Image
John Unger faz relaxar nas águas mornas do Lago Superior seu cão, Schoep, afetado por dores fortíssimas causadas por artrite e um câncer no quadril: a foto tornou-se viral, a história dos dois rodou o mundo — e agora, aos 20 anos, Schoep morreu (Foto: Hannah Stonehouse Hudson)

John Unger, gerente de uma fazenda de plantações de frutas em Bayfield, no Estado norte-americano do Wisconsin, pensou seriamente em suicidar-se ao romper com a namorada, em meados dos anos 90.

Segundo ele, o pior só não aconteceu por causa do afeto que o ligava a Schoep, o cão que adotara aos 8 meses de idade num abrigo público da cidade.

Schoep, produto de uma mistura de diferentes raças de cães pastores, acompanhou Unger pela vida afora — no dia-a-dia, em viagens, no que Unger chama “todo tipo de aventuras”.

O tempo passou, Schoep envelheceu, e aos 19 anos de idade — idade avançadíssima para um cão — estava já seriamente afetado por artrite e um câncer no quadril, que lhe causavam muitas dores, com pouca audição e quase cego. O veterinário recomendou que fosse sacrificado.

“De jeito nenhum!”, disse Unger. Seus cuidados com o cachorro o levaram, durante o verão, a conduzi-lo diariamente para as águas, nessa época cálidas, do Lago Superior, o verdadeiro mar de água doce situado entre o Canadá e os Estados Unidos — Schoep relaxava tanto nos braços do dono que, aliviado, dormia.

Uma dessas cenas acabou sendo fotografada por uma amiga de Hunger, Hannah Stonehouse Hudson, fotógrafa de cães — e a foto, de julho do ano passado, caiu na rede, rodou o mundo, tornou-se viral e elevou os três protagonistas à categoria de celebridades.

O mesmo ocorreu com vídeos no Youtube.

Até então, Unger dispunha de poucos recursos para propiciar a Schoep tratamentos de última geração, como aplicações de laser e o uso de remédios caríssimos. Mas doações choveram do mundo todo.

A página no Facebook criada por Unger para relatar o processo de tratamento de Schoep, que reagiu muito bem durante os primeiros meses, chegou a ter 174 mil fãs — agora, o número supera 300 mil. A fotógrafa Hannah, por sua vez, passou a não dar conta de encomendas por todo o país, por meio de sua empresa, a Stonehouse Photography.

A história de Unger e de Schoep, porém, como era inevitável, terminou com a morte do velho cão, na semana passada, aos 20 anos. “Sua fibra e determinação, até o fim, foram uma inspiração para mim e para muita gente”, disse Unger, “apesar da imensa falta que sentirei dele”.

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove − quatro =

91 Comentários

Yeska em 24 de setembro de 2014

Linda história , um lindo ser humano

Yeska em 24 de setembro de 2014

Linda história de amor e de amizade

Paulo em 28 de agosto de 2014

Lida historia de amor e belissimo gesto de caridade. Sem duvidas, um grande ser humano.

Marieta em 26 de agosto de 2014

Eu também sei o que é perder um animal de estimação perdi uma a um ano até hoje sinto falta dela.

drauller aramis bernardo da silva em 19 de maio de 2014

bom as vezes nós estamos mais protegidos com animais do que com a própria humanidade. quero aqui deixa a minha verdadeira pesamos para esse verdadeira amigo schoep.... fique na paz.

Lunnnah em 19 de maio de 2014

Quem dera se todas as pessoas tivessem esse amor pelos animais igual esse homem teve pelo seu melhor amigo ! Animais são as melhores coisas do mundo, não sei como o "ser humano" tem coragem de fazer algum mal, abandonar esse seres tão fieis e amigáveis ! Pena já pra quem maltrata e abandona ! Brasil país de merda que não tem lei nenhuma que protege esse anjos mais lindos do mundo

jorge augusto em 07 de maio de 2014

os cães são os animais mais amorosos com o ser humano eles nos adoram. pena que não sejamos iguais em amor. somos os animais mais perigosos e cruéis do planeta.

carlos em 04 de maio de 2014

essa noticia me deixou muito triste que quase choro

Fernanda lima em 28 de abril de 2014

Muito bonita e comovente essa historia... Perdi minha cadelinha essa semana e ainda choro ao lembra do amor que a gente tinha uma com a outra :(...

Vanessa Oliveira em 24 de abril de 2014

História triste,porém,linda. Daria um ótimo filme!

sergio mattos em 11 de abril de 2014

As pessoas deveriam aprender com este exemplo, pois várias soltam seus cães(gatos) doentes na rua sem dar uma chance á eles , basta carinho, afeto que o cão reconhece, por mais que a doença seja irreversível, tive um cão assim , tetraplégico, usave fralda, dormia ao lado da cama até seus últimos momentos , foi pego na rua num Natal e morreu no dia de Natal, também o nome dele era White, maltratado na rua com problema neuirológico e de locomoção devido a uma apazada em suas costas por uma pessoa frustrada só porque pisou no cimento úmido e estragou um pouco a calçada...eu sei que ele virou ANJO....Deus o quis no Natal e assim ele foi.... estará sempre em minha memória 25/12/2006, cremado está numa urna junto com + outras 14 urnas de outros meus cães que faleceram, também, cada um com sua historia das ruas....sou um protetor......quem derá as pessoas respetassem os animais o Mundo seria bem melhor....

Lucia Carvalho em 29 de março de 2014

Olha o que é ser humano de verdade e o que é o amor incondicional de um animal que se diz irracional, porém, para mim, esses animais são mais racionais que muitos ditos racionais... Que Deus o receba de braços abertos, Schoep, cumpriu brilhantemente sua missão aqui na terra...

Marijane em 20 de março de 2014

O que mais comove nesta história é saber que mesmo em tempos como estes que vivemos onde pais matam filhos, filhos matam os pais, pessoas torturam animais, ainda existem aqueles capazes de amar incondicionalmente algum ser vivo. O amor verdadeiro é a lição que se leva de uma historia como essa. Não está em questão a comoção que houve ao redor do mundo, mas sim o amor que vive no coração de um homem.

cirinéia xavier em 07 de março de 2014

sinto também muitas SAUDADES do meu cãozinho Muleque que morreu aos 21 anos no dia 15 de agosto de 2013

MARCUS FUNDÃO em 10 de fevereiro de 2014

Meu caro amigo, só os animais amam de verdade.

Rafaella Alves em 01 de fevereiro de 2014

que triste mas ja tava de idade ele podia ter morrido de velhise ao 30 aninhos meus sentimentos

Bábi Santos em 20 de janeiro de 2014

Ai tô triste agora depois q eu soube dessa noticia

Rodrigo Nakayama em 19 de janeiro de 2014

Muito triste

Rodrigo Nakayama em 19 de janeiro de 2014

meu deus que triste

Zinna Caixeta em 17 de janeiro de 2014

John Unger...Comungo com você suas dores... A dor de compartilhar o sofrimento de seu querido amigo Schoep, e posteriormente a sua perda. Já passei por esta dolorosa provação existencial.Agora lembre-se das alegrias que ele proporcionou a você durante a sua breve passagem...Estes nossos irmãos, relativamente vivem muito pouco, mas por amar intensamente, nos deixam gratificantes lembrança...Você também foi bom e generoso, e ele onde estiver lembrar disto. Fraternalmente Zinna Caixeta

Padre Antony em 17 de janeiro de 2014

Que bobagem, muitas doações pra um cachorro. Enquanto as pessoas se comovem com historias bobas como essa milhares de crianças no mundo morrem de fome e de doenças simples como a diarreia e a desidratação....

magda maria de abreu silva em 16 de janeiro de 2014

amor incondicional ! que todo ser humana tenha a oportunidade de conhecer esse amor.

Jeremias-no-deserto em 15 de janeiro de 2014

Comovente. Fatos como esses nos fazem continuar acreditando no ser humano, apresar de tudo.

Vivian em 15 de janeiro de 2014

Putz , que lindo isso , porém vivendo num país como esse até os nossos animaiszinhos sofrem , pois se precisarem de um lago como esse para se aliviar JAMAIS vao encontrar nessa sujeira em que vivemos aqui , poluição pra td lado.

Cairo Peixoto em 14 de janeiro de 2014

Tenho 44 de idade e desde os 4 anos, tenho a benção de ter cadelinhas ou cães em minha vida!!! O amor verdadeiro, a dedicação que tenho, é merecida, perante o que deles tenho e recebo!!! Inesquecíveis... cada um deles!!! O atual (Tchuko) é também uma mistura de cão pastor - cego de ambos os olhos, tem todo meu carinho e afeto, mas imagino ser o último que terei, pois, quando se "vão", só quem ama como eu sabe a dor e vazio que nos atinge!!! R.I.P. Schoep!!! Jonh Unger Your heart is special!!!

Frederico Fortes em 13 de janeiro de 2014

Maravilhosa a amizade deles,vivenciada pela doação recíproca, fiel e espontanea,que transcende.

francisco em 12 de janeiro de 2014

Fez me lembrar da minha quase humana Hanna de 15 anos,labradora que se foi para nunca mais voltar...o mundo ficou cinza para mim

VALMIR SANTHIAGO em 08 de janeiro de 2014

AMOR, SIMPLESMENTE AMOR.

Julio Cesar Coutinho em 07 de janeiro de 2014

Esta história tocou meu coração. É o contrário do lugar comum, de madames estúpidas que abandona seus cães porque faz sujeira no concreto de suas belas casas frias.

Francisco Aristodenes Ribeiro em 06 de janeiro de 2014

No Estado do Maranhão ouvíamos dizer mais vale um cachorro (cão) amigo que um amigo cachorro. Foram 20 anos de convivência, que acredito em sua maioria de respeito e admiração. Não posso dizer que será um bom exemplo para com as pessoas, por haver a obediência mais pelo cão. Mas é uma prova de amor, respeito e dedicação.

Sandra em 05 de janeiro de 2014

Fico realmente muito feliz de cada vez mais terem matérias incentivando o amor e o apoio aos animais...TUDO COMEÇOU com a Rede RECORD ...Eles sempre fazem matérias fantásticas sobre animais abandonados, doentes, adoção etc...Agora o FANTÁSTICO esta começando a imitar a RECORD com matérias de bixinhos...QUE EU APÓIO CERTAMENTE...QTO MAIS MATÉRIAS ROLAREM NA MÍDIA Mais as pessoas vão se concientizando o quão necessário é AMAR E RESPEITAR OS ANIMAIS & A NATUREZA! Chorei ao ler a matéria... "GAIOLAS SÃO PARA MARGINAIS , NÃO PARA ELEMENTAIS DA NATUREZA QUE POSSUEM ASAS , SIMBOLO DA LIBERDADE!" "ANIMAL NÃO É BRINQUEDO ,SENTE FOME, MEDO E FRIO" "Castrar é um ato de amor , castre seu animal para não desenvolver câncer, e nem procriar a ponto de jogar novos seres ao abandono e alento!" "CARROÇAS TORTURAM, AO SOL DE 40º, SEM ÁGUA, NA CHUVA, NO FRIO, A BASE DE CHICOTADAS, TORTURA É CRIME!" "Quando eu olho nos olhos de um ANIMAL, não vejo um ANIMAL. Eu vejo um Ser Vivo...Eu vejo um amigo. Eu sinto uma ALMA! - A.D.Williams" "Eu sou a favor dos direitos animais bem como dos direitos humanos. Essa é a proposta de um ser humano integral." -  ABRAHAM LINCOLN "O que me preocupa não é o grito dos maus, mas o silêncio dos bons" - MARTIN LUTHER KING "Chegará o dia em que os homens conhecerão o íntimo dos animais, e nesse dia, um crime contra um animal será um crime contra a humanidade." - CHARLES DARWIN "VOCÊ IMPLORA A MISERICÓRDIA DE DEUS , MAS NEGA COMPAIXÃO AOS ANIMAIS ,PARA QUAL VOCÊ É UM DEUS!" -  BUDA  “A grandeza de uma nação e o seu progresso moral podem ser avaliados pela forma como trata os seus animais” -  MAHATMA GANDHI "Virá o Dia em que a matança de um Animal será considerada crime tanto quanto o assassinato de um homem" - LEONARDO DA VINCI "A Compaixão para com os Animais é das mais nobres virtudes da natureza  humana" - CHARLES DARWIN "O Animal caminha para a condição de homem, tanto quanto o homem evolui no encalço de Anjo" - ESPÍRITO EMMANUEL  (Doutrina Kardecista) "Todos Animais tem direito à vida, nenhum deve ser usado em experiência que lhe cause DOR, em qualquer forma de experimentação" - Declaração Universal dos Direitos dos Animais - UNESCO

aparecido f. em 03 de janeiro de 2014

Aqui na minha fazenda tenho uma plantação de vacas......Se os americanos podem ter criação de frutas, porque nós não podemos ter aqui uma plantação de vacas ou de galinhas..... rrssssss.....

kiambote em 03 de janeiro de 2014

uma historia de amor sem igual!

Ana Solange em 02 de janeiro de 2014

Nossa!!! que triste, tenho o meu que se chama Seng, e nem penso nesse momento, tb peguei ele bebe para fazer companhia para meu marido, por estar doente, acho que ele morreira , pq carinho verdadeiro como esse vc não encontra em qq lugar, e admiro o Unger por ter tido tanto cuidado com Schoep e retribuido esse amor especial.

nilza em 29 de dezembro de 2013

Fiquei comovida ao ver está linda matéria !!!! Por você ter dado o grande amor e carinho a schoep es uma pessoa maravilhosa !!!!

Maria Tereza em 29 de dezembro de 2013

Nossa, q linda historia de amor entre um humano e um cão,quem dera esse sentimento de amor entrasse nos corações duros de certos humanos q maltratam seus bichinhos de estimação.amei,muito emocionante...tt.

paulo marcelo em 28 de dezembro de 2013

"Não há fé que nunca tenha sido quebrada, exceto a de um cão verdadeiramente fiel." Konrad Lorenz

J.B.CRUZ em 25 de dezembro de 2013

AMOR VERDADEIRO,sem pedido de troca,retribuição e cobrança; só de MÃE e CÃO.....tive 2 (TETECO E LOTO) em um espaço de 24 anos(coincidentemente, viveram 12 anos cada um)...Anos felizes, dias felizes...Agora sinto falta dos 3....

luiz carlos silva em 25 de dezembro de 2013

lagrima nos olhos...

Tereza A. Almeida em 24 de dezembro de 2013

É uma história lindíssima, e muito comovente,o shoep viveu uma vida muito feliz, com o amor e os cuidados do seu dono,parabéns, e seja muito feliz por sua atitude de amor. Tereza - DF

Meia Verdade em 23 de dezembro de 2013

Ao amigo Setti e familia, desejo um Feliz Natal e um 2014 repleto de saude, paz e realizações

JOSEPH D. A. NETO em 23 de dezembro de 2013

RICARDO, Voce sabe o que está acontecendo com o livro do TUMA JUNIOR??? Hoje no TWITTER Tuma Júnior avisa que seu livro é objeto de uma "Operação tirar de circulação" Ninguém sabe dizer com certeza o que está havendo com os livros editados pela Planeta, porque "Assassinato de Reputação", do delegado Tuma Júnior, simplesmente sumiu do mercado, mesmo o de São Paulo. Nem um só exemplar chegou nas livrarias de Porto Alegre, que não sabem mais o que explicar aos seus clientes. Algumas livrarias chegam a confidenciar que "Assassinato de Reputação" não sai da gráfica por causa de embargos judiciais, mas isto não está confirmado. No seu Twitter de hoje, Tuma Júnior insinua que algo retém os exemplares nas livrarias, mas ele não explica do que se trata. O texto o TWITTER passa a impressão de que todos estão ganhando - gráfica, editoria, livraria e autores - mas os livros não aparecem para o público. POR FAVOR INFORME SE SOUBER ALGUMA COISA SÓRDIDA... ESTAMOS JÁ NUM REGIME COMUNO-FACISTA... ABRAÇOS Caro Joseph, o colunista Ricardo Setti está em férias e só volta em janeiro. Abraços

Branca em 22 de dezembro de 2013

É de arrebentar corações essas histórias de amor incondicional entre o homem e seus bichos de estimação. Imagino a dor diária de ambos mas ao mesmo tempo me consola saber que ambos lutaram com muita fibra até o fim. E foi realmente um milagre um cão viver tanto sob essas condições. Bendita Internet que pode proporcionar ações tão humanitárias. Aproveito para deixar meus votos de muita saúde e sucesso para você e todos os seus colaboradores aqui. Que venha 2014, cheio de muito tumulto e denúncias de todos os lados. Aff. Promete!

Dulce Regina em 22 de dezembro de 2013

Melhor presente de Natal, a reprise desta pauta. Ela nos transmite, o verdadeiro sentido do AMOR. Deixemos nossos corações ESCANCARADOS, para que ELE entre e permaneça para sempre. Feliz Natal, para todos os seguidores do blog, do nosso querido Setti. Abraços natalinos, cheios de emoção. Dulce Regina

Augusto em 22 de dezembro de 2013

O meu já está velhinho, e eu assim como o Unger jamais o sacrificaria, depois de anos de muita arte e peraltices, além da devoção dele por nossa família não podem ser meramente recompensadas com o sacrifício de sua vida de forma prematura...ficarei com ele até o fim, é justo... Ele chegou filhote, e partirá idoso no fim de sua vida alegre.

alfa em 08 de dezembro de 2013

lagrimas, porém hetero

cirinéia xavier em 06 de dezembro de 2013

eu também sofro a perda do meu cão Muleque que faleceu no dia 15 de agosto de 2013 ao 21 anos de idade. Foi uma vida muito linda com amor, respeito, alegrias e muito aprendizado no nosso dia a dia. Agora ficou somente a saudades e a certeza de um dia nos encontrarmos novamente. Cirinéia Juiz de Fora ( MG )

Jane em 11 de novembro de 2013

Meu Deus é de partir o coração!! Muito comovente!!! #ChoreiAqui

Iago em 14 de setembro de 2013

Muito Comovente,adorei a atitude dele!

Eber Davidson em 04 de setembro de 2013

A história de amizade e essa foto, me comoveu muito!!! Tenho uma grande adimiração por Unger e seu melhor amigo Schoep que passaram por dificuldades e alegrias juntos, no final a foto fala tudo! Uma amizade como essa deve ser mostrada a todos, pois nos inspira a vencermos nosos obstaculos com mais amor e respeito...Eu tenho um caozinho que ja nao trato como amigo e sim como a um Filho que amo muito o qual faz uma festa quando chego em casa cansado do trabalho...minha Esposa não consegue imaginar como seria a nossa vida sem o Dengoso... Bom o nome dele ja diz tudo... Abrimos mão de muitas coisas por causa desse pequeno grande amigo,mas vale a pena pois o amor e a amizade sincera que ele nos da compensa todas as dificuldades...O Amor dos Animais é sem hipocrisia !!!

Jennifer Wallick em 29 de agosto de 2013

http://www.huffingtonpost.com/2013/08/03/schoep-tribute_n_3697248.html

cirinéia xavier em 21 de agosto de 2013

QUE HISTÓRIA LINDA.

Fernando Guerreiro em 16 de agosto de 2013

Eu também tinha um cachorro,se chamava Lu,viveu comigo desde que eu era criança. Aos 17 anos de idade,andava com dificuldade,minha mãe empurrava comida na boca dele,gemia diuturnamente,caía várias vezes,quando uma violenta hemorragia de causa desconhecida obrigou minha família a sacrificá-lo. Um retrato emocionante,que sempre me faz lembrar dele!

cirinéia xavier em 16 de agosto de 2013

Hoje também perdi o amor da minha vida: meu cão que se chama Muleque.Aos 21 anos de idade,partiu para outra dimensão. Cirinéia

Therese em 14 de agosto de 2013

O amor de um cão por seu dono é sincero e sem interesse nenhum a não ser ter o seu amor correspondido. Meus 2 poodles - Billy de 13 anos e Zumbi (ZUZU) de 10 e ceguinho - são uns amores e só deixam a nossa vida mais leve.

M.Valvemark em 14 de agosto de 2013

Tenho um Poodle de 13 anos e uma Pastora Belga de 2 anos que peguei abandonada na estrada quando ainda era uma pequena filhotinha, ela era puro osso e comia pedras e mato para sobreviver. Ela é uma vencedora, pois sobreviveu na beirada da estrada dos carros e caminhões por muitos dias. Apesar dela ser muito grande e bonita, hoje quando eu a levo para minha chácara em Águas de São Pedro ela fica muito agitada quando vê caminhões nas estradas, foi a sequela que ela herdou do sofrimento!! Tenho 2 filhos adultos e criados graças ao bom Deus e hoje meus animais de estimação são a grande alegria de minha casa juntamente com minha esposa, daria a vida por todos eles!!

Marco Aurélio em 13 de agosto de 2013

A imagem do cão adormecido, mostra todo o amor pelo dono.

Felipe Goltz em 12 de agosto de 2013

Que história! Essa foto é muito tocante e a história, como um todo, idem. São pessoas como John Unger que fazem a vida valer a pena: existem pessoas realmente boas, caridosas e amorosas para com os demais, sejam estes humanos ou não, como Schoep. Acho que essa foto expressa tudo isso.

José Pinto de Queiroz Filho em 10 de agosto de 2013

Comovente, extremadamente comovente, mas não é somente cães e gatos que precisam de apoio, conforto e, principalmente, respeito à vida. Isto deve ser privilégio de todos os animais desta bendita Terra, incluindo o animal humano.

Rildo Silva em 09 de agosto de 2013

Emocionante ler essa historia de cumplicidade sincera entre um cachorro e seu dono. Tenho um lhasa apso que esta com tres anos, e depois de sofrer uma queda teve uma lesao espinha dorsal. Ao leva-lo ao hospital veterinario, tivemos a informacao que ela estaria praticamente com a sorte selada, e dificilmente andaria com quatro patas novamente, devido a seriedade do acidente. Me recordo naquela nos todos da familia choramos, has decidimos buscar ajuda com tratamentos alternativos e muito carinho, e tambem com duas veterinarias excelentes que atendem como voluntarias em Fort Lauderdale, que nos deram todas as orientacoes de como proceder. Hoje um ano depois o Pluto caminha, pula, e esta super saudavel. Os vizinhos que viram como ele estava antes, o chamam de " The Miracle Dog", ou seja o cachorro do milagre!

TEIXEIRASIMÕES em 09 de agosto de 2013

John UNGER:Gostaria de o conhecer pessoalmente,pois sinto uma profunda admiração pela sua coragem e bondade.Este seu amigo teve um caso identico ao seu.Tive um belo cão cuja raça,era um(pastor alemão)que só viveu 10 anos,em virtude de ter apanhádo a doença(párvovirose)com 5 meses de idade.Corri vários veterinários,até que consegui encontrár um que se interessou pelo meu belo cão.Não quis acreditar quando me disse que haveria 50%de viver e 50% de morrer.Partimos para a luta contra a morte do (kaizer)de seu nome.John acredito no que está a passár neste,como eu passei há uns anos com a morte do meu,ainda hoje choro por ele.Quanto há imajem que tenho há minha frente valem mais que milhões de palavras,e que já me fez chorár por várias vezes,sim que os homems também chorão.Para terminar tenho um grito que é muito meu.Quanto mais conheço os animais racionais,mais amigo sou dos irracionais.John Unger,força muita força,deste seu admirador português-Teixeira Simões,um abraço...

Dulce Regina em 08 de agosto de 2013

Reynaldo BH, que bom ter voltado aqui e poder ver, a sua sugestão do vídeo do MoMA. Meus olhos encheram de lágrimas. Lindo e emocionante ! É, " o silêncio vale ouro ". Abraços, meu querido companheiro de emoções. Dulce Regina

Reynaldo-BH em 07 de agosto de 2013

Setti e amigos. Um vídeo do MoMA. Um casal (re) encontrando-se após o rompimento em 1988. Belíssimo! (O silêncio fala sempre mais que as palavras). http://www.dailymotion.com/video/xytryd_marina-abramovic-and-ulay-moma-2010_creation?start=3

Adilson Minossi em 06 de agosto de 2013

Sei bem avaliar o que passou o dono do cão. Dois seres superiores que tinham afinidades. Talvez mais do que ele teria com a namorada. Nestes meus 70 anos de vida tive cães pela vida afora. Perdi muitos deles e a cada perda um sofrimento que trocaria, de bom grado, pela perda de um braço ou de uma perna. Nos últimos 40 anos só adotei cachorras de rua, prenhas, abandonadas, doentes, etc e passei a compará-los a seres humanos. A comparação é desleal porque os animais, principalmente os cães, não nos passam a perna, não são ingratos e dedicam toda a sua vida a nós, sem nada pedir em troca. Um dia, quem sabe, os tais seres ditos humanos talvez reconheçam isso e passem a tratar melhor seus melhores amigos...

Pérola em 06 de agosto de 2013

Que historia linda. O John realmente é um privilegiado por Deus. Por poder viver 20 anos com seu amigo. Há 1 ano pedir a minha. Uma poodle de 13 anos. Faleceu por problemas causados pela diabetes. Sei desse amor dele pq o vive com ela. Fazia tudo por ela. Só não dava a insulina. Isso eu deixava pro meu pai..hehe. Morria de pena. O seu nome é este que levo no meu apelido: Pérola. Tbm a chamava de “Grande Amor”, “Anja”, “Santa Anja”..Cada época era um apelido (rs). E ela se foi com o mais puro: “Santa Anja”. Era uma verdadeira anjinha em nossas vidas.. Que Deus conforte o coração dele. Pq posso dizer por experiência própria: a saudade doi!

Celso Dival em 06 de agosto de 2013

Parabéns Setti, notas como essas, apesar de comoverem muito, melhoram as nossas vidas.

Youssef Ibn Nacle Al-Azziz em 05 de agosto de 2013

Comovente. Admirável e merecida a atitude de Unger.

Maisa Brauner velasquez em 05 de agosto de 2013

Lindo comportamento do cão e seu dono...emocionante!!!

Reynaldo-BH em 05 de agosto de 2013

Oque me impressiona vivamente nesta história de vida, é o fato de Schoep ser mais importante para John que este para Schoep. Como isso é mais comum do que imaginamos! E imagino a dor de John. Eu ainda me pego chamando o Pepê para voltar prá casa! Sem nenhum exagero. 20 anos! Uma dádiva! E uma ausência que John saberá suportar.

Votei no Serra em 2010 e no Alckmim em 2006 em 04 de agosto de 2013

O AMOR pelos animais realiza milagres : http://www.brasil247.com/pt/247/midiatech/106655/

GEROLDO ZANON em 04 de agosto de 2013

Eu adoro cachorros sempre tive vira-latas são os melhores amigos hoje tenho uma cadelinha que dei o nome de TUTI anterior era a BEYBE morreu nos meus braços chorei

Roberto Emiliano em 03 de agosto de 2013

Meu cachorro tem dez anos, não gosto nem de pensar que um dia eu não o terei mais comigo, dez anos é um tempo que rebobinado foram momentos bons e outros nem tantos 2003/16-2013/26. Certa vez uma garota com quem eu estava ficando (graças a ele que eu dei ideia nela... numa das saídas a rua... funcionou) me disse que só se casaria comigo se eu desse um 'fim' (dessa forma que ela disse) no meu cão... ao que eu respondi. Bom, primeiro estamos a uma semana saindo (dormia em casa, à primeira) e não me lembro de ter pensado nessa hipótese sequer futuramente, tão pouco em sonhos. Segundo as coisas estão mais para uma conjunção carnal, pura e simples e, qualquer coisa que passe disso será de certo novidade, novidade esta que não me permitirei, você está mais para minha terceira mão... não é e nem nunca será a pessoa com que eu me imaginaria discutindo sobre assuntos corriqueiros do dia-a-dia como ir a uma reunião de pais e mestres no colégio. Depois da resposta, ela disse que estava brincando. Então se é assim, eu também! Encontrar uma mulher que goste do meu cão e mantenha-se fechada à corpos estranhos, acho, que é o mínimo que posso pedir.

Geraldo O da Silva em 03 de agosto de 2013

Quem convive com cão sabe como é facil de se apegar. Os cães são os melhores amigos dos humanos, nem sempre a recíproca é verdadeira. Há um ano perdi um grande amigo e companheiro: Duke, um rotweiller de 12 anos de idade,tinha um cancer no quadril, caracteristica infeliz da raça. Saudaades do meu amigão!!

Hélcio em 03 de agosto de 2013

Tive a felicidade e conviver com uma gatinha que ficou doze anos comigo e um dia partiu vitima da idade e um câncer. A saudade as vezes chega a doer.

jose em 02 de agosto de 2013

Não gosto de cão. Quando jovem fui mordido por um cão de minha irmã (passando ao lado do dito, e ele estava parado). Mas reconheci sempre a inteligencia (!) do Dingo; e sabemos que alguns só faltam falar... Enfim, estupenda foto, mensagem. E, quem não tiver um animal a tratar e/ou um filho(a) para criar, achará - fácil, fácil, com certeza - uma criança precisando de adoção, de uma Família. Que a Paz, Saúde e Amor estejam com todos.

Santana*100 em 02 de agosto de 2013

Luiz C. - 02/08/2013 às 10:51 "Não conheço nenhum fato, relato ou história, de algum cão que tenha traído seu dono. É amor absolutamente incondicional. Post maravilhoso; parabéns Setti!!!" ######### Alguns estudioso acredita que o cão foi o único animal mais bem adaptado (manipulado) geneticamente para conviver com o ser humano. Papo Cabeça! sobre a Origem do Mundo, e como se deu essa relação entre homens e animais. - Para pessoas como eu que acredita que nós(seres humanos e animais), somos furtos de manipulação genética alienígena! - Anjos Caídos, os Nefilins e muitos outros. Repito: Papo Cabeça!

jorge augusto em 02 de agosto de 2013

ainda adolescente li uma frase que me marcou muito. Acredito que seja de Brigite Bardot. Ela dizia: quanto mais conheço os homens mais gosto dos animais.¨ Por ser muito jovem não consegui entender muito bem o tamanho e a força do seu significado. Ainda não tinha os anos de caminhada que tenho hoje. Não tinha visto muito ainda desse mundo para entendê-la com todo o peso de cada letra que ela carrega. Hoje, sou um grande admirador dos animais, não só dos cães. Às vezes compro pássaros só pra libertá-los. Parabéns pelo assunto abordado.

Luiz C. em 02 de agosto de 2013

Não conheço nenhum fato, relato ou história, de algum cão que tenha traído seu dono. É amor absolutamente incondicional. Post maravilhoso; parabéns Setti!!!

Angelo Losguardi em 02 de agosto de 2013

Emocionante e triste.

Kitty em 01 de agosto de 2013

Caro Ricardo, conhecendo o carinho que eu tenho por cães que eu sabia que se eu clicava no tema era para chorar..dito e feito..Voltando um pouco no tempo, apenas três anos se passaram que lindo, meigo e carinhoso Argos, um belo exemplar da raça Rottweiller, também doente de câncer no ombro que nos últimos dias antes de falecer se queixava muito e o veterinário aplicava calmantes, mas sabíamos que eram apenas paliativos e que não havia mais nada a fazer..ele tinha doze anos. Fiquei arrasada..! Toda esta história me lembrou o Mozart de Reynaldo, que também me emocionou..as perdas nos deixam muito vulneráveis..Argos me foi entregue com menos de três meses..me apeguei muito a ele.///Um abração

Wagner em 01 de agosto de 2013

Crio quatro cães que peguei da rua com minha esposa, sei exatamente o que passa no olhar deste Homem!

Fernando em 01 de agosto de 2013

Fiquei emocionado ao conhecer tão sincera amizade. Eu só queria entender como existem tantos monstros nesse mundo que judiam de animais. São pessoas que merecem passar o resto de suas vidas nas cadeias.

Dulce Regina em 01 de agosto de 2013

Aí, Reynaldo. Entramos para comentar, quase na mesma hora ( veja abaixo ), o seu ainda não tinha sido liberado. Qdo vi a chamada, me lembrei logo dos seus amiguinhos. Coloquei em algum post, se vc já viu ( acho que sim ), a história de "Mozart, e seu cão de estimação" ? Há controvérsias, se é verídica. Mas acredito, mesmo assim. Abraços fraternos, Dulce Regina

Dulce Regina em 01 de agosto de 2013

Querido Reinaldo BH, sabia que vc iria se manifestar mas, não desse jeito. Quanto amor ! A música diz tudo. Muito bem colocado seu comentário. " What you say notting at all ". Abraços, com lágrimas nos olhos, Dulce Regina

Memyself em 01 de agosto de 2013

Ter o amor de um cão é um privilégio. Cuidar dele da melhor forma possível é apenas uma pequena retribuição a estes anjos peludos.

Reynaldo-BH em 01 de agosto de 2013

http://www.youtube.com/watch?v=pM9v0AvXWlM

Renato em 01 de agosto de 2013

Parabéns a esse Sr. que cuidou do seu cachorro com tanto amor. Tive uma gatinha que durou 24 anos na minha casa e posso dizer que tanto ela como esse cachorro viveram tanto tempo por causa do "amor" que receberam. Esse é o maior de todos os remédios e justamente o que mais falta no mundo!

Dulce Regina em 01 de agosto de 2013

Maravilha !!! Foi merecedor de todo carinho e atenção do seu dono, pois era o amigo e companhia inseparável dele. Que Unger, faça outra caridade adotando outro cão que precisa de um lar.PS: olha aí Reynaldo BH, mais uma história comovente, igual a do Pepê.

Reynaldo-BH em 01 de agosto de 2013

Um dia, meu amigo Moacir me deixou uma mensagem para o meu cão Pepê. Repito a Unger e Schoep. =============== "Presta atenção! Eu expliquei tudo para o Senhor, Que preferia ficar aqui, Do lado de fora do Portão. Jurei para Ele,por todos os cafunés, Que não vou dar trabalho nenhum. Não irei cheirar as pernas alheias, Nem sequer vou latir ou correr. Aqui,pacientemente,vou esperar por você, Mastigando um osso celestial. E não importa quanto tempo você levar, Não arredarei daqui as minhas patas. Pois se entrasse aí sem você, Para mim,isso lá por trás do portão, Não seria o Céu,não.

DK em 01 de agosto de 2013

Nossa Setti, comovente, nao consegui me conter. Como apaixonada pelos meus dois casais, um de Sao Bernardos, outro de pequeníssimos Yorkshires sei bem o que a companhia dessas criancas faz por mim todos os dias. Grande abraco,

Tereza-MG em 01 de agosto de 2013

Vida curta é o único defeito destes nossos melhores, imensos amigos - e digo isto como sendo minha realidade, não simples elogio. Mas Schoep teve também uma vida feliz. Que exista um céu dos cães, onde eles fiquem nos aguardando para que possamos desfrutar da felicidade eterna, todos juntos enfim.

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI