Image
Os ministros Luiz Fux e Carmen Lúcia no julgamento de hoje: votos decisivos (Foto: José Cruz / Agência Brasil)

É triste termos um Supremo Tribunal Federal — o ponto culminante da pirâmide do Judiciário brasileiro — em que se possa prever, com absoluta precisão, como votarão os ministros “a”, “b” ou “c” em relação a qualquer tema em julgamento no caso do mensalão, sempre e invariavelmente em favor dos criminosos já condenados pelo próprio Supremo.

É o que está acontecendo hoje, no Supremo, quando a corte decide se está ou não em vigor o recurso denominado embargo infringente, que a legislação processual deixou de prever mas que continua existindo no Regimento Interno do Supremo.

De fato, a lei nº 8.038, de 28 de maio de 1990, que institui normas procedimentais para julgamentos no Supremo e no Superior Tribunal de Justiça, NÃO PREVIU, para essas duas cortes, os embargos infringentes.

O voto em curso neste momento, do ministro Luiz Fux, mostra cristalinamente que não. O mesmo fez o presidente da corte e relator do mensalão, ministro Joaquim Barbosa. Segundo eles, o próprio Supremo já decidiu, várias vezes, em diferentes processos, que as novas normas processuais provenientes de lei revogaram, tacitamente, o artigo 333 do Regimento do Supremo, que prevê os infringentes.

Mas a bancada pró-mensaleiros — é triste reconhecer que ela, sim, existe, no nosso principal tribunal –, revestindo-se de um interminável trololó técnico jurídico, já deu três votos em favor de um recurso que poderá amenizar ou mesmo tornar inócuas as penas aplicadas aos graúdos do caso tenebroso, a começar pelo “chefe da quadrilha” (assim reconhecido pelo tribunal), o ex-ministro José Dirceu.

Ainda é possível que o julgamento termine pela não admissão dos embargos. O Supremo, imagino, levará em conta não está em julgamento apenas o destino dos mensaleiros. Da interpretação de todo um emaranhado de normas processuais depende, também, muito mais do que o destino de criminosos já condenados —está em jogo a credibilidade do Supremo Tribunal Federal e, mais dramático e importante ainda, o pouco que ainda resta de confiança dos brasileiros, uma confiança tão tênue que se aproxima da desesperança absoluta, no primado da Justiça.

O Supremo vive, hoje, um divisor de águas. Se ceder às manobras protelatórias dos advogados dos criminosos, a própria democracia brasileira estará em questão.

Ao voto de Fux, que deverá fazer o placar tornar-se 3 x 2 em favor do que querem os mensaleiros, se seguirá o importantíssimo voto da ministra Cármen Lúcia.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

10 + catorze =

181 Comentários

Marcos Flae em 28 de setembro de 2013

Estou muito chateado. Geral. São delegados obrigados a liberar menores delinquentes, juízes liberando criminosos apreendidos pela polícia, saidinhas de presos por bom comportamento que voltam cometer crimes nas ruas, ajudas de custo absurdas para famílias de presidiários tornando o sistema um próprio incentivador para novos criminosos, enfim, toda legislação absolutamente confusa, cheia de regras e falhas. Tenho honra dos Estados Unidos, que tem um sistema rígido, duro e funcional, e ao mesmo tempo de liberdade de vida e de expressão. Porque reuniões com Russos ? Porque seguem sistemas que na história do mundo provaram que não deu certo ?(pelo menos para sociedade) . . . Maldito dinheiro, isso é coisa do kapeta, onde só matam e destroem por causa dessa porcaria. Esquecemos os valores de ética e caráter que nossos antepassados deixaram. O mundo está de olho. ACORDA SRS. DIRIGENTES DO BRASIL !

luck an em 25 de setembro de 2013

já desisti do mensalão , já q não tem justiça nesse país de corno , chega disso desisto tô fora

Carlos Roberto Ribeiro de Souza em 19 de setembro de 2013

IMAGINO QUE a veja está comprometida com o governo federal e não tem respeito algum pelo cidadão, pois até o presente momento não publicou o meu comentário. E´ que fiz um comentário onde aponto, Dilma está marginal e o antecessores estiveram na marginalidade por não honrar o artigo 7º incisos IV da Constituição Federal de 1.988. O salario mínimo nacional deve ser de R$ 2.450,00, mas com reforma tributária. VEJA só está comprometida com o interesse de seus leitores e, diferentemente do que você afirma, tem enorme respeito pelos cidadãos brasileiros. Não houve qualquer comentário seu preso como spam ou deletado. Tenha mais respeito.

idenir f. fonseca em 18 de setembro de 2013

É vergonhoso essa política brasileira!Onde corruptos ,ladrões,mesnsaleiros,ainda soltos e com conversa FIADA PARA VOTO! Está precisando de írmos as ruas me limpar o CONGRESSO ,ISSO SIM !!! A MAIOR AFRONTA DE TODOS OS TEMPOS, UMA PÁTRIA SEM GOVERNO E CHEIA DE FICHAS SUJAS! FALO EM NOME DO POVO BRASILEIRO,NÓS ELEITORES .. NÃO VOTAREI MAIS E FAREI CAMPANHA PARA TAL ... !HÁ CENTENAS DE MOLHARES DE PESSOAS COM A MINHA OPINIÂO !!!!!!!ACORADA BRASILLL!!!

Luiz em 18 de setembro de 2013

Hoje, eu não acredito no Supremo Tribunal Federal, apesar da demonstração de seriedade e integridade dado pelo presidente da entidade(Joaquim Barbosa),o governo,ardilosamente,conseguiu infiltrar neste órgão tão importante, integrantes que não merecem nenhuma credibilidade e confiança da nação brasileira, e acredito , também , que esses tenha se tornado a maioria...

marcelo aranha sousa pinto em 16 de setembro de 2013

Filósofa russa Ayn Rand : "Quando você perceber que, para produzir, precisa obter a autorização de quem não produz nada; quando comprovar que o dinheiro flui para quem negocia não com bens, mas com favores; quando perceber que muitos ficam ricos pelo suborno e por influência, mais que pelo trabalho, e que as leis não nos protegem deles, mas, pelo contrário, são eles que estão protegidos de você; quando perceber que a corrupção é recompensada, e a honestidade se converte em auto-sacrifício; então poderá afirmar, sem temor de errar, que sua sociedade está condenada." Ayn Rand nasceu em São Petersburgo em 1905

luiz ferreira em 14 de setembro de 2013

Num pais onde qualquer processo judicial pode durar decadas e bandidos andam a solta impunemente quem ainda credita no judiciário (justiça é conceito completamente diferente) deve ser de outro planeta. Nesse sistema o judiciario torna-se cumplice de bandidos porque não julga. Quando julga não condena e quando condena a pena é ridicula. Culpa do legislativo ? Não? A maioria dos delinquentes é reicindente. Ou seja, para eles existe medida de segurança penal e prisão preventiva que nunca são utilizadas. Com a palavra os senhores juizes.

Flavia em 13 de setembro de 2013

Triste ver o Supremo Tribunal Federal cair aos pés de um partido político...

Basiglia em 13 de setembro de 2013

É evidente que Zé Capivara vai se livrar. Na gaiola ou no aberto, tudo o que deseja é ressurgir como mártir. Quem sabe não escreva um "Minha Luta" na prisão?

Edson Cordeiro Da Silva em 12 de setembro de 2013

Cabeça de juízes e bumbum de nenê: têm muita semelhança.sempre têm supresa.kkkkkkkkkk.pra mim todos lá no supremo tribunal federal.são iguais.

joão lourenço em 12 de setembro de 2013

Não publico em hipótese alguma incentivo ou sequer menção à ruptura da legalidade constitucional.

Ekiton em 12 de setembro de 2013

Pelo placar dessa 5a.feira,os ministros fizeram ouvido mouco aos apelos das ruas.Por ironia,o voto de minerva que deveria ser do presidente,será do mais velho.Vai depender dele a vitória do Brasil ou do Delinquentes FC.

Ronaldo barra em 12 de setembro de 2013

Ao que parece com o voto doministro Marcos Aurélio a decisão caberá ao decano ministro Celso de Mello. Não e possível que o ministro Celso de Mello vá decepcionar o povo brasileiro. Sua responsabilidade e imensa e sua vida de ministro do ST F ficara manchada para sempre se decidir a favor dos mensaleiros. A ministra Carmen Lúcia mostrou firmeza e retidão. Ministro Celso de Melo não decepcione a nação!

Sebastiana Ribeiro de Almeida em 12 de setembro de 2013

Se isso acontecer e eles ganharem, acaba nossa esperança, de pelo menos ver alguém punido por essa corrupção que tanto mal faz ao país, e o esforço de Joaquim Barbosa ir por água abaixo, estou muito decepcionada.

Flávio em 12 de setembro de 2013

É o fim para as pessoas de bem neste país!! Melhor mesmo esperar por Obama!!!

Ronaldo barra em 12 de setembro de 2013

A atuação dos ministros Levandowski, Toffili(deveria julgar-se impedido), Barroso e theorisavaski, envergonha não só o STF, mas toda a justiça brasileira. Independente do resultado, estes senhores desonraram o tribunal pela troca do cargo e pelos não independentes votos. O povo brasileiro que tem um mínimo discernimento não esquecera destas figuras melancólicas.

Maria Conceição Neves de Carvalho em 12 de setembro de 2013

Quem diria que o próprio STF, daria um tiro no pé! Eu fiquei muito triste com a manobra do Mensalão, o povo não merece esta decepção!

carlos alberto creato em 12 de setembro de 2013

esta em julgamento a credibilidade dos ministros do STF, veremos quem é quem nessa hora !!!

MILTON SIMON PIRES em 12 de setembro de 2013

O FIM DA JUSTIÇA NO BRASIL Imagino eu que talvez um dia esse período da história que estamos vivendo no Brasil fique conhecido como a época da “primeira impressão”. Não há absolutamente nenhuma capacidade das pessoas irem além daquilo que lhes foi apresentado em algum telejornal ou algum post de Facebook. Ontem, por exemplo, um dos fatos mai graves da história do Poder Judiciário no Brasil foi noticiado como simples possibilidade de um “novo julgamento” da quadrilha petista que tentou dar um golpe na democracia brasileira. Duvido que o número de brasileiros capazes de entender o que isso significa na verdade – a destruição completa do Estado de Direito no Brasil – tenha alguma representação política importante. Oferecer aos réus da Ação Penal 470 a possibilidade de recorrer aos embargos infringentes assemelha-se muito a chamar um médico para examinar um cadáver no necrotério! Não existe uma coisa dessas prevista na Lei atual do STF. Isso é evidente até para quem não é advogado, mas a grande ironia é que o processo que surgiu para punir a compra do Poder Legislativo pelo PT demonstrou que ele – PT – já tem “na mão” o Judiciário! Triste é perceber que não se faça disso uma oportunidade para avaliar como se forma o quadro do STF aqui no país! Desgraça é não fazer desse fato uma oportunidade para se terminar de vez com as indicações políticas para nossa Suprema Corte! Meus amigos, o pilar fundamental do Estado de Direito é a independência de seus poderes. Uma ditadura NÃO se caracteriza, nesse sentido, somente por prisões e por censura. Elas podem não estar ocorrendo no Brasil do PT, mas afirmar que ainda existe democracia nessa nação é ridículo! Eu já disse, e vou continuar dizendo, que não há um só aspecto da Administração Brasileira que não esteja dominado direta ou indiretamente pelo Partido dos Trabalhadores. Desde a Petrobras até os setores de compra de material hospitalar dos hospitais públicos, essa gente tem o poder de tudo. No caso da Ação 470 prorrogou-se o tempo necessário para alcançar a aposentadoria de vários ministros do STF que poderiam “causa problemas” aos mensaleiros. Mesmo não participando do processo desde o início, novos ministros indicados pelo Governo Federal podem sim dizer que devem ser aceitos os tais embargos infringentes (leia-se “novo julgamento). Tal fato é uma cusparada na cara da Nação! É uma vergonha para um Governo corrupto que desdenha da indignação de milhões e milhões de pessoas de bem que trabalham e pagam suas contas e é um recado claro de que não existe mais justiça no Brasil. Afirmo a vocês que não vão haver manifestações de rua por causa disso. Ninguém vai queimar nem quebrar coisa alguma! Não veremos Black Blocs contra o STF. Muito pelo contrário – essa gente fez o que fez em junho justamente para desviar a atenção do que se fez ontem e vai ser feito novamente hoje a tarde : dar aos mensaleiros uma nova chance para escapar da prisão! Nesse sentido eu afirmo a vocês – preocupar-se ou não com legalidade da vinda de cubanos para o Brasil afim de exercer medicina sem revalidar diploma é ridículo! Trata-se de colocar um band-aid numa pessoa com câncer! Esqueçam isso tudo pois livrar José Dirceu da merecida prisão é a prova matemática de que não existe justiça nesse país, é a lembrança de que vivemos numa ditadura e de que o PT faz o que quiser com a Justiça. Entender o que escrevi acima é antes de tudo desmentir um dos maiores picaretas de toda história da Filosofia Política – Karl Marx. Esse cidadão mais de uma vez afirmou que os filósofos tinham “até hoje tratado de interpretar o mundo; tratava-se então de transformá-lo.” Afirmo eu exatamente o contrário do que dizia esse charlatão: é urgente no Brasil de 2013 que se saiba interpretar o que está acontecendo com clareza antes de qualquer “ação”. Quem não sabe o que enfrenta não pode agir corretamente nunca! Lembrem-se: o que estamos assistindo agora é o Fim da Justiça no Brasil ! Porto Alegre, 12 de setembro de 2013

Dr. Paccola - Helio Paccola Jr. em 12 de setembro de 2013

Mas se há uma lei que bloqueia por ser ultima instância, o duplo grau de jurisdição fica condicionado ao Pedido de Perdão Presidencial ou Indulto, oras, se STF é o que podemos dizer de ultima instância, porque se assim não for, o Estado acaba sendo perdulário com os bandidos e malfeitores.

Rodrigues em 12 de setembro de 2013

Em mais de 44 anos de atuação na área jurídica, nunca presenciei um caso em que o delito de formação de quadrilha se apresentasse tão nitidamente caracterizado. Formou-se na cúpula do poder, à margem da lei e ao arrepio do Direito, um estranho e pernicioso sodalício, constituído por dirigentes unidos por um comum desígnio, um vínculo associativo estável que buscava eficácia ao objetivo espúrio por eles estabelecidos: cometer crimes, qualquer tipo de crime, agindo nos subterrâneos do poder como conspiradores, para, assim, vulnerar, transgredir, lesionar a paz pública”. Ministro do STF Celso de Mello

domingos roberto em 12 de setembro de 2013

Onde estão os homens de bem da oposição que não se pronunciam contra essa pouca vergonha que estamos presenciando com o STF tentando absolver essa quadrilha de ladrões do mensalão? Pobre Brasil.

plinio fonseca em 12 de setembro de 2013

vomitei a noite toda

carlos antonio accarino castelo branco em 12 de setembro de 2013

Ricardo, com a ausência da Justiça somente restará a Barbárie, aí quero ver quem terá coragem de responder com trololó na hora da onça beber água. Isso mesmo, apesar do brasileiro ser um acomodada e acovardado um dia tem que acordar.

Macela em 12 de setembro de 2013

Seu comentário MENTIROSO e ofensivo foi deletado. Já publiquei mais de 10 mil comentários críticos a mim, ao blog, a minhas ideias -- e os leitores que os escreveram são testemunhas.

Braziliensis em 12 de setembro de 2013

Se houver o empate em 5 X 5, o min. Celso de Mello terá, nesse caso, o tal poder absoluto em mãos, de que fala Lord Acton. Quem o corromperá? A história, que já lhe chega aos calcanhares, já iniciou seu julgamento. (Quando e se, em novas manifestações de protesto nas cercanias da tal praça dos 3 poderes, vandalizarem o prédio do STF, penso que os vândalos serão, enfim, aplaudidos pela Nação brasileira. Será que vale a pena o risco de erodirmos como nação para salvar alguns vagabundos já condenados? Uma previsão. Se ganhar a chance a novo julgamento, a reação do povo se encarregará de mostrar aos ministros do STF de que lado convém ficar. Ou seja, as penas deverão ser até agravadas. Se rolar absolvição, acabou o Brasil. A carta de falência será o escárnio do zé dirceu & bando, moluscos & molusquinhos e daqueles que ainda não foram indiciados, e nem serão, não mais, fazendo desse país um grande cabaré.)

MILTON SIMON PIRES em 12 de setembro de 2013

Ricardo, frase para pensar: Lewandowski é o Padilha do Direito. Padilha; o Lewandowski da Medicina! Milton Pires

mauricio o lima em 12 de setembro de 2013

Isso tudo é o jogo do PT para ser preservar no poder com o comando do STF. VERGONHA AS RUAS VÃO FALAR ESPEREM.

gilson acácio de oliveira em 12 de setembro de 2013

e o dinheiro, o dinheiro (muito, muitíssimo) que está rolando...alguma dúvida? Pobre Brasil. Fora PT, fora Dilma, fora Lula.

João Marcos em 12 de setembro de 2013

Uma pergunta: alguém ainda confia no supremo? A turma de lá está mais com a cara do PT. E do PT não se pode esperar nada de bom.

carlosbr em 12 de setembro de 2013

Cansei Ricardo me desculpe mas vou desistir acho que nao tem como lutar, desejar e impossivel isso me deixa triste pq vejo meu Pais ir por um caminho perigoso.Vou me afastar de leituras e jornais vou so cuidar do meu dia dia e esperar o homem la em cima me chamar nao falta muito ja tenho 60 anos ,nao quero ficar deprimido esses assuntos que acabam em pizza me deixam.obrigado.

alexandre em 12 de setembro de 2013

Cadeia Hoje!!!

Walter em 12 de setembro de 2013

Que o nível intelectual dessa configuração do Supremo é um dos mais baixos da História, os especialistas já comentaram, a gente já sabe. Já sabíamos que Lewandowsky e Toffoli eram isso aí que já vinham desenhando... Barroso e Teori não me supreendem também. Mas, Setti, o que é esta Ministra Rosa Weber?? Eu, que tanto defendo as mulheres no comando... estou triste em ver a atuação dessa ministra no Supremo, sem personalidade alguma e perdendo a chance de fazer algo pelo país e não por quem a indicou para a Corte. Foi o que parece ter feito. Espero que Carmen Lúcia as redima e Celso de Mello e Marco Aurélio não tentem ser "indepedentes demais" do povo brasileiro. Qualquer resultado que não seja a rejeição dos insultantes infringentes colocará todos no mesmo barco. A desmoralização do Supremo (e da Justiça brasileira, infelizmente) talvez será irreversível se não houver um minimo de reflexão desses senhores. Mas confesso que não estou tão esperançoso assim não. Estou achando que somente o Gilmar Mendes votará a favor do Brasil hoje. 11 e 12 de setembro, ao que tudo indica, entrarão para a história como os dias da desmoralização da Justiça e da leis nesse país e a consagração do Mensalão como política de Estado.

Luiz Adilson em 12 de setembro de 2013

Acabou a última esperança de um dia este País ter um pouco de decência! O que poderemos esperar de um Brasil que tem nos três poderes, na sua grande maioria, uma composição de canalhas, sem o mínimo constrangimento em ser a favor da corrupção?!? Belo exemplo a ser seguido pelo povo!!!

Haroldo em 12 de setembro de 2013

Como é que esses ministros poderão olhar para seus filhos e netos sem se ruborizarem, passaram para a história como cúmplices dessa súcia de ladrões..Que vergonha, homens nessa idade, onde impera a honestidade e a ética, se tornarem capachos de uma minoria petista.Tenho pena dos senhores(as)...

Junin em 12 de setembro de 2013

12 de Setembro, No futuro a história vai relatar como o dia da vergonha. O dia em que a combalida justiça Brasileira mais uma vez mostrou o quanto é dependente e fraca. O dia em que bandoleiros, ladrões do dinheiro público ficaram impunes de seus crimes por um judiciário leniente, fraco e aparelhado pela ideologia de um partido com um projeto de poder perpétuo. Sabemos que a derrota do povo será brutal, a ética e a honestidade enterradas como praticas obsoletas que eram usadas por sociedades antigas e ultrapassadas. Entraremos em definitivo no Brasil do salve-se quem puder é cada um para sí. A manobra dos PTralhas em sucatear a democracia está a todo vapor, os médicos cubanos, o foro de San Pablo, as bolsas de todos os tipos que compram os corações e mentes de brasileiros de quinta categoria, o aparelhamento do estado. E para quem lembra, o EX presidente Lula, em campanha para o primeiro mandato pregava o controle externo do judiciário. Pelo visto conseguiu. E a magistratura calada vendo o circo pegar fogo. Após o julgamento, tenham a mais absoluta certeza, o país vai entrar em uma nova fase. Com as instituições legislativas aparelhadas, compradas com os infames mensalões que continuam a ser prática política, com o judiciário ajoelhado diante dos poderosos, e com as imorais urnas eletrônicas....Tá tudo dominado!!! Entraremos definitivamente na escuridão do atraso ideológico e social, assim como estão nossos vizinhos de América Latina. E vamos nós perdendo mais umas três gerações patinando na mediocridade de um povo que só se preocupa com datas festivas a fim de pegar uma praia! Sinceramente, eu desisto do Brasil, vou fazer a minha parte da melhor maneira possível e, mas sinceramente estou perdendo as forças, olho para meus filhos e não vejo um futuro digno em termos de política para eles. A vergonha e a tristeza que sinto em ser brasileiro é indescritivel neste momento.

roberto-curitiba em 12 de setembro de 2013

A justiça há muito perdeu a credibilidade. Joaquim Barbosa, criticou em 27/06, o desempenho dos tribunais brasileiros no julgamento de processos de IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA. Disse: “Cabe nos perguntar por que o Judiciário não julga esses processos? Deficiências e condições precárias por si só não explicam resultados tão pífios. O CNJ não será conivente com essa indiferença”. E o dito mensalão MINEIRO, cujos fatos ocorreram antes mesmo dos narrados na AP 470? Com certeza já prescreveram... como diria o Bóris ISSO É UMA VERGONHA. Concluo que mesmo que haja um julgamento exemplar aos mensaleiros do PT, a justiça não recuperará sua credibilidade. A justiça somente se avizinhará quando se der a todas as ações a celeridade e rigor necessários, independentemente de partidos políticos envolvidos.

iris em 12 de setembro de 2013

Prara que tanta verborragia do pessoal do STF se o carater dessas pessoas valem menos do que qualquer bandido? O pior é que essa gentalha ganham através do nosso trabalho e o que só fazem é falar..filosoficamente, como se estivessem na Grécia antiga. Pobre país!

Magela em 12 de setembro de 2013

Seu comentário era ofensivo e eu o deletei com prazer. Lamento desapontá-lo, mas sou uma pessoa enormemente feliz e não tenho ódio a ninguém.

Roberto G Lobo em 12 de setembro de 2013

Passou da hora do povo realizar um levante contra o sistema que existe no Brasil. Infelizmente o Brasil conta com um povo burro, ignorante, corrupto, leniente e preguiçoso. Com um sistema destes NUNCA chegaremos a ser primeiro mundo, nos resta somente pagar os impostos que nos impõem, não receber NADA em troca e ficar quieto, chorando e resmungando nos nosso cantos.

alirio cavalcanti em 12 de setembro de 2013

Por essas e outras que ontem protocolei um pedido de INPEACMENT CONTRA A PRESIDENTE DILMA ROUSSEF;além dessas questões todas, verifiquei o seguinte: O esvaziamento do estado de Roraima não tem como pano de fundo a proteção ecológica ou dos índios. Como justificar o projeto de construção pelo Brasil de duas usinas serem tranferidas para o Surinhame e Guiana com grana emprestada pelo BID e a ser paga por otários brasileiros? Lá também faz parte da grande Amazônia. Outra, se a questão fosse os índios e a ecologia, não se estaria importando índios para o Paraná. Nem se estaria contratando falsos índios para massacrar com a população do sul da Bahia; nem se estaria matando os fazendeiro do MT/MS e expulsando de forma indiscriminada. E também não se estaria expulsando os fazendeiros da região de Taguá em Cotegipe-BA para vender àreas imensas aos americanos e chineses. O pano de fundo é esse: VENDA DE EXTENSAS ÁREAS PARA ESTRANGEIROS.A CONSTITUIÇÃO PERMITE ATÉ CINCO MÓDULOS DE 100 HECTARES. TEM NEGÓCIO ENVOLVENDO DE 10.000 ATÉ 120.000 HECTARES. ALÉM DOS AVISOS DOS COMANDANTES MILITARES; CIRCULA QUE A ABIN ALERTOU A PRESIDENTE DILMA E ELA DEU DE OMBROS. MAS UMA PRESIDENTE NÃO PODE DAR DE OMBROS PARA QUESTÕES CONSTITUCIONAIS CARÍSSIMAS A SOBREVIDA PÁTRIA. Peço que divulguem pedindo que seja julgado urgente o pedido de impeachment protocolado no dia 11/09/13 por Alírio Cavalcanti

M.Valvemark em 12 de setembro de 2013

Eu acompanhei todos os debates promovidos pelo site de Veja, e desde o primeiro debate eu achava que os nobres senhores Marco Antônio Villa, Augusto Nunes, Reinaldo Azevedo acreditavam em Papai Noel, Coelho da Pascoa e que no Brasil se faz justiça!! Eu sou mais pé no chão, nunca acreditei em milagres e nunca acreditei que bandidos de colarinho branco vão para a cadeia "nunca na história deste país"!!

Gilberto Mendes em 12 de setembro de 2013

Se esse julgamento virar PIZZA, a desobediência civil tomará conta do BRASIL e começará nas muralhas do STF, que irá ser invadida pelo POVO que já não aguenta mais a IMPUNIDADE POLÍTICA no Brasil. Particularmente rezo para que vire PIZZA só para ver a cara dos BRASILEIROS.

Geraldo Pereira de Lima em 12 de setembro de 2013

É triste dizer, mas sinceramente espero que a maioria dos ministros do STF tenham vergonha na cara e honrem suas togas e respeitem os brasileiros que já estão à deriva pelos outros dois poderes e pensem bem na manutenção do estado democrático de direito e reconheçam que tudo já foi longe demais, o Brasil está dando a cara a o mundo hoje através do STF...

J.B.CRUZ em 12 de setembro de 2013

Nas manifestações de junho,Poder executivo e legislativo foram os visados pelos manifestantes..O judiciário ficou de fora..Agora que todos esperavam única e simplesmente a emissão de mandados de prisões para os mensaleiros já julgados,condenados e aplicadas as penas e tempo de reclusão; a virada de jogo pelo próprio Tribunal que bateu o martelo nas condenações, é no mínimo falta de sensibilidade, discernimento e probidade dos juízes..Exoneração sumária de toda a Corte(exceto JOAQUIM BARBOSA e quem o acompanhou nas condenações) ...Chega de filigranas e brechas na lei..Errou, pagou!!

Gabriel em 12 de setembro de 2013

Game Over, acabou, estamos caminhando a passos largos para nos tornar uma nova Argentina, Venezuela, Bolívia e finalmente uma nova Cuba, Parabéns ao o Sr. Lulla que conhece o caráter dos brasileiros como ninguém e conseguiu cumprir o plano do Foro de SP a risca. a nós, o povo ou nos conformanos ou nos resta fazer uma revolução, pois não me conveço que com as urnas eletornica tipo "jabuticaba", existam eleições limpas nesse pais. Dilma já esta reeleita, ganhando ou não. a midia ja esta toda comprada, o pais virou um puteiro, de norte a sul, prefeitos e afins comemoram e a corrupção só tende a aumentar, porque é oficial, não existe justiça no Brasil, aguardem a revolta popular, pois em terra de ninguém, os ânimos se exaltam sem motivos aparentes, a revolta pode tardar, mas ela não faltara. e aos artistas brasileiros, verdadeiros "comunistas bebedores de champanhe" a sua parcela de culpa entrou para historia, por omissão ou cumplicidade.

Marcelo Lucas em 12 de setembro de 2013

Então vamos ver a "cristalinidade" de Fux. O que disse o ministro Fux no início do ano passado: “A respeito do tema, está previsto no parágrafo único do artigo 609 do Código de Processo Penal o cabimento de embargos infringentes e de nulidade, quando em apelação ou recurso em sentido estrito, por maioria, for proferido julgamento desfavorável ao acusado. No âmbito do Supremo, a matéria está disciplinada no regimento interno, admitindo-se os infringentes como via adequada para impugnar decisão condenatória, não unânime, proferida em ação penal, quando julgada improcedente a revisão criminal e, ainda, em face do desprovimento de recurso criminal ordinário (RISTF, artigo 333, incisos I a III e V). Está lá, com todas as letras, no Diário Oficial de 1º de março de 2012, em decisão proferida no dia 23 de fevereiro do mesmo ano.

Antonio Gonçales em 12 de setembro de 2013

Acordei mais desiludido com o meu querido pais. Estamos assistindo o novo filme de David Frankel: "O DIABO VESTE TOGA".

Marcos em 12 de setembro de 2013

Setti, Não podemos desconsiderar que o STF foi aparelhado durante todos esses anos de petismo no poder. Eles só não imaginavam que as primeiras tentativas falhassem e os seus pares fossem julgados e condenados. Contaram com o tempo que ganharam da população e com a aposentadoria de alguns membros para então, colocar mais gente de mesma ideologia a seu serviço. Alguns dos ministros não sucumbiram e fizeram seu trabalho, imparcialmente. Outros nos deixaram em dúvida já no momento da indicação. Se o que está em jogo for confirmado e tivermos um novo julgamento, provavelmente, a turma será salva ou no máximo, terá a pena reduzida. E a nossa esperança por dias melhores acabará para sempre e será a desmoralização da justiça brasileira. Só nos resta, continuar confiando em Deus! Afinal, a justiça dele tarda, mas não falha. Um abraço!

o desPTtizador em 12 de setembro de 2013

Aécio e Renato Pereira, acordem e USEM ISSO: - http://www.youtube.com/watch?v=gvN_wFbvixw - http://www.youtube.com/watch?v=AGh_mqcrz7E - http://www.youtube.com/watch?v=nO1cV5qKwCA

Ricardo Fawkes em 12 de setembro de 2013

Não publico incentivos ou justificativas para a violência na atuação política.

Helio Freitas em 12 de setembro de 2013

O que está em jogo é muito mais do que isso, está em jogo a democracia brasileira. O congresso já foi desmoralizado ao ser comprado pelo PT com o mensalão. O STF já tem 6 juízes sob suspeita de imparcialidade, este julgamento só irá referendar a submissão do poder judiciário comprovando que o Brasil só tem um poder o executivo. Um sistema com um único poder se chama DITADURA.

Pedro Luiz Moreira Lima em 12 de setembro de 2013

Caro Setti: São vários a fazerem críticas contra o STF,quando fiz fui injustamente e sutilmente chamado de falso democrata, de não respeitar a Instituição STF. Alguns aqui fazem críticas mais contundentes e acredito que fiz algumas vezes também - são apenas críticas e nunca de subverter a ordem democrática. Numa democracia "cidadão acima de qualquer suspeita" o Cidadão pode ser substituído por Instituição - "Cidadão ou Instituição acima de qualquer suspeita" é o primeiro passo para a restrição da Liberdade e coloco a Imprensa no mesmo rol. Acho e considero, mesmo sendo leigo em Direito, correto a decisão dos tais embargos infringentes e espero que seja acolhido pela preservação da Justiça. Abraços a todos Pedro Luiz

Erik Ales em 12 de setembro de 2013

Eu estou perdendo o pouco de fé que ainda tinha no meu país. Não acredito mais em nada.

CORPORATE CARD em 12 de setembro de 2013

OBITUÁRIO - 11/09/2013 às 18:18 OBITUÁRIO – eis a seção em que devem ser publicadas as matérias sobre a aceitação dos infringentes! Morre o pouco de CIDADANIA e ESPERANÇA que nos resta. O pior legado da era Lulla não é a banalização da cleptocrácia mas o aprofundamento da IMPUNIDADE. Não nos faltam leis, faltam juízes! MAIS JUÍZES, menos títeres será meu cartaz, se sentir ânimo ainda. O cenário que se avizinha com essa blindagem construída pelo Pt no STF não dá a mínima esperança de que algum malfeitor vá ser punido algum dia. Mesmo q essa oposição de bundas-mole ganhe.

robert dornelas em 12 de setembro de 2013

Não publico em hipótese alguma elogios ou conclamações à violência.

Medico-professor em 12 de setembro de 2013

quanto mais tempo de PT, mais o pais vai para o buraco ... o crime de corrupcao compensa...

Desbravador em 12 de setembro de 2013

Críticas, sempre. Ofensas, nunca. Não publico aqui no blog. Peço sua colaboração no futuro.

Cleonice Ribeiro de Oliveira em 12 de setembro de 2013

É muito triste constatar esta realidade. Sabemos que não existem verdades absolutas, mas as decisões judiciais deveriam ser guiadas pela conexão entre lei, ética, razoabilidade e, principalmente, utilizando-se de uma única medida para cada um dos pesos da balança.

GutoBACKYARDS em 12 de setembro de 2013

Depois que o Melandovsky perguntou ao Barbosa "e nós, por um acaso, estamos com pressa aqui?" logo percebi que a fatura estava liquidada. O tal Barroso, defensor do Batisti-o que por si só já diz muito, é tão empolado que ganhou o título de mais pedante do Marco Aurélio e o tal Teori, da teoria do "quadrúpede" são a prova incontestável de que a nomeação para o STF é uma aberração no Estado de Direito, uma subserviência explícita que foi escancarada desde a nomeação do BiReprovado Totófoli que é um leguleio quando muito. Enfim, viva Banânia, terra de gente que aplaude a Zelite política parasita estatal e ainda se ufana do status quo.

VALMIRO-BA em 12 de setembro de 2013

Sempre haverá argumentos prós e contras em quaisquer julgamento, até no de maduro, na Venezuela, ondem o tribunal argumentou a favor pela "constitucionalidade" da sua posse... Tudo é possível, quando homens julgam, especialmente quando julgam para atenderem seus interesses pessoais e não o da LEI! Deus, tenha piedade dos nossos filhos e netos...

Ruy Monteiro em 12 de setembro de 2013

Setti, se o STF aprovar a aceitação dos embargos infringentes o Brasil decente deve acampar na porta do Supremo, em Brasília, exigindo a renúncia imediata dos "ministros mensaleiros", pois estarão impedindos moralmente de vestir a toga da Justiça.

Aquiles Pereira em 12 de setembro de 2013

O que nós conseguimos a mais de 500 anos pra melhorar o Brasil o PT dilma/lula conseguiram destruir em apenas 12 anos... DEUS salve o Brasil!!!

Tião bento,Rj em 12 de setembro de 2013

Difícil, muito difícil, mais ainda conter o riso de satisfação de apresentador de telejornal inquirindo seu especialista da hora, visívelmente constrangido, o apresentador falava feito uma metralhadora, e olhava para baixo para buscar esconder o que não dava para esconder. "Brsil avança devagor no rankingda stisfação global das Nações Unidas", e a machete do final do jornal o globo. agora deve ficar depressivo. É tanta barbaridade que vai descambar para tanto.

Alessandro Pissarro em 12 de setembro de 2013

O Ricardo tem razão, se o Supremo der para trás não temos mais como e por que acreditar na Justiça.

o desPTtizador em 12 de setembro de 2013

Seguem aqui duas justas homenagens [feitas por bandas de rock nacionais atuais - o q mostra q o encanto com a esquerda ficou nos 80's e 90's!] ao PT e seus soldados: . http://www.youtube.com/watch?v=9vB6t9YyPdg [com a linda canção ENFIARAM O BRASIL; a capa e o nome do cd são obras de arte!]; . http://3.bp.blogspot.com/-3ap5cCpNfuM/UemTwVAe_rI/AAAAAAAAVyk/4CGfc-cep_k/s1600/ANARKHON_Welcome+to+the+gore+show.jpg [a capa do cd é uma obra de arte!].

Alex em 12 de setembro de 2013

Bancada mensaleira é uma acusação muito grave.E o Fux e o Joaquim são o que mesmo, já que no passado muito recente, admitiram a existência dos recurso. entendi, o julgamento tem que sair de acordo com a vontade de vocês, se não...

dexter em 12 de setembro de 2013

A se concretizar o pior dos resultados para a parte decente da população, ruirá o último dos pilares que sustenta, ainda, a esperança dos honestos. O Judiciário sucumbe, também. E a comemoração será com champagne francês, pago com nosso bolso, é claro. E como ficaremos doravante?

Vera Scheidemann em 12 de setembro de 2013

O dia de ontem foi preocupante e nos fez sentir, uma vez mais, vergonha. Mas ainda temos o dia de hoje para consertar essa barbaridade. Quem sabe, né ? A esperança é a última... Vera

Marilia em 12 de setembro de 2013

NO Brasil nao ha justica, a Inglaterra julga e condena qualquer um que cometa crime, seja rico ou pobre,famoso ou nao, e uma questao de senso e obrigatoriedade do Pais. O problema e que o Brasil nunca prendeu os bandidos corruptos e hoje esta sendo administrados por eles. Os bandidos estao em todos os setores do Governo e alguns da midia, tudo comprado,nao existe etica,carater e responsabilidade. o Unico que se demosntra ser um homem etico e Joaquim Barbosa. Dirceu e um criminoso,mal carater e sanguinario assim como o PT...O problema do Brasil e muito grave, se caminha para um comunismo, nao se pode falar nada que eles tentam vetar..que democracia e esta??? Existe uma mulher com um passado de sangue,uma ignorante, que nao sabe o que e uma economia..com o passado que ela tem jamais se elegeria em um Pais serio!! Tudo e uma farsa, O PT sao mercenarios e sanguinarios metidos a intelectuais. Extremistas de uma ideologia que ja matou milhoes no mundo e o Brasil esta caminhando para uma destruicao pois o caos e as estrategias do governo estao prevalecendo a fragmentar o Estado, a constituicao e todos os poderes, ate as forcas armadas esta enfraquecidas,pois eles vao ter caminho livre para transformer o Brasil em um Pais venezuelano, cubano e haitiano...Eu nao moro no Brasil ha muitos anos e nao pretend voltar por mais alguns anos, mais tenho absoluta simpatia pelo Povo Brasileiro que lida com isto todos os dias. Lamentavelmente nao vejo ninguem que possa SALVAR o Brazil deste assassinato eminente!

Jo Lima em 12 de setembro de 2013

O mensalão mostra como o Brasil precisa duma reforma no sistema judiciário. Ele foi feito para livrar aqueles que possuem dinheiro para pagar advogados de nome. Para a população, fica essa sensação: para os pobres mortais, cumpra-se a lei; para os eleitos, compra-se a lei.

Wilson Alves em 12 de setembro de 2013

Eu já não acreditava mesmo.

Bruno em 12 de setembro de 2013

Mudei radicalmente a minha posição. Agora quero que os embargos infringentes passem e que, como de costume, Roberto Barroso possa exercer o que de melhor sabe: trabalhar em prol de bandidos. Seja como advogado, seja como juiz, esse é o seu metier. . Por ele, Barroso, já foi tudo tornado claro - ao que vem. E o Teori também não se esconde debaixo da toga. Vai para a luta, afinal foi para isso que ambos foram nomeados. . Porque estou a favor ? Pode ser, uma leve esperança, que grande parte do Brasil se revolte contra o que se passa e decida mesmo retirar o PT do poder em 2014. E uma vez fora, ele (PT) nunca mais voltará. . Eu troco bem as "absolvições" de Dirceu & Co. por o fim do PT no poder. A palavra final não está com os juízes, está com os brasileiros.

Ciro Lauschner em 12 de setembro de 2013

Sobrou o queé conhecido no Brasil há anos, só vai preso o famoso PPP.

marta em 12 de setembro de 2013

. Eu fico cá pensando o que se passa na cabeça dessa gente que desvia dinheiro recolhido do suor de uma nação inteira. . O que será que eles pensam que ganham?! A vida é tão curta! Nem dá tempo para gastar todo dinheiro roubado. . Um exemplo é o tal chavez, modelo da galera mensa-quadrilheira. O cara morreu, foi pro inferno e o que restou pra ele? Levou alguma coisa? E o país arrasado que ele deixou de herança, serviu pra alguma coisa? . A grana, eles não tem tempo hábil para gastar; na história, ficarão como os grandes vilões da pátria, para eternidade. Pode não ser hoje, mas um dia, lá na frente, a verdadeira história os colocará no devido e merecido lugar. Exemplo: hitler. O cara era amado, cultuado, respeitado quando estava na ativa e hoje, a história deu a ele seu merecido lugar, para sempre. . É esse futuro que espera lula, dirceu, dilma, genoino, delúbio, Sarney e outros tantos. Será que vale a pena?. . Seguramente, eles devem achar que vale. .

S.CATOIRA em 12 de setembro de 2013

Seu comentário foi deletado porque utilizou linguagem grosseira, imprópria para este blog.

Sandra D'Agostini em 12 de setembro de 2013

certamente!

artur lago em 12 de setembro de 2013

A única coisa de diferente é LULA o bebê de Rose o dono do Ex País, que agora é "BRAZUELA" VAMOS PARA AS RUAS EU SEMPRE DISSE: " CLARO QUE NO FINAL,A QUADRILHA DE LULA NÃO PEGARIA CANA! CANA! RUAS JÁÁÁÁÁ PORÉM GRITANDO FORA LULA JÁÁÁÁ

Pedro Gomes em 12 de setembro de 2013

Acompanhei o julgamento desde o início. O que vão fazer amanhã (é o que parece) será uma afronta ao próprio Supremo. Quem foi condenado está conseguindo apagar o que foi ampla e longamente discutido, de maneira livre e transparente, com Advogados e Réus tendo todas as oportunidades de defesa. Estou triste e sem esperanças nesse nosso País, palco de vários episódios de corrupção que não são punidos pela mais Alta Corte. Uma lástima!!!

Enos Lopes da Silva em 12 de setembro de 2013

Não publico nada que seja simpático à ditadura militar.

artur lago em 12 de setembro de 2013

AGORA SOMOS BRAZUELEIROS!!!

amanda em 11 de setembro de 2013

vergonha!

Wagner Bueno em 11 de setembro de 2013

Minha percepção simplista de cidadão é......... Estado de Direito APOIO TUDO QUE DECIDIREM mesmo sem concordar........e sou Fiel defensor da Democracia e Constituição e estou aprendendo a conhecer o aurélio...vcs conhecem.....o Aurélio do dicionário e jogar com interpretação...... Creio que mais uma vez temos que rever o VOTO, pois quem deu o Estado de direito de estar lá fomos nós votando em nossos competentes representantes....POR ISSO AMO a DEMOCRACIA.... por isso APOIO porém posso não concordar....ABRAÇO e fiquem com DEUS...!

marcos em 11 de setembro de 2013

eu nunca me iludi achando que o p t iria deixar barato, o dedo podre do poder consegue corromper tudo nesse pais, ai eu lembro a todos ano que vem é nois vei demissão em massa nos dois poder !!! executivo e legislativo !!! é muita bunda pra chutar em !!!

Corinthians em 11 de setembro de 2013

Pois é Setti, O aparelhamento novamente vence - chegou ao STF. E os parlamentares continuam em seu papel de meros homologadores automáticos do governo executivo. Vamos ver. A pulga aqui na minha orelha já me questionava se Melandovsky (se o Neil me permitir este plágio) não se arriscaria a passar tal vergonha ao promover os atrasos e as chicanas sem chances de o placar virar. Eu insisto: duvido que os mensaleiros - tanto o confesso Delúbio, como o do extrato João Paulo Cunha, e o chefinho Dirceu - sejam presos. Condenados foram. Já é uma vitória. Infelizmente vemos a homologação do país da impunidade.

cético em 11 de setembro de 2013

Ora, que ingenuidade, a justiça brasileira se firma em "acordos" que sempre beneficiam alguém, simples assim... senso de justiça só existe na cabeça do povo crédulo. O surpreendente seria se fosse diferente.

Luciano em 11 de setembro de 2013

O Barroso era carta marcada, tava na cara.

alexandre em 11 de setembro de 2013

Setti Vc não concorda que todos os cidadãos tem direito a recorrer de um julgamento. Principalmente na esfera penal. Eu não acho absurdo ter outro julgamento. Isso é um direito básico. O problema é outro. A demora de 7 anos para o primeiro julgamento do mensalão. E a causa dessa demora está na sobrecarga de trabalho do STF. Qualquer julgamento acaba no STF. Isso deve acabar. E em vez de atentar contra o direito internacional consolidado de recorrer de uma decisão judicial, deveríamos repensar o funcionamento de nosso STF e de diminuir a morosidade da justiça.

Pedro Luiz Moreira Lima em 11 de setembro de 2013

Foi um julgamento do próprio STF - nada além disso.

sallo cerginer em 11 de setembro de 2013

Um Supremo indicado pelo PT, vcs queriam o que ? Um Estado de Direito Pleno, Isento e Democratico ? Pobre Ilusao !

Helio em 11 de setembro de 2013

O Min. JB poderia ter sido mais humilde e insuflado pela mídia vendeu uma imagem de um sábio. Esqueceu que a interpretação da Lei deve ser feita com a razão deixando a emoção de lado. Agora vai ter que esperar um pouco mais até ver seu sonho concretizado. Espero que saiba se comportar, tendo compostura, sem dar vexame como tem sido os seus recentes encontros com jornalistas.

Francisco D.V.Filho em 11 de setembro de 2013

Isso é que é notável saber jurídico? O ministro Tofoli, julgando ex-companheiros, é imparcialidade? Um ministro, indicado por Lula, que claramente tem se comportado como advogado de defesa dos réus, é correto? Se a lei em vigor não prevê tais recursos,em que se basearam os quatro que votaram em favor dos mensaleiros? Ah, "nem precisa explicar, eu só queria entender!"

Cleber em 11 de setembro de 2013

so resta uma saída. Min. Joaquim Barbosa convoca a Imprensa, renuncia a presidência do STF. Manda este mandato para as viciosa, sai abraçado pelo povo e,será nosso futuro PRESIDENTE.

Olati em 11 de setembro de 2013

Imagine como o PT vai usar isso. Finalmente a inversão total vai acontecer. Cidadãos de bem para cadeia, bandidos, todos no poder...se engana o amigo que diz termos uma democracia. Ela é falsa e somente em poucos canais podemos nos rebelar. A maioria da imprensa é comprada pelo governo e tem controle sobre o que é publicado...cadê que você vê este tipo de indignação na Globo, SBT ou Record?

Olati em 11 de setembro de 2013

Imagine como o PT vai usar isso. Finalmente a inversão total vai acontecer. Cidadãos de bem para cadeia, bandidos, todos no poder...

Inald Brum Brum em 11 de setembro de 2013

Entendo perfeitamente sua indignação, caro Inald, mas não publico comentário que de alguma forma incite a violência como solução para qualquer coisa.

José Roberto Dias em 11 de setembro de 2013

Desmoraliza-se o STF e agora o que fazer, a quem recorrer, em quem acreditar ? Os homens de toga parecem sucumbir e a agora, pergunto mais uma vez? Ir para as ruas não basta, na frente da tela menos ainda. Nos colocaram contra as cordas, sem saída, a não ser que me junte a você, a outros vocês, a todos vocês. Tenho que deixar de ser uma varinha, juntar-me a outras, virar um feixe forte e poderoso.

Inald Brum Brum em 11 de setembro de 2013

Não sou tão jovem mais, mas um dia espero do povo condenar os traidores da nação de forma a que eles antes de cometer qualquer delito contra o país pense duas vezes

Pedro Luiz Moreira Lima em 11 de setembro de 2013

A democracia vai continuar - a maioria aqui indignada protesta abertamente,assim VIVA a Democracia! Pedro Luiz

Inald Brum Brum em 11 de setembro de 2013

Vocês viram o julgamento e perceberam como o ministro Barroso é cínico? dizer que está cansado desse processo é demais, pois mau ele começou, que por sinal veio para se somar a Lewandoeski, Tofilli, Zavaschy e Weber, vem dizendo que é exaustivo. Bem, quem pode dizer mais sobre isto são os ministros que vem acompanhando a muito esse processo de forma ativa e mais ainda, os donos do poder, o povo, que espera uma solução pro-condenação e não tem mais e nem menos, pois por muito pouco e bem menos ampla defesa estão os milhares de encarcerados nas penitenciarias, e sabem porque estão lá? a grande maioria é pobre, não pode comprar juízes e muito menos ministros de STF

joão augusto em 11 de setembro de 2013

Sua chamado ao texto foi pertinente, o STF não está julgando somente os mensaleiros, mas toda uma credibilidade,sonhos de milhões de pessoas nas ruas, eu entre elas. Alguns votos, nós já o sabíamos como aconteceu. Agora, ficamos com coração na mão, esperando os outros pareceres. Mas resta ainda um sabor amargo, de indignação, vergonha e profunda tristeza. O dirceu que disse(descaradamente) ser vítima da classe dominante pode ficar contente. Esta mesma classe existe e lhe dá guarida desvergonhadamente. Deve esta hora estar brindando com champagne juntamente com llula, marquesa do Aroche e companhia.

THIAGO em 11 de setembro de 2013

DECEPÇÃO: Esta é a palavra que resume o sentimento dos brasileiros para com o STF. O povo precisa se mobilizar contra essa barbaridade!!!

Pau de Arara em 11 de setembro de 2013

Caro Pau de Arara, compartilhamos da sua indignação, ma seu comentário não foi publicado por não se adequar às regras do blog http://goo.gl/u3JHm, amplamente divulgados, que não permitem comentários em caixa alta, pois textos escritos em letra maiúscula, além de dificultar a leitura pelos outros leitores, soa como gritos, na internet. Abraços

toninho malvadeza em 11 de setembro de 2013

Amanhã todos poderão dizer finalmente,se o crime compensa ou não.4 dos juízes já nos fazem pensar que sim...

o desPTtizador em 11 de setembro de 2013

Aqui está o email da Casa Branca para quem quiser solicitar ao governo americano q divulgue as tais "espionagens", as quais deverão expor todos os golpes para a implantação [cada vez mais real!] do Bolivarianismo Bovino no Brasil!!!! - http://www.whitehouse.gov/contact/submit-questions-and-comments ==== “Dear friends: I’m a brazilian man and I’m concerned with the direction of my country, which is frighteningly heading to Bolivarianism!!So I beg you: disseminate the contents of these “spying” because they must contain evidences of the dictatorial direction that my country is shamelessly taking! Do not be fooled: the Rousseff government is so pernicious as Lula’s government, both with high affinity to Communist dictatorships!!Both administrations are a garbage! Please, disclose the contents and save my country!!!!!!”

CDPLAY em 11 de setembro de 2013

A confiança já está perdida a muito tempo. Quando o presidente de uma nação indica o afilhado de partido, reprovado em concurso ligado ao sistema judiciário, o STF não tem condições de julgar ninguém graúdo ligado ao partido do presidente. Julga somente os outros. Ou seja: Estamos no fundo do poço. Acho que acabou. Não existe uma relação de confiança ou desconfiança. É total descrédito, puro e simples.

roberto em 11 de setembro de 2013

Agora dá para entender o porque de toda essa marola sobre espionagem. Manobra diversionária dessa quadrilha que governa o Brasil.

roberto em 11 de setembro de 2013

Alguém que considere uma guerra civil solução para qualquer coisa não tem ideia do que isso significa. Se tem, abriga sérios problemas.

João em 11 de setembro de 2013

Ricardo Setti. Por que o Brasil é assim? O que as pessoas de bem têm que fazer para que isso não aconteça? Um abraço e até a próxima!

Jorge Guerrero em 11 de setembro de 2013

Babacas!

Observer em 11 de setembro de 2013

AlexRio - 11/09/2013 às 19:26,tens toda razao,nao vejo motivos também para o governo investir em escolas,professoares e sei la mais o que...basta ser bandido que seu lugar é assegurado neste Pais. Tudo falido...os direitos que o cidadao brasileiro,lutou tanto para conseguir na sua existencia,ja foram perdidos a muito tempo.Brasil nota zero!!E pior que deve sediar os jogos,sera um caos total e um Deus nos acuda!!!

jose almeida em 11 de setembro de 2013

O Josias publicou o vídeo onde o Celso de Melo reconhece os embargos infringentes como validos. Convém aos descrentes do voto do Barroso assisti-lo com especial atenção. Nenhum ministro presente na sessão abriu a boca pra contradize-lo. Isso mostra a validade dos argumentos do Barroso e a sem cerimônia do Barbosa e do Fux em esquecer que nada disseram naquele momento.

Reinon em 11 de setembro de 2013

Acabou o Brasil já era !! É uma vergonha

Observer em 11 de setembro de 2013

Quando um Pais é governado por uma organizaçao de astutos e oportunistas,que se quer conhecem a nossa Constituiçao,nao poderia ser diferente. Mas eu continuo a perguntar-me?Onde anda a oposiçao? Se este terrorismo continuar,temo de verdade uma guerra civil. Encontrei algo bastante interessante,e no texto encontrei uma frase: O Brasil é o mais deligual do mundo.Do mundo,gente!!! Brasile – Confusioni concettuali nel governo del PT http://asud.net/brasile-confusioni-concettuali-nel-governo-del-pt

Edson Flavio Cardoso em 11 de setembro de 2013

Não dá para aguentar se esses embargos forem acolhidos, só mesmo uma mobilização gigantesca poderá evitar tal absurdo.

fernando em 11 de setembro de 2013

uma vergonha esta justiça que nada faz contra corruptos políticos já esta mais que provado que vergonha lastima. povo esta descrente com razão não imaginam que estão inflamando ainda mais o povo que já esta nas ruas por todo pais não aguentam mais serem tapeados enganados.

LAF em 11 de setembro de 2013

Caso a bancada pró mensaleiros vença, o ministro Joaquim Barbosa deveria renunciar à presidência do Supremo e lançar sua candidatura à presidência do Brasil para acabar de vez com toda a esperança dos petralhas de se perpetuarem no puder

Virginia Oliveira em 11 de setembro de 2013

Lamento, Virgínia, mas deletei seu comentário por conter ofensas. No caso, chamar alguém de "vendido". É perfeitamente criticar, da forma mais veemente possível, sem xingar ou ofender. Aliás, faço isso quase todo dia. Agradeço sua cooperação das próximas vezes. Abraços

André de sapato novo em 11 de setembro de 2013

Esta atual composição do STF, salvo honrosas exceções, é o mais fraco intelectualmente da história. Esses, certamente não estão preocupados com as suas biografias.

Sandy em 11 de setembro de 2013

É muito triste a dor de uma desilusão...

Elaine em 11 de setembro de 2013

Olha que coincidência, os últimos a serem escolhidos votaram a favor dos Petralhas!! Ops, ainda falta o Lewandowski, qual será o posicionamento dele, hein, nem consigo imaginar (sic). Depois dizem que Olavo de Carvalho não tem razão de nos chamarmos de idiota.

Adhemar em 11 de setembro de 2013

APELO AOS MINISTROS DE CARÁTER NA CORTE! Ao chegarem em suas residências, olhem nos olhos de cada um de seus entes, principalmente nos olhos de seus netos, e reflitam bastante com relação ao seu voto. Ainda e tempo devresgatarmos a dignidade deste pais. E este pais que vocês querem para os seus netos? Para votar contra não precisa mais justificar e só acompanhar o Min. Fux. Espelhem-se na dignidade dele.

vanderlei em 11 de setembro de 2013

AKI JAZ O POVO.Assim termina mais um capitulo de uma historia de um filho sem pai.O Brasil e um filho sem pai,órfão de ética e de justiça.

WALDIR em 11 de setembro de 2013

Meu Deus, até quando isto irá acontecer? O que vamos, nós, simples mortais, fazer? Isto é muito mais do que um tapa na cara, às vezes tenho até vontade de ser um ermitão só para não tomar conhecimento destes descalabros. Afinal, a justiça não é para condenar? mas no Brasil é e sempre será assim.

mario em 11 de setembro de 2013

São um bando de canalhas. Data vênia.

ANA LUCIA em 11 de setembro de 2013

100% de acordo.... É inadmissível que 200 milhões de brasileiros vejam sua esperança de justiça irem pelo ralo, por causa da cabeça de seis ministros venais.

Julio em 11 de setembro de 2013

Os Senhores Ministros estão apagando fogo com gasolina, o povo que lê e pensa já percebeu o jogo do poder. Como pode um regimento do STF ser superior à lei? Só no Brasil um grupo de juízes favorecidos pelos donos do poder tem a cara de pau de impor uma condição sem previsão legal. Será que o povo poderá confiar na justiça ou será melhor começarmos a fazer justiça com as próprias mãos já que da justiça nada pode ser esperado. A corrupção mata por atacado já pensaram nisso algum dia na vida? Esqueci o criminoso italiano aqui no Brasil é exilado político!!!!

Jose Amadeu dos Reis em 11 de setembro de 2013

A justiça braseira nas mãos de bandidos,fizeram o mal ganhar do bem,aguardem vamos virar um país com guerra civil.

Hélio em 11 de setembro de 2013

Olha, na minha opinião, desde o início, este julgamento foi transformado em um grande espetáculo. O que era pra ser uma discussão, um debate, envolvendo provas, leis, argumentos pró e contra os réus, foi transformado num grande duelo de mocinhos e bandidos, onde quem se atrevesse a discordar da versão oficial dos fatos, independente da validade ou não dos argumentos, era logo vilanizado e massacrado pela mídia e redes sociais. Este caso dos tais embargos é a mesma coisa. É um assunto polêmico, que divide a opinião de juristas e operadores de Direito, mas está sendo colocado como um assunto de vida ou morte, como um divisor de águas, um 11 de setembro (!!!???), o fim dos tempos,etc. Vários juristas, inclusive o Luiz Flávio Gomes, que foi citado pelo próprio Joaquim Barbosa, falou que os embargos são válidos, mostrando que este tema é complexo demais para ser colocado como um Fla-Flu, um Gre-Nal, etc. Este clima de bem contra o mal, insuflado por alguns colunistas que às vezes chegam às raias da histeria (claro que o Setti não está incluído neste meio), só tende a ser prejudicial à própria Justiça.

paulo em 11 de setembro de 2013

A suprema corte da Venezuela...parecia um assunto distante... Engano, o poder q ainda tínhamos um fio de esperança está a 1 passo da desmoralização. O que nos restará ? pagar todos impostos e ver este bando de gatunos a espoliar o país? O executivo na mão de uma desequilibrada, sem capacidade de gerenciar um botequim , legislativo q só trabalha na base da porrada e enfim o judiciário, a Suprema Corte, aparelhada. A Venezuela é aqui !

Ari Bruno Lorandi em 11 de setembro de 2013

Isso é o máximo do que se chama de insegurança jurídica, ou seja, quando o que a maior corte do país decide mas não vale. Agora é preciso criar um super STF para julgar as decisões do TSF. Mas não pode ficar assim.

Fatos concretos em 11 de setembro de 2013

A confiança do brasileiro na justiça é ZERO. Só sabem perseguir petistas e ignorar crimes tucanos. Dar HC pra médico estuprador, jornalista assassino e prender quem lutou pelo país. Meu processo contra uma construtora está na justiça há 14 anos. Já venci em todas as instâncias, mas quando chegou em Brasília o juiz engavetou o processo. Deve ter jogado meu processo no lixo. CONFIANÇA NA JUSTIÇA NUNCA EXISTIU. SÓ ELITE SE BENEFICIA.

Manuelzao em 11 de setembro de 2013

Certamente esses votos a favor dos embargos infringentes estão deixando perplexo todos nós brasileiros. Afinal que moral tem esses magistrados para criticarem a votação da Camara que manteve o mandato de um sujeito já condenado pelo proprio Supremo. Quer que dizer tudo que foi apurado vai pro lixo? È a desmoralização da democracia, se é que existe por aqui. Assistir a TV Justiça(?) nunca mais.

Meia Verdade em 11 de setembro de 2013

A partir de amanhã os condenados (Fernandinho Beira Mar, Marcola....) deste país estarão em festa, poderão entrar com os embargos infringentes.

Luciano em 11 de setembro de 2013

É preciso mostrar para essa corja que o Brasil é maior que eles! E não estou falando dos mensaleiros. STF NÃO É PIZZARIA!

Luciano em 11 de setembro de 2013

É sr. Setti, o voto de Fux me surpreendeu, já achava que ele negaria os embargos pela postura que tem demonstrado, mas o voto foi muito bem fundamentado. O toffolli tem muita cara de pau mesmo para votar pelos infringentes depois de um voto como o do Fux. Quem votar a favor dos mensaleiros depois daquele voto vai ter que suar para merecer o soldo...

carlos alberto cunha em 11 de setembro de 2013

Assas JB Corp Contrariando ao inciso VII do artigo 8º do Decreto nº980 de 1993, Joaquim Barbosa utilizou o endereço de imóvel funcional como sede de empresa que criou no estado da Flórida, nos Estados Unidos da América. Esta empresa denomina-se Assas JB Corp e tem o ministro como proprietário e diretor, o que fere a Lei Orgânica da Magistratura.

sergio em 11 de setembro de 2013

A minha confiança na Justiça é zero... ou pode ser zero a esquerda.

AlexRio em 11 de setembro de 2013

"Rodrigo - 11/09/2013 às 18:35 Que Celso de Mello não nos decepcione…" Juizes do STF, e espero que nenhum de qualquer instancia, estão no cargo para decepcionar ou alegrar ninguém. O q quer que decidam, o fazem pelas provas dos autos ou seu entendimento das leis, é simples.

Hipócrates Viana em 11 de setembro de 2013

É quase certo a derrubada da moral do STF. Lembrarei aqui alguns efeitos dessa decisão histórica: 1) o aumento de atitudes marginais aumentará sensivelmente. 2)a grande maioria da população não reage aos assaltos e roubos pois é convencida pelas autoridades que representam o estado a não fazê-lo. Sem credibilidade a partir de agora, esse estado vai assistir a reação da população a tentar fazer JUSTIÇA com as próprias mãos. Vão se armar e reagir, pois acabam de descobrir que não há ni nguém por ela. 3)Com esse precedente os políticos que já não tinham medo da justiça e roubavam descaradamente, agora a porteira está aberta, "vai que é tua peão!". 4) Só que o dinheiro roubado todos sabem que é de impostos. Vai haver agora um culto ao não pagamento dos mesmos ou sonegá-los, que é a mesma coisa, pois haverá total descrédito do retorno dos mesmos, servirá só para enriquecer os políticos. 5)Infelizmente a audiência dos jornais,revistas e telejornais cairá drasticamente, pelas pessoas que eram esperançosas de boas notícias e descobrirão as encenações das lindinhas e bonitões dos tele jornais( viu Bonner).6) Tenho de parar de relutar com minha esposa e aceitar: JOSÉ DIRCEU AINDA SERÁ O PRESIDENTE DO brasil!

sergio em 11 de setembro de 2013

Neste caso, pelo caminhar da carruagem... Podemos pensar em fechar o STF. Não apenas a Justiça acabou, acabou também o país. Triste país.

Nilton em 11 de setembro de 2013

É claro que os mensaleiros não serão absolvidos; isso não existe. Poderão terão as suas penas atenuadas, mas serão mantidos em condenação. A eventual atenuação criará jurisprudência para crimes correlatos de outros naipes partidários do Brasil que poderão vir à tona. Ou alguém é ingênuo a ponto de pensar que corrupção só tem nos governos petralhas? Parte da mídia operou tanto para ver esses caras na cadeia que o STF, que antes foi elevado aos píncaros da glória da justiça, agora começa a ser tomado como mais um antro de bandidos. É o que dá passar só meio país a limpo. Se já tivesse sido julgado o mensalão tucano-mineiro, teríamos uma jurisprudência formada que daria base para o julamento do mensalão petista-nacional. Enfim, é uma guerra política e ideológica que vai recrudescer incomensuravelmente até a eleição do ano que vem, com a utilização de vasto arsenal de baixarias de todos os lados.

AlexRio em 11 de setembro de 2013

Eu devo ser suíço, porque nunca tive qualquer confiança na Justiça brasileira, por isso não faço parte da turma à qual ainda resta confiança. Politico ladrão de alto nível não vai pra cadeia no Brasil, seja do partido politico que for, PT, PSDB. PMDB, PFL, MDB, UDN, qualquer coisa.

jose almeida em 11 de setembro de 2013

Ora, a grande maioria de juristas que publicou artigos ou deu entrevistas dizem exatamente o contrário do Setti, os embargos infringentes não forma revogados. O Barroso citou vários ex-ministros que confirmaram, pós 1990, que os embargos infringentes persistem. Questão técnica é perguntar se existe jurisprudencia ou não. Todos esses ex-ministros que afirmaram que os embargos existem não forma contraditos nos julgamentos. Vários ministros que estão hoje no STF já aceitaram os embargos infringentes, inclusive o Celso de Mello que disse que não precisava mandar os que não tinham foro privilegiado para a 1ª instancia porque eles podiam contar com esses embargos infringentes. Então pergunto, por que alguns insistem em esquecer esses fatos?

carlos alberto cunha em 11 de setembro de 2013

E os vândalos que quebram, dilapidam, tocam fogo, roubam o patrimônio público e privado, são identificados, são presos e, sem apelar para o domínio do fato, são liberados imediatamente. Gracinha né?.

Carlos Alberto Oliva em 11 de setembro de 2013

Não publico qualquer incentivo, elogio ou mesmo menção à ruptura da ordem constitucional.

Meia Verdade em 11 de setembro de 2013

Uma coisa eu fico muito feliz Uma coisa me deixa muito feliz ________________________________________ Vamos entrar no livro guinnes com a maior pizza já feita por um país.

vanderlei em 11 de setembro de 2013

A nossa pobre vida entregue na mão desses corruptos,matam seu povo aos poucos,sem educação ,sem saúde e sem segurança.MATAM NOSSOS FILHOS AOS POUCOS...SEM ESPERANÇA.

Jose RJ em 11 de setembro de 2013

A proteção dos direitos fundamentais - e não o que a grande mídia acha - é o que deve prevalecer e qualquer professor de Direito sabe que sabem smi os E. infringentes . E ministro não é para ser o "porta-voz" de opinião publicada , ou mesmo pra ser combatente da pseudo-criminalidade...ministro julga com o direito e a constituição... Fosse o contrário , ou seja , infringentes para rever absolvição anterior , estaria tb correto !

Rodrigues em 11 de setembro de 2013

Eu já disse aqui, várias vezes o país está sendo governado por um bando que não respeitam a constituição é um pessoal sem pátria. Se a constituição está acima de um regulamento interno, então tem que acatar a lei. Com a palavra o presidente da câmara federal, à respeito dessa lei já sancionada na casa do povo.

jefferson toledo em 11 de setembro de 2013

Está em marcha acelerada a venezuelização do Brasil.Tá tudo dominado,pudemos comprovar isso hoje,assistindo à sessão do STF.

J.B.CRUZ em 11 de setembro de 2013

Definitivamente,não se faz juízes como antigamente..Não precisa ser pisicólogo, para notar na fisionomia dos juízes pró-mensaleiros; a sombra do medo e o temor nas palavras, ao explicar filigranas e brechas na lei em favor dos criminosos...

jr em 11 de setembro de 2013

O) povo brasileiro nada mais é do que espelho da classe política!

Meia Verdade em 11 de setembro de 2013

Não há o que contestar caro Ricardo, tudo dentro da Lei e da democracia(eleições diretas, indicação dos ministros para o supremo....). Para aqueles que acham que estamos preparados para uma democracia a resposta virá amanhã. Não temos do que nos queixar.

Nerah em 11 de setembro de 2013

Desde o inicio deste julgamente eu ja dizia que ninguem sera punido, tudo é uma farsa. O pais está entregue aos corruptos. Infelizmente não há justiça, é um verdadeiro teatro. Pobre do Joaquim Barbosa que se esforça, mas não consegue convencer os seus pares. É triste testemunhar tudo isto.

jr em 11 de setembro de 2013

Brasileiro povo covarde!

jr em 11 de setembro de 2013

Cadê O gigante?

jr em 11 de setembro de 2013

Cadê os manifestantes em frente ao STF?

DIROFF em 11 de setembro de 2013

E vamos continuar cacarejando aqui no blog???????

waldemir em 11 de setembro de 2013

parece que no Brasil teremos que colocar grades em volta do perímetro e jogar a chave no mar (ninguém entra e ninguém sai) transformando o pais numa imensa prisão, haja vista que, aqui sim, o crime compensa..

vanderlei em 11 de setembro de 2013

As nossas torres foram derrubadas simbolicamente nesse 11-9-1013,lama,estamos na lama. Somente a próxima geração conseguira mudar,perdemos a oportunidade......lamentável.OS CORRUPTOS CONSEGUIRAM.

Paulo Teixeira em 11 de setembro de 2013

..Meu Deus, que nojeira. Como explicar para meus filhos que roubar não é correto? Como posso viver em um pais em que a mais alta corte se contorce para livrar ladrões da cadeia?

mauro em 11 de setembro de 2013

Sr. Setti, minha confiança na justiça do Brasil não está em jogo, visto que não a tenho mais já ha um bom tempo. Mas, chegamos ao ponto do surreal, com o aparelhamento do STF. Só Deus...(porque hoje não há nenhuma instituição interessada no bem-comum. Nenhuma.)

alzair em 11 de setembro de 2013

esses embargos deveriam se chamar embargos salvem os petista

hamilton daato em 11 de setembro de 2013

Julgamento não é partida de futebol Setti; os juizes voltam de acordo com o seu entendimento; quem vota a favor é corrupto? Quem vota contra é santo? Esse é um argumento infantil, de quem torce e de quem pensa com o fígado, não com o cérebro.

Isaias Munhoz em 11 de setembro de 2013

O Brasil está de LUTO... É uma vergonha, um verdadeiro descalabro ao que assistimos hoje no julgamento do mensalão pelo Supremo Tribunal Federal. A sociedade brasileira não suporta decisões desta natureza, onde ministros nomeados por esse governo corrupto e ineficiente e citamos: Ministro Teori Zavascki, Barroso, Tófoli e Rosa Weber que votaram a favor de uma medida protelatória, que levará a prescrição de crimes; desta quadrilha de bandidos; disfarçados de políticos, que se aproveitando de uma posição privilegiada, organizaram-se para subjugar os brasileiros, por tempo indeterminado. A seção de hoje acabou com a única esperança de ética e justiça que poderia e deveria existir na maior corte do país. Acabou! O STF sepultou nossas esperanças e jogou na lata de lixo todos os princípios de ética e de bom senso que imaginávamos ainda existir. Salvou-se o eminente Ministro Joaquim Barbosa, homem de brio e fibra que, independente de toda pressão, soube se portar como um brasileiro de verdade. Ministro Barbosa RENUNCIE já ao cargo de Presidente deste Tribunal de “faz de contas” e venha ser o nosso PRESIDENTE da república; independente de partido político; precisamos de um homem com a sua envergadura e postura. Saia já desse ninho de cobras, composto de magistrados; tão bandidos; quanto estes malfeitores que foram beneficiados com esta decisão. Ministro Joaquim Barbosa somente um homem com as suas qualidades poderá salvar este país, impregnado de políticos corruptos, ineficientes e mercenários. O momento é crítico e exige uma profunda reflexão e a sociedade esta indignada, cansada sem saber para onde correr Não nos deixe órfãos, apelamos ao seu bom senso e some-se a esta população tão carente sob todos os ângulos. Vamos acordar o Brasil e vamos para a rua URGENTE! Brasileiro Indignado...

MILTON FEZES em 11 de setembro de 2013

7:Coisa mais nojenta e asquerosa, tenho o mais profundo nôjo de ser brasileiro, judiciário covarde, maldito e vendilhão, o judiciário "faleceu" definitivamente, se fosse uns "pobres, pretos e prostitutas" estariam atrás das grandes há muito tempo!!!!!!

Nadja Hegenberg em 11 de setembro de 2013

Que decepção Rosa Weber, eu não esperava isso de você.

vanderlei em 11 de setembro de 2013

Estamos assistindo a ultimo poder publico brasileiro,jogando a esperança de justiça do seu povo no abismo.Nao temos mais nada a esperar.Todas as nossas ansiedades de dias melhores morreram hoje.

Alexandre Gonçalves em 11 de setembro de 2013

Pasmen! Isto significa que quem tem ação penal e não tiver unanimidade na acusação pode entrar com embargo? Ou só quem estiver com ação no STF ou STJ? Se for isso TODOS os criminosos podem entrar com ações de nulidade. É isto que entendi?

Marcia em 11 de setembro de 2013

Isso é tudo pra inglês ver, porque não estamos mais no Brasil. Esses amaldiçoados comunas petralhas nos mudaram pra uma Venezuela continental.

o desPTtizador em 11 de setembro de 2013

Se o Superior Tribunal de Fachada "absolver" os men$aleiro$ teremos CONVULSÃO SOCIAL! Pode anotar!

Jose Eli lima em 11 de setembro de 2013

Nem o supremo escapa da maracuanis

Celso em 11 de setembro de 2013

Bem que o Delubio disse, Isso vai virar piada de salão! Vergonha, estamos na mão desse pessoal!

Nuno Alves em 11 de setembro de 2013

É isso aí, pessoal. O Supremo também foi dominado. A quadrilha do Mensalão venceu. O Brasil e os brasileiros de bem vão ter que aturar este Supremo que está aí por mais algumas décadas. Não esperem mais justiça neste país.

Daniel Brasil em 11 de setembro de 2013

Hoje é 11 de setembro!... Achei que esse dia tinha haver, apenas com a América. Infelizmente,errei! Infelizmente, admito, com profunda tristeza no coração que fomos derrotados, por um bando de "urubus de capas pretas" que ganham fortunas para CUSPIR em nossas caras. Lamentável... triste... sem esperanças... Nossas torres foram ao chão. O BRASIL é realmente um país de PROFUNDAS INJUSTIÇAS! E o que é pior: PACIENTE TERMINAL da ÉTICA entregue de forma incondicional a CORRUPÇÃO, prometido ao "INVERNO TUPINIQUIM". Vocês conseguiram: colocaram uma NAÇÃO DE JOELHOS envergonhada de ser BRASILEIROS! Daqui, pra frente, morre minha capacidade de ACREDITAR. Boa hora pra o "ARMAGEDON".

Rodrigo em 11 de setembro de 2013

Que Celso de Mello não nos decepcione...

Paulo em 11 de setembro de 2013

Um judiciário à altura do executivo e do legislativo, afinal de contas foram escolhidos por lá e quem puxa aos seus não degenera

vera regina em 11 de setembro de 2013

Não publico qualquer elogio ou sequer menção à quebra da legalidade constitucional.

Jorge de Luca em 11 de setembro de 2013

A ultima instituição democrática em que se depositava alguma confiabilidade , esta se mostrando apodrecida ! Depois dessa só resta a revolta !

Ismael Pescarini em 11 de setembro de 2013

Vergonha maior pois fica evidente que os ministros do STF não estão decidindo uma questão legal, mas como livrar a cara de figurões enroscados em bandalheiras. Se decidirem que uma Lei vale menos que o regimento interno do supremo, escrito durante o período de excepção inclusive, será a desmoralização total da democracia.

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI