Amigos, vocês viram?

No processo de venda do Skype para a Microsoft apareceu o dado espantoso: no ano passado, o serviço propiciou 200 bilhões de minutos de conversação.

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × dois =

2 Comentários

Marcus Fabris em 12 de maio de 2011

Caro Setti: gostaria que você comentasse a reação do relator do Código Florestal, Aldo Rebello,que, diante de críticas da ex-ministra Marina Silva, disse nos microfones da Câmara que o marido dela era corrupto e contrabandista de madeira na Amazônia. Incrível que na mesma fala o mesmíssimo Aldo Rebello lembrou que à época da denúncia contra o marido de Marina, um tal de Fábio, houve a tentativa de ser convocar o "contrabandista"para depor na Casa, e ele, Aldo Rebello, como líder do Governo Lula evitou a convocação. Se o marido de Marina é bandido, corrupto e contrabandista, como apontou o Aldo Rebello na sessão da quarta-feira dia 11.05.2011, porque ele o protegeu do depoimento na Câmara? Não seria o caso desse deputado perder o mandato por quebra de decoro parlamentar por proteger e obstruir a ação do Parlamento na investigação de uma denúncia contra um contrabandista, como reconheceu e atestou o sr. Aldo Rebello? Pois, então? O que você acha disso tudo? Até a próxima. Não acompanhei o caso o suficiente para dar grandes opiniões, caro Marcus, mas é óbvio, pelo que você me diz, que o deputado Aldo Rebelo foi incoerente. E eu não gostei das mudanças propostas por ele ao Código Florestal. Abraço

Kenjiro Nagasawa em 12 de maio de 2011

Lembro-me de quando eu tinha uma namorada que adorava que eu ligasse todas as noites para conversas demoradas (coisa de apaixonados) mesmo quando havia acabado de sair da casa dela. Como não tínhamos telefone em casa (era uma fortuna e muitos utilizavam suas linhas telefônicas como investimento!, alugavam etc...), eu comprava um monte de fichas telefônicas, colocava todas elas no "orelhão" e, depois, ficava aquele barulhinho de ficha "caindo" a cada 3 minutos! isso sob chuva, sol, vento, frio, calor... às vezes tinha fila no orelhão, às vezes estava quebrado, não dava linha, estava sujo... Parece que isso se deu um longo tempo atrás mas faz menos de 15 anos!... E, tecnologicamente falando, não me causa nenhuma nostalgia! Não tenho a menor saudade desse desconforto. Hoje temos inúmeros, portáteis e eficientes meios de comunicação. E o que é melhor: a um preço bem melhor do que antes (e ainda pode melhorar mais!), principalmente se levarmos em conta a praticidade e o conforto (este canal é um dos infinitos exemplos). Estou me comunicando com você, Ricardo e também partilhando minha experiência com várias outras pessoas que nem conheço pessoalmente. Portanto, viva a tecnologia e a modernidade! Viva a privatização da telefonia!!!

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI