Participei de debate da TVEJA apresentado por Augusto Nunes e cujo assunto principal foram as grandes manifestações contra o governo de Dilma Rousseff, realizadas no mesmo dia, 15 de março de 2015. Também compunham a mesa o historiador Marco Antonio Villa e Carlos Graieb, então diretor de redação do site da revista Veja.

Destaquei a existência de um foco na manifestação, que mirava o governo Dilma, ao contrário das de 2013, que eram “contra tudo”, e mostrei minha perplexidade com a atitude de desdém dos mandatários petistas para com as enormes mobilizações.

“É estarrecedor que gente do governo fizesse pouco caso e achasse que seria uma manifestação de quinta categoria”, disse. “Só o governo, tão perdido e fora da realidade, não sabia que as manifestações seriam tão grandes”.

Aproveitei também para atacar as críticas de Lula aos manifestantes e seu sumiço diante da crise. “O estadista se revela nos momentos de dificuldades; se é para combater essa malta de reacionários, por que ele não aparece? “, afirmei. O tom geral dos comentários é que começou o fim do governo Dilma.

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

vinte + seis =

TWITTER DO SETTI