Image
“Habeas corpus”

O pintor Istvan Sandorfi, ou Étienne, começou a se dedicar às artes aos 12 anos de idade, como forma de se refugiar de uma realidade cruel demais (vários integrantes de sua família cumpriram prisão na Hungria durante o estalinismo pelo terrível crime de seu pai ter sido diretor de uma empresa americana, e depois partiram para o exílio, primeiro na Áustria , depois na então Alemanha Ocidental e a partir de 1958 na França).

Sua obra dá a impressão de não ter sido acabada, e seu estilo de pintura combina uma técnica meticulosa realista, com elementos do surrealismo.

Retrata a nudez em seus quadros, mas uma nudez estranha, não raro triste ou crispada, ou corpos mutilados. Os títulos dos quadros não raro são irônicos (veja, abaixo, a tela “Paraíso das Damas”, na qual as protagonistas exibem o ar de estar em qualquer lugar, menos num paraíso).

Image
“Irlandesa Nua”

As provocativas figuras desmembradas e naturezas-mortas aparecem em importantes coleções particulares e museus em vários continentes, a começar pelo renomado Centro Georges Pompidou, de Paris.

Foi seu próprio modelo durante muito tempo, por se sentir incomodado com a presença de outras pessoas enquanto trabalhava. Certa vez declarou a amigos: “Eu nunca senti que realmente soubesse como pintar, não no passado, não agora. Se você pinta, nunca está totalmente satisfeito”.

Istvan Sandorfi morreu em Paris, em 2007.

Image
“Mulher e Paleta”

Image
“Uma Thurman”

Image
“Descanso de Amélie”

Image
“Pena”

Image
“Pascalange”

Image
“Madeleine”

Image
“Mãos”

Image
“Mão com Maçã”

Image
“Chuva de Pesar”

Image
“Gatos”

Image
“Entre Eles”

Image
“As Costas de Anne”

Image
“Amores Núbeis”

Image
“Amor Dócil, Amor Fóssil”

Image
“Paraíso das Damas”

Image
Istvan Sandorfi e uma de suas obras

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dez + 10 =

16 Comentários

paulonelsonaraujoromeiro em 29 de dezembro de 2012

eu cunca vi uma obra taõ lindas como essas que eu amei

carlos robertp pereira almeida em 15 de setembro de 2012

ADOREI,,,,,,ISSO SIM É ARTE.

P. WAY em 15 de setembro de 2012

Gostei muito do blog! Obrigado e... volte mais vezes! Abraços

Sergio the original since 1ª Leitura em 14 de setembro de 2012

Resultado magnífico! Não sabia que o seu site tinha tanta arte de extremo bom gosto! Parabéns! Obrigado, caro Sergio. Fazemos o possível para ter sempre esse tipo de material. Abração e... volte sempre para conferir!

oO0 em 06 de setembro de 2012

para fazer um quadro desses precisa mesmo entrar na imaginações

luiz fernando taiani em 30 de agosto de 2012

Voltei para agradecer o espaço que o senhor nos da falar sobre a vigarice que estão fazendo para com nos do AERUS VARIG obrigado

Lamis em 25 de agosto de 2012

Seu comentário é impublicável.

Lamis em 25 de agosto de 2012

Seu comentário é impublicável.

relume romano em 14 de agosto de 2012

"Dai às paixões todo o ardor que puderdes, aos prazeres mil vezes mais intensidade, aos sentidos a máxima energia e convertei o mundo em paraíso, mas tirai dele a mulher, e o mundo será um ermo melancólico, os deleites serão apenas o prelúdio do tédio".

Jorge Blues em 14 de agosto de 2012

Viajou ao inconsciente e retornou incólume?

Jose Carlos Fernandes Lopes em 14 de agosto de 2012

Estou muito agradecido pela oportunidade de conhecer o artista e seus belos trabalhos. Obrigado Setti! Estou maravilhado!!!

Osvaldo Aires Bade - Comentários Bem Roubados na "Socialização" em 14 de agosto de 2012

P-E-R-F-E-I-T-O . Abraço a Todos Osvaldo Aires

Kitty em 14 de agosto de 2012

Caro Ricardo, As diferentes e patéticas fotos traz em si uma forte visão de mulheres em estado devastador pela crueza dos detalhes, as mutilações, os sofrimentos da mente em situação de estresse e uma amargura à flor da pele que reflete quem sabe quantas humilhações, dores na alma...em fim difícil prever os tormentos do pintor; pinturas de uma beleza inusitada, mas ao mesmo tempo arrepiantes!Como sempre se diz que as pinturas são um pouco a alma do pintor, suas próprias introversões ou frustrações..Eu as elogio como arte, mas não as colocaria nas paredes da minha casa. Me produziriam depressão... Sempre interessantes as novidades e variedades que esta seção do blog nos prodiga para conhecer a diversidade de artistas e seus fecundos trabalhos! Meu sempre obrigada--abraços///Kitty

Teresinha em 13 de agosto de 2012

As obras do pintor ajudam a refletir quanto os regimes políticos extremados, revoluções e guerras, mutilam também as sensações dos seres humanos! Alguns expressam através da arte.

oscar em 13 de agosto de 2012

Um trabalho docemente psicotico,um q de desolaçao,uma viagem ao lado escuro sem se entregar as trevas em uma palavra INSUPERAVEL.

Carla Manuela em 11 de agosto de 2012

Lindos trabalhos! Parabéns a este blog por trazer tantas coisas lindas!

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI