégia de Dilma e seus “companheiros” para tentar derrubar o poder. Só espero que, na hipótese de isso um dia acontecer, não se leve 20 anos para restaurar a democracia, que não é o que almeja, nem nunca almejou, o pt.
    Triste época para ser brasileiro. Triste ver que por aqui o crime compensa. Triste ver a mentira ganhando da verdade e do senso de decência das pessoas de bem.
    Virória, até agora por pontos, do roubo, da velhacaria, do voto de cabresto, da manipulação, de ideologias de 100 anos atrás. Triste.

  • Joedna Maia

    Acompanhei todo o processo, vibrei, me indignei, acreditei, ontem cheguei até a desacreditar definitivamente na justice brasileira,
    De ontem pra cá é sobandalheras sendo divulgadas na TV. O povo Brasileiro descente precisa ver o STJ cumprindo o seu verdadeiro papel!!! condenando os mensaleiros, os quais nos fez de povo demente por muito tempo!!!
    Chegou a hora de vibrarmos numa só voz:
    Enfim se faz justica nesse pais.
    seria muito triste e decepcionante vermos essa corja fazendo a dancinha no Planalto chaqualhando com todp o povo Brasileiro

  • Luiz

    Eu acho que a vaca foi pro brejo, não vejo possibilidade de ver a justiça triunfar no Brasil, STF está no cabresto PTralha, os ministros que lá estão doravante é só pra ganhar seus altos salários a custas de nossos impostos e rirem de nossa cara! é o fim da tão sonhada DEMOCRACIA!
    Alias ao longo de minha existência lutei pelo fim de um regime militar achando que a democracia era boa e me vejo num socialismo que nunca imaginei vingar, será o fim?

  • LUIS CESAR

    Seu comentário quase incompreensível, de tão mal escrito, era ofensivo e mentiroso e foi deletado.

  • tony

    Tenho um amigo que estudou na São Francisco e era aradorodo petista… Hoje, não mais… Ma ele me falava que foram mais de 40 anos que o PT trabalhava na militância de tomar conta do governo… E esta ai… Não só no STF, mas nas Forças Armadas…E todo o seguimento onde o governo poderia ter chances de se estabelecer e dai nunca mais sair… O resultado os senhores estão vendo… O pior esta para vir, e vai vir, e vai ser quando todos inclusive a imprensa vao estar como a estatua da justiça brasileira cega…E AGORA COM MAIS UMA MORDACA NA BOCA. E ESPERAR E VER.

  • carlos ernesto bohn

    So imagino o que o ministro que tem o poder de decidir esta parada se vai conseguir dormir ou esta comprado como os safados petistas que la estao e votando contra a justica e o povo brasileiro ta na hora de tirar esta gente mafiosa comandada pelo pilantra e ladrao do Lula do poder entao vamos lutar para que saiam o ano que vem pq senao vamos virar uma Venezuela.

  • tonio cunha

    Por que a oposição não pede o Impeachment dos ministros que comprovadamente possuem relação fraterna e de negócios com o PT e os mensaleiros? Que falta faz uma oposição atuante e democraticamente livre.

  • Luiz Carlos

    Certamente, Celso de Melo sabe que o voto dele determinará o fim da impunidade para a classe política no país ou o fim do STF como Instituição.
    Acredito que ele não falhará quanto a um profundo e justo exame da sua consciência e muito menos ficará alheio aos anseios da sociedade.

  • The Wall

    Aos brasileiros, depois dos voto proferidos pelos decanos, magistrais no apelo jurídico e político, cabe a coragem de votar com consciência, rejeitado o aparelhamento do estado, uma condição autoritária de quem se diz democrata. Isto se as urnas eletrônicas, as quais não são efetiva e comprovadamente auditáveis, não estiverem com bugs do aparelhamento.

  • chrsitiano

    com a conivência dos nobres senadores!! o executivo e ideologizado e agora o STF APARELHADO .

  • Ferreira Pena

    Quer dizer que o ministro Celso de Mello “poderá admitir, por razões de convicção jurídica e em nome do asseguramento de garantias plenas do direito dos réus à defesa, a existência dos embargos infringentes”. Quer dizer que não houve garantias plenas do direito dos réus à defesa? Não entendi o que quis dizer. Isso seria o mesmo que dizer que os ministros do STF foram injustos, inclusive o Celso de Mello, dai a possibilidade dele admitir os tais embargos infringentes agora. Creio que vai petezar feio, quando as coisas são tão claras nesse assunto específico. Talvez se junte aos capachos petistas como Barroso, Lewandowski, Toffoli etc.

  • Madalena

    Setti:

    Um homem de notório saber jurídico e de reputação ilibada como o min. Celso de Mello, se votar como em 2012, então não teremos mais justiça e Estado democrático de Direito, mas sim, o aparelhamento do Estado pelo PT et caterva.

  • SergioD

    Permita-me discordar Ricardo. Mas nem todos os brasileiros que apoiam os embargos infringentes podem ser carimbados como do mal. Como comentei com você e o Reynaldo-BH, o duplo grau de jurisdição é dúvida de muitos juristas. Sempre é ruim generalizar e acho que você generalizou injustamente.
    Abraços.
    Ps: falta um n na quarta linha do primeiro parágrafo. Você quer dizer negue e saiu egue.

  • Raphael

    Eu vejo exatamente o contrário. O STF que sempre foi uma casa conservadora agora dá indícios de bom senso. Eu que tenho acompanhado as plenárias não consigo enxergar da mesma forma. Se tomarmos como exemplo o ministro Dias Toffoli talvez possamos até dizer que sim, mas do outro lado temos Gilmar , o mesmo que mandou soltar em menos de 24 horas, Daniel Dantas, pego em flagrante subornando um agente policial.

  • Tasso Lima

    Caro Ricardo Setti,
    Espero que o ministro Celso de Mello faça a coisa certa: siga as leis,não as ordens do pt, do bufão lula nove dedos. Todos nós devemos seguir as leis ou tudo se transformará em baderna. E é isso que espero assim como todos os brasileiros de bem deste país espera do ministro Celso de Mello. Infelizmente, existem ministros asquerosos e escrotos que menosprezam as leis, preferindo serem borra botas do pt. Os que assim fizeram são tão bandidos e ladrões quanto dirceu, genoino e todos os outros que se beneficiaram do mensalão do pt. Sinto aversão a esses mequetrefes que votaram a favor do embargo infringente. Tasso Lima.

  • Gilberto

    Preparem-se a Venezuela está chegando.

  • toninho malvadeza

    O que ficou certo até agora,é que o PT aparelhou o supremo em CINCO cadeiras .Mas NÃO PASSARÃO !

  • akira

    Votando a favor dos embargos, o Ministro Celso de Mello certamente não estará pensando nas consequencias para o futuro de todos os Brasileiros de bem.

  • Ronaldo Benvenga

    Que a mente do ministro Celso de Mello se ilumine e dê seu voto a favor do Brasil.

  • johson vilarim

    Vou comprar a agenda de 2014 anotar todos os nomes e siglas ( PT ) ai o meu supremo tribunal pessoal vai votar e torcer pela maior derrota politica da historia desse pais, fora petralhas.

  • alexandre

    Setti
    É um erro criticar o STF. Ele está julgando de acordo com a lei. Li vários especialistas dizerem que os embargos são possíveis. Joaquim Barbosa, Luiz Fux e Carmen Lúcia foi escolhidos pelo PT e votaram contra os embargos. O decano Celso de Mello não foi escolhido pelo PT e irá desempatar. E se o STF fosse aparelhado, as penas do mensalão seriam menores ou até alguns réus seriam absolvidos. Me desculpe, mas acho uma tremenda irresponsabilidade criticar o STF por aplicar a lei no nosso país. O erro foi o primeiro julgamento durar 7 anos. Falar que o STF foi aparelhado é mole e não resolve o problema de nossa justiça. Nossa justiça é lenta e o STF está sobrecarregado. Qualquer coisa acaba no STF. Parte da mídia ajudaria muito mais se ajudasse no debate da lentidão de nossa justiça do que acusar nosso STF de aparelhamento.

  • sergio the original since 1ª leitura

    Caro Setti:

    Não acredito que o ministro Celso de Mello vá dar continuidade a essa palhaçada que envergonha o Brasil!
    Está na mão dele responder aos anseios dos brasileiros de bem que querem um futuro melhor para seus filhos!

  • Marcos Pereira

    Tenho convicção que Celso Mello irá lavar o que sobrou da antiga e tradicional honradez do Supremo.
    O aparelhamento do Supremo executado pelo pt sob ordem do Foro de São Paulo, mostra-nos de forma escancarada que o comunismo está batendo às nossa portas.
    Difícil imaginar que tal esculhambação poderia chegar ao Terceiro e último poder da república quase que totalmente tomada pelas hordas revolucionárias.
    Como será que anda a consciência desses juízes, alguns agindo por medo outros à serviços do projeto de poder do pt. Esquecem que um dia, também serão descartados.
    Celso Mello é a última esperança nesta hora desastrosa da Justiça Brasileira.
    Pior, onde está o Procurador Geral que não age diante da descarada suspeição de tóffoli? Os tuiuius ainda estão no comando?
    O pt é um perigo para a democracia brasileira.
    Aviso: Parei definitivamente de ser leitor da folha de são paulo; que dizer folha do pt. Não admito um jornal, que em editorial DEFENDE CONDENADOS; Esgotaram minha paciência.

  • Teócrito Abritta

    Espero que Celso Mello não achincalhe totalmente o Supremo com a impunidade e o triunfo da corrupção, aderindo à banda judiciária podre.

  • Laerte

    Nossas esperanças de que os criminosos que se instalaram no poder não saiam impunes estão concentradas na decisão do Ministro Celso de Mello. Para o bem do Brasil, que ele esteja inspirado pelo mais profundo sentimento de justiça ao emitir seu voto.

  • lucas Antonio G Filhos

    Ricardo, A Culpa é toda nossa….

    É o brasileiro que envergonha o Brasil e não o inverso. É o brasileiro que vota. É ele quem elege.

    Fomos nós que entregamos o nosso país pra essa gente que idolatra a ditadura comunista de Cuba governarem.

    Eles agora estão la, em Brasília e em Ondina, fazendo o dever de casa , enfiando o comunismo passo-a-passo no Brasil e nós agora não conseguimos tirá-los de la.

    Comunistas, minha gente, não aceitam os que pensam ao contrário deles.

    O regime comunista só pode existir onde não há uma imprensa opinativa e um judiciário independente e onde as forças militares estejam desarmadas.

    Por isso mesmo que 80% dos juízes do STF já são esquerdistas indicados pelo PT e quase toda a nossa imprensa já aderiu ao regime, pra garantir a chegada das verbas públicas q o PT paga, generosamente, com publicidade, em troca de apoio.

    Um rodo de dinheiro público está sendo desviado das reformas de nossas rodovias , aeroportos e ferrovias, para serem gastos pelos “movimentos sociais” que desestabilizam o regime democrático, com greves, passeatas, invasões, quebra-quebra, MST, MPL, etc.

    Nossos deputados, senadores e vereadores estão recebendo em dobro para manterem a vida nababesca que já levavam, desde que se calem e aprovem tudo que é projeto que o governo lhes envia.

    Nossas forças armadas viraram piada internacional. Até a Venezuela, um ovo, tem mais e melhores aviôes , navios e tanques de combate do que o Brasil.

    Nossas polícias civil e militar estão sendo desacreditadas pela imprensa , todo santo dia, para mais tarde darem lugar ao conceito de ” polícia comunitária ” criada pelos ditadores de Cuba.

    O cristianismo , o repúdio Às drogas e a heterossexualidade passaram a ser atacados desde a escola fundamental.

    Nossos filhos estão sendo expostos a maconha, a homossexualidade e ao ateísmo a partir já dos 8 anos.

    Nossa amada Petrobrás que sempre elevou o PIB do Brasil, hoje vive dando prejuízos seguidos, pois gasta o que pode e o q não pode em patrocínio de Ongs e festas juninas.

    Nosso BNDES financia obras gigantescas na Bolívia, no Equador, na Venezuela, ao mesmo tempo que o país concede perdão a dívida desses países e ainda permite que nossos equipamentos de exploração energética e pertrolífera sejam nacionalizados e tomados pelos “parceiros” da américa latrina.

  • Paul condor

    Ministro Celso de Mello entrara para história como aquele que redimiu o Brasil atrasado, o Brasil da corrupção chapa branca , o Brasil da blague ou sairá para o limbo como o coveiro da justiça brasileira… A ele ,exclusivamente a ele, caberá trilhar o caminho que o futuro lhe destinou…

  • beaujolais

    “em nome do asseguramento de garantias plenas do direito dos réus à defesa…”
    – Isso os réus tiveram! Ou o julgamento até agora foi só um teste?

  • daniel

    Ê ministro Celso de Mello o destino desta naçao esta em suas maos ( vamos para baderna , ou começamos uma nova Naçao justa ,democratica e de direito) a escolha ê sua!

  • itamuri

    Além de ladrões do dinheiro público, nosso dinheiro, esses mensaleiros só dão despesas. Quanto custa uma sessão do Supremo? Quanto tempo já foi dedicado a esses ladrões? E não termina aí – presos, deveriam pagar pela cela, comida, segurança etc.

  • Miguel Teixeira Filho

    Cabe melhor esclarecer: o que o Supremo está examinando, nesta fase, é se cabe o recurso chamado de “embargos infringentes” em face de decisão do seu órgão pleno (o colegiado completo dos 11 ministros, pois, ordinariamente, o STF é formado por duas turmas: 1ª e 2ª). Ou seja, o voto dos 5 Ministros admitindo o cabimento dos tais “infringentes” não significa, como, ao que parece, muitos estão entendendo, que está se “absolvendo” os réus da ação penal 470. Se o Ministro Celso de Mello, desempatando o julgamento, decidir que caberia tal recurso, aí o processo entrará em outra fase: examinar o que está se pedindo em tal recurso. Vale dizer, nesta oportunidade é que vai se examinar o conteúdo do que está se pedindo nos “infringentes”(no caso, revisão da condenação já aplicada). Concluindo: vamos com calma, gente, antes de tachar os 5 Ministros de imparciais. Como bem lembrou o SergioD (12/09/2013 às 20:21)esta questão processual (cabimento ou não dos referidos embargos no STF)é dúvida de muitos juristas e divide opiniões nos meios acadêmicos muitos antes deste malfado julgamento do mensalão. É isso. Não estou vinculado nem faço parte de nenhuma corrente partidária. Tenho minhas convicções políticas, claro, mas opino, aqui, tentando a máxima isenção. Espero ter contribuído um pouco com o debate. Abraços a todos.

  • Pedro Luiz Moreira Lima

    Perdão ao Setti e aos demais – uma dica cultural fantástica para quem mora no Rio,peço permissão ao Setti para divulgação:
    O caso Rosenberg
    Casal Rosenberg Há sessenta anos, o casal Ethel e Julius Roseberg foi executado na cadeira elétrica, numa das mais escandalosas fraudes judiciais norte-americanas. Acusados de conspiração para passar segredos da bomba atômica para a União Soviética, as provas apresentadas pela promotoria eram tão frágeis que indignaram todos os que tiveram acesso ao processo. Os Rosenberg foram vítimas da histeria anticomunista, que alimentou a Guerra Fria e um de seus subprodutos mais sombrios, o macartismo.

    Para contar essa história, a ASA – Associação Scholem Aleichem de Cultura e Recreação promove no dia 6 de outubro, domingo, às 18 horas, no auditório (rua São Clemente, 155), um grande ato político-cultural. Não será apenas um olhar sobre o passado, mas um alerta para que casos semelhantes não se repitam. Um texto especial foi preparado e será lido pelo diretor da ASA Jacques Gruman e pela atriz Esther Jablonski. O Coral da ASA, encorpado por regentes de outros corais, e a cantora jazzística Laura Valle interpretarão canções importantes para se entender os acontecimentos. Entre elas, If we die, poema escrito por Ethel Rosenberg e musicado pelo grande compositor e músico brasileiro Edino Krieger, que estará presente no evento. Convidados especiais falarão sobre as grandes manifestações de massa que, mundo afora, pediram a libertação dos Rosenberg. Robert, filho caçula de Julius e Ethel, estará presente através de mensagem especialmente enviada à ASA.

    Reserve a data em sua agenda. Entrada franca.

  • Gilberto Mendes

    Partido dos Atrapalhadores o mais corrupto da história democrática brasileira, e agora com sua gangue no STF irá inaugurar a venda de sentença na suprema corte. Alias já começaram, descobriram a mina de ouro, cujos cofres do partido irão agradecer.

  • Frassineth

    QUE VERGONHA!!! MAIS UMA VEZ VÊ-SE QUE SÓ TEM PODER OS LADRÕES DE COLARINHO BRANCO NÃO!!! ENLAMEADO!!! E nós o povo (ou multidão como o petralha ministro falou!) é quem paga para esses foras da lei votarem a favor de um bando de marginal de MAIS ALTA PERICULOSIDADE QUE FERNANDINHO BEIRA-MAR E SEUS COMPARSAS! Isso mostra que cadeia só foi feita PARA OS TRÊS “PÊS”!!! O RESTO, É CONVERSA FIADA! Quero ver nas eleições como a multidão vai se comportar! Ela deve saber que não vale “UM CENTAVO DE MEL COADO” como dizia minha avó quando uma pessoa não prestava.

  • Cecília

    O bolivarianismo segue seu curso no Brasil – talvez não tão rapidamente como quer o lulopetismo, mas de forma gradual e persistente. Sugiro que assistam ao vídeo em que lula fala no último encontro do Foro de SP. Não, ele não usa mais máscaras, não é mais ‘lulinha paz e amor’. Um dos destaques da fala dele é que o avanço da estratégia se deve a Cuba – surpresos? – e que cabe ao Brasil, como maior país da AL, capitanear o plano urdido. VERGOONHA! Enquanto isso compram tudo e todos – com nosso dinheiro. Que raiva!!!

  • fernando miranda

    Seu comentário ofensivo, mentiroso e boçal foi deletado.

  • Nazaré Britto

    A subserviência partidária está comprovada no voto dos ministros que aprovaram os embargos infringentes perpetuando a turba que assola a política brasileira. É uma pena, mas a esperança dos brasileiros no STF caiu por terra e o continuísmo se perpetuará com os fantasmas a nos assombrar.

  • Frassineth

    Cara Frassineth, não publico ofensas e acusações sem provas.

  • José

    O STF é o tribunal dos tribunais, se for aceito os embargos infringentes será considerado mais um dos…, a Política do toma lá dá cá não pode dominar a ultima ratio, caso isso ocorra a esperança de um pais mais justo será esmorecida e o câncer da corrupção tomou o STF. O jurista Luis Barroso ao afirmar que não deve satisfação de sua decisões ao sociedade, então está no lugar errado, soberano só o Criador! tão pouco tempo no Cargo é já demonstrou a sua arrogância. A CF diz que todo o Poder emana do povo que o exerce por intermédio de seus representante, e sim, caso não saiba Você o é!

  • correia

    Infelizmente a mais alta corte do nosso pais, encontra-se totalmente aparelhada por ministros que presta subserviência ao PT. Ministro CELSO DE MELO, todos nós brasileiros de bem, esperamos e confiamos plenamente que Vossa Excelência não desmoralize a mais ALTA CORTE deste pais, permitindo que esses bandidos, sanguessugas possa safar-se do maior escândalo de corrupção existente neste pais.

  • Macela

    Seu comentário ofensivo e mentiroso foi deletado.

  • José

    O STF é o tribunal dos tribunais, se for aceito os embargos infringentes será considerado mais um dos…, a Política do toma lá dá cá não pode dominar a ultima ratio, caso isso ocorra a esperança de um pais mais justo será esmorecida e o câncer da corrupção tomou o STF. O jurista Luis Barroso ao afirmar que não deve satisfação de suas decisões a sociedade, então está no lugar errado, soberano só o Criador! tão pouco tempo no Cargo e já demonstrou a sua arrogância. A CF diz que todo o Poder emana do povo que o exerce por intermédio de seus representantes, e sim, caso não saiba Você o é!

  • jorjão

    Ei, só comentários que vocês gostam são publicados, assim não brinco mais, não tem democracia, kkkkkk……

  • JT

    Na decisão do Superior Tribunal Federal sobre os embargos infringentes do caso Mensalão, o placar ficou empatado em 5 a 5. O voto de Minerva ficará para a próxima semana.

    Num país realmente sério não haveria necessidade de tal voto de desempate, pois a votação teria o resultado de 10 a 0 em favor da sociedade honrada, contra as chicanas na última instância, em defesa dos grandes bandidos da história republicana e democrática.

    O empate de 5 a 5 é muito preocupante. Significa que 5 ministros do STF zelam mais pelos regimentos internos do que pela verdadeira justiça. Eles consideram mais importante preservar normas internas e burocráticas do que mandar criminosos (na falta de palavra mais adequada) para a cadeia, imediatamente.

    O zelo pela democracia e pelos eleitores – todos vítimas de um esquema de compra de deputados e de submissão do Poder Legislativo – fica em segundo plano. E esses magistrados ainda vão dormir com aquela satisfação de terem preservado as normas inferiores. Para eles, não se pode macular normas, regimentos, leis. Mas a sociedade que se exploda.

    É questão de tempo para mais 2 ou 3 ministros que votaram contra os embargos serem substituídos por aposentadoria compulsória. Então veremos o Poder Judiciário totalmente viciado, senão aparelhado, pelos mesmos quadrilheiros que tentam a todo custo subverter o Brasil decente.

  • jose arnaldo gomes da silva

    O PT, está desmontando as nossas instituições; até quando o povo vai suportar essa degradação?

  • Roberto Amorim

    Prezados,

    Qualquer pessoa com um mínimo de entendimento político entenderia que protelar esse julgamento é pior para o governo. É pior para a candidatura de Dilma, uma vez que o tema, caso os embargos sejam aceitos, provavelmente entrará em ano eleitoral.
    Sendo assim, imaginar que o PT aparelhou o STF é muita criatividade, de dar inveja a Gabriel García Márques.

  • CAVALEIRODOASFALTO

    O “ministro” barroso tem uma cara de que?? incógnita?? não de PTralha mesmo. Arrogante, presunçoso e nitidamente venal. Nervoso, petulante, com um jeito todo “não me toque”, mostrou que faz parte do arsenal de aparelhamento PTralha. Pobre justiça brasileira. Pobre de todos nós brasileiros decentes.

  • jose arnaldo gomes da silva

    Será que o Lula vai se tratar com os médicos cubanos?

  • Divaldo Nerbass

    O Sr. Luiz Inacio Lula da Silva e o PT, estão
    cobrando dos Ministros suas indicações, para a Suprema Corte, como são sustentaculos do PT, obedecem seu chefe como cães adestrados.

  • Sidinei Pereira da Silva

    O pais assiste estarrecido a TEORIa que o PTofoli está LEVANDOski o STF a chafurdar no terreno BARROSO da incompetencia.

  • jose arnaldo gomes da silva

    Se deixarem, o PT vai transformar o Brasil em outra Venezuela; já comemeçaram pela medicina de quinta categoria dos médicos cubanos.

  • roque

    Prezado Ricardo,
    muito aprecio e concordo com o desenvolvimento de seus argumentos em torno do aparelhamento do STF, finalmente promovido pelo PT.Não posso, entretanto,concordar que a condenação final reforçará a confiança no STF.Depois do que ocorreu nesta segunda fase, esta condenação sequer existirá.Celso Melo já adiantou publicamente seu voto hoje,e haverá embargos.Os votos serão completamente refeitos em novo julgamento, e dois ministros se aposentarão. A população verá uma cena fantástica: um novo julgamento que literalmente refará o anterior. saudações.

  • moacir 1

    Setti,
    Confio no Ministro Celso de Melo.O Decano julgará com as independência,probidade,seriedade,expertise e serenidade que sempre o caracterizaram.Votará de acordo com a sua consciência e pelo Direito.
    Abraços

  • jose arnaldo gomes da silva

    Até tú Barroso?

  • eduardo

    Chocante. Esse paizeco já era.Virou bolivia

  • Nilton

    Bem, houveram três dissidências nos indicados por Lula e Dilma: Carmem Lucia, Luiz Fux e Joaquim Barbosa. E quem vai desempatar foi indicado por Sarney. Se o “aparelhamento” tivesse funcionado, nem empate haveria. O extremo passionalismo de quem quer ver os mensaleiros na cadeia não lhes permite aceitar outra hipótese, como se eles pudessem ser absolvidos em outro eventual novo julgamento. E o STF, até há poucos dias a suprema catedral da honestidade pode passar, de acordo com essa visão, a ser também um antro de bandidos. E “as esperanças dos brasileiros de bem” é que não só esses mensaleiros petista vão para a cadeia, mas que chegue um dia em que também outros do “outro lado” que posam de honestos e que andam “por dentro dos trilhos” possam também ir.

  • Isaias

    Precisávamos de um “Eliot Ness” para enquadrar determinados “juízes” e forçá-los a julgar livres de interferência política!

  • Sérgio maffessoni

    O que deve fazer um professor de direito processual quando discorrer sobre o recurso de Embargos Infringentes, inexistente no STF, por lei, mas admitido pelos ilustres ministros?
    Dizer aos seus alunos que a lei não é aplicável?
    Ou que a lei não é lei? Ou ainda que a lei é lei mas para alguns não é bem assim?
    Que Deus nos ajude.

  • murilo

    Aparelhou, na nossa cara e terá o controle do STF ainda por muitos anos.
    Já estamos em uma ditadura, o pessoal é que ainda não se deu conta.

  • Nelson

    O Ministro Celso de Mello terá uma oportunidade excepcional e única de resolver dois problemas. O primeiro, acabar com o penduricalho jurídico aceitando que a Lei extinguiu a admissibilidade dos embargos infringentes como indicam os Ministros Joaquim Barbosa, Luiz Fux, Carmem Lúcia, Marco Aurélio e Gilmar Mendes, fechando o arcabouço jurídico e tirando esse jabuti que, me aprece, só vinga no Supremo Tribunal Federal do Brasil. O segundo, de dar sequência (finalizar) a peça acusatória mais espetacular e verdadeira já expressada em um tribunal brasileiro, mandando todos esses desprezíveis e desonrados elementos ao seu habitat natural: a cadeia! Ademais, sua Excelência não está terçando armas no campo jurídico penal. Sua Excelência está lutando no campo político e ideológico. Essa Egrégia Corte, como sua Excelência gosta de tratá-la, está compuscada, aparelhada por elementos que, se vitoriosos, levarão para o paredão não só como expressou jocosamente o Ministro Marco Aurélio, como também boa parte dos brasileiros.
    Lembre-se Ministro Celso, até o Spok sabe que a vontade de muitos se sobrepõe à vontade de poucos.
    Aposente-se com honra! E Vida Longa!!!

  • Guerra

    Que delícia ser paraguaio, hein! Lá eles viram a Constituição triunfar. E, melhor que isso, estão dando uma banana imensa ao Merdasul. Fazem muito bem ao procurar a Aliança do Pacífico. Se as coisas continuarem assim, daqui a alguns anos teremos de invejá-los de verdade. Se acertarem nas escolhas, como parece estar acontecendo, com os seus meros três milhões de habitantes, logo, logo estarão esnobando sobre nós, pobres infelicitados pela sina de ser governados por idiotas.

  • daniel

    Uma nacao sem educacao esta fadada ao subdesenvolvimento. O que hoje assistimos no Brasil sao as consequencias de uma sociedade que carece de investimentos pesados na educacao de base, sem ela, a nossa sociedade continuara a pagar o alto preco por eleger individuos corruptos e corrompidos em todas as esferas do poderes. Eu pergunto, se a nossa sociedade fosse altamente educada, elegeria ela um metalurgico alcoolatra,iguinorante de pai e mae, que sequer sabe falar sua propria lingua ,quanto mais the basic English ? -Of course not. Ele e o grande mentor de todo essa melacolica parte, cravada na historia desse pais. Infelizmente o cancer daquela boca farsa e podre nao o matou pois os medicos brasileiros sao, talvez, melhores que os Cubanos ou Venezuelanos. Sim, claro, eles estao tomando todos os poderes de assalto e o ultimo a cair e o STF, agora sendo tomado por 5 membros da quadrilha, esperem ate a tomada total. O Congresso Nacional, esse ainda pior, basta olhar as figuras que la os compoem: Renan, Sarney, Color, Jesuino, pastores de igreja,palhaco, jogador de futebol, enfim, naquela casa: gente do mais baixo nivel de educacao, muitos sequer foram a Universidade, sequer falam uma segunda lingua, estao la para o dinheiro facil, para as falcatruas e regalias, para sugar,,,e quem paga por eles? Nos, brasileiros honrados, pagamos para que esse bando de CANALHAS continuem destruindo a decencia, a honra, a soberania dessa Nacao.Enquanto nao aplicarmos pesado em Educacao, seremos para sempre um pais de terceiro mundo, fadado ao descredito de sua propria gente, em todos os niveis, uma Sociedade de corruptos, uma Sociedade de bandidos, exatamente como somos vistos aqui fora, pelo resto do MUNDO,,,,,

  • Elah

    Esperamos que o decano não “dê cano” na Lei. Só isso.

  • Sidinei Pereira da Silva

    Sim tenho que fazer uma correçao:-) faltou Um w.

  • Egmont

    A lenha foi acesa. O forno está quente. A pizza está pronta para ser assada.

  • Ricardo

    Fernandinho o povo brasileiro acredita na justiça, é hora de você recorrer ao STF.

  • Raimundo Nonato de Lima Pinheiro

    Eu sou um cidadão brasileiro e ficarei, profundamente, decepcionado se os mensaleiros não forem condenados. A dúvida que tenho é o porque de tanta subserviência. Somos nós, o povo, que pagamos os salários dos doutos juízes. Eles deveriam julgar pautados nos interesses do povo. Mas, ao invés disso, eles julgam pautados na vontade de alguns governantes. É triste constatar que quando se trata de beneficiar os poderosos, os juízes aceitam recursos e mais recursos. Gostaria que o ministro Celso de Mello olhasse para os anseios do povo e não permitisse que esse julgamento, como diria o Joaquim Barbosa, essa chicana, continuasse.

    Raimundo Nonato de Lima Pinheiro
    Professor

  • Hudson Cavalcante

    Uma das poucas instituições que acreditava. Só em ter 5 votos a favor de parte da quadrilha do PT é o fim.

  • Fernanda

    Quarta sepultaremos a justiça brasileira. O ministro Celso de Melo votará pelo sim. Podemos sair em cortejo pelas ruas, todos vestidos de preto, entoando a marcha fúnebre. Estamos caminhando a passos largos para sermos como a Venezuela. O PT primeiro comprou o legislativo e agora o judiciário. A democracia acabou. Morreu.

  • Marlon Mik

    Então o “PT” aparelhou o supremo?
    Diga pra gente?
    Quem é mesmo o presidente,o relator da piada 470?
    Vamos parar de bobagem!
    Se não sabe, não viu, ainda há um EMPATE no Supremo. Nada está decidido.
    E se existe empate é porque sua tese, não foi aceita até agora pela maioria.
    A imprensa brasileira, como você, infelizmente deixou de fazer jornalismo, para tomar LADO.
    Só uma pergunta.
    Você acha mesmo, que depois desse Tribunal de Exceção, a oposição pode tirar algum proveito?
    Você acha mesmo, que essa piada de julgamento, irá acabar assim que Zé Dirceu for encarcerado?
    Aí, é que eu tenho absoluta certaza que as coisas irão acontecer. Parece que você não conhece o PT?
    A direita brasileira, que torce pela prisão de Genuino, Dirceu, Delúbio, deve rezar todo dia, para que nada aconteça fisicamente com eles.
    Deve rezar para que sejam todos tratados a pão-de-ló.
    Se algo acontecer, qualquer coisa, com qualquer um deles, seria mesmo muito terrível, desagradável, não é Ricardo?
    Imagine um Genuino sendo novamente torturado, mesmo que psicologicamente na prisão, ou Dirceu agredido, machucado?
    Como é que a direita pode ser tão panaca!

    OBS:

    Tu já pediu perdão para Guchiquem?

    É claro que tenho um lado!
    Este blog é um blog de OPINIÃO! Durante mais de 40 anos, como repórter, redator, editor-assistente, editor, redator-chefe e diretor de Redação, pratiquei o jornalismo mais imparcial e objetivo possível.
    Agora, escrevo apenas o que PENSO.
    É um jornalismo de OPINIÃO, válido e existente em qualquer país civilizado.
    E, sim, tenho um lado: o lado do Estado de Direito, da democracia, da liberdade de expressão, do pluralismo, da aceitação dos contrários, do livre debate de ideias, da abertura comercial, do empreendedorismo, da livre iniciativa — enfim, de tudo que o PT está ameaçando varrer do mapa “neztepaiz”.

  • Antonio Cesar Scarambone

    Vamos todos nós cristãos orar muito para que o voto de Celso de Mello seja contra os embargos infringentes,pois caso contrário,nosso país cairá na mais profunda escuridão democrática.QUE DEUS NOS AJUDE,AMÉM.

  • kkkkk

    e o mensalao tucano, sai ou nao sai?

    ah ja leram o principe da privataria? fala bastante de mensalao tb!

  • romoaldo faccin

    vergonhoso

  • Ricardo

    Eu discordo. Basta observar julgamentos anteriores. Além disso, não acho que o PT tenha todo esse poder.

  • João

    Seu comentário canalha, ofensivo e mentiroso foi deletado. E nem leitor do blog você é, porque publiquei, sim, muitos posts a respeito dos temas de seu comentário calhorda. Suma daqui, não preciso de leitores do seu nível.

  • Daniel

    Valeu Daniel, 21h40. Vc disse tudo. Eu sempre afirmei que a culpa de tudo é do povo ignorante que colocou essa traia no poder. Parabéns pelas suas afirmações!!!

  • WALDIR

    Como venho lembrando incansavelmente aos amigos do blog, as regras para publicação de comentários vedam a publicação de textos escritos somente em maiúsculas.
    Consulte as regras, se quiser, no link http://goo.gl/u3JHm
    Conto com sua cooperação da próxima vez.
    Obrigado desde já

  • Antonio Carlos de Curitiba

    Há poucas coisas mais agradáveis que ver o time do coração ganhar do maior rival aos 47 do segundo tempo com um gol de mão.
    Mais agradável que isso, só mesmo ver um José Dirceu sendo mandado para trás das grades por causa de um mísero votinho do juiz Celso de Mello. Será muito bom para nossa autoestima tão massacrada voltarmos a ter um mínimo de confiança nas leis e nas pessoas. Colocar esses vagabundos – e quem sabe um dia também vermos o ladrão maior em cana – na cadeia não tem preço.

  • Antonio Cesar Scarambone

    Vamos todos nós orarmos muito para que o voto de Celso de Mello seja contra os embargos infringentes,pois caso contrário,nosso país cairá na mais profunda escuridão democrática.QUE DEUS NOS AJUDE,AMÉM.

  • souza

    Pode ser Legal dentro desta Lei onde os politicos corruptos estão protegidos do povo (e não o contrário), vamos ver o quê as ruas irão dizer, sobre mais estar possivel falcatrua..

  • Lourdinha

    O problema maior desse aparelhamento do STF está no fato de os ministros serem indicados pelo presidente da república. A escolha deve ser técnica e não política. Fica o indicado subjugado pelo indicador. Isto que estamos vendo no STF agora, nada mais é que o resultado de indicação para servir ao partido e não a sociedade brasileira. Tirando esta prerrogativa do executivo os ministros ficam livres de pressão para julgar e fazer valer a constituição. No meu entender o erro está aí. Presidente da república ou da câmera e senado não deve interferir na escolha de ministros da mais alta côrte de justiça brasileira.

  • Abraão Leite Sampaio

    Não devemos nos preocupar com o voto do Ministro Celso de Mello, hoje tivemos um voto que mostrou como seria um tribunal independente. O brilhantismo do ministro Gilmar Mendes nos encheu de orgulho. Como vem demonstrando ao longo de sua atuação no STF, o Ministro Celso de Mello fará com que o judiciário tome o rumo desejado pela Nação, nesta quarta feira. Eliminando de vez os embargos infringentes que afronta a soberania da corte suprema.

  • Lapeno R

    As palavras ”Justica” e ”Brasil” sao antagonicos, nao co-existem na mesma frase.

  • calos

    infelizmente esta tudo dominado pelo pt se o jugamento
    fosse de politicos nao aliados ja estavam na cadeia
    esta e a nossa realidade, podem anotar nenhum desses
    malas do mensalao que fazem parte do pt nao vao para
    a cadeia e a partir de quarta feira
    acabou o ultimo reduto da moralidade deste pais,e que proteja os cidadoes honesto desse pais pois a
    parti de quarta feira a bandidagem tomou de conta
    do brasil
    deus proteja os cidadoes honesto desse pais

  • Maria

    Adeus às ilusões, adeus. Não era pra valer, meu povo, era de mentirinha. Ô povo besta,

  • Odivar Meneghetti

    O mensalão não só os 40 mil reais que a esposa do Paulo Cunha sacou no caixa do BMG, nem o Land Rover que o Silvinho ganhou de uma empreiteira, nem os 5 mil reais que o professor Luizinho recebeu de gorjeta (coitado professor).
    Foi muito pior os contratos de milhões assinados pelo PT com o BMG, e os milhões da Visanet com a agência de publicidade do Marcos Valério.
    Foram até que se sabe, 74 milhões de reais com a única finalidade de um partido se perpetuar no poder.
    Foi uma corrupção para acabar com a jovem democracia brasileira.
    Cadeia ou no mínimo banir estes comunistas para Cuba ou Coréia do Norte.

  • Rocha

    Eu não acredito que ele vote a favor. Se isto acontecer, vamos perder a referência de justiça. O PT realmente aparelhou até o STF. Esta será a última chance de mostrar a independência do judiciário. Se perdermos esta batalha e ao mesmo tempo a DILMA for reeleita, podem mudar de pais. Isto aqui vai virar um caos de moralidade, decência, e honradez . Aqui quem continuar amigo do “REI” vai poder tudo. Será um país de fazer loucos. Como DEUS é brasileiro ele já deve ter passado a mensagem para o Celsinho.

  • Luiz

    Que está aparelhado não há dúvida alguma. Caminhamos para uma situação parecida com a da Venezuela, onde a Suprema Corte está subjugada à ditadura bolivariana. Torçamos para que Celso de Mello enxergue o tamanho da nuvem cinza que paira sobre a democracia brasileira.

  • Daniel Cunha

    Caro Daniel, deletei seu comentário, que tinha substância mas, lá pela metade, continha ofensas no terreno pessoal a personagens públicos. Não aceito esse tipo de coisa no blog.
    Peço sua colaboração da próxima vez.
    Obrigado.

  • Eduardo

    Sabe o que muda na minha vida ? Nada, simples assim, não muda nada. Vou continuar andando de cabeça baixa, vendo a criminalidade aumentar, a educação piorar cada vez mais. Voto para mim só nulo. Já que tá essa …, mesmo para que votar.

  • Bruno

    Será que ele vai enlamear sua carreira? A história o espera!

  • Charles A.

    O Brasil vai passar para a história como a nação passiva e covarde que se entregou sem luta a uma ditadura feroz. Aqueles que deveriam defendê-la serão eternamente conhecidos como os vis e covardes traidores da pátria,aqueles que a deixaram ,por omissão, ser consumida por bandidos entreguistas internacionais disfarçados de “progressistas”,que já demonstraram,por todos os meios,que entregarão o Brasil a Cuba (ou ao comunismo internacional,o que dá na mesma),o dividirão como quiserem e,se nada for feito,se nenhuma resistência for exercida,deixaremos de existir como nação. Que acordem os que forem brasileiros!

  • Ruy Monteiro

    Setti, diante do inédito escândalo degradante da Justiça dos cinco votos favoráveis dos ministros mensaleiros do STF, cabe a pergunta: Quanto vale um voto decisório da magnitude que detém o ministro Celso de Mello?
    Se ele votar contra o Brasil, Veja terá a missão de descobrir a resposta a essa questão.
    Afinal, Celso de Mello tem o privilégio de cinco dias para justificar seu voto, na próxima quarta feira.

  • Pedro

    O povo brasileiro realmente é o único culpado de tudo isso! Reconheço, entretanto que alguns milhões desses robotizados eleitores não possuem massa cinzenta suficiente para avaliarem o quanto sofrem, vítimas inconscientes desses celerados que se dizem políticos verdadeiros príncipes da república em todos os níveis. Essas infelizes criaturas, esfomeadas, analfabetas, ignorantes que vivem em palafitas no norte, em casebres nas cidades mais longíquas do Brasil, nas favelas das periferias das cidades, meninas com 14, 15 anos já com filhos nos braços, escolas abandonadas que só em Bangladesh se vê igual. Jovens na faixa dos 16 aos 25 anos, ou mais sem emprego, sem nenhuma formação profissional, mas já com mulher e filhos, morando com os pais em pardieiros ou barracos infames, cooptados pelo tráfico são a última opção para não morrer de fome, muitos preferem assaltar, infernizando nossas cidades dia e noite. mas os levandowisky pro apedeuta, o tofoli, o teori e agora o tal do barroso não estão nem aí pra tudo isso. Esperar que o ministro Celso de Melo venha a salvar o nome do stf é um sonho, mas como eu não acredito em papai noel… na próxima quarta-feira todos os ptralhas, dilma, o apedeuta, etc vão comemorar muiiiiiito!

  • Percival

    Além do Lula, a presidente Dilma é totalmente responsável pelo vergonhoso aparelhamento petista do Supremo. Vamos lembrar bem deste fato nas eleições do ano que vem!
    Aliás, é bom lembrar que a presidente Dilma governa para o PT. É cria do PT. Faz tudo o que seu amo Lula manda fazer. Vamos nos lembrar disto nas próximas eleições!!
    Quanto aos ministros por ela indicados, quanta prepotência! Quanto palavrório inútil! Quanta pinta de bom-mocinhos, tudo para servir ao PT.
    Sobre a Rosa Weber, ontm se revelou também como alguém tutelada pelo PT. Que pena! Ela bem que poderia fazer alguma diferença!
    Pobre Supremo! Quando nele reinar de vez a nova guarda, será a vergonha deste país!!!

  • João

    No meu ponto de vista, a suprema corte brasileira se encontra vulnerável e vulgar…

  • Tcheves

    Setti,

    Achei sua declaração um pouco exagerada. Permita-me divergir de você.

    Primeiro, porque dos 13 ministros que participaram da ação penal até então, 10 foram indicados pelo partido que está no poder.

    E mesmo com tantos ministros indicados pelo partido do poder, a maioria das decisões nesta ação penal foram contrárias ao partido. Algumas bem polêmicas e contraditórias.

    O ideal é um STF neutro e podemos dizer que ele é ligeiramente inclinado contra o partido que está no poder. O que é muito bom para o país. Além de tudo é uma evolução em relação ao passado. Basta comparar com as decisões da Corte nas décadas passadas.

    O mesmo se pode dizer em relação aos procuradores gerais. Os dois últimos não eram a favor do governo. E também eram ligeiramentes inclinados a fazer oposição ao partido que os indicou ao poder.

    Também bem diferente do que aconteceu nas décadas passadas.

    E as das tantas contradições do julgamento, demonstro aqui uma das mais recentes.

    Veja como se posicionou o Luiz Fux em fevereiro de 2012.

    “A respeito do tema, está previsto no parágrafo único do artigo 609 do Código de Processo Penal o cabimento de embargos infringentes e de nulidade, quando em apelação ou recurso em sentido estrito, por maioria, for proferido julgamento desfavorável ao acusado. No âmbito do Supremo, a matéria está disciplinada no regimento interno, admitindo-se os infringentes como via adequada para impugnar decisão condenatória, não unânime, proferida em ação penal, quando julgada improcedente a revisão criminal e, ainda, em face do desprovimento de recurso criminal ordinário (RISTF, artigo 333, incisos I a III e V). ”

  • Marlon Mik

    Não publicarei suas mentiras sobre VEJA. Esqueça. Você não tem ideia do que está comentando.

  • david spichler

    ministro celso de mello, se V,Excia acreditar que os reus condenados, merecem ser de novo julgados pelos mesmos juizes e pela mesma corte que poderá inocentá-los. Porque não o fez antes. O que pode mudar nas condenações já realizadas pela mais alta corte do país…ou vc julgaram com a consciencia de que estava fazendo tudo de acordo com as provas e as leis, neste aspecto não vejo como aceitar recursos protelatorios, infrigentes ou seja lá que nome for. Se V,Exca já os condenou antes porque iria absolvê-los agora??? tenho fê que serão todos condenados e mantidos, até porque V.Excis sempre foi justo.

  • AlexRio

    Não só discordo do termo “aparelhamento do STF” como o considero profundamente ofensivo aos juizes. A esmagadora maioria deles ali foi indicada por Lula e Dilma, como seria natural, já que o PT governa o pais há dez anos, juizes se aposentam e os novos são indicados pelos presidentes. Os juízes Joaquim Barbosa, Fux, Carmem Lucia e Rosa Weber foram todos indicados por estes dois e foram estes mesmos juízes que condenaram os réus do mensalão. Ou não? E interessante: quem se dignar a ler arquivos de noticias logo antes do inicio do julgamento do mensalão, verá determinados jornalistas já dizendo que ia tudo ser inocentado porque os juizes “eram do PT”. A ideia era pressionar desde o começo. E não foi nada disso que se viu. viraram todos herois da patra para determinada imprensa de interesses politicos escusos. Agora, como é natural, já que três juízes se aposentaram, chegaram mais tres, indicados por Dilma, como deveria ser ou o presidnete é o Serra?. O fato de que estes somam-se a uma interpretação da lei diferente do que gostariam setores da imprensa e da sociedade os transforma em aparelhados do PT? Rosa Webber era uma grande juiza até um mês atrás, virou agora uma aparelhada petista? Supondo que Mello volte a favor dos embargos, o que por sinal ele sempre defendeu, ele se ‘vendeu ao PT’? Ele não é mais uma “pessoa de bem”? Como ousamtratar Lewandoski como um bandido? Isso aqui é a Guiné Bissau? E quem disse que aceitar os embargos significaria absolver os réus em outro julgamento? De onde retiraram isso?
    Isto tudo que está se tentando fazer e levar a opinião publica a achar, com esse senhores e senhoras, é de uma indignidade sem tamanho.
    Quem faz politica não é juiz, é a imprensa.

  • AlexRio

    Setti: “E, sim, tenho um lado: o lado do Estado de Direito, da democracia, da liberdade de expressão, do pluralismo, da aceitação dos contrários, do livre debate de ideias, da abertura comercial, do empreendedorismo, da livre iniciativa — enfim, de tudo que o PT está ameaçando varrer do mapa “neztepaiz”.”
    Não há nada do que colocou acima que o PT esteja ameaçando varrer do pais, suas ideias não correspondem aos fatos, com permissão de Cazuza.

  • Aparecido

    Caramba!!!

    Todo mundo já votou pelo Ministro Celso de Melo e já decidiu por ele o que ele ainda não fez, pior, alguns até já o execram por conta do voto que ele ainda não deu.

    Calma gente!!!

  • AlexRio

    alexandre – 12/09/2013 às 20:37

    Comentário extremamente lúcido colega, no meio de tanta histeria beócia e desinformada.

  • jr

    Até este momento são 5 ministros no bolso do PT!-Será que existe um sexto?-ou não?

  • Luiz

    Caro AN, sera uma vergonha para todos os brasileiros se o Ministro Celso de Mello votar a favor dos embargos e contra o que ele falou durante todo o julgamento do mensalao. Se isso acontecer, acredito que deveriam fechar o Brasil, nao teremos em que acreditar.

  • gerson

    A falta que faz um gaúcho, guasca de quatro costados, macho barbaridade, faca na bota, de fio de bigode, nesse ‘tribunalzito’ de meia tizela, pra acabar com a lenga-lenga dessa matungada. Êga, tchê, sai da frente leseira… aihuhuhuhuhu….

  • Pedro Reseck

    Não acreditei em uma só palavra da fala do Ministro Barroso replicando o voto de Marco Aurelio de Mello . Só faltou plagiar D.Pedro I . Independência ou Morte !!! Como é que é ? Independência !!!! ..Hummmm .. Quer dizer que vota apenas de acordo com sua consciência ? ( Cruz credo ) Conta outra Ministro , pois a noite é longa e estamos preparados para ouvir outras piadas ..
    PS. Nao sei porque , mas o Sr me passa a impressão de um Mauricinho Janota … E tem mais , concordo com o historiador Marco Antônio Villa a respeito de sua propalada cultura … Fake !!

  • Milton Lucas Mendes

    Está na cara que o Ministro Celso de Mello vai votar a favor dos mensaleiros e contra a Pátria. Triste fim de um julgamento que mobilizou o país nas busca de transparência politica e jurídica e tentou a duras penas passar a limpo a história recente. Pobre povo brasileiro – o STF se apequena com essa decisão assim como o legislativo que já pequeno e se tornou “nanico” ao preservar o mandato do Deputado “prisioneiro” Natan. Difícil e lamentável!!!Vergonha Nacional!!!começo a pensar que Mainardi tem razão…

  • HELCIO

    É preocupante o que ocorre com o nosso país.Este governo é formado por pessoas de má fé e dissimuladas, que dizem que lutaram contra a revolução, quando, na realidade, lutaram pela implantação do comunismo em nosso país.No poder, já dominaram o legislativo e agora conseguiram aparelhar o judiciário.Com a discussão do programa mais médico foi desviada a atenção da sociedade de que a situação da saúde foi um imenso fracasso do governo ou parte do seu planejamento para importar médicos de “Cuba”, que serão, na verdade, doutrinadores do povo pobre deste país, onde o PT tem seu maior eleitorado.Ora, não vê quem não quer.Estamos caminhando para a “cubanização” ou “venezualização”, como queiram, do País, sob a regência do Lula, Dilma, José Dirceu, José Genoino e etc.Nunca tivemos políticos de tão baixo nível.Portanto, ou reagimos impedindo a reeleição da Dilma (quanta incompetência)ou veremos nossas conquistas democráticas sucumbirem aos interesses escusos deste grupo político corrupto e entreguista.

  • Marco Balbi

    Setti! Não devemos esquecer que o aparelhamento petista do tribunal contou com a conivência, ou seria melhor a omissão, de um Senado que não cumpre o seu papel, apenas referendando pró forma as indicações do Executivo. Concordo que a composição atual é majoritariamente pró governo petista, mas num passado bem recente não o foi e poderia ter se contraposto. Mas, aguardemos o Celso de Mello. Caso ele aceite os embargos, a sensação para a população será a da absoluta impunidade, mesmo que lá pelas calendas, um dia talvez quem sabe, algum dos acusados venha a cumprir uma pena.

  • Marlon Mik

    Não vou publicar suas bobagens sobre VEJA.
    Mas você perguntou algo — o que eu faria se estivesse na SECOM? — e vou responder: eu EXTINGUIRIA a Secom.
    Estado gordo, como o nosso, sempre tende ao autoritarismo, como, aliás, está ocorrendo.

  • Marlon Mik

    “Você não tem ideia do que está comentando.”

    Prove para seus leitores que o governo de São Paulo, não “compra” há 20 anos assinaturas da Abril?
    É tão simples, não é sr. Setti?
    Afinal, qual revista os “comunistas” assinam, pagas pelo ESTADO?

    Em praticamente todos os países do ocidente governos — federais, estaduais, municipais — assinam revistas para distribuição em escolas e entre funcionários.
    As assinaturas da Abril compradas pelo governo de São Paulo representam uma ínfima insignificância do faturamento da empresa que não chega a 0,001%, já que você quer saber.
    São dados ridículos para merecerem a suspeita de que seja algo ilegal.
    É tudo feito às claras, seguindo a legislação do país.
    E o governo paulista, como o federal, compra, também, e obviamente, assinaturas de revistas de outras editoras, bem como jornais.
    Só em cabeças fanatizadas pela ideologia é que se criam paranoias a respeito de assunto tão simples, e que em termos de faturamento não representam praticamente nada.

  • Charles A.

    “histeria beócia e desinformada” é uma maneira de dizer que todos os que discordam do AlexRio ou que são contra a ditadura petista são beócios e desinformados;algo assim coletivo,como a “tchurma pogreçista”gosta.Beócio ,mas não desinformado, é o lulla,que sabe de tudo e diz não saber de nada.Aparelhamento, sim! E o PT quer,sim,impingir ao país um golpe de estado.Só discordo do branco.O golpe é vermelho,há mortes e muitas disfarçadas de “crime comum” e de “causas sociais” como invasões violentas(há invasão que não seja violenta?) e “movimentos de rua”,além de ataques do PCC a policiais e à população,além da retirada criminosa de proprietários rurais de suas terras,sem citar perseguições em diversos níveis de atividade. Falta de argumentos não justifica palavras ofensivas à maioria dos que postaram comentários aqui.Prefiro continuar sendo chamado de “beócio e desinformado”(na verdade,partindo de um petista,isso soa-me como elogio), tenha ou não o valente Alex lido meu comentário,do que permanecer cego,surdo e mudo diante do que o PT e sua quadrilha estão fazendo ao país!

  • Marlon Mik

    Vá lá, abrace seus socialistas, mude-se para países com regimes podres como Cuba ou Venezuela, seja feliz e deixe o blog em paz.
    Sou em prol do capitalismo até a raiz dos cabelos — o regime que mais criou riqueza na história da Humanidade.
    Paralelamente, um Estado enxuto, mas com fortes poderes reguladores, para fazer o que um Estado TEM que fazer — segurança pública, política externa, política econômica, educação e saúde de qualidade e agir para distribuir com mais justiça a riqueza.

  • Bruno Sampaio

    Aos que apelam a tecnicalidades para abrigar os tais *embargos infingentes*, vou no popular: quando se esta diante de um fato injusto a gente vai correndo olhar no livro pra ver se pode pensar daquela maneira?
    SE o supremo liberar geral, estara passando uma mensagem muito simples, como ë a visao do cidadao comum, de bem.
    No Brasil o crime compensa, desde que voce tenha muito dinheiro ou seja amigo das pessoas certas. Me poupem do latinorio! Esse julgamento ja dura quantos anos? Nem o de Nuremberg durou tanto assim.
    Quero ver a mae loura visitando Dirceu na papuda, tomando Sangue de Boi e assistindo TV AM, que ë como a maioria do POVO BRASILEIRO que eles tanto dizem defender, faz.
    Desculpe a falta de acentos e a revolta. Estou ha 16 dias sem fumar!!!!

  • Bruno Sampaio

    AlexRio – 12/09/2013 às 23:44
    Vai me dizer que o STF nao foi aparelhado? Vai defender o Toffoli, que nem em concurso passou? Lewandowski e a cereja do bolo, Barroso, defensor de Battisti?
    Me lembre de nunca comprar um carro usado de voce.

  • IZIDRO SIMÕES

    Caro Izidro, conforme as regras do blog, http://goo.gl/u3JHm, não publicamos comentários escritos somente em letras maiúsculas. Abraços

  • Desbravador

    Tem alguma coisa esquisita com os membros do Supremo Tribunal Federal. Em primeiro lugar
    não é supremo de coisa nenhuma. Poderia até
    citando a culinária, se dizer que é um supremo
    de FRANGO, mas não vamos desmerecer o frango
    tanto assim, poderíamos dizer que lembra um
    suculento assado de carne de VEADO silvestre.
    Carne macia, no ponto ou bem passada, mas para
    tristeza de quem gosta de comer bem, teremos nos
    contentar com carne de VACA, pois o negócio
    no supremo “VIROU VACA”.

  • Médico

    mam “meu estimado “amigo” Roberto Barroso” “precisamos nos completar” …

    olho no olho …

    Brilhou !!!!!

  • JORGE

    Lamento ter deletado seu comentário, mas não publico grosserias ou palavrões. Criticar, sempre — é válido, sadio e importante. Xingar e baixar o nível, aqui, não.

  • Bruno Sampaio

    Como qualquer um pde ver, minha capacidade de indignaçao diante de malabarismos retóricos continua intacta. Um charuto geralmente é apenas um charuto, a não ser que seu nome seja Bill Clinton.

  • jose carlos mendes

    Caríssimos!
    O que estamos presenciando é o reflexo da falta de educação, consciência política e sentimento patriótico de um povo. Nos mantivemos alienados a mercê de um congresso que efetivamente reflete a vontade popular, subjugada por R$ 50,00 ou qualquer outro tipo de benemerência.
    O ineditismo da difícil decisão do STF, talvez resida no fato de que, “nunca na história desse país” um político esteve na iminência de ir repousar na cadeia. Nesse contexto, estamos ávidos por uma decisão jurídica amparada por questões morais.
    Ocorre que nem sempre decisões jurídicas são amparadas por questões morais, principalmente, em países subdesenvolvidos como o Brasil. Cito como exemplo, o furto de uma lata de leite em pó de um supermercado, cuja mãe desesperada em alimentar o filho(a) não mensura os riscos de tal atitude. Muito provavelmente não serão necessárias tantas sessões de tribunais especiais para condenar a mendicante a anos de cadeia, sem a mínima possibilidade de recorrência a quem quer seja.
    Em contraponto, crimes de corrupção, formação de quadrilha, lavagem de dinheiro, entre outros, lesionando milhões de brasileiros, são passiveis de todo e qualquer tipo de recurso.
    Não pretendo minimizar o furto do leite em pó ou maximizar os demais crimes, mas evidenciar a total ausência de Estado nesse país, onde as organizações criminosas prosperam em velocidade exponencial, e que podem, até alcançar a maioria dos cidadãos pela ausência moral das decisões jurídicas e políticas do Estado.
    Esse talvez, seja o ponto crucial de nossas mazelas, o aspecto moral e ético da nossa legislação, em considerarmo-nos um bando de espertos, na capacidade ilusória de ludibriar, na ilusão de “obtermos vantagem em tudo, certo”.
    Triste povo brasileiro, idiota povo brasileiro, acreditando que uma vitória sobre o futebol da Espanha, fosse capaz de recuperar nossa dignidade como povo, como nação, entretanto, foi capaz de calar a indignação de vinte centavos.
    A esse preço nos vendemos, não aceitamos vinte centavos de aumento na passagem de ônibus, mas nos calamos perante a imoralidade, ainda que para alguns na forma da lei.
    Temos sim, capacidade de tornar-nos uma potência mundial sobre todos os aspectos, mas a partir de preceitos éticos e morais, fatores que sempre abdicamos, em nome de privilégios pessoais.
    O que se apresenta no STF hoje é, simplesmente o nosso espelho como nação. De outro modo, essa celeuma não existiria. Nós somos responsáveis por esse Estado de pandemônio instalado e, talvez tenhamos que recorrer aos algozes de outros tempos para a restauração da ordem e da mínima decência da servidão pública.

  • Marcos

    Caro Setti, talvez até o novo julgamento, se houver, os ministros petistas do STF, vão atrasar ao máximo o julgamento, esperando a substituição dos ministros, Celso de Mello, Gilmar Mendes, Marco Aurélio, por novos ministros indicados por um novo governo petista, caso eles vençam a eleição, o que me dá calafrios, tanto numa hipótese, quanto na outra.

  • Lucio Alves

    O “mensalão foi uma tentativa de “golpe branco”, descoberto e levado à justiça. Já o “aparelhamento do STF pelo PT, foi um golpe que deu certo até agora. Durante o julgamento parecia que haviam 5 advogados de defesa dos réus, e não ministros os julgando. O Estado transformou-se em extensão do PT, que faz o que quer e garante impunidade a seus correligionários, mesmo os criminosos.

  • Apossamai

    Sim, claro, o PT aparelhou o STF com ministros que, em sua maioria votaram para condenar o mensalão. Genial! Cesar Peluso e Aires Brito, que se aposentaram, também foram nomeados pelo presidente Lula. Finalmente, surge uma esperança de alguma alguma coisa que se pareça com justiça brotar no STF. O que se viu até agora foram violações a direitos e garantias fundamentais que não ocorriam neste país desde a democratização. Um julgamento de exceção, um Tribunal de exceção. O STF até agora jogava para a galera, coisa que o Min. Barroso disse hoje para o Min. Marco Aurélio. Hoje o maior constitucionalista e jurista do país em atividade é membro do STF: Luís Roberto Barroso. A coisa vai mudar!

  • Roberto

    Sou brasileiro, ainda, advogado radicado nos Estados Unidos a muitos anos, cidadão americano com muito orgulho e só posso dizer uma coisa, vendo de fora observo o Brasil indo para o buraco a passos largos, o constragimento do ministro Celso hoje era evidente, pior, ele foi literalmente massacrado pelos argumentos dos ministros Gilmar e Marco Aurélio, ou seja, parece que existe algo estranho nessa história ainda mais com o fato de que ele se aposentará em breve e não parece muito preocupado com seu passado, mais sim com seu futuro, finalizo citando o fato de que um país que tem como ministro da educação alguém como Aloizio Mercadante e ministra da cultura Marta Suplicy não podemos esperar coisa melhor dos ministros indicados para o Supremo, a suposta democracia brasileira está com seus dias contados.

  • HUGO

    O que você sente em relação a mim não chega a um milésimo do que eu acho de pessoas que escrevem o que você escreveu.
    Este é um blog de OPINIÃO. Não sou imparcial, não. Tenho um lado: estou do lado da lei, da ordem democrática, da ética e da decência.

  • Wilson

    Se esse homem, que até agora, se mostrou íntegro, não votar corretamente, o Supremo está perdido, pois a ele cabe mostrar aos demais, que a justiça está acima dos políticos e da política suja, como é a do Brasil.

  • Marilene L'Abbate - São Paulo

    O Ministro Celso de Mello não poderá trair os dignos cidadãos conscientes do “Dia do Plebiscito”: 31/10/2010, que optaram pela Liberdade na Verdadeira-Democracia de José Serra, e descartaram essa política de mesquinhos interesses bolsistas. Após a vergonhosa “encomenda-petista”, no STF, Luiz Silva + Dilma Silva arrepender-se-ão por terem maltratado tanto a Pátria-Mãe, em nome de uma falida ideologia comunista. Até Barack Obama auxilia-nos, incrivelmente, nesse momento-de-glória para o território nacional. As Américas de Cristoforo Colombo podem respirar puro-oxigênio, porque a Vitória configura-se, nas atuais Coordenadas de Tempo e Espaço. A Justiça Divina atuará, vigorosamente, nesse claríssimo GOLPE-DE-ESTADO-VERMELHO = Sangue de 44 MILHÕES de inteligentes irmãos. Viva a Libertação! Os Anjos da Terra existem, queridos, e trabalham incessantemente pela nossa merecida Felicidade. Adorei: “E com tanta cooperação de ministros subservientes ao Planalto”, e já experimentando ectoplásmicas algemas. Excelente análise, amado Setti.

  • Marilene L'Abbate - São Paulo

    Vibremos na análise numerológica: 13/09/2013 = 13/13 = 28 = 1 = LIDERANÇA.

  • Alfredo Attié

    Caro Ricardo, enviei-lhe mensagem. Não sei se acertei seu email na Veja. Abraço, Attié

    Caro Attié, estou fora do país e tenho dificuldade de acessar meu email na revista.
    Peço que me envie a mensagem como comentário aqui. Escreva em cima que não é para publicar para que minha assistentes, Rita de Sousa, que também libera comentários, não deixe passar, OK?
    Um abração

  • bereta

    Está sendo apresentado ao povo o jogo de xadrez mais demorado da história. Fria e calculadamente, o PT espera derrotar a Lei e a Ordem com pedras levadas ao tabuleiro, oriundas de embornal conspurcado por quase doze anos de mau uso do poder. Ou, se quiserem, por bom uso do poder em benefício próprio.

  • Helio Freitas

    A Dilma é mensaleira. Ela é a culpada deste aparelhamento.

  • Luiz Carlos

    Excelente comentário!Mas com a palavrava o Ministério
    Publico Federal e as Instituições, e os poderes legal mente constituídos frearem esse afronta a Constituição e a Sociedade Brasileira.

  • FERNANDO FORTALEZA

    Caro Fernando, conforme as regras do blog, http://goo.gl/u3JHm, não publicamos comentários escritos somente em letras maiúsculas. Abraços

  • walter

    E o teori da vaca esta ajudando a mandar a justiça basileira para o brejo, vai ficar toda suja de barro-so.

  • sergio

    O que implica dizer: está tudo dominado!

  • hamilton daato

    Não acho que o Fux represente o aparelhamento do Judiciário;

  • José Costa

    A muito tempo que não acredito na justiça brasileira, vendo ao longo dos anos tantos escândalos com pessoas públicas ferindo a nação e rindo da cara de todos os brasileiros, pois têm a certeza da IMPUNIDADE. No caso mensalão, acompanho de perto tudo o que está acontecendo e mais uma vez a presença da PIZZA está perto. Parece que tudo é combinado, os mocinhos e os bandidos, mas no final da contas ficaremos com cara de palhaço de novo. Caso isso venha a acontecer, nossa democracia estará seriamente abalada. Os slogan ” sou brasileiro e não desisto nunca” e “orgulho de ser brasileiro” pararei de pronunciar. Me sentirei traído e de novo com CARA DE PALHAÇO.

  • dexter

    Futuro sombrio.
    Além dos novos ministros do STF, o PT também comanda o novo Procurador Geral da República , a AGU-Advocacia Geral da União e o STE, que “julgará” os procedimentos da próxima eleição.
    A ÚNICA alternativa é o PT não ser eleito e nem seus outros travestidos correligionários.

  • hamilton damato

    Realmente, Setti, você como jornalista é muito infantil, contraditório. O placar está 5×5 e você diz que o Supremo foi aparelhado. Você continua vendo as coisas como torcedor. Vastas emoções, pensamentos imperfeitos (ao ponto de não respeitar o pensamento e a honestidade dos juizes); ninguém vai te processar, porque crianças são inimputáveis;

    Puxa vida, como você é gentil, educado, tranquilo, destituído de agressividade.
    O Supremo foi, sim, aparelhado porque pelo menos três ministros que entraram no lugar dos aposentados no curso do julgamento — Rosa Weber, Teori Zavascki, Barroso — estão clara e inequivocamente trabalhando para que o processo que dure o máximo possível e rume para a absolvição dos mensaleiros.

  • Pica pau

    Se a decisão do ministro Celso Melo (ainda em maiúsculo)for favorável a quadrilha,o que podemos esperar doravante a não ser o modelo cubano e venezuelano,podemos então sim afirmar que A CORJA DESTRUIU UMA REALIDADE QUE UM DIA FOI UM SONHO.

  • o desPTtizador

    AlexRio… é APARELHAMENTO sim! O modelo de escolha dos juízes do Superior Tribunal Falido PERMITE o aparelhamento partidário desta importante e salutar instituição – que deveria ser independente da vontade do governante do momento! Quais os currículos jurídicos do Dias Toffoli e do Lewandowski para estar ali???? Ser amigos do CHEFÃO!

  • Anselmo

    Ontem estava tão atarantado com o “julgamento” que até meu querido São Paulo ficou em segundo plano.
    Não acredito que tudo vai começar de novo, mais oba oba e mais fotos desses condenados, todos rindo e nadando em piscinas maravilhosas e com mulheres, digamos assim, espertas.
    Vergonha.

  • GEROLDO ZANON

    O PT aparelhou o STF agora vai ficar pior o LULA mandou a DILMA nomear para o STF a ROSIMERY

  • luciano

    Isso era óbvio. Desde 2003, quando ouvi lewandowski nas adins do estatuto do desarmamento, percebi nitidamente que o sistema de indicação para o stf é falho ao extremo. Coloca lá partidários do poder vigente. Joaquim Barbosa e Fux foram pontos fora da curva na história recente. Temo pelo resultado deste julgamento, mas temo mais ainda pelo futuro do stf. Mecanismos legais para tirar esses execráveis juízes à soldo precisam ser postos em prática. Ouço até de pessoas humildes o ódio contido, destinado aos “ministros petistas”.

  • Mércia

    Está tudo dominado! Igual a outros países “amigos” como Equador, Argentina, Bolívia. O STF, me parece, armou um palco com uma grande encenação. Ministros que não têm respeito com a população, se vendem sem a menor vergonha na cara. Espero estar errada e que o voto do Ministro Celso Mello atenda aquilo que a maioria da população quer. Mas, em um país onde até prova de concurso anda fazendo apologia ao governo do PT- prova de PECFAZ aplicada pela ESAF no dia 28/11/ 2013- está difícil acreditar. Está tudo dominado.

  • Osmar

    Interessante observar, que a maioria dos atuais componentes do STF foram indicações dos presidentes Lula e Dilma.E só observar como o relator e outros indicados por eles expressaram o seu voto,a favor da condenação.O tribunal esta livre de ecos emocionados das ruas e precisa estar.E preciso clareza de pensamento.Posso divergir profundamente de pontos do governo, mas dizer que comprou o STF penso que seja demais.O Brasil não tem vocação para ter um regime como o da Venezuela,Cuba etc.Para isso sera preciso combinar com o Exercito, e o que eles menos querem hoje e tomar o poder e voltar a um passado recente.Partidarizar temas jurídicos penso ser complicado.Ate poque teremos ainda o tal mensalão do PSDB, que tanto la quanto cá, possuem suas raposas felpudas e precisam se confrontar com a lei e o julgamento.Fica aqui o meu respeito a todos os participantes do STF.Preciso crer que são homens e mulheres de bem, conhecedores do direito e da justiça.Quem podem ter visões da lei diferente, mas espero sempre que nao sejam injustas.

  • Luiz Pereira

    AlexRio,
    Como antiguidade é posto, vou te dizer um troço: vc fica querendo “xerifar” todo mundo e perde ótimas oportunidades de reflexão.
    Dizer que nada indica que as práticas petistas estejam levando o país a varrer dele as boas práticas democráticas é gracejo, na melhor das avaliações.
    Gastam mal, corrompem mensaleiramente como nunca, desejam regular a imprensa, tentam desconstruir interna (nomeando ineptos) e externamente (com declarações de que se tratam de farsantes) o STF, esposam teses bolivarianistas, e, ao seu modo de ver, são coisas normais.
    É possível se concordar que, goste-se ou não de seus votos, Barroso e Zavascki têm notório saber jurídico. Mas se vc não enxerga que Lewandoski e Baby Toffoli são apenas dois delegados do PT dando expediente por lá, realmente, é o caso de me dizer qual o nome de seu oftalmologista.
    Quero distância dele…

  • Julio

    O Ministro Celso de Mello até poderá votar a favor, mas com certeza entrará para a história como sendo aquele que permitiu afirmar ‘QUE O CRIME COMPENSA NO BRASIL”, pois basta ter recursos, amigos na corte e juízes dependentes das indicações políticas. Não adianta manter uma convicção se ela significar o sepultamento das esperanças de uma nação – parte que estuda, trablha e paga impostos para sustentar a democracia. O privilégio dos acusados serem julgados no STF, por si só já é uma vergonha, então acabar com essa tortura jurídica é o mínimo que se espera. Estamos no limite do respeito ou não em relação a última instituição brasileira, pois executivo e legislativo já não merecem o respeito do povo brasileiro. Fica a pergunta: Quem sabe não vamos querer um ditador “ético”, pois nesse caso pouparíamos muitos gastos com os trê poderes que não funcionam para o bem do povo e sim para o bem de alguns privilegiados da corte. A esperança é a última que morre, mas se morrer podemos nos preparar para o enfrentamento de desafios gigantescos na democracia barsileira.

  • Marcio

    São anos e anos de aparelhamento nas instituições públicas e o resultado é o rebaixamento destas. Onde antes existia uma ilha de excelência os petralhas a nivelaram para baixo, sempre buscando o enriquecimento pessoal. Ainda restou uma esperança. Vote conforme a lei, excelência.

  • celso calixtro

    Teori Zavascki Roberto Barroso e Dias Toffoli, vcs não são dignos de serem membros do STF.

  • Vania

    Ja estar 5×5 é uma vergonha em um caso como esse . Levar algo serio para os pênaltis é acreditar que somos idiotizados independente do resultado , por sinal , adiado . Falasse meia hora a menos o Marco Aurélio e Celso de Melo teria tempo para ler o seu voto e acabar com esse megashow 🙁

  • Joaquim Arraes

    Comentário bastante corajoso, mas rigorosamente certeiro: o STF foi aparelhado e “ministros” estão ali apenas para cumprir missão partidária da agenda lulopetista.

    Será que já não estamos como a Venezuela??

  • Wilton de Araujo Sampaio

    Todo brasileiro lúcido, esclarecido, sabe que o PT está cooPTando tudo: O legislativo. a imprensa e como os novos ministros petistas, o judiciário também está dominado! O PT privatizou para si a Petrobrás, as estatais, está arruinando o País!. Pegou o País arrumado por FHC, comprou os pobres com a esmolas, queria se eternizar no poder com o Mensalão. Nossa esperança de libertação: Só o Senhor Jesus! Aqueles que nEle crêem, devem clamar para que sejamos livres desse processo de cubanização do Brasil!

  • celso calixtro

    Alex Rio, realmente vc tem um lado: o lado do direito mas vc deve ser sinistro, Esperemos q o ministro Mello ñ goste de pizza ressequida pq se quebrar a casquinha vai feder.

  • Roberto Ribeiro

    Mensalão, mensalão, mensalão… Vocês não têm outro assunto?
    Sou gay e militante do movimento gay, saio sempre glorioso no Dia de Orgulho Gay e não vejo nada neste blog que trate dos direitos da nossa comunidade.
    E o FIM!
    Affff…

  • What`s up?

    Sinal de que STF presta desserviço existe como no caso Batistti, desperdiçou 2 anos num caso simples e o pior é que delegou a ultima palavra a um semianalfabeto não só em casos jurídicos, mas até na língua portuguesa.
    No caso do MENSALÃO-2005, caso gravíssimo, se estes “ministros” não sabem dar prioridade ao processo e nem mostrar agilidade, pois todos sabem que o tempo é o maior amigo destes saqueadores do erário, nos embromaram até hoje.
    Mesmo condenando já prestou desserviço, agora imaginem o oposto…

  • Rita Ferreira Matos

    Ministro Celso de Melo, vote a favor do Brasil. Fique do lado do sofrido Povo Brasileiro.

  • Luiz Carlos

    De fato meu caro Setti, seu comentário é lógico e racional. Entretanto, caso seu vaticínio se confirme, será uma imensa decepção para a sociedade que, há anos e ansiosamente, espera ver essa corja de mensaleiros na cadeia. Por outro lado, certamente o desgaste que esse veredito iria provocar no STF seria devastador em termos de sua credibilidade perante a nação, ainda mais se considerarmos as parciais e tendenciosas participações dos Ministros Lewandowski, Dias Toffoli, Teori e Luiz Barroso. O Ministro Marco Aurélio foi muito feliz nas suas entrelinhas, ao deixar claro que a atual Corte não é a mesma de tempos atrás. Vou um pouco mais longe, o certo é que a Instituição STF está correndo o risco de ter a sua inutilidade confirmada, a partir desse julgamento.

  • nena

    É verdade que como governo o presidento e a presidenta tinham de fazer as indicações para o STF, mas que procuraram colocar gente que lhes era favorável não há a menor dúvida. Como você diz no título, o certo é que o PT aparelhou o Supremo. Alguns, felizmente, não corresponderam às expectativas, como no caso Joaquim Barbosa. Agora, achar que Lewandovski, Tófoli, Zavaski e o ‘novato’ Barroso são independentes é uma falácia.

  • Sergio

    O que será de nós?Temo muito pleo futuro de nosso páis.Tenho idade suficiente para lembrar de como eram os 3 poderes antes e depois do PT.Nosso congresso e o executivo nunca foram boa coisa.Porem o judiciario sempe foi formado por juristas não iedologicos.Hoje o congresso é uma latrina e o executivo uma cloaca, muito pior do que eram.Vejo com preucupação os novos juizes porque são pessoas com historico ligado a um partido.3 deles está com rabo preso com atitudes diratas ligadas ao PT.ISTO É MUITO GRAVE.Hoje o que nos separa da Bolivia, Venezuela, Cuba é que o judiciario tem fucionado como poder moedrador.Mas a margem está estreita.Mas 4 anos de pt com escolhas com o mesmo criterio ideologico será nosso fim.

  • Artur Souza

    Como alguém pode dizer que o STF não está aparelhado se todos que acompanham o julgamento do mensalão sabiam de antemão qual seria o voto de Lewandovski e o de Toffoli, sempre a favor dos acusados?
    Nem sei se podemos dizer que vivemos numa democracia plena. O Brasil, de fato, se venezualiza gradativamente. O lulopetismo aparelhou tudo que foi possível e comprou todas as consciências que estavam à venda. E não eram poucas: jornalistas, políticos, ongueiros, estudantes, artistas, o diabo!
    E o pior do STF ainda vem aí: com as breves aposentadorias de Celso de Mello e Marco Aurélio, o governo petista vai pesar ainda mais a mão na escolha dos próximos ministros. Joaquim Barbosa, nunca mais! Ainda sentiremos saudade da grandeza e da imparcialidade de Lewandowski e Toffoli.

  • toninho malvadeza

    O incompetente e perdedor Lewandowski,de tão irritado com o EMPATE até tapa na bancada deu…

  • Luciana

    Só espero que o Sr. Ministro Celso de Mello não acate os embargos infringentes.

  • Celio Miranda

    Caro Celio, este espaço é destinado EXCLUSIVAMENTE a comentários dos amigos leitores. Não transcrevemos textos publicados anteriormente em outros veículos, sejam de que natureza forem.
    Quero saber o que VOCÊ pensa, e não o que alguém disse ou escreveu.
    Abraço

  • Reynaldo-BH

    O boquirroto hoje se calou.
    Lewandowsky somente foi ao plenário para dar o voto de sempre: sem substância, sem estofo e sem coragem. Sem nenhuma surpresa.
    E assistimos ao que já sabíamos e que alguns negavam. Não se trata de Lewandowsky. É mais. É instrumentalização.
    De tão assustadora, parecia pouco crível. Deste modo passou despercebido o resultado parcial da votação de ontem: 4 x 2.
    Os 4 votos foram os iniciais. Os que obedecem a ordem inversa da antiguidade. Ou seja, são os votos daqueles que chegaram depois dos outros. Ou – sendo direto – os da era pós-aparelhamento.
    Os ministros que se dispuseram (com a certeza do voto de Lewandowsky a posteriori) a jogar anos de um julgamento histórico de resgate de valores, cidadania e independência do Judiciário na lata do lixo, foram aqueles escolhidos por critérios outros que não os do not´rorio saber e reputação ilibada. Podem até tê-los: mas é necessário que se saibam devedores da própria indicação ao cargo.
    Hoje começaram a falar JUÍZES que ainda subsistem no STF. Que foram escolhidos por curriculum.
    E que deram aulas. De Direito, ética e autonomia mandatória para quem tem o múnus de julgar.
    O voto de Carmem Lúcia foi de uma precisão cirúrgica. O de Gilmar Mendes, uma aula de cidadania, direito e hermenêutica. O de Marco Aurélio, um desabafo sentido de um juiz com mais de trinta anos sem que lhe possa assacar nada contra a honra.
    Somados à aula de Direito Processual proferida no voto de Luiz Fux e o chute seco e direto de Joaquim Barbosa, deu-se o empate. Aguardado. Era o que se espertava pela história e biografia dos ministros citados.
    Resta o voto de Celso de Mello, juiz exemplar, jurista e decano da Corte. Mais uma vez, esperemos.
    Uma questão, porém, inquieta (ou deveria) a todos nós.
    Qual será o STF que teremos a partir de 2016, com a aposentadoria de Marco Aurélio e Celso de Mello?
    Serão substituídos por outros com o perfil dos de hoje?
    Sobrevivermos à presidência de Lewandowsky?
    O julgamento do mensalão é um marco, não há dúvidas. Mas não encerra ao nossa garantia jurídica. O que virá?
    Quais garantias teremos a partir de juízes que defendem o absurdo e sentem orgulho em ser subservientes?
    Marco Aurélio, hoje, definiu com precisão de jurista a atenção a ser dada ao BOM SENSO e noções de direito que nascem da sociedade e se transformam em direito formal. O direito atende às demandas sociais de quem por ele é protegido. Entre estas, o STF cuida da garantia maior: a Constituição.
    Não se trata de curvar-se ao sentimento popular. Mas antes, não USAR este sentimento com prova de erro no julgamento de um ministro. Quando há concordância (como nesta ação) o Direito atinge a plenitude da prestação jurisdicional. Cumpre a lei e atende aos reclamos sociais por Justiça.
    Outra aula deu-se na questão da Justiça que se nutre, também, da aplicabilidade da mesma. Do fim da ação, que é movimento, mas NUNCA sem fim. Uma ação pressupõe um fim. Um julgamento. E este houve.
    Barroso, o Garboso, hoje conheceu um pouco mais da liturgia do cargo que ocupa, do que seja um colegiado e do noviciado de quem chegando agora, quer não só a janela do ônibus, mas a própria direção do mesmo.
    A diatribe arrogante do primeiro dia – que desautorizou o julgamento de mais de 50 sessões do STF ao afirmar (sem que lhe fosse perguntado ou importante) que mudaria o julgamento em diversos pontos, teve a justa resposta. Agrediu a corte, ao Direito e ao Brasil. Marco Aurélio apresentou a fatura da prepotência ao novato que se julga a quintessência do saber jurídico e filosófico de todo o mundo.
    Creio que Celso de Melo proferirá um voto histórico.
    Que Lewandowsky e o escudeiro Tofolli, ficarão calados. Que Rosa Weber pagou a fatura. Que Teori começou a pagar a carnê. E Barroso, o Estiloso, descobriu-se do tamanho real, ou seja, um novato-aprendiz frente a Gilmar e Marco Aurélio (como exemplos).
    Fica o PAVOR do que teremos. O Poder Judiciário entregue a devedores fiéis de credores sem caráter.
    O término desejado do julgamento do mensalão NÃO PODE ser o fim do Direito tal qual o conhecemos. Com altivez e dignidade. Com autonomia e garantias de cidadania. Com teses e respeito à história jurídica – rica e profunda – do Brasil.
    Terá que ser um novo início. Para isto é preciso fazer valer o julgamento já efetuado. Mas, ainda mais.
    É preciso estar atento ao que se tentará no futuro.
    A amostra já é assustadora.

  • joão

    Era esperado o empate, no teatro do STF; agora eles vão consultar a Dilma, Lula e outros… bem como a opinião pública (mídia). Após todas as consultas os quais que não tiveram a coragem de decidir um ato puramente de competência do STF, vão decidir se há embargos infringentes ou não.

  • joão

    Lewandowski, pode não ser bandido, mas que se encontra em defesa de bandido tudo consta que sim…

  • pierre

    O militante petista das 23:38 se esquece que os ministros indicados por Lulla, a saber ,o Barbosa, o Fux,a Weber e a Carmen Lúcia só tiveram conhecimento dos malfeitos durante o processo de julgamento. Até então ,os pentelhos petistas como o Dirceu,Delúbio, Lulla et caterva, riam do processo chegando mesmo a declarar na mídia de que o mensalão não passava de uma piada! Quando as condenações começaram a “engrossar” e periclitar o futuro dos bandidos mensaleiros, a petezada, com o c/u na mão, aproveitou-se das compulsórias para aparelhar a côrte,através de advogados da causa, para defender o indefensável!
    Ou o militante acha que o Toffolinho tem isenção para julgar seus patrões? E o Lewandowisk pela proximidade com a mulher do Lulla? E os demais,que antes de assumirem, já estavam criticando o colegiado que “carregou o piano” durante vários anos até a condenação dos ídolos bandidos dos petistas!
    O lullo-petismo está sim, querendo fazer deste país uma ditadura de partido único, ao molde bolivariano estúpido do chavismo venezuelano e segundo a receita falida do regime comunista cubano! E para isso só falta submeter o judiciário.
    Na quarta-feira saberemos se temos ainda uma República Democrática ou já estamos numa republiqueta bananeira!

  • Luiz C.

    Depois de analisar bem a situação, já começo a pensar que o melhor para o País, é que o julgamento continue; pode-se passar o restante de 2013 e todo o ano de 2014, “atirando no ventilador” todas as maracutaias petistas, podendo inclusive, alterar resultados da eleição.

  • arilson sartorato

    Infelismente o Celso de Mello,vai acatar os embargos da vergonha, agora gostaria de saber,no julgamento de tais embargos, a pena do zé Dirceu pode ser aumentada?pois vários Ministros dignos,já se pronunciaram,alegando que a pena do meliante foi branda demais, apesar da tropa de choque colocada no STF, acho que o placar vai ser 6 a 5 mantendo a condenação do homem que detesta a elite,mas vive como um Rei.

    Teoricamente, parece-me que a pena pode, sim, ser aumentada. Mas você acredita?

  • antonio gualberto de viveiros

    Prezado Antônio, conforme as regras do blog, amplamente divulgadas e disponível na home do blog, não publicamos comentários escritos somente em letra maiúscula. Contamos com sua compreensão. Abraços

  • Gilmar Rosso

    “…..é que o PT aparelhou o supremo ..” Só o “supremo” ???????

  • SergioD

    joão augusto – 12/09/2013 às 21:59
    Acho que você não entendeu nada do que escrevi. Não citei ministro algum. Citei diversos juristas cujas declarações sobre os assunto li durante a semana e cujas dúvidas, que também são minhas, citei num comentário aqui no BLOG, respondido pelo colega Reynaldo-BH e pelo Ricardo.
    Discordei do Ricardo honestamente, educadamente como sempre faço desde a estréia desse BLOG em 2010. Tenho para com o Ricardo um profundo respeito e consideração, respeito de quem o acompanha na imprensa há décadas, e tenho certeza que este é recíproco. Respeito que estendo a todos os colegas que fiz por aqui. Colegas que concordam ou discordam de minhas opiniões, sempre dentro dos padrões mais civilizados.
    Sendo assim, procure ler um pouco mais os meus comentários para ver se sou malicioso ou não. Se você não entende linguagem bem educada nem crítica civilizada não é problema meu.
    Aliás, o Ricardo corrigiu a palavra digitada errada.

  • roberto-curitiba

    “…as esperanças dos brasileiros de bem de que a corte negue a admissibilidade dos chamados embargos infringentes.”

    Essa frase é simplesmente apelativa: quer dizer que os brasileiros que são favoráveis aos embargos não são do bem? Dividir o mundo entre bons e maus, especialmente para defender seus próprios argumentos só convence aos infantis.

  • PIZA: PELO QUE OUVI NO JORNAL DA GLOBO....


    Pelo que ouvi o min Celso falar ano jornal a globo, DÁ MESNALEIROS… CONSTIUTIÇÃO, DIREITOS… não dá outra – NOVO JUGLAMENTO, QAUNDO, NINGUÉM SABE…..

    O que me encafifa é saber que uma lei de 1990, não foi questionada até semana passada, por ninguém da justiça, da OAB, do MP, ….. nenhum ministro membro ou presidente do Supremo se deu conta dela….. nem o VOSSO HERÓI, o min Joaquim, nem como relator, nem com o presidente… EM UM PAÍS SE´RIO, JAMSIS SE PODERIA CONEMEÇAR UM JULGAMENTO, AINDA MAIS, DESSA IMPROTÂNCIA, SE A DEFICNIÇAÕ SE A LEI É OU NAÕ COSNTITUCIONAL, SE ESTÁ, OU NÃO, EM VIGOR…. o que seria: incompetência, omissão, negligência, o quê??????????

  • Biagione Rangel de Araújo

    Como leigo fica difícil entender o tal amplo direito de defesa, pois se passaram 6 anos até o julgamento, portanto com tempo e direito de sobra para a defesa, segundo o julgamento foi realizado por um colegiado, onde diversas correntes de interpretação da lei são explicitadas o que por si só, já bloqueia qualquer tentativa de persegição ou prejulgamento, assim, na minha visão estes direitos foram concedidos e os acusados e seus advogados os utilizaram. Desta forma se esse for o argumento do ministro Celso, no meu entender, na vã idéia de que manterá sua dureza de voto em novo julgamento é prestar um desserviço a pátria brasileira, pois escancara e autoriza a corrupção em nosso país, além de desacreditar por completo a nossa combalida e morosa justiça, pois sinaliza que quando a sentença não seja faborável se faz a chicana e trocas os magistrados para se mudar qualquer julgamento.

  • Corinthians

    Setti,
    Concordo, sem dúvida.
    Dadas as justificativas insuficientes de Lewandovski, Barroso e Toffoli, fica claro o aparelhamento.
    Pior.
    Caso os infrigentes sejam aceitos, não está garantido um novo julgamento – mas sim vários novos julgamentos, já que o novo julgamento, que vai demorar mais alguns anos, e crimes irão prescrever, vai permitir novos embargos declaratórios e também novos embargos infrigentes.
    Uma bola de neve.
    Ou seja – o julgamento só acaba ou quando houver maioria absoluta no STF pela condenação, ou quando o réu for inocentado.
    Lamentável.

  • marcelo aranha de sousa pinto

    Caro Marcelo, este espaço é reservado para a opinião e comentários do leitores, não publicamos artigos, textos na íntegra e outros que foram publicados em livros, revistas ou jornais. Abraços

  • Luiz Correa

    Os mensaleiros venceram. A corrupção venceu. A impunidade venceu. O Brasil e as pessoas decentes perderam!

  • pampeano

    Caro Ricardo Setti, seja qual for o voto de Celso de Mello, a decência desse país já sofreu um duro golpe. Está mais claro do que nunca que a impunidade nesse país continuará ocupando o lugar mais alto do pódio. Infelizmente, estamos indo pelo mesmo caminho da Venezuela. É uma vergonha.
    ###
    SINTO VERGONHA DE MIM

    “Sinto vergonha de mim, por ter sido educador de parte deste povo, por ter batalhado sempre pela justiça, por compactuar com a honestidade, por primar pela verdade, e por ver este povo já chamado varonil, enveredar pelo caminho da desonra.

    Sinto vergonha de mim, por ter feito parte de uma era que lutou pela democracia, pela liberdade de ser e ter que entregar aos meus filhos, simples e abominavelmente a derrota das virtudes pelos vícios, a ausência da sensatez no julgamento da verdade, a negligência com a família, célula-mater da sociedade, a demasiada preocupação com o ‘eu’ feliz a qualquer custo, buscando a tal ‘felicidade’ em caminhos eivados de desrespeito para com o seu próximo.

    Tenho vergonha de mim pela passividade em ouvir, sem despejar meu verbo a tantas desculpas ditadas pelo orgulho e vaidade, a tanta falta de humildade para reconhecer um erro cometido, a tantos ‘floreios’ para justificar atos criminosos, a tanta relutância em esquecer a antiga posição de sempre ‘contestar’, voltar atrás e mudar o futuro.

    Tenho vergonha de mim, pois faço parte de um povo que não reconheço, enveredando por caminhos que não quero percorrer..

    Tenho vergonha da minha impotência, da minha falta de garra, das minhas desilusões e do meu cansaço. Não tenho para onde ir, pois amo este meu chão, vibro ao ouvir o meu Hino e jamais usei a minha Bandeira para enxugar o meu suor, ou enrolar o meu corpo na pecaminosa manifestação de nacionalidade.

    Ao lado da vergonha de mim, tenho tanta pena de ti, povo deste mundo!

    De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça, de tanto ver se agigantarem os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar da virtude. A rir-se da honra, a ter vergonha de ser honesto.”
    Rui Barbosa

  • Hélio

    AlexRio, concordo com vc! Pelo que tenho visto na imprensa, de modo geral, são pouquíssimos os casos em que se discute este assunto de forma técnica, jurídica, com os prós e contras dos tais embargos infringente. Criou-se um clime de histeria, na qual não se avalia os argumentos jurídicos para aceitação ou não destes embargos, mas se avalia somente se o ministro votou sim ou não. Se votou sim, ele é um petralha, traidor da Pátria, vergonha nacional, etc. Se votou contra, ele é um héroi nacional,íntegro, etc. O que eu acho mais interessante, é que em 2009, quando teve uma discussão entre o Joaquim Barbosa e o Gilmar Mendes, na qual o JB falou para o GM ouvir a voz das ruas, grande parte dos analistas políticos criticou de forma veemente o JB, falando que Justiça se faz baseada nas leis, e não no clamor das ruas. Agora, 4 anos depois, muitos destes analistas afirmam que os embargos devem ser negados, devido ao clamor da ruas…É complicado!

  • Anselmo

    Uma duvida, por pura ignorância, é possível com o “novo” julgamento se aumentar a pena imposta?
    Começa tudo do zero?

    A coisa é extremamente complexa, caro Anselmo. Se os infringentes forem admitidos, serão revistos apenas os pontos onde houve votação de 5 a 4 pela condenação. Quanto a esses pontos, sim, pelo que sei começa tudo de novo.
    Por isso a visível irritação, ontem, do ministro Gilmar, dizendo claramente que o Supremo não pode incidir num círculo vicioso: julgados os infringentes, os advogados entram com novos embargos — de declaração. A esses, quererão impetrar novos infringentes. A coisa não acabaria mais.
    Vamos aguardar.

  • MARA GONÇALVES

    Dr. Juiz Celso de Mello, peço em nome do povo brasileiro, tão iludido , tão enganado pela maioria dos políticos corruptos dessa país , que seu voto possa dar um basta em toda hipocrisia política dessa nação.
    Não temos educação, saúde, segurança, tudo isso diretamente relacionado, aos desvios de bilhões de reais que são e foram desviados por essa quadrilha do PT , que o grande interesse seria perpetuar no poder…e caso seu VOTO seja a favor desses recursos ..o PT e outros políticos continuarão nessa pratica do SATANÁS , roubando…e nosso PAIS será sempre essa praga de politicos corruptos..
    DEUS O ABENÇOE!

  • Leonardo Saade

    Lewandoviski e Dias Toffoli votam a favor dos interesses petistas, todo mundo sabe disso, e nem o petista mais cara de pau se esforça para negar. Infelizmente, os ” novatos” Barroso e Teori parecem estar seguindo o mesmo caminho. Barroso ao pronunciar seu voto não parecia estar justificando, mas se desculpando a sociedade brasileira pelo seu voto de aceitar os embargos. Disse que o Brasil não agüenta mais e espera o fim do julgamento, e o Supremo deve terminar logo, mas em seguida emenda que o Tribunal não ” pode ceder a pressão”. É cedo para nos julgarmos a nova dupla Barroso- Teori, mas pela estréia no julgamento do Mensalão, parece que eles vão acompanhar a dupla Lewandoviski-Toffoli.
    Dai podemos ver a necessidade de alternância no poder executivo. No inicio do governo petista, as escolhas para Ministros do supremo pareciam ser de ordem ideológica. Afinal Joaquim Barbosa sempre deu entrevistas se mostrando mais alinhado a posições de esquerda. Aires Brito também, inclusive sendo candidato a deputado pelo próprio PT na década de 90 . Mas isso nao interferiu no julgamento de ambos, e suas decisões foram feitas de maneira imparcial.
    Atualmente, as escolhas dos petistas para ocargo de Ministro do Supremo sao de candidatos alinhados ao interesse do partido , e não alinhamento ideológico. Mais um motivo a ser levado em conta,do estrago de se ter o PT por mais quatro anos no poder.

  • SergioD

    Caro SergioD, para um amigo do blog do seu quilate e de seu cavalheirismo, um pedido é uma ordem.
    Está feito!
    Abraço

  • Junin

    Calma Setti os portões do Rock in Rio se abriram e daqui a pouco começa o Big Brother, aí o zé povinho nem vai se lembrar do que é ou foi o mensalão e a república das bananas continua tudo na mesma com um povo que só quer saber de futebol, praia e carnaval. E vamos que vamos que as eleições estão aí e a presidente é favorita para mais um mandato e alegria da PTralhada. Meu Deus, onde vamos parar?????

  • Flaviano Figueiredo de Gouveia

    Muitos, acredito que por força das circunstâncias tornam-se bandidos. Deveras lamentável, ver aquele que chegou a instância maior da justiça compactuar com o crime, é sem palavras, sem nenhuma classificação

  • arilson sartorato

    Caro Ricardo, não acredito que o Zé Dirceu,poderá ter a pena aumentada,seria um milagre permancer a pena que já teve,mas acredito sim, que ele vai mesmo ter sua pena reduzida,caso os embragos da vergonha sejam aceito, e vai ficar uns poucos meses,confortávelmente no regime semi-aberto com todas as mordomias. Lamentável.-abraços.

  • Artur Souza

    Grande Reynaldo-BH! O leitor sempre chega ao fim de um texto seu mais inteligente e informado do que era antes.

  • Heleno Paim

    Depois de ter, em inúmeras oportunidades, durante o julgamento do mensalão, lavado nossa alma e honra cidadãs, aplicando aos criminosos e corruptos todos os adjetivos possíveis para enquadrar seus comportamentos delinquentes. se depois de tudo isso, repito, o ministro Celso de Melo livrar os meliantes da cadeia, votando pela admissibilidade dos embargos infringentes, ele estará chafurdando na lama em que se encontram alguns de seus pares da Corte Suprema deste país. Além disto, quando meus netos me perguntarem quem foi um tal de ministro Celso de Melo, eu lhes responderei que foi o ministro do Supremo Tribunal Federal, o Joaquim Silvério dos Reis do meu tempo, que deu o voto decisivo a favor dos mensaleiros corruptos e criminosos (palavras do tal ministro), livrando-os de penas mais pesadas, sobrando a alguns penas leves ou pena nenhuma e traiu o próprio Supremo, desmoralizando-o definitivamente, numa quadra da vida nacional em que este Supremo começava a ser respeitado pelos cidadãos deste país, onde a justiça, para o povão, só prende mesmo e celeremente os segmentos mais injustiçados deste país: pobre, preto e puta e alguns ladrões de galinha. Traiu também os ideais republicanos que tantas vezes e de forma ilustrada e veemente defendeu, pois, na verdade, no ocaso de sua atuação no Judiciário, a imagem que ficou é de ele agia como aquele cão que assusta as pessoas com seus latidos, mas cujo dono diz, para alegria dos petistas mensaleiros ou não: CALMA, ELE LATE MAS NÃO MORDE. É isso mesmo, não me conformarei nunca com este voto, se a isto o Celso de Melo se prestar, pois ao lesarem os cofres que guardam o dinheiro público, acabaram por me lesar, pois para estes cofres vão alguns milhares de reais meus por ano. Em função disto e por considerar ainda que todo dinheiro suprimido desavergonhadamente do erário nacional implica em menos benefícios sociais para nós cidadãos deste pais, principalmente para os mais pobres, eu EXIJO QUE OS LARÁPIOS SEJAM TRANCAFIADOS NO XILINDRÓ. Eu, cidadão lesado, só aceitaria uma única condição para que da cadeia se livrassem: se fossem inocentes. Mas como ficou provado que são culpados, CADEIA NELES e que o CHEFE dos chefes, que deve ter contribuído para que o placar empatado de ontem (5×5), vá para o mesmo lugar, quando se provar sua culpa que, para mim, é IMPLÍCITA E EXPLÍCITA. SOZINHO NÃO VOU PARA A RUA PROTESTAR E MUITO MENOS PARA BRASÍLIA, MAS SE ALGUÉM FOR, POR FAVOR, ME AVISE QUE IREI TAMBÉM. QUE A CIDADANIA SE PREPARE PARA ENTRAR EM LUTO. QUE DEUS E O CELSO DE MELO NÃO O PERMITAM, JÁ QUE NÓS, DENTRO DE CASA, INDIGNADOS MAS ACOMODADOS, O PERMITIMOS.

    Caro Heleno, o ministro Celso de Mello pode muito bem votar pela admissibilidade dos embargos — é disso que se trata, no momento — e, quando for julgá-los, votar contra, ou seja, manter a condenação dos bandidos mensaleiros.
    Uma coisa é uma coisa. Outra coisa, outra coisa.
    Abraço

  • RODOLFO H. NETO

    Olá Sr. Ricardo.
    Que a “bancada do PT” no STF foi formada, disso ninguém tem dúvida. Fica gravado com ferro quente na carne, que esta formação do STF perdeu toda a sua credibilidade. Não dá para acreditar na isenção dos Ministros PTistas (Lewandowski, Toffoli, Rosa Weber, Barroso e Teori. Eles mostraram claramente que estão pagando a dívida para serem indicados e nomeados para o STF. Será que eles não imaginam que a dívida É ETERNA? será que eles não sabem que vão sempre ser cobrados para votar a favor dos interesses dos mandantes do PT ? O Lula é que é, na verdade, o chefe da quadrilha (sim, é quadrilha) e deveria também ser investigado, processado e julgado. Não há nenhuma desculpa para que ele não seja. A teoria de domínio do fato deixa clara a sua culpabilidade (na minha opinião).

    Parabéns pelo seu trabalho.

  • Elesbão

    O “novato” já mostrou a que veio!!

  • Nuno Alvs

    O Supremo aparelhado deixa de ter utilidade para o país e passa a ser útil apenas para os companheiros apanhados em maracutais e mensalões. Doravante é pra isso que estamos pagando uma fortuna para ter justiça no Brasil e recebendo em troca a defesa entusiástica oferecida aos réus. Só eles se beneficiam do novo supremo aparelhado. Para os brasileiros decentes o Supremo não tem mais nada a oferecer. Pode perfeitamente ser extinto que não fará falta alguma.

  • Elesbão

    O PT acertou com esses novos mininitros

  • Elesbão

    PT

  • Fábio Almeida

    Caro, Ricardo Setti.

    Sou leitor assíduo do seu blog, várias vezes publiquei opiniões neste espaço e, na grande maioria das vezes, suas opiniões coincidiram com as minhas.
    Fico estarrecido, com os comentários existentes neste espaço por pura paixão ideológica, fanatismo político, como se estas imposturas tivessem mais valor do que a legalidade, o individualismo, a sociedade em detrimento do Estado. O que vem acontecendo no Supremo Tribunal Federal é muito grave, nem durante o regime autoritário o Supremo foi aparelhado para servir a grupos políticos. Estou envergonhado caro Setti, porque não vejo multidões se manifestando contra a canalhice, a mediocridade que está tomando conta do Supremo. E, não digo isso porque desejo a condenação dos mensaleiros, mas sim, porque mediocridades como Toffoli, Barroso nunca tiveram espaço no Supremo, porque quem tem um mínimo de conhecimento jurídico, sabe qual nulidade eles são na área. Os livros do Barroso, são de uma mediocridade terrível. E, o mais agravante não é eles e outra nulidades fazerem parte do Supremo, é estarem lá apenas para servir ao PT. Quando nem a mais alta corte de uma nação está livre de influências e interesses escusos e, é sinal de falência, de catástrofe.E, não estou aqui sendo apocalíptico, apenas afirmo porque se a Corte Suprema responsável por ser guardiã da Constituição e, como guarida dos cidadãos em última alçada, se converteu num anexo do PT, o que será de nós, de nossos filhos e netos? Ingressaremos num regime autoritário declarado? Quero dar-lhes os parabéns Setti, pois ainda há jornalistas no Brasil!! E, espero que também haja juízes!! Pois vc, assim como Reinaldo, os ministros Marco Aurélio, Gilmar Mendes, e tantos outros país afora, ainda tem demonstrado que há homens de bens nesse país e que desejam uma sociedade livre, com direitos e garantias que protejam o indivíduo contra a tirania do estado e dos outros. Forte Abraço!!

    Muito obrigado pelos parabéns, caro Fábio, e pela presença constante no blog, o que muito me honra.
    Se você está estarrecido com a pequenez de certos ministros do Supremo, imagine eu. Só pra você saber: meu grande e inesquecível Pai, que fez carreira de advogado no Paraná e depois se transferiu para Brasília, fez várias defesas orais perante o Supremo, conhecia os ministros de então e colaborou — sem receber UM TOSTÃO, porque tinha espírito público — na fixação das Súmulas de Jurisprudência do tribunal, a convite do ministro Victor Nunes Leal, um dos maiores juristas que já passaram pelo tribunal.
    Então, eu, ainda estudante de Direito, recebia, via meu pai, os impactos de como agiam os ministros naquela época, começo dos anos 60.
    Como estudante, também assisti a grandes julgamentos do Supremo.
    Depois, como jovem jornalista, fui encarregado, durante um tempo, da cobertura do Judiciário, que incluía o Supremo.
    E, santo Deus, comparando os ministros de então — pense num Nelson Hungria, num Victor Nunes Leal, num Hermes Lima (ex-primeiro-ministro do parlamentarismo), num Hahnemann Guimarães, num Ribeiro da Costa, num Antônio Villas-Boas, num Lafayette de Andrada, num Gonçalves de Oliveira — com os atuais… É de chorar.
    Abraços

  • AlexRio

    Charles A. – 13/09/2013 às 0:08
    “histeria beócia e desinformada” é uma maneira de dizer que todos os que discordam do AlexRio ou que são contra a ditadura petista”
    Não, beócio e desinformado é chamar o governo de “ditadura petista”. Na verdade, isso nem é desinformação, é uma bobagem xiita.
    ———–
    celso calixtro – 13/09/2013 às 9:07
    “Alex Rio, realmente vc tem um lado: o lado do direito mas vc deve ser sinistro/”
    Não, eu só não sou fanático nem histérico.
    ————–
    Artur Souza – 13/09/2013 às 10:01
    “Como alguém pode dizer que o STF não está aparelhado se todos que acompanham o julgamento do mensalão sabiam de antemão qual seria o voto de Lewandovski e o de Toffoli, sempre a favor dos acusados?”
    Tbém todos que acompanham o julgamento sabiam de antemão qual seria o voto do Gilmar Mendes, qual é ponto aí? E pq o proprio Barbosa, Weber, Carmem, Fux, todos indicados por Lula e Dilma votaram pela condenação? Todos “petistas” ? Isso é uma besteira.

    ———–
    Bruno Sampaio – 13/09/2013 às 0:23

    “Vai me dizer que o STF nao foi aparelhado? Vai defender o Toffoli, que nem em concurso passou? Lewandowski e a cereja do bolo, Barroso, defensor de Battisti?
    Me lembre de nunca comprar um carro usado de voce.”
    Não defendo ninguém, apenas alerto para a histeria e as ofensas beócias lançadas contra os juizes da suprema corte, pq não fazem o que vcs querem. Não defendo nem o Gilmar Dantas que deu um habeas corpus pro Cacciola fugir do pais nem o Marco Aurelio que eu outro pro Roger Abdelmassih, cindendio a 278 anos de prisão por estupro, sumir tbém. e vc?
    Se comprar um carro usado meu, vai recebe-lo em melhores condições que se comprar da mão de qualquer politico que defende aqui.

    ———-
    o desPTtizador – 13/09/2013 às 8:05
    Se é assim, o “aparelhamento” existe desde sempre e não só agora, o modelo é o mesmo, não foi inventado pelo PT.

    —–
    Luiz Pereira – 13/09/2013 às 8:45

    Isso é só um insulto seu a dois homens de bem, com muito mais saber juridico que vc possa alcançar na vida, que apenas não votam como vc queria q votassem. Simples.
    ——–
    Tudo é fruto de uma histeria coletiva dos anti-pt-seja-o-que-ele-fez, incensada pela midia corporativa há dez anos. Tudo isso é apenas luta ideologica.

    Pessoalmente, queria ver esse caso fechada quarta feira com todos em cana de uma vez, ninguém aguenta mais a novela. Ao mesmo tempo, reconheço perfeitamente que varios juizes ali tenham um entendimento conflitante sobre os embargos, sem q com isso sejam “aparelhados do PT, que é ridiculo e ofensivo. Coisa de gente fanatica e histerica, que que arvora em arauto da “vontade do Brasil”. A vontade do Brasil sério é que tudo seja feito conforme as leis. Somos uma democracia. Se entenderem q deve haver novo julgamento, que o façam, isso nada tem a ver com inocentá-los. Não faço parte de nenhum rebanho bovino. Me expresso pelo meu entendimento pessoal dos fatos, depois de ler TUDO sobre ele, de todas as fontes de pensamento. Capisci?
    ———–

  • AlexRio

    Bruno Sampaio – 13/09/2013 às 0:23
    “Vai me dizer que o STF nao foi aparelhado? Vai defender o Toffoli, que nem em concurso passou? Lewandowski e a cereja do bolo, Barroso, defensor de Battisti?
    Me lembre de nunca comprar um carro usado de voce.”
    Não defendo ninguém, apenas alerto para a histeria e as ofensas beócias lançadas contra os juizes da suprema corte, pq não fazem o que vcs querem. Não defendo nem o Marco Aurelio que deu um habeas corpus pro Cacciola fugir do pais nem o Gilmar Dantas que deu outro pro Roger Abdelmassih, condenado a 278 anos de prisão por estupro, sumir tbém. e vc?
    Se comprar um carro usado meu, vai recebe-lo em melhores condições que se comprar da mão de qualquer politico que defende aqui.


    no caso desta resposta ao Bruno, os habeas corpus da msg original foram invertidos em quem deu o que.

  • AlexRio

    E aos reaças xiitas e fanáticos, deixo como minha a resposta do Setti a um comentario abaixo:

    “Caro Heleno, o ministro Celso de Mello pode muito bem votar pela admissibilidade dos embargos — é disso que se trata, no momento — e, quando for julgá-los, votar contra, ou seja, manter a condenação dos bandidos mensaleiros.
    Uma coisa é uma coisa. Outra coisa, outra coisa.”

  • neide maria sene cortez

    Querem que o Brasil copie Cuba? Em que deu certo aquela mísera ditadura?
    Povo atrasado e pobre. Até na aparência: mal cuidados,mal nutridos sem liberdade.
    Esse Dirceu deve achar ideal, claro é o homem de duas caras!

  • toninho malvadeza

    Escritório do MINISTRO BARROSO,faturou 2 MILHÕES em agosto,…SEM LICITAÇÃO !(blog de Rodrigo Constantino)

  • toninho malvadeza

    Assim como Artur Souza,digo que é gratificante e instrutivo ler Reynaldo-BH.

  • Obed Batista

    senhores ministros, salvem a pátria e o estado democrático de direito

  • Charles A.

    Setti,o AlexRio está aparelhando o seu blog. Chuto que ele deve vir lá da esgotosfera ninja ou coisa assim. A ditadura petista quer intimidar a tudo e a todos, mas vai acabar engolida pela própria mediocridade e pela imbecilidade crônica.Cada vez que me dizem que petistas ou o apreciador de caninha lulla são inteligentes ,respondo que esperteza é coisa de símio.Eu jamais disputaria com um chimpanzé a capacidade de equilibrar-se pelo rabo e de enfiar a mão na bolsa dos distraídos .De cada dez palavras que você escreve,09,como os dedos do patrão,são pura bobagem sem fundamento;a que resta é “histeria”. Você usa muito “histeria” e “xiita”. É preocupante…

  • Charles A.

    O meu último comentário(22:48) saiu sem a devida correção.O “você” do final do texto refere-se ao AlexRio e não ao brilhante jornalista Setti.

  • Ana Maria B de Miranda Jordao

    “O triste do julgamento, ate agora, foi constatar o aparelhamento escandaloso do STF pelo “estado LulaPetista.”.. A acrescentar a competência na premeditação desta condição para garantia da impunidade que os autores , a “quadrilha ” se prometia sabendo, de antemão , os crimes programados que iriam praticar ….

  • Marilene L'Abbate - São Paulo

    Calma lá, Marilene, minha cara. Não publico comentários celebrando e festejando a morte de quem quer que seja.

  • AlexRio

    Charles A. – 13/09/2013 às 22:48
    “Setti,o AlexRio está aparelhando o seu blog”

    hahahahah q coisa mais ridicula.. hahaha

  • AlexRio

    Charles A. – 13/09/2013 às 22:48
    “De cada dez palavras que você escreve,09,como os dedos do patrão,são pura bobagem sem fundamento;”
    Vc não é capaz de debater os argumentos, colega, só faz despejar chavões e chavões. Me dá preguiça. Gostaria de ter um oponente mais intelectualizado, conhecedor dos fatos e mais ponderado, se histerismos. Sds.

  • Helio

    Não sei se vocês sabem, mas o ministro Celso de Mello não é exatamente, um poço de coerência! Certa feita, em votação de ação que envolvia o ex- Presidente Sarney, ele, ao pronunciar o [
    ultimo voto, votou contra o Sarney, só porque a Folha de São Paulo já havia contabilizado o seu voto, como a favor do Sarney. O então Ministro da Justiça, Saulo Ramos, devido a este episódio classificou Celso de Mello como um “juiz de merda”.TODO MUNDO SABE DISSO!!!!!!!!!!

    O dr. Saulo Ramos, que era meu amigo pessoal, como foi durante décadas amigo de meu inesquecível Pai, tinha o ministro Celso de Mello como desafeto, por razões que ignoro.
    Então, não sei se ele teve a necessária distância para julgar o ministro neste episódio.

  • Lorena Silveira

    Sobre VEJA, dirija-se a quem de direito: o diretor de Redação, Eurípedes Alcântara, cujo e-mail é veja@abril.com.br

  • Marco Moraes

    Não publico ofensas e acusações sem provas, caro Marco. Critique, mas não ofenda. Você me desculpe a franqueza, mas este blog não é lata de lixo.

  • Maria Jose

    Mas já não teve 11 juízes julgando?
    Seriam 11 instâncias.
    O que mais se quer.
    Os crimes existiram, em proporção à gravidade deles as penas foram muito leves.
    Esperar mais o que?

  • Marilene L'Abbate - São Paulo

    INFELIZMENTE, caro Setti, você não está pronto para apreender as Verdades Universais. Scusi por ter invadido o seu democrático espaço. Escolho respeitar o seu livre-arbítrio. Que pena! Investi tanto… Os fatos futuros comprovarão o meu esforço. Localizei o irmão Gushiken, no Plano Astral, já conscientizou-se dos erros cometidos, e prepara-se para a nova experiência-de-vida: um esforçado padre.

  • Roberto Ribeiro

    Eu, Roberto Ribeiro na certidão de nascimento, gay e militante gay, fico fu-ri-o-so(a) porque este blog não aborda o tema central da minha vida: ser gay e os direitos de nossa comunidade.

  • Fábio Almeida

    Caro Setti, quanta honra sua, ter acompanhado de perto, grandes juristas no STF, como o Nunes Leal, autor de um livro importante – Coronelismo, Enxada e Voto. Sou formado em direito, tenho mestrado, mas abandonei o direito e estou me dedicando a economia (terminando a graduação) e cursando um mestrado em literatura, ando estarrecido com os rumos do nosso país e, muito desiludido com os rumos da ciência jurídica no nosso país. Acompanho de perto todos os debates a respeito do julgamento do Mensalão e, cada vez mais fico desiludido. Estou apreensivo, com o voto do decano Celso de Mello, na minha modesta opinião, o mais preparado da Corte, pois pode sair como Judas, apenas por convicção, pois acredito na independência do mesmo. E, os principais culpados por isto estão no Planalto, no submundo ou em São Bernardo. Abraços

    PS: Adorei seu livro com o Llosa, de quem, já li quase os todos os livros com especial prazer!! Obg por este presente!!!

    Quem agradece sou eu, caro Fábio, por comentário tão gentil.
    De fato tive o privilégio de conhecer alguns grandes mestres do Direito. Alguns deles, vários, foram meus professores, graças a Deus.
    Também estou apreensivo com o julgamento. Acredito que vá ocorrer o seguinte com o ministro Celso de Mello — que, tal como você, considero o melhor de todos do STF. Ele vai votar a favor da admissibilidade dos infringentes mas, na hora de votá-los, manterá a punição que aplicou aos mensaleiros.
    Na melhor das hipóteses, portanto, teremos ainda um longo caminho pela frente até vermos o final deste julgamento tão importante.
    Mas vamos em frente.
    Um abração

  • Marconi Martins Pinheiro

    – O voto favorável aos réus ensejará a infringência à ética e aos bons costumes da moral e da razão, mas não deverá ser debitada ao ministro Celso de Mello, em particular, mas ao próprio STF, posto que, o ministro simplesmente complementará a quantidade mínima dos votos já registrados para beneficiar os acusados. Ou seja, não foi ele quem decidiu. O resultado revela o retrato da suprema corte brasileira – em média e maioria – devedora do favor do governo que a nomeou.

  • pierre

    Caro Setti:
    Na quarta-feira,o ministro Celso de Mello vai,com certeza, embargar os infringentes da lei!
    E a sociedade ficara mais limpa,mais higienizada!
    Agora, Voce poderia higienizar o seu blog, não só embargando como acionando a descarga, nesse miliciano bostinha,cagado pelo lullopetismo, denominado alexrio!

  • Renato Tanzi

    Então, em sua opinião, apenas os que votam contra o direito à reavaliação das penas são independentes? Gilmar Mendes, Barbosa e Marco Aurélio são independentes? É esse tipo de análise que descredencia jornalistas e suas empresas. É uma pena. Preferiria uma análise menos comprometida e mais independente.

    Este é um blog de OPINIÃO.
    Durante mais de quatro décadas como jornalista — repórter, redator, editor-assistente, editor, redator-chefe e diretor de Redação –, pratiquei o jornalismo mais isento possível.
    Agora, como colunista, escrevo o que PENSO. Dou minha OPINIÃO.
    E sou independente, sim — de partidos, de ligações com políticos, de comprometimentos econômicos.
    Este blog, portanto, é um blog de OPINIÃO, não de reportagens.
    É um jornalismo de OPINIÃO, válido e existente em qualquer país civilizado.
    E, sim, tenho um lado: o lado do Estado de Direito, da ORDEM — decorrente da aplicação firme e dura das leis a quem as viola –, da liberdade de expressão, do pluralismo, da aceitação dos contrários, do livre debate de ideias, da abertura comercial do país ao mundo, do empreendedorismo, da livre iniciativa — enfim, de tudo que o PT está ameaçando varrer do mapa “neztepaiz”.
    Assim sendo, OPINO que determinados ministros, colocados no Supremo NO CURSO DO JULGAMENTO, lá estão com o firme propósito de não punir os salafrários envolvidos no escândalo do mensalão.

  • Lago Gonçalves

    TODOS SABEMOS QUE O NEFASTO PT QUE PROTAGONIZOU INÚMEROS ESQUEMAS CRIMINOSOS, roubo na pref.Sto.André, Petistas aloprados presos num hotel c/R$1.750.000 p/comprar dossiê falso contra Serra, pagto. de 10 milhões de dólares ao D.Mendonça em conta no exterior, cfe.confissão do próprio marqueteiro, escandalo rosemari, bancoop, superfaturamento de obras públicas, etc.,etc., MENSALÃO, É APENAS UM DELES.
    Já livraram o mega corrupto Lula e agora querem livrar todos?
    Não aceitaremos, pois milhares de brasileiros mofam nas prisões por extraordinariamente menos.
    FORA PT, o partido mais corrupto e impune do Brasil!

  • Fábio Almeida

    Caro Setti, suas ponderações mostram-se apropriadas. Vamos aguardar até o voto do decano do tribunal e, ver o que acontece. Abraço Setti!!

  • Nilson

    Inicialmente, gostaria de parabenizar o Ricardo Setti pelo sucesso do seu Blog. Independente, irresignado e transparente.
    Eduardo Juan Couture já dizia que quando o direito conflitasse com a justiça que lutasse pela justiça.Espera-se, que ao votar, o brilhante ministro Celso de Melo se lembre do Couture.
    Ao contrário do que muitos apregoam, o STF tem sim compromisso com a sociedade, não basta tomar decisões com alegações legalistas e que fomentam a impunidade, colocando-se frontalmente contra os interesses sociais. Os valores defendidos pela sociedade devem estar em consonância com os valores defendidos pelos seus Tribunais Superiores.
    Todos são testemunhas da luta que vem sendo empreendida por muitos contra a corrupção nesse país e espera-se que as instituições ligadas a Justiça façam parte dessa luta. Não devemos esquecer que quando o desencanto tenta nos vencer, quando tudo escurece e o desânimo nos ameaça é à Justiça que recorremos como a última esperança.

    Caro Nilson,

    Obrigado por seu comentário e por suas palavras generosas.

    Um abraço

  • Fernando

    Caro Setti, subindo alguns níveis e observando alguns anos adiante, o que restara à classe média empreenderora/trabalhadora com essa parcialidade toda do EStado Brasileiro?
    Dê uma lado a massa popular brasileira dominada por bolsas “fiquem e casa”, problemas sociais e algumas doses de circo e por outro uma elite toda cooptadade e criada e parceira, permissivoa emvendida tal qual alguns membros da
    corte já citados.
    O que vc diria ao jovens deste país?
    O podemos ou deveríamos fazer por este Amado País e por nós mesmos?

  • moacir 1

    Prezado Setti,
    Peço-lhe desculpas pela falta de elegância,mas não consigo deixar de perguntar: Eu não disse?
    Na realidade comentei por aqui,em dezembro passado, o que segue:
    * que os 4 votos em favor dos réus em várias condenações possibilitaria que suas defesas,entrassem com os embargos infringentes.
    * que o Ministro Relator poderia não acatá-los
    * que,sendo assim, as defesas poderiam entrar com o tal do embargo regimental,o que levaria a matéria a ser votada em Plenário
    * Que devido a nova “demografia” do Pleno,por conta da chegada de 2 novos Ministros,os embargos infringentes poderiam vir a ser abrigados no STF
    * que poderia vir a ocorrer um novo Julgamento,com outros Relator e Revisor ,inclusive.
    * que a Lei 8.033/1990,não revogara IPSIS LITTERIS o inciso I do artigo 333 do Regimento Interno do Supremo,o que, portanto,abriria espaço – pelo menos – para as tais das “interpretações”,pois seria na Ação 470 que a controvérsia seria enfrentada no âmbito penal,pela primeira vez.
    Nada do que está ocorrendo,como se pode verificar, é novidade.Num dos últimos debates do site da Veja sobre o Mensalão,o advogado convidado ( Dr Podvan,se não me falha a memória)respondendo a diversas questões feitas pelo Augusto Nunes,
    deixou tudo isso mais que claro. A possibilidade de um novo julgamento,apenas não foi muito repercutida.
    Também me parece mais do óbvio,ser atribuição da PresidentA indicar novos Ministros para o STF,aprovados pelo Senado Federal ,numa sabatina via de regra aveludada.Estranho seria que tais ministros não tivessem a cara della.
    Trabalhando demais,não pude assistir aos votos. Apenas li seus resumos. Não sou advogado.mas pelo que consegui ler e apreender,o voto mais cirúrgico foi aquele da Ministra Carmem Lúcia.Afinal de contas,não se pode – e nisso devem concordar a direita raivosa e a esquerda virtuosa – abrir mão da isonomia Constitucional.O mais contraditório foi o do Ministro Teori ,que originário do STJ,tribunal no qual os infringentes já faleceram,os pretende eternizar no Supremo.E a isonomia como é que fica,Ministro?
    Os Ministros Lewandowsky e Toffoli,na quarta feira foram nossos velhos cumpanheiros de sempre -um sibilino o outro tosco.A Ministra Weber também não nos surpreendeu.Quanto ao Ministro Barroso vai demorar a despir o terno de advogado de defesa e incorporar a toga de juiz.Exótica a avaliação do caçula da turma,de que seria casuísmo o enfrentamento da sobrevivência ou não dos embargos
    infringentes,no momento em que pela primeira vez a questão é votada numa Ação Penal originária.
    Entendo que os problemas devam ser encarados e resolvidos quando se apresentam,e não antes ou depois.
    Ficou claro que os Ministros Gilmar Mendes – num voto retumbante – e Marco Aurélio – num desabafo irônico – ambos longos, postergaram para a próxima quarta-feira, o voto de Minerva do Ministro Celso,o qual segundo o mesmo já estava pronto.
    Como votará Celso de Mello? Para mim, o mais preparado dos nossos Ministros e aquele que em votos magistrais e doutos condenou veementemente os réus e re-proclamou a República, irá votar a favor dos embargos infringentes.
    E vale aqui,repercutindo o comentário do Hélio mais abaixo,lembrar que foi o próprio Doutor Saulo Ramos,no seu livro Código da Vida ,editado pela Planeta,quem afirmou – mais precisamente na sua página 170 – narrando um diálogo entre ele mesmo e Mello ( foi o Dr. Saulo Ramos quem defendeu, perante Sarney, a indicação do jovem Celso para o STF ) ter-lhe declarado o segundo haver votado contra a questão do domicílio eleitoral do então Senador Sarney, pelo Estado do Pará,porque:
    ” A Folha de São Paulo,na véspera da votação,noticiou a afirmação de que o Presidente Sarney tinha os votos certos dos ministros que enumerou e entre eles citou meu nome como um deles.”
    A reação do Dr. Saulo Ramos a essas palavras não foi muuuuito cordial, na mesma página.
    C-o-m-p-l-i-c-a-d-o!
    Então,atenção Veja ,O Globo,Estadão,Época,jornais e revistas não dependentes do Estado-Babá,e conhecidas por Mídia Golpista: o negócio
    é publicar na véspera do parto,que o prezado Ministro Celso irá perpetuar o Julgamento!
    De resto, cabe aqui a reflexão de que não está nos ombros de Celso de Mello,a salvação ou a morte da
    Justiça e da democracia no Brasil.
    Esta responsabilidade é nossa.Pois são os nossos votos que elegem os que governam,os que legislam e os que julgam na mais alta Corte,vez que são os ministros do STF escolhidos pelo Presidente do Brasil.São votos brasileiros os autores das nossas bizarras Instituições.Que sejam do jeito que forem,haja o que houver,decidam como decidirem,deverão ser respeitadas.
    Abraço

  • Adriana

    O Judiciário somente será independente quando não houver interferência nas escolhas dos ministros.
    Ministros devem ser nomeados pela competência e não pela conveniência de um partido político.
    Precisamos de um Judiciário eficiente e pratico. O que esta prestes acontecer será uma grande decepcao para a sociedade brasileira com serias consequencias nefastas para a nacao.
    Que Deus ilumine o Ministro Celso de Mello em seu julgamento, permitindo lembrar que todo o homem que teve a possibilidade de mudar uma historia de uma nacao, so o fez munido de coragem e com a consciência do bem coletivo.

  • marcelo aranha sousa pinto

    Filósofa russa Ayn Rand :
    “Quando você perceber que, para produzir, precisa obter a autorização de quem não produz nada; quando comprovar que o dinheiro flui para quem negocia não com bens, mas com favores; quando perceber que muitos ficam ricos pelo suborno e por influência, mais que pelo trabalho, e que as leis não nos protegem deles, mas, pelo contrário, são eles que estão protegidos de você; quando perceber que a corrupção é recompensada, e a honestidade se converte em auto-sacrifício; então poderá afirmar, sem temor de errar, que sua sociedade está condenada.”

    Ayn Rand nasceu em São Petersburgo em 1905

  • Marcos

    Eisntein e a internet me ensinaram que o universo e a tolice humana são infinitos.

  • Junin

    Nosso ultimo suspiro em ver um Brasil melhor e mais ético seria o julgamento do mensalão, deram a relatoria para um Juiz sério, competente que chegou à magistratura por méritos próprios, um intelectual na concepção da palavra. Um jurista que entende sua função na defesa da constituição e das leis.
    Ao mesmo tempo deram a revisão a um digamos, “simpático à causa dos PTralhas” que chegou ao STF pelas mãos da Primeira Dama, Marisa Letícia, que entrou muda e saiu calada. A fórmula certa para o desastre. Ou para a maracutaia, o revisor segurou o inicio do julgamento tempo suficiente para que durante o processo dois ministros não alinhados ao governo entrassem em aposentadoria na marra, e essa manobra daria tempo de que fossem colocados dois novos “amigos do Rei” para ajudarem na impunidade. Deu no que está dando, dos 25 réus julgados, todos os que não são políticos, ou não eram inocentes pelo próprio processo, se arrebentaram, vai ser cana dura de 10, 12, até 40 anos para essa turma. E para os cumpanherus, inventaram algumas chicanas morais, colocaram suas máscaras e manobraram o julgamento da maneira que bem entenderam para desespero dos Brasileiros que acreditavam em punições e alegria dos “mesmos de sempre”.

  • Guilherme Coutinho

    Uma condenação aos mensaleiros não é importante, criminosos sempre terão sua platéia. O importante é não condenarmos o nosso futuro. Nos últimos vinte anos temos visto uma transição em nossos costumes,cultura, família, política e na educação. Saúde, ora bolas para que, se não teremos uma aposentadoria honesta para aproveitarmos um pouco daquilo que realizamos.
    Nossos brasileiros e brasileiras de hoje são o fruto deste processo melancólico, degenerado e em decomposição.
    Eu tenho pesadelos, onde me vejo tentando resgatar o brasileiro e brasileira de bem, alguns tantos com uma couraça de tartaruga outros tantos com um ferrão de uma vespa, me sinto impotente, ou repelido. Acordo, e do horizonte não tão distante, vem um som, um grande alarido, um barulho, um desejo inconfundível de ruptura. Ruptura com este sistema podre de inverdades, de falsa história e de negação de um BRASIL com B maiúsculo de BRASILEIROS.
    A lei, deve preservar o futuro?
    Vejo que nossas leis querem preservar o passado, pois para o futuro, outros deverão se encarregar dele.

    Outros quem?

    Aqueles monstros que estão em gestação?
    Ou de seus pais que nos deram este sistema faz de contas?
    Quem elegeremos como o próximo arauto……bem…. se não ainda não acabou… ainda não chegamos no fim. A humanidade só tem 15 mil anos…..

  • Netho

    O que se espera do ministro Celso de Mello é um voto exaustivo – beneficiado pelo fato de que o Decano tem à disposição os fundamentos de todos os votos que o antecederam -, devidamente calibrado para fixar a necessária jurisprudência a respeito da matéria, isto é, o cabimento ou não dos embargos infringentes, tanto no caso em espécie quanto nos demais, quer em matéria penal ou não.
    Não paira dúvida de que foi do Decano a lavra do voto mais duro e contundente contra os denominados “mensaleiros”(na expressão do grande picareta Roberto Jefferson), sem se perder em palavrório proselitista utilizado pelo menos por dois ministros, na semana passada.
    O Decano demonstrou, pelo menos durante todos os trabalhos da Corte Suprema, que se inclina tão-somente ancorado na independência do seu voto e não se dobra, nem pelos gritos vindos das vozes roucas das ruas, e muito menos àqueles originários do próprio Pleno.

  • marcelo aranha de sousa pinto

    1. ) No Brasil, as instituições se organizam com base no pluralismo político e existe a noção de que todos os partidos têm o direito igual de exercer o poder.

    2.) Existe um discurso do Partido dos Trabalhadores, de cunho utópico, em que o próprio PT representa o futuro, representa a vontade do povo contra a elite, a realização da história do Brasil. Esse discurso se choca com o fundamento antiutópico da democracia.

    3.) Nesse fundamento, nenhum partido tem a verdadeira história. Os partidos podem ter, no máximo, verdades circunstanciais de momento, maiorias políticas geradas por eleições que revelam o que eles têm: uma verdade temporária, efêmera, que vale por um mandato.

    4.) O discurso do PT colide com esse conceito, já que afirma uma verdade transcendente, uma verdade que ultrapassa a circunstância eleitoral. A existência desse partido não muda o sistema político brasileiro, que continua sendo democrático e pluralista.

  • Guilherme Coutinho

    Falando em prosopoéias decanas… No começo os escravos vinha d’áfrica para o BRASIL, como escravos para as lavouras de cana de açúcar, para o garimpo expropriatório, entretanto, uns já tupiniquins os ensinaram a serem artesões na cutelaria, relojoaria,sapataria ou em outras atividades laborais da época uma grande melhoria para aqueles incultos escravos. Hoje, o governo evolui… importa escravos já com um diploma de médico…. futuros coveiros deste país.

  • Plínio Sgarbi - Jaú.sp.

    E quanto a legitimidade das leis aprovadas com a influência do Mensalão?
    Na decisão do Ministro Celso de Mello sobre “Embargo infringente” no regime interno do STF, em seu voto, creio que caberia considerações que o Mensalão influenciou importantes votações no Congresso Nacional, dentre as quais a reforma tributária, a reforma da Previdência e a Lei de Falências, que coincidem exatamente com os momentos em que ocorreram os maiores repasses de dinheiro.
    Seja qual for o voto do Ministro Celso de Mello, porém, não se pode negligenciar a defesa da possibilidade de se declarar a inconstitucionalidade de uma lei, caso sua motivação fosse contrária à Constituição – como exemplos, a utilização da exposição de motivos dos projetos de lei como fundamento de decisões e a análise de mérito da urgência, no julgamento de medidas provisórias. O Mensalão acarretou inconstitucionalidade por vício de decoro parlamentar, já que, nos termos do art. 55, § 1.º, CF/88, “é incompatível com o decoro parlamentar, além dos casos definidos no regimento interno, o abuso das prerrogativas asseguradas a membro do Congresso Nacional ou a percepção de vantagens indevidas.
    Estariam maculados os direitos políticos fundamentais do cidadão, a representatividade democrática e a soberania popular, pois a exigência constitucional do decoro parlamentar representa justamente a ligação que subsiste entre o eleitor e o eleito, durante o mandato parlamentar.
    A corrupção de apenas alguns congressistas já seria perfeitamente suficiente para alterar o resultado das votações, tornando desnecessária a exigência de que fosse corrompida a maioria absoluta do Congresso. Um esquema tão bem organizado não investiria tanto em meras possibilidades.
    Assim como trouxe o tema sobre infringentes, defendendo a validade desse tipo de recurso que permitem novo julgamento, também, vale lembrar que o próprio ministro do STF, Celso de Mello, havia levantando a possibilidade de nulidade das leis aprovadas sob a influência do Mensalão. Como a corte julgou ter havido compra de votos de deputados, ele citou que as leis aprovadas com a presença de réus poderiam estar viciadas.

    Plínio Sgarbi- Jaú.sp.

  • Marcos

    o ministro barroso passará á história como o garoto de recados da maior quadrilha que esse país já viu!

  • Sérgio Luís

    A questão é: O Ministro pode se aposentar de uma forma honrosa, depois de anos prestando bons serviços a Nação ou, manchar sua biografia.

  • Jerônimo

    Sou pela não aceitação dos embargos, principalmente porque o STF precisa virar esta página triste da história do Brasil. O interessante é que se fosse algum outro político, todo o PT (Genuíno, Dirceu, Marta, João Paulo, Lula e outros tantos que não me vem os nomes) estaria brandindo a bandeira da moralidade. Como são eles, tentam se passar por vítima. Isso é o Brasil.

  • GPAULO

    Ministros tendenciosos como Levandowisk e Toffoli, não deveriam participar com seus votos deste julgamento. Se tal tivesse ocorrido não estaria sendo discutidos os infringentes. Como uma Lei derrubou no STF parte do seu regimento, não se admite que se queira ao contrario. Cabe ao Decano levar para sua aposentadoria a verdadeira justiça que é punir todos aqueles que cometeram crime, não admitindo que tais embargos se admitidos venham enlamear a suprema corte. Preocupa-me um movimento popular a nivel nacional de grandes proporções contra o Judiciário, caso procrastine este julgamento admitindo que uma lenga lenga se estenda ate´os anos 14,15 etc. Favorecer corruptos é rasgar do nosso simbolo a palavra ORDEM.

  • HAROLDO

    Como é que pode um ministro virar capacho de petistas, será que não se preocupam com sua biografia, com seus filhos ou netos.Serão julgados pela postura e ética, a historia não perdoa, será que se lambuzarão na sarjeta onde moram os fossilizados, apontados como meros instrumentos de uma súcia de inconformados com a justiça?

  • Waldisar Queiroga e Silva

    O Ministro Decano Celso de Mello poderá até votar com convicção tortuosa do direito posto, e acatar os embargos “infringentes”. Os cânones jurídicos indicam o não acatamento.
    Contudo, se pensa que irá participar do julgamento do que daí resultar, está muito equivocado, pois os chicaneiros plantados no STF protelarão a mais não poder, uma nova chance deste renovado julgamento.
    Estará aposentado e se viver muito tempo, o que desejo, não verá na história “deste país” nenhum resquício da AP 470, vez que o mesmo será “embargado” e atirado à imundície PTralha a qual festejará a impunidade.
    Naufragarão o STF e a Justiça juntos, decretando por sentença o luto do Povo de Bem!
    Que a nação brasileira não veja o acatado Ministro encontrar-se com a Juíza dos homens, a História, de maneira nada lisonjeira e em descompasso com sua biografia.

  • Corinthians

    Setti,
    Será que os que hoje defendem com unhas e dentes os embargos infringentes para os mensaleiros petistas irão defender a utilização do recurso no caso de Eduardo Azeredo ?

    Excelente pergunta, Corinthians. Mas eu não gostaria que houvesse essa possibilidade, embora acredite que, sim, Celso de Mello votará a favor dos infringentes. Na hora de julgar o mérito deles, será duro com os mensaleiros. Só que isso vai demorar sabe Deus quanto.
    Cada vez sou mais cético quanto ao Brasil ter jeito, pra lhe dizer a verdade…
    Abraço

  • Plínio Sgarbi - Jaú.sp.

    Dizia Pascal, que o contrário de uma verdade profunda pode não ser um erro, mas outra verdade profunda.
    Considerada como medida casuísticas dos governos militares, quando começava a perder força, tínhamos então a figura do senador biônico, criada pelo então presidente da República, Ernesto Geisel. Eram prefeito de capital biônico, governador biônico e senador biônico, figuras públicas escolhidas pelas Forças Armadas para supostamente garantir a lei e a ordem.
    De militares de ontem aos militantes de hoje, a verdade é que sempre se conseguiu (e se consegue) aparelhar o STF ao modelo constitucional de “QI” dos ministros do STF onde se possibilita que o (ou a) Presidente da República escolha os membros que comandarão o Judiciário.
    Quem dos Ministros Biónicos da nossa Suprema Corte pode ser verdadeiramente rotulado como “portador de notório saber jurídico”?

  • Guilherme Coutinho

    MUDAS QUAE SERA SERA TAMEM
    CAP. I –
    NOSSOS MÉDICOS SÃO INCOMPETENTES – São incompetentes por não saberem fazer um diagnóstico de sua situação de brasileiro, são incompetentes por não saberem cantar o nosso hino nacional, são incompetentes por levar um tratamento pior que a doença que o paciente lhes apresentou, são incompetentes por se sujeitarem, mesmo com todo o seu estudo, a viver num país tão maravilhoso sem conhecer estas maravilhas; com por exemplo o nosso povo. Nosso povo não é socialista, não é comunista muito menos um povo democrático,AINDA. Nosso povo é humano, cordial, amistoso, trabalhador, que esta sendo ludibriado pelo dinheiro fácil e sem trabalho, sem responsabilidade tendo como guia e palavras de ordem do MAL “eles também FIZERAM”.
    NOSSOS MÉDICOS SÃO INCOMPETENTES por não defenderem que todos são iguais perante a LEI.
    O REVALIDA é um ordenamento moral e ético a que todos os profissionais, NÃO TUPINIQUINS, ESTÃO OBRIGADOS a prestar como uma forma de ser inserido nas nossas GARANTIAS CONSTITUCIONAIS, apenas isto.
    NOSSOS MÉDICOS SÃO INCOMPETENTES por seguirem falsos profetas e não verem o engodo.
    NOSSOS MÉDICOS SÃO INCOMPETENTES por não exigirem um tratamento igualitário para todos que vierem exercer no BRASIL a MEDICINA, com MELHORES CONDIÇÕES DE TRABALHO E UM PAGAMENTO JUSTO.
    NOSSOS MÉDICOS SÃO INCOMPETENTES POR COLOCAREM UMA VENDA E ACEITAREM O NOSSO PAÍS SE MANCOMUNAR COM UM GOVERNO CASTRISTA TIRÂNICO, ESCRAVAGISTA, ANTI-DEMOCRÁTICO E COM AS MÃOS SUJAS DE SANGUE.
    SILVÉRIO DOS REIS TEVE O SEU PROPÓSITO, ASSIM COMO O NOSSO MINISTRO CELSO DE MELO, OU AINDA O PRÓPRIO JUDAS ESCARIOTES… FORAM INOCENTES ÚTEIS.

    NOSSOS MÉDICOS SÃO INCOMPETENTES PORQUE NÃO LUTAM CONTRA AS FORÇAS DO MAL….. O MAL SE ELEGE PELAS NOSSAS LEIS, MAS O MAL GOVERNA PELAS SUAS PRÓPRIAS LEIS.
    NOSSOS MÉDICOS SÃO INCOMPETENTES POR NÃO LUTAR POR UMA NOSSA VITÓRIA, E QUE DEVERÁ SER PELA TOTAL DISTRUIÇÃO DO MAL.
    O MAL NÃO DIALOGA; O MAL NÃO FAZ ACORDOS; O MAL JAMAIS ADMITIRÁ OUTRO REGIME POLÍTICO QUE NÃO SEJA A DITADURA COM A NEGAÇÃO DAS NOSSAS LIBERDADES INDIVIDUAIS.
    ass. “LIBERTAS QUAE SERA TAMEM”

  • joao alves ramos

    Afina os envolvidos no Mensalão Desviaram Dinheiro Publico? Porque a Maioria das pesoas não sabem o verdadeiro conteudo do Mensalão é Diferente do que Aconteceu Governo de São Paulo

  • Julio Neto

    Não publico em hipótese alguma elogios ou justificativas para o golpe militar de 1964 e a ditadura que a ele se seguiu.