Mensalão: reveja o vídeo INESQUECÍVEL e INDISPENSÁVEL. Se o mensalão não existiu, do que, afinal, Lula pediu desculpas?

Dirceu, qualificado como “chefe da quadrilha” do mensalão pelo Ministério Público, com Lula: o ex-presidente jurou que “desmontaria” a “farsa” do mensalão (Foto: veja.abril.com.br)

O ex-presidente Lula jurou que iria “desmontar” a “farsa” do mensalão, e bem que tentou — com palavras vãs, atacando “as elites”, falando mal da oposição e por aí vai, sem aportar um milésimo de qualquer fato em abono a sua tese.

Um coro de petistas, desde então, a começar por seu presidente, Rui Falcão, passou a qualificar de “farsa” o escândalo da compra de votos em troca de apoio ao governo Lula que provocou uma brutal crise política em 2005, levou à demissão e posterior cassação do mandato de deputado de seu chefe da Casa Civil, José Dirceu, e resultou num processo criminal a dois dias de começar finalmente a ser julgado no Supremo Tribunal Federal, no qual o procurador-geral da República acusa Dirceu de comandar uma “quadrilha”.

Lula denomina “farsa” o que a Polícia Federal — se depender das loas de muitos petistas, a melhor polícia do planeta –, DURANTE O LULALATO, investigou e concluiu ter havido CRIME, uso de dinheiro público e uma série enorme de bandalheiras. (Leia sobre a Polícia Federal e o mensalão).

Seria “farsa”, segundo Lula e seus acólitos, o que apurou a própria Polícia Federal — e que VEJA já havia, em muitos casos, adiantado em 2011 — sobre a montanha de dinheiro sem explicação comprovadamente distribuído a figurões petistas, das operações bancárias espertíssimas, dos empréstimos fajutos — e por aí vai.

Mudar e, se possível, apagar a História

É claro o ex-presidente invariavelmente deixou de lado um interessante vídeo, com trecho do discurso dele próprio, dirigido à nação pela TV em pleno fragor do escândalo.

Tentando, como em tantas ocasiões fizeram o PT e seus dirigentes, mudar e, se possível, apagar a História, o comandante-chefe do PT finge que não houve seu famoso discurso transmitido da Granja do Torto pela TV a 12 de agosto de 2005, em que, constrangido, pálido, apalermado, abatido, parecendo não saber para onde dirigir o olhar, levemente trêmulo, o então presidente da República declarou perante a o país que fora “traído” e mencionou “desculpas”.

Nesse discurso, feito antes de uma reunião ministerial, Lula não explicou quem o traiu — nunca explicou, aliás, e com o tempo foi ficando cada vez mais desmemoriado.

A alegação da traição, porém, permaneceu, insiste em permanecer, e continua latejando.

Lula também jamais esclareceu o porquê, afinal de contas, do pedido de desculpas aos brasileiros.

Se não houve o mensalão, por que diabo as perguntas?

Reconhecimento explícito de que o mensalão existiu e constituiu um agravo

Se Lula fez o discurso da traição durante o fervilhar do escândalo, é claro que se destinava a, de alguma forma, apresentar uma explicação ao país sobre a espantosa sucessão de bandalheiras que a cada dia vinham à tona — uma explicação miserável, frouxa, gaguejante, canhestra, reticente e vazia, mas uma explicação.

Se Lula proferiu o discurso e denunciou a traição, ocorreu naquele momento um explícito reconhecimento de que o mensalão não apenas existiu, mas teria propiciado um seríssimo agravo ao presidente da República.

Como, depois disso, sem mais nem porquê, de repente não existiram a montanha de dinheiro, a CPI no Congresso, os depoimentos no Supremo e, sobretudo, o discurso?

Tudo isso teria sido uma “farsa” e uma tentativa de “truncar o mandato de um presidente democraticamente eleito”, como a esquecidíssima divindade do lulalato definiria, mais de uma vez, a bandalheira?

E, além de tudo mais, como fica a tão elogiada Polícia Federal e sua atuação durante o lulalato?

Bem, muito melhor do que o teor do post é simplesmente relembrar o discurso.

É curtinho — mas altamente revelador. Veja só:

httpv://www.youtube.com/watch?v=lp1-jwgphGk

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nenhum comentário

  • paulo

    Nunca votei nesse partido e muito menos nesse sujeito! Mas, como brasileiro me sinto envergonhado de tê-lo como um presidente do meu pais, do meu Brasil. Não me sinto envergonhado apenas como um pernambucano e sim como um brasileiro.

  • Caio Ottoni

    Pedir desculpas porque ?? Não sei de nada !! Lula o homem, dois pesos,
    duas medidas !!!
    Reconhecimento explícito de que o mensalão existiu e constituiu um agravo !!!

  • Brazil No Corrupt

    Tuitaço #mensalao 2/8 14h. Click em Donate a Tweet a day http://justcoz.org/brazilnocorrupt msg ao @MPF_PGR @STF_oficial x Mensalão

  • Luiz Pereira

    Setti,
    Como dizem lá no meio do mato, onde fui criado, quem fala muito dá bom dia pra cavalo.
    É o caso desse ex-presidente boquirroto, sem classe e chefe do Mensalão.
    Se a patota vai ser condenada ou não, haja vista que Baby Toffoli e Lewandowski/Trazendowski lá estarão como 5as Colunas, são outros quinhentos.
    Fato é que o Mensalão existiu. E que, estando o gabinete do “capitão” da equipe a 5 metros do de Lulla, é de causar uma hemorragia de risadas crer que este de nada soubesse.
    Façamos um execício de imaginação: Pedro Caroço e Delúbio Soares, homens discretíssimos (para não dizer o contrário) se conteriam e não disputariam a primazia de dizer ao líder da gang “Presidente ganhemo mais um, é fulano!”.
    Qual um Don Corleone, Lulla devia estender a mão para que os afilhados, ensandecidos de afeto, a beijassem.
    E assim se construiu uma maioria.
    Lulla já disse que se sentiu traído. Agora podia dizer, à vera, pra que construiu essa maioria, já que não a usou para fazer nada de útil nesse país.
    É a única maioria pró minoria que jamais houve no Brasil.
    abs

  • Tcheves

    Pergunta facilmente respondida Setti. O vídeo é claro. Ele diz claramente que pede desculpas por práticas inaceitáveis cometidas pelo partido.

    Onde vcs viram ele falar em mensalão? Eu tbm considero inaceitável distribuir recursos de campanha.

  • Pedro Luiz Moreira Lima

    Amigo Setti:
    Deixo a você a mesma mensagem que dei ao Corinthians.
    Aos que debati de maneira rude – desculpas,se fui contundente acreditem foi sempre na defesa da pluralidade,legalidade e liberdade.
    Saúde para você ReynaldoBH,sua filha e sua ex mulher que tive o prazer de conhecer em momentos felizes e não de despedida – sua recuperação será total!estará sempre em minhas orações.
    A você Setti – terá sempre minha amizade e respeito.A dedicatória do meu pai a você no livro Senta a Pua – foi justa a um jornalista correto, de caráter e sério.
    Sei das pressões que envolvem um luta política e dessas pressões não quero participar – será cada vez mais raivosa e violenta.Peço a você apenas uma coisa – lute e conserve para que o ódio não tome conta do seu blogue,apesar de todas as pressões que acredito que esteja sofrendo.
    Meu abraço carinhoso a você e quando retornar ao Brasil me procura – a política jamais será um empecilho em nossa amizade.
    “Corinthians:
    Infelizmente o blogue do Setti,deixou de ser um blogue plural e democrático.
    Acredito que a pressão sobre o Setti deve ter sido muito grande para calar e retirar aos que contestavam seus Posts e de outros de oposição sistemática e a qualquer preço.
    Não participo de debates de ódio.
    Li no Augusto Nunes um pedido do Reynaldo BH,que unissem num confronto direto contra o chamado mensalão do PT – Augusto Nunes respondeu ao ReynaldoBh que ele,RA e Ricardo Setti se uniriam num objetivo comum – a luta pela moralidade.
    Quando isso começa sei qual é o fim.
    Não mais participarei – infelizmente e digo com profunda tristeza – aqui jaz um ex e importante pedaço da democracia e pluralidade – apesar da amizade e respeito que tenho pelo Setti,prefiro sair e contrange-lo a me pedir para retirar.
    Um abraço e espero não utilizar o que sempre escrevi – de coração e acreditar num mundo melhor e mais justo em agressão,não estarei aqui para me defender.
    Pedro Luiz

    Caro Pedro, não aceito sua saída deste espaço, que você tanto enriquece, não.

    Eu não estou sofrendo pressão alguma. Estou aqui tranquilo, em Barcelona — por razões de família –, apesar de problemas na vida pessoal como o recente e terrível golpe que foi a perda de meu irmão Arnaldo.

    Não aceito sua saída. Agradeço suas boas palavras, mas você é importante aqui no blog, pela decência pessoal, pelo apreço ao debate, pelo respeito às diferenças.

    Abração

  • Benjamin Eurico Malucelli

    Não adianda, Benjamin, que não publico aqui nota nos termos em que esta está colocada. É ofensiva.

  • jose antonio teixeira

    Isso é no que dá colocar um analfabeto ***** e ***** pra governar um pais do terceiro mundo com um povo tambem estupido analfa .

  • selminha

    Setti, neste país surrealista tudo é possível. Sempre digo que, após o escândalo do mensalão, em 2005, a reeleição do Lula acabou com a minha crença de que há vida inteligente no Brasil. Estes políticos corruptos aprontam todas, e o povo continua votando no PT e seus asseclas. Tento manter a esperança, mas está cada vez mais difícil. Se desta vez a justiça vencer, será a glória.

  • Ricardo Bürgel

    Reparem que o apedeuta olha inúmeras vezes para cima durante o discurso.
    Provavelmente com medo que Deus lhe jogasse um raio nos cocos por mentir tanto!

  • Marinho

    Estes dois marginais já deveriam estar batendo ponto no inferno faz é horas. Sómente no Brasil estas pragas tem vida longa.É por estas e outras que os “políticos” não fazem reforma politica. Se fizerem irão todos cumprir penas pois 99% são salafraríos.

  • Corinthians

    Setti,
    Este post deveria ser colocado no topo da lista toda semana.
    Poderia juntar também o Roberto Jefferson dizendo “Sai daí Zé, e sai rápido!” e o Delúbio falando na CPI que sim, houve “recursos não contabilizados”.
    Isso precisa ser repetido sempre que possível para lembrar à todos que crime é crime, e que isso é uma quadrilha. Para lembrar aos pseudo-juristas que clamam pela impunidade como se nada tivesse acontecido e tudo fosse uma conspiração.

  • g g Oliveira

    As vezes em que Lula olha (revirando os olhos)para cima, provavelmente era por medo de que um raio lhe viesse a cair na cabeça, tal a falcidade de suas palavras. O tempo é sempre o Sr. da Razão.

  • Manoel Claudio Vieira

    não sei quem nos comentários disse que o Lulla revira os olhos rss…Verdade – vai ver isso é efeito da bajulação feita ao Maluf

  • Mel

    http://www.youtube.com/watch?v=r0n_r1uUm78
    …aqui vc pode ver bem a conspiração no que deu.

  • alessandra alves

    Sei lá.Eu acho que o lula tem o rabo preso e deve no cartório.Por que ele pediria desculpa?Por que ele acabou contratando um advogado?Ai,tem coisa.

  • Renato

    Esses comentários e o tal vídeo do Lula de 2005 deveria vir novamente a tona pela imprensa, para relembrar o presidente Lula das suas disculpas e das mil faces desse mentiroso contumaz.

  • fpenin

    Efeito da branquinha…

  • fpenin

    A tecnologia está ajudando a trazer de volta tudo o que os políticos disseram. Lula pediu desculpas, humilhou-se (?), olhou para o alto tantas vezes (medo de o teto cair?) e,agora…,diz que a coisa jamais existiu em tempo algum. Amnésia ou desfaçatez? A propósito, Setti, a Câmara está recrutando taquígrafos para seus quadros. Para quê? As documentações baseadas em dados taquigráficos são vulneráveis, por 2 principais motivos: o método depende do operador, o que é um perigo. Em segundo lugar,permitem intervenções dos interessados; assim, quando um deputado fala alguma besteira em plenário, por solicitação do interessado as notas taquigráficas são alteradas ou, o que é pior, excluídas. Com as modernas técnicas de gravação tem-se um resultado melhor e confiável, que, a princípio,não pode ser manipulado. A prova está aí: o velho Lula, mesmo com tudo gravado, procura desdizer tudo o que falara há algum tempo. Imagina,Setti, se apenas notas taquigráficas tivessem registrado o pronunciamento desse burraldo ( sim, porque desmentir o que está gravado, antes que esperteza, é uma burrice monumental) E o pior:acha que está abafando. Pobre homem!

    A Taquigrafia, fpenin, existe desde os primórdios da Câmara dos Deputados, do Senado e dos tribunais superiores — e ainda nos Tribunais de Justiça estaduais.

    Tive oportunidade de conviver por anos com os taquígrafos do Congresso, e o processo é seríssimo: nunca um discurso, um debate, um depoimento, um relatório ou o que seja é taquigrafado apenas por um profissional, o texto passa por várias checagens etc etc. São todos concursados.

    E os registros taquigráficos nos casos mencionados são exigência legal.

    Abraço

  • Jonas

    Ele pelo menos se desculpou, já FHC, o rato das privatizações, nem isso fez. Clinton se desculpou por ter usado um salão da Casa Branca para ‘atos não ortodoxos’, e foi desculpado. O delito que o PT assumiu ter ocorrido foi Caixa 2 de campanha, desde o início, lembra? Não, é claro que você não lembra porque você é tucano e só sabe acusar o PT.

    FHC fez um bem incomensurável ao país com as privatizações — tanto é que a presidente Dilma, menos intoxicada ideologicamente do que muitos “cumpanhêro” dela, está enveredando, felizmente, por essa mesma senda.

  • Gilberto Marotta

    Há leitores burros o suficiente para não entenderem que “a VEJA” é uma coisa e os colunistas do site, outras.

    De todo modo, no seu caso, se quer criticar a revista, dirija-se ao diretor de Redação, veja@abril.com.br

    Pelo tom de seu comentário, porém, você está inteiramente dispensado de voltar ao blog.

    Tchau!

  • Mari

    Bom dia Setti, tomei a liberdade de usar esse post como resposta a escandalosa entrevista do molusculo para a NYT, por admirar muito o seu trabalho pela seriedade e competência.

    E quanto ao filhote de PTralha Jonas, creio que ele tenha apenas 9 anos de idade ou seja portador de deficiência de amnésia crônica, o FHC não tem que pedir desculpas de nada, o povo que lhe deve desculpas, enquanto ele é premiado e ovacionado no exterior, os ignorântes daqui o apedrejam com informações injustas e incorretas, a esses ignorantes só tenho que lemanter e pedir que vão estudar e pesquisar antes de falar m…

    Obrigado pela parte que me toca, Mari.

    E acho uma piada dizerem que FHC precisa pedir desculpas. É realmente o fim da picada.

    Um abração

  • fpenin

    Setti,
    Para que Lula não pareça um enganador qualquer, seria bom que, antes de dizer que não sabe o que é mensalão em plena TV americana, mandasse exibir o vídeo em que pede desculpas pelos “malfeitos” dos companheiros. No mínimo,seria mais honesto…

  • fpenin

    Setti,
    Eu não entendo o STF. Até agora,os doutos ministros estão condenando o que “jamais existiu”.Parece coisa metafísica…

    Genial. Posso usar seu nome como um mini-Post do Leitor? Até hoje não sei se você é homem ou mulher!

    Abraço

  • Jonas

    Quem julga no Brasil é a mídia: ela é juiz e promotor ao mesmo tempo. Mas quem julga a mídia quando comete ilegalidades? Ela mesma se isenta …

  • celia de carvalho sauza freire

    MENSALÃO-corrupto ou ladrão?parabéns a revista veja.se não fosse a veja ou os setores de comunicação os brasileiros não sabiam quem eram os maiores ladrôes do brasil.A NOSSA QUERIDA JUSTIÇA BRASILEIRA STF, que está jugando e condenando de acordo com os seus atos. Peniteciaria Tremenbé. o Governador de SÃO PAULO GERALDO ALCKMIN, não aceita este tipo de criminoso em seu estado, temos os presidios de segurança massima que o LULA construiu para os seus filhotes. Como os brasileiros o CHEFÃO e seus filhotes subindo a ranpa do”P”

  • celia de carvalho sauza freire

    CONTINUA O MEU COMENTARIO… COMO OS BRASILEIROS GOSTARIAM DE VER O CHEFÃO E SEUS FILHOTES SUBINDO A RANPA DO “P”

  • RAFAEL

    SAIU NA IMPRENSA PORTUGUESA PORQUE, COMO TODOS SABEM, A IMPRENSA BRASILEIRA É MUITO BEM PAGA PELO PT PARA PROTEGÊ-LO.
    ENTÃO, TEMOS QUE FAZER NÓS, INTERNAUTAS, O PAPEL QUE A IMPRENSA NÃO FAZ.

    O MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL PEDIU O BLOQUEIO DOS BENS DO LULA NO VALOR DE R$ 9.526.070,64 POR IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA
    http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/internacional/mundo/ministerio-publico-pede-bloqueio-de-bens-de-lula

    Calma lá, Rafael. “A imprensa” brasileira é “muito bem paga” pelo Lula? “A”, como sabemos do nosso vernáculo, significa que “toda” ela é paga.

    De onde você tirou isso?

    Os grandes jornais, VEJA e várias outras publicações e veículos de imprensa sérios são “pagos”?

    Generalizar é injustiça, sempre — e burrice.