Amigos, deleitem-se com Juliana D’Agostini, a pianista brasileira de 24 anos que vem impressionando desde os cinco.

Bonita o suficiente a ponto de posar como modelo para pagar os estudos, Juliana formou-se se ano passado em piano na USP, ganhou prêmios, colheu elogios de nomes como o maestro Julio Medaglia e passou por importantes festivais de música clássica no Brasil e no exterior, como o Académies Internationales d’été du Grand Nancy 2009 (França), além de participar de master classes com conceituados pianistas estrangeiros, tais como Petr Jirikowsky (Conservatório de Praga) e Jyeon Kang (Coreia do Sul), entre outros.

Neste vídeo, do programa Música de Bolso, gravado em sua casa, com Juliana de bermudas e descalça, ela interpreta Fantasie Impromptu, de Chopin, com técnica, domínio e sensibilidade admiráveis.

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × um =

32 Comentários

raulito alves da silva em 04 de julho de 2013

Juliana, assistimos sua interpretação pela Internet.Ficamos, eu e minha mulher,encantados com a suavidade como interpreta Fantasie Impromptu, de Chopin. Gostariamos de saber se você se apresenta profissionalmente.

Agnaldo F. de Campos em 03 de março de 2013

Esta pianista Juliana D. Agostini, é um orgulho para o nosso País, em matéria de proficionalismo. Continue estudando música, e representando a música clássica. Jaboticabal, 03/03/2013

Adriana em 23 de março de 2012

Parabéns, Juliana. Ótima interpretação. Você nos orgulha muito.

tico tico em 18 de janeiro de 2012

Juliana é também encantadora quando fala.

sandra em 09 de janeiro de 2012

Gente maravilhoso vale a pena ouvir fechar os olhos e relaxar. AMEI.

sudik maharana em 09 de janeiro de 2012

A minha Favorita de F. Chopin! “”A Polonesa”" Abraços-Kitty

Reg Prata em 04 de janeiro de 2012

Acho q é bom guardar o nome dessa menina. Ainda vamos escutar falar muito dela ...e BEM! :D

Observadordepirata em 27 de dezembro de 2011

Bravo !!!!!!!!

Kitty em 26 de dezembro de 2011

Caro Ricardo o meu presente de Natal!!http://www.youtube.com/watch?v=wdd_3KWkL6Q A minha Favorita de F. Chopin! ""A Polonesa"" Abraços-Kitty Agradecemos em nome do Ricardo Setti. Abraços, Equipe do blog

Kitty em 26 de dezembro de 2011

Grande interprete Juliana D'Agostini!!! Caro amigo Ricardo! Que coisa poderia ser melhor,após o cansaço do corre-corre destes dias dedicados ao consumismo e a trabalheira do encerramento de atividades,do que sentar na frente do pequeno "screen" e me deleitar, maravilhada,de uma interpretação genial,como a pianista Juliana nos está oferecendo aqui neste simpático cantinho de Música no Blog.Como se isto não fosse suficiente interpretou, nem mais nem monos, que a Federico Chopin!!!. Obrigada caro Ricardo!!! Agradecemos em nome do Ricardo Setti. Abraços, Equipe do blog

em 26 de dezembro de 2011

Esse é o bom e velho Música no Blog que eu sempre admirei. Basta ver o número de comentários elogiosos. Eu sempre abro e leio o Daniel mas, qualidade e novidades para todos os seus leitores sempre esteve presente no seu Música no Blog, estimado Ricardo Setti. Agradecemos em nome do Ricardo Setti. Abraços, Equipe do blog

Teresinha em 25 de dezembro de 2011

Muito agradável ver uma jovem talentosa! Muito bom ouvir boa música! Muito esperançoso saber que jovens trilham por caminhos da boa cultura!

MusicMania em 15 de dezembro de 2011

Casa comigo loirinha?

Franco em 12 de agosto de 2011

Muito legal! Parabén pelo Blog, que está muito bom. Assuntos variados, relevantes e agradáveis. Parabéns, Juliana! Muito obrigado, caro Franco. Muitos não pensam assim: só querem política, e crítica ao governo. Mas continuarei na linha da diversidade e da independência. Abração

Kaos em 11 de agosto de 2011

O nome do DVD/Blu-ray do Jeff Beck é "Live at the Ronnie Scotts", se quiseres conhecer a cantora Imogen Heap e a bela menina-baixista prodígio.

Juliana D`Agostini em 11 de agosto de 2011

Ricardo! Que surpresa ver um vídeo meu no seu blog! Muito obrigada! Abraços Quem agradece sou eu, cara Juliana. Pretendo postar outros vídeos. Um abração

Kaos em 09 de agosto de 2011

Já que o assunto é mulheres instrumentistas procurem ver o recente e sensacional DVD/Blu-ray (2008) do Jeff Beck(maior guitarrista vivo), cuja banda tem, ao lado do fantástico baterista Vinnie Colautta, uma menina-baixista de 19 anos (!!!) que toca baixo elétrico a la Jaco Pastouris, além de ser uma menina ultra-simpática e graciosa. vale mesmo só olhar para ela! E conhecerão também a deslumbrante cantora/compositora Imogen Heap que canta duas músicas. E Joss Stone em uma música e Eric Claptonem duas. Imperdíveis estas mulheres!!!

Kaos em 09 de agosto de 2011

Tem um pianista brasileiro também muito jovem chamado André Mehmari (será que errei a escrita?), que tem um CD/SACD(super áudio cd) lançado pela CAVI que é muito bom.Clássico e jazzístico, com um pouco de baixo acústico, bateria leve e uma qualidade espantosa de execução e gravação. Grandes músicos estes brasileiros. De novo, obrigado pela dica. Abraços

Tito Livio Bereta Bereta em 09 de agosto de 2011

Estávamos em plena ditadura no final da década de 60. Foi quando a abril lançou uma coleção de clássicos, de gravação duvidosa quanto a qualidade, mas de grande conteúdo. De lá até hoje a engenharia acústica evoluiu muito. Isso não nos impediu conhecer Chopin através de um toca-discos da Philips, modestíssimo, movido a pilhas. Nossos corpos recebiam censura e até mesmo sevícias. Não o meu, mas o de muitos brasileiros que sonhavam com um país melhor, não isso que aí está. Nem ditadura nem democracia, mas um simulacro de governo que abriga as mais diversas correntes, ladravazes do erário. Mas nosso espírito estava livre para saber que há muito mais belezas sobre a terra do que qualquer feiura imposta por quaisquer regimes que se queiram afirmar como salvadores da pátria. Tanto os democráticos como os ditatoriais. E agora, a beleza da pianista como do trecho nos evocam aquela época. Anos duros, anos difíceis de manejar. Mas passaram, como passam todas as coisas. Mas a sensibilidade para ouvir e apreciar Chopin ou outros grandes autores, mesmo surdo, não hão de passar. Se não puder ouví-las, eu as sentirei. Obrigado, Setti. Foi um grande presente.

sheila lima em 08 de agosto de 2011

Amigo Setti,Chopin fala `a alma e a moça o compreende, apesar da juventude.Voce, como sempre, nos alegrando os dias e as noites!

Vera Scheidemann em 08 de agosto de 2011

Muito lindo e o costume de tocar piano descalça é bem legal. Ficar sem sapatos dá uma sensação bem gostosa. Vera

Jeremias-no-deserto em 08 de agosto de 2011

Juliana é uma jovem de enorme talento e, como tal, ainda deverá desenvolver a sua técnica fantástica. Por exemplo, mais clareza no cantabile da mão direita nessa peça, é o "touché" dos grandes intérpretes que ela conseguirá com o tempo.

Reynaldo-BH em 08 de agosto de 2011

Houve uma época de triste memória que nos roubaram os símbolos nacionais. A bandeira, as cores verde e amarela e até nosso hino! Eles deixaram de ser nosso para ser emblema de quem nos oprimia. Deixaram de ser do povo para ser de segmentos oficiais. Só eram usados e ouvidos em cerimônias militares. Usar uma camiseta verde e amarela era somente em jogos da Seleção. Até esta foi usurpada. Uma repulsa quase que inconsciente se formou. Quem iria a praia com uma camiseta verde-amarela ou com uma sandália com o símbolo do Brasil? Hoje vejo minha filha usando havaianas com a bandeira do Brasil. Usando as cores que identificam o Brasil, estilizadas em camisetas, em viagens ao exterior. Com um orgulho que é muito bonito! E como a história é sempre a fonte básica de nossas passos! Foram os militares a oferecer a mais bela interpretação do Hino Nacional aos brasileiros. Já havíamos resgatado o orgulho de nosso hino. Já havíamos voltado a ter orgulho dele. Cantamos quando precisamos afirmar nossa cidadania, seja nos esportes, momentos cívicos ou mesmo de protestos. Vale a pena ouvir 6 dos nossos maiores pianistas interpretando nosso Hino. Demos a volta por cima. E como disse, jamais permitiremos passos atrás! http://www.youtube.com/watch?v=wcYK4XvAyXU

tico tico em 07 de agosto de 2011

Pois é Setti. Vi e ouvi o vídeo postado, cliquei duas vezes caí no programa do Jô Soares no You Tube, continuei vendo e ouvindo a Juliana, em outros e outros... Muito bem, caro Tico Tico, valeu. Mas o link do YouTube que está no site nada tem a ver com o Programa do Jô. Estou até revendo o vídeo para me certificar.

carlos nascimento em 07 de agosto de 2011

Ricardo, Diante da pressão do cotidiano semanal, dos assombros politicos, da intolerância dos crápulas, creio que os "domingos" familiares merecem uma boa dose de criatividade, tente saborear: * um peixe sublime, chamado - filhote - talvez a melhor carne branca do planeta, vc pode encontrar nas lojas especializadas por ai, temperado apenas com sal, preparado na brasa do carvão, uma saladinha de feijão tropeiro, um bom azeite, uma farofinha feita na manteiga, pode ser servido com arroz branco ou com purê, opcional, acompanhado de um bom vinho branco, em temperatura adequada * * arrume a mesa, coloque a esposa, os filhos e os netos ao redor, façamos uma oração de reflexões, pronto, o espirito se renova automáticamente * Bom, como vc é um amigo, vou deixar a marca do vinho e o acompanhamento musical por sua conta, só não vale Sinatra, ai seria covardia. Bom domingo, seja feliz. Abraços Carlos Nascimento. p.s. O mágico é vc mesmo preparar tudo, desde comprar o peixe, até a arrumação da mesa. Desculpe a demora em responder, amigo Carlos. De fato, sua receita para um dia feliz é ótima. O detalhe, no meu caso, é que não entendo nada de cozinha... Obrigado pela gentileza e pela atenção. Um abração

Reynaldo-BH em 07 de agosto de 2011

Prezado amigo, o vinho acabou e o sono chegou! Minha filha me ligou. Já chegou em casa, vonda das baladas que me inquietam e tiram o sono! As mesmas que tiravam o sono de meus pais! Como já estou "pegando cerveja na geladeira", neste nosso espaço (pretensão, não é?) te envio o link do "lullaby" adolescente que descobri e que embalou minha Joana em alguns momentos. Vou dormir! Minha vida já está indo dormir! Assim, estou em paz! BOA NOITE! http://www.youtube.com/watch?v=apJ79-Dno9s&feature=related Obrigadíssimo, caro amigo Reynaldo. Também já perdi muito sono com baladas de filhos. Hoje perco com as aventuras de minha filha mundo afora, inclusive mergulhar no meio de tubarões... Obrigado pelas dicas preciosas. Abração

Jotavê em 06 de agosto de 2011

Adorei. A gente ouve cada nota, apesar da velocidade alucinante, né? E a dinâmica fica completamente definida: vai do fraquinho ao bem forte e volta para o fraquinho dentro de uma mesma escala. Não abusa da força, não apela. Cada mão fazendo o seu trabalho, com absoluta independência. Lindo demais. E, claro - linda demais.

Carlos Alberto Boff em 06 de agosto de 2011

Maravilhoso e cativante. Muito obrigado por mais esta bela talentosa Setti.

Reynaldo-BH em 06 de agosto de 2011

Setti, como disse – cumpro minhas ameaças! – eis aí o Marcus Viana. E pior. Além do link, um adendo em forma de longo comentário. Paciência. Marcus é um músico de MG, que se notabilizou por compor trilhas sonoras para algumas novelas, como Pantanal. Mas já tinha uma longa história anterior. Violinista desde os 10 anos de idade, morou nos USA e fez parte da Sinfônica da Pensilvânia. De bolta a BH, fez parte da Sinfônica de MG. E fez uma junção já tentada por Emerson, Lake & Palmer. A música erudita com o rock progressivo. Alguns acham sacal. Eu admiro. E aí, vai o meu comentário sobre a escolha de uma música, entre tantas, que te envio. Chama-se PÁTRIA MINAS. E explico o porquê da escolha. É comum vermos nos blogs e sites, ataques ao Aécio e a Minas. Eu só posso rir. Não existe – sem bairrismos! – nenhum brasileiro mais apegado ao solo em que nasceu do que o mineiro. Não há, creia-me. Talvez as montanhas que nos dão a sensação do berço e da falta do horizonte infinito que o mar, por exemplo, nos dá, possa explicar este sentimento de ser o mineiro ensimesmado, confundido com ser quieto ou disfarçado! E isto nos dá a noção de defesa de valores. De cultura. Do nosso espaço. Defendendo com toda a paixão qualquer estrangeiro que nos critique ou a um dos nossos! Disto, cuidamos nós! Sou mais mineiro que a grande maioria dos mineiros cá nascidos. Nasci no RJ. E daqui não saio. Não tenho UM ÚNICO projeto profissional em MG. Estão em SP, Bahia, Lisboa e USA. Mas, daqui não saio. Talvez porque aqui tenha o maior e mais bem sucedido deles: minha filha! Amo Minas! Tive uma esposa – amada até hoje! – que tinha os olhos molhados quando voltando de viagens, via da janela do avião as montanhas de Minas. Minha filha quer conhecer – e está! – o mundo! Mas se recusa a pensar em não estar em MG. Minas é um universo. Difícil de ser apreendido e aprendido. Quando sim, impossível de ser esquecido! É por isso que segue o link do Marcus Viana sobre este tema! Espero que goste. BOM SÁBADO! http://www.youtube.com/watch?v=2q3aUzRDkaQ

Jose Francisco Santoro em 06 de agosto de 2011

Chopin é romântico demais? Pode ser...pode ser.

Reynaldo-BH em 06 de agosto de 2011

Sábado, dia de vinho e descanso. Leituras e audições. E de te encher o saco com novas "musiquins"! Hehehe. Temo em MG uns músicos que se recusam a sair daqui. Bom para nós, daqui. Nivaldo Ornellas, Marcus Viana (vou mandar uma dele depois!), Uakti, etc. Entre eles o GENIAL jazzista (violonista) Juarez Moreira. Além de ser um músico fantástico é um papo de primeira. De entornar branquinhas enquanto toca. Eu acho uma obra-prima o BAIÃO BARROCO. Talvez vc conheça. De todo modo aí vai: http://www.youtube.com/watch?v=3D7nYFAdz1o

Augusto Müller em 06 de agosto de 2011

A-pai-xo-nan-te...

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI