A cada 15 anos o Brasil esquece o que aconteceu nos últimos 15 anos, segundo a célebre frase do escritor Ivan Lessa.

A coisa, porém, parece que está se abreviando.

O escândalo do mensalão ocorreu há apenas cinco anos, e vejam só: até surgir a candidatura do deputado Ricardo Berzoini (PT-SP) para a presidência da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados — uma das mais importantes da casa –, o favorito para emplacar no cargo era o mensaleiro João Paulo Cunha (PT-SP), aquele cuja esposa ia pagar a mensalidade de TV a cabo numa agência bancária de Brasília e aproveitava para pegar uma graninha do mensalão.

Ter sido mensaleiro parece que, hoje em dia, apesar de o processo estar em tramitação no Supremo Tribunal Federal com 40 réus, não impede o sujeito de ser nada nos órgãos públicos.

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

sete + seis =

Nenhum comentário

Carlos Costa em 04 de fevereiro de 2011

Sempre os mesmos,...e da mesma faculdade petista,...vou começar a pensar, que o maluf,é um santo injustiçado, perto dessas amebas.

carlos nascimento em 04 de fevereiro de 2011

Alguém disse que o PT é aquele gatuno que pratica o assalto e, sai correndo à gritar,pega o ladrão, pega o ladrão.... É um perfeito caso de bandido sem personalidade, no atual contexto de linguagem petralha, seria uma simbiose ou simiose ?

Luiz Antonio em 04 de fevereiro de 2011

Por que o PT não pune seus deputados quando são pegos cometendo algum delito? No caso citado, houve saque na boca do caixa do banco, portanto, uma prova documental, ou não foi isso que aconteceu? Veja o caso do Delúbio,que nem deputado era, e que está prestes a ser aceito novamente no partido. Se isso não é motivo para expulsão, o que seria? O que acontece com o PT?. É medo?

Picheu em 04 de fevereiro de 2011

Caro R7, sinto-me muitíssimo mal quando me lembro que já acreditei nestes caras. Votei em Lula em 89 e nunca mais em ninguém do PT para cargos executivos, mas continuei votando em petistas por um longo tempo, admirava Gushiken, Genoino, Dirceu, Suplicy, Guadagnin... Só me convenci do tamanho da falsidade dels todos com o advento do mensalão. Como eu poderia criticar quem ainda acredita nessa gente, sendo que eu, supostamente alguém informado e politizado, demorei tanto a ver que esse pessoal não presta?

Roberto P. Pedroso em 03 de fevereiro de 2011

Desculpe Ricardo, somente complementando, uma vez eu vi o editor de esportes questionar de porque torcedores iam esperar jogadores em aeroporto para chingar e não fazem o mesmo com os políticos? Eu refleti muito sobre isso e, cheguei a conclusão de que até as torcidas de futebol são organizadas e tem lideres que agem. Não estou afirmando que isso é certo. Somente estou tentando colocar que é nessário LIDERANÇA, ORGANIZAÇÃO e MOBILIZAÇÃO. É um absurdo mas até o crime é organizado, tem lideranças infiltradas e se mobilizam.

Roberto P. Pedroso em 03 de fevereiro de 2011

Aqui no Brasil quando a pessoa é eleita a algum cargo público deve fazer algum curso de Crime Perfeito, pois ninguém é punido, ou os órgãos que investigam são incompetentes ou ainda o que é pior, são comprometidos. Eu acho um absurdo se escrever tão claramente sobre fatos de corrupção, enriquecimento ilícito e ninguém se manifestar. Os envolvidos fingem que não é com eles, os responsáveis por investigar fingem que não sabem de nada ou quando investigam apresentam provas que não provam nada e os juízes cumprem a lei. São tantos os escândalos que a cada cinco ou seis dias surgem fatos novos e os antigos (antigos de cinco dias) são esquecidos. Veja por exemplo o Ministro Chefe da Casa Civil violou o sigilo bancário de uma pessoa e, é Ministro. Nada se fala mais dos escândalos da Casa Civil do ano passado, com certeza tudo não deve ter passado de fofoca. Não existe uma instituição séria neste País com líderes dispostos a enfrentar esta situação. A população continua recebendo baixo nível de educação e péssimo nível de informação, ai culpam os menos favorecidos por não saber votar. Por exemplo, quem votou no Aloysio Nunes votou errado? Quem votou no Aécio Neves voltou errado? Quem votou no quem votou no Itamar Franco votou errado? - Então em quem é votar certo? A impunidade aqui é absurda, por exemplo, no caso do Panamericano os bens dos diretores envolvidos no rombo financeiro já estão indisponibilizados? Caixa dois não é mais crime? O Sr Lula afirmou que não foi corrupção foi caixa dois e que todos os partidos fazem caixa dois. Quem está averiguando isso? A imprensa está cobrando? Ou será que é a população humilde que deve do nada se unir e caminhar bravamente em buca de mudanças? A família Sarney é proprietária de diversos veículos de comunicação filiadas inclusive à Rede Globo: (271 políticos são sócios ou diretores de emissoras de televisão e rádio - os meios com maior abrangência entre a população. fonte:- sindijornalistases.org.br). Não existe movimento sem liderança, o grande problema é achar alguma que não esteja enfronhada nessa maracutaia toda.

Wilsoleaks Alves em 03 de fevereiro de 2011

Ué! O mensalão já foi provado? Puxa! Pensei que não tivesse sido julgado, ainda. Ainda bem que sempre entro aqui nesta coluna para aprender e ficar bem informado... Todos devem ser santos e inocentes, caro Wilson. A CPI do mensalão não existiu. O Marcos Valério não existiu. O Lula não fez aquele discurso se dizendo traído e pedindo desculpas. O José Dirceu não saiu da Casa Civil nem teve seu mandato cassado. O procurador-geral da República, que denominou de "quadrilha" o esquema, estava louco. O Supremo Tribunal Federal, que aceitou a denúncia, fora de si. Eu sou um inocente útil a serviço do imperialismo americano e das forças anti-nacionais, sempre disposto a denegrir um partido de puros e impolutos como o PT.

Lima em 03 de fevereiro de 2011

É por isso que jornalistas como voce tem que ser muito valorizado. Jornalistas decentes e que realmente respeita a democracia, não pode jamais deixar este triste episódio da nossa politica, cair no esquecimento. Meu caro Setti lute por nós,use esse espaço a nosso favor, não vamos deixar o mensalão cair no esquecimento, um abraço De jeito nenhum, caro Lima. O ministro Joaquim Barbosa, relator do processo no Supremo Tribunal, prometeu que o caso seria julgado este ano e vai ser cobrado.

carlos nascimento em 03 de fevereiro de 2011

Estão DESMORALIZANDO as Instituições e a Sociedade Brasileira, estão impondo a ferro e fogo o padrão de IMORALIDADE, estão rebaixando os valores morais, isso é a era da mediocridade, resta um consolo, o mundo Árabe está caindo na real, demorou vários anos, no Egito dura 30 anos, "Mubarack" está sitiado, o povo Egipcio já tomou sua decisão, chega de ..........., por aqui esses bandidos descarados, estão se achando, um aviso, paciência tem limite, já está no gogó, se fazem de surdos e cegos, ALERTO, falta um pequeno estopim para o paiol EXPLODIR. ALô BRASIL ESTÁ NA HORA DE "enjaularmos" essas criaturas medievais.

Jose Fernando em 03 de fevereiro de 2011

Meu caro Ricardo. Esse elemento acaba de ser eleito deputado federal. o povo o pôs de volta ao poder. O povo, cada vez mais, está emplacando a liderança que merece. Está mais do que provado pra eles, de que podem continuar a agir à margem da justiça, da moral e da ética. E opior é que passam a ser exemplo; "querem se reeleger ? ajam assim, ou nao aparecerão na mídia, nao se tornarão famosos e seu nome nao será lembrado nas próximas eleições." Nós nao podemos desistir. E precisamos de espaços como este que voce nos proporciona, para que possamos manter acesa a chama da ética, perigosamente ameaçada de extinção. Ocorre que a própria oposiçao está se enfeitiçando. Uns descarada outros disfarçadamente, mas a grande maioria está parecendo solteirona jogando charme para o malandro. Sabe quando a oposiçao voltará ao poder? Quando acontecer a seguinte combinaçao 1) Minas e Sao Paulo (politicamente) agirem como adultos. 2) Os dois princpais partidos paridos de oposiçao agirem contundentemente como aliados. Sem isso, serão forças politicas potenciais, mas que nao incomodarão PT & Cia.

Vera Natali em 03 de fevereiro de 2011

Caro Ricardo Setti, é lamentável ter que conviver com pessoas sem nenhum escrúpulo como é a maioria dos integrantes do PT.Eu, sinceramente, tenho inclusive medo das injustiças que virão por aí... Ah, mensalão, que mensalão? Como quer nos fazer engolir o ex-presidente Lula dizendo que mostrará que tudo não passou de uma farsa. Grande Abraço. Vera Vamos aguardar o veredito do Supremo, não é, Vera? Abração

Marco em 03 de fevereiro de 2011

Caro R. Setti: Parece ser bem fleumática a indiferença deles com o caso e a sociedade. Abs.

Jota em 03 de fevereiro de 2011

Delúbio também já está de volta. Só falta emplacar Marcos Valério como novo marketeiro do PT para a próxima campanha eleitorial. Não me surpreendo com mais nada neste país. Pra dizer a verdade, neu eu, amigo Jota. Abraços

vera scheidemann em 03 de fevereiro de 2011

Infelizmente, Ricardo, a memória do povo brasileiro só tem validade de 15 dias e não de 15 anos Tomara tivéssemos uma memória de quinze anos. Muita coisa nefasta seria evitada. Abraços. Vera

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI