Image
Sete das oito manifestantes: em pleno centro da veneranda catedral de 850 anos (Foto: l’independant.fr)

As inúmeras fotos que vieram a público em vários países não deixam dúvidas: mais do que surpreendidos ou, eventualmente, revoltados por verem um grupo de 8 garotas de seios de fora dentro da veneranda catedral de Notre Dame, em Paris — feministas do grupo ucraniano Femen, que fazem tudo para chamar atenção –, os turistas que visitavam a igreja e contemplavam alguns dos 11 novos sinos que serão instalados no 850º ano de funcionamento do templo estavam mesmo é preocupadas em fotografar as jovens.

Image
Durante a manifestação, o pessoal queria mesmo é fotografar as garotas, que foram retiradas por agentes de segurança — um deles de azul, em primeiro plano (Foto: newsbeast.gr)

Elas exibiam no corpo palavras, em inglês, expressando alegria pela renúncia do papa. Uma delas pintou-se com o slogan “Abaixo a homofobia”. Agentes de segurança da catedral, após alguns minutos, arrastaram as jovens para fora.

VEJAM TAMBÉM

Femen: pequena história das garotas da Ucrânia que protestam em topless

Inna Shevchenko, a líder feminista da Ucrânia: “Protestar em topless é ainda melhor”

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

15 + um =

Nenhum comentário

fefe em 04 de abril de 2013

qual o problema as garotas mostrarem os ovos fritos?

geodematos em 28 de março de 2013

Renato César acertou na môsca. Concordo com ele em genero, número e grau. O Catolicismo, assim como as demais religiões, aproveitam-se da miséria e da ignorância do povo para faturar em cima, seja arrecadando dízimos, seja vendendo indulções e moradias etrnas no céu. Dessa forma, quanto pior, melhor (para eles), já que o desesperado vai sempre buscar um pouco de consolo, seja lá onde for. As meninas do femem protestam com as armas que dispõem, e estão fazendo muito sucesso. Elas estão alcançando plenamente seus objetivos, haja vista a imensa repercussão internacional que obtém nas suas aparições. Sugerir que façam o mesmo nos países onde não existe o mínimo de liberdade e respeito aos direitos humanos, onde mulheres são apedrejadas em praça pública, é de uma imbecilidade atroz, que só pode ocorrer em mentes completamente dominadas pelo fanatismo religioso.

Renato Cesar Carvalho em 25 de março de 2013

Sandro, não preciso da Constituição pra me garantir que você é um fundamentalista. Você é um dos 90% de idiotas a que Einstein se referia e é por causa de mentes absolutamente anacrônicas, condicionadas e violentas como a sua, que as guerras, principalmente as deflagradas em nome de supostas religiões, se eternizam. A sua incapacidade é facilmente demonstrável no momento em que você, em vez de debater um assunto que diz respeito a todos nós, parte pra agressão. Isso é pecado, viu?, e o papa, como "representante de Deus na Terra", vai lhe punir e quem vai arder no fogo do inferno... é você. Comigo isso não pode acontecer. Sabe porque? Porque eu respeito minha inteligência e não dou a mínima pra essas infantilidades. Ah! Sandro, antes que me esqueça, isso que vc disse não é opinião, mas mera reação condicionada. Opiniões são consequências do livre pensar e como vc pode ter livre-arbítrio se sua mente é inteiramente condicionada por dogmas arcaicos.

Sandro em 24 de março de 2013

Por mim estas senhoras deveriam morrer queimadas na inquisição, junto com o Renato César Carvalho. Esta é a minha opinião que manifesto democraticamente, algo que nossa constituição me permite.

Renato Cesar Carvalho em 23 de março de 2013

Basta dar uma linha, por menor que seja, e o bando de reacionários mostra logo a cara. Esses papas, TODOS, SEM EXCEÇÃO, deveriam ser julgados por crimes contra a humanidade. No mínimo. Os barbarismos históricos da igreja católica são por demais conhecidos pra que eu precise me explicar. Uma das maiores razões para que o Brasil seja um pais eternamente em descompasso com a evolução e convictamente atrelado ao atraso, é o fato de ser o maior país católico do mundo, mantendo o povo, em conluio com as assim chamadas autoridades públicas, em permanente estado de imbecilização através de um secular processo de manipulação e controle. Um ser humano íntegro não cede seu poder pessoal e a responsabilidade sobre a própria vida a nenhuma igreja, doutrina, dogma ou ideologia. Sejam elas quais forem. "Religião" vem do latim "Religare" (fácil até pra Dilma e o Lula entenderem), que deveria ser a essência de todas elas, mas o que se vê é exatamente o oposto. E ainda há quem defenda. E isso que este espaço é frequentado pela suposta elite intelectual do país. Os católicos não são tolerantes, isso é uma mentira descarada gerada pela ignorância, inconsciência e infantilidade de quem precisa de babá. É essa mesma mentalidade que perpetua no poder gente como os citados acima.

Natal Santana em 15 de fevereiro de 2013

Acertou na mosca, Guilherme: xingar o Papa é fácil, afinal os católicos são tolerantes. Se elas tem peito mesmo (no sentido figurado), porque não protestam no Irã ou em outros países muçulmanos? Além do mais, porque um bando de peladas cujo único argumento é mostrar os peitos seriam mais sábias que um intelectual como Bento XVI? Porque o que elas querem dizer é isso: "nós temos a razão, ele não; nós sabemos das coisas, ele não"... tenha paciência: já cansei de ver essas desocupadas se despindo por qualquer coisa!

Guilherme em 14 de fevereiro de 2013

Bobagem... Elas não foram dia desses ´´tentar´´atrapalhar um pronunciamento de Bento 16? Porque não vão xingar o aiatolá Khamenei, lá pelas bandas de Teerã? Ofender o Papa e a cristandade é mole, quero ver é insultar o Maomé!

pedro couto em 14 de fevereiro de 2013

O que não dá para acreidtar, é o fato de uma pessoa sair aqui do Brasil e se hospedar na Catedral de Notre Dame, em Paris. Ainda por cima querer contestar uma situação na qual foi fotografada por todos os angulos possiveis e imágináveis. Não sei nem como me referir a esta pessoa. Que pelo jeito parece se esconder atrás de uma sigla, "Iul". O que nos dá o direito de duvidar da sua estada naquela cidade e tambem naquela Igreja.

paolo em 14 de fevereiro de 2013

para mim estas mulheres do femen não passam de vagabundas e prostitutas.

Mariazinha em 14 de fevereiro de 2013

Quero ver se essas inúteis fariam o mesmo numa mesquita. DUVIDO. Essas exibicionistas só aparecem para fazer baderna em lugares onde não serão punidas ou presas. Quem sabe elas ganham passagens de avião para o Irã e protestam na terra do Ahmadinejad, popular Zóio Junto, e aguardam o resultado?

Tuco em 14 de fevereiro de 2013

. Sou daqueles que caga e anda para a igreja, para os católicos e para as religiões. No entanto as pessoas merecem respeito, e isso é independente do quão sejam limitadas. Assim, a máxima pertence ao RAzevedo: Peladas — algumas até bonitinhas… — e covardes! Gente sem coragem tira a roupa na catedral de Notre Dame. As verdadeiramente corajosas ficam peladas em Teerã ou em Riad. Precisa dizer mais alguma coisa? .

lul em 13 de fevereiro de 2013

Estou em Paris e passei os ultimos dias inteiros na Notre Dame e asseguro que isso nao aconteceu!!!! Puro photoshop Foi filmado, passou na TV, há milhares de fotos de dentro e de fora da igreja. Você passou todos os dias, 24 horas por dia, na catedral?

André Calandrino em 13 de fevereiro de 2013

Eu gostaria muito de ver essa coragem toda numa invasão a uma mesquita, muito fácil fazer protesto contra cristãos, muito fácil, bando de oportunistas... Desculpe Evaldo, mas elas não são esclarecidas, são desrespeitosas e covardes.

Evaldo em 13 de fevereiro de 2013

Acho um protesto como outro qualquer de pessoas esclarecidas, pior é no carnaval do Brasil que é uma putaria desenfreada, a imprenssa mostrando todos nus como se fosse a coisa mais normal do planeta, e ninguem critica ou deixa de mostrar.

carlos alberto em 13 de fevereiro de 2013

O seu site é um lugar agradável que visito sempre e espalho o que gosto para meus amigos. Discordo de uma coisa aqui outra ali, coisa pouca, até porque o espírito do blogue é mais para deleite que discussão. No caso específico da renúncia do papa Bento XVI, sinto há uma ânsia de trazer textos de diversas fontes e dois deles não gostei: BENTO XVI: islamismo, aborto, a questão da homossexualidade, ... e este da Femen. O primeiro traz “diversos escândalos surgidos durante o comando de Bento XVI”, que é uma visão crítica negativa do papa. Quanta pressa, não é mesmo? No caso das autodenominadas vadias, mais imprópio impossível. Dar notoriedade a certas vulgaridades, só porque centenas de outros fizeram, é espírito de boiada. Não há qualquer valor nesses protestos das vadias do Femen. Mostrar peitos como protesto é coisa de mané, démodé e de mau gosto. Um sítio tão classudo como o seu merece coisa melhor que essa bobagem do Femen. Interessante a questão da quantidade para justificar uma publicação. Como não há risco algum, uma penca de veículos de informação publicam uma ofensa aos católicos. Porém, quando um cartunista dinamarquês publicou uma charge de Maomé, e foi jurado de morte por terroristas islâmicos, nenhum jornal brasileiro nos agraciou com os desenhos. Para conhecer, só visitando publicações estrangeiras.

Roberto Souza em 13 de fevereiro de 2013

Como diria um antigo personagem humorístico da TV. "Quando eu era criancinha pequeninha lá em Barbacena, nóis chamava esse tipo de muié de otras coisa, mas de manifestanti nóis num chamava não"

Ismael Pescarini em 13 de fevereiro de 2013

Desejar que uma bobinha destas vá ficar peladinha em Riad ou em Teerã é desejar uma morte certa e cruel para as garotas. Um mes na cadeia não iria fazer mal a ninguém, de preferência com trabalho comunitário em algum hospital.

patricia m. em 13 de fevereiro de 2013

Eh, deviam fazer isso em pais islamico. Ate na "moderada" Turquia ja estava valendo. Quem sabe, quando a Turquia fizer parte da UE as "corajosas" da Femen vao la e tiram a roupa. Vergonha alheia dessas mulheres, viu, eh isso o que eu tenho. Vergonha alheia.

marcelo cunha - rib preto/sp em 13 de fevereiro de 2013

Já deu c/ essa mulherada, né?

moacir em 13 de fevereiro de 2013

Setti, Sabe como é: ao chegar diga bom dia ,boa tarde,boa noite,se pedir diga antes por favor,se receber diga sempre obrigado,não coma de boca aberta,não entre sem bater,não interrompa quem estiver falando e por aí vai...Numa Igreja? Acho que foi falta de respeito e de propósito .

Aranha em 13 de fevereiro de 2013

Há o adágio popular que diz: "Formiga sabe que roça corta". Duvidária que essas amorais tivessem coragem suficiente de protestarem dessa forma em qualquer templo do islamismo. Avacalham um templo católico porque nada lhes acontece. Pior que tudo é dar-lhes a publicidade que não merecem. Elas não poderiam protestar nuas em qualquer outra parte? Por que justamente na Igreja Católica? Por que não vão protestar contra o apedrejamento de mulheres no Irã? Não seria uma causa mais do que justa?

Sergio the original since 1ª Leitura em 13 de fevereiro de 2013

Essas vagabundas só querem aparecer para aumentar o seu preço na praça.

Angelo Losguardi em 13 de fevereiro de 2013

Mas tenham certeza de que intolerante é a Igreja Católica, tá? Aqui no Brasil isso tinha um nome: crime de ultraje a culto. Digo tinha porque não pode mais ser configurado, a não ser que alguém ultraje o culto ao petê, emitindo opinião ou até mesmo publicando fotos consideradas "ultrajantes".

JT em 13 de fevereiro de 2013

Fazer topless numa igreja católica na França é moleza, pois os cristão que comem croissant perdoam tudo. Quero ver essas ucranianas fazerem o mesmo dentro de uma mesquita em qualquer país, por qualquer motivo. O que está faltando para essas garotas do Femen são uns namorados do Machen.

bene em 13 de fevereiro de 2013

Quem não respeita não merece respeito. É um bando de vagabundas desocupadas.

renan em 13 de fevereiro de 2013

ESTARIAM AS MERCENARIAS DO FÊMEN PRESTANDO SERVIÇO À NWO... AOS INTERESSADOS SUPOSTOS CATÓLICOS NUMA IGREJA CATÓLICA LIGHT… Muitos supostos católicos, como os de tradição, desejam que o novo papa seja modernista, apoie tudo que Jesus Cristo a Igreja sempre reprovaram, como aborto, a sodomia, as uniões gays/glbts, o relativismo geral que acontece na sociedade atual impregnada de ideologias modernistas niilistas, como as comunistas, as "Fêmen" da vida, etc., possuidoras de ótimos representantes até usando distintivo da Igreja católica como a esquerdo-comunista Teologia da Libertação, aliada do comunista PT, cujo nome ideal é, “Ideologia de Escravidão ao Comunismo”, subfruto de ideólogos da Escola de Frankfurt, disseminando o Marxismo Cultural sob forma de doutrina da Igreja católica. Aos interessados nisso nem há necessidade de a Igreja católica se modernize, não: filie-se a uma das dezenas de milhares seitas protestantes à escolha, existe uma para cada gosto, ou funde outra para si e amigos, das que se fundam por hora… Esqueça a Igreja católica! E notará que tudo ficará como deseja: tudo muito + light!

Mari Labbate - SP em 13 de fevereiro de 2013

Essas feministas ucranianas do Grupo Femen, expondo-se indevidamente na sagrada Catedral de Notre Dame, em Paris, desafiaram o Universo terrivelmente, e terão que equalizarem-se, descobrindo Jesus Cristo, no Planeta. Na comemoração do aniversário do Templo, os 11 SINOS lembrarão essas irmãs da existência do Arcanjo-Protetor da Terra. Exigem ser respeitadas com esse desequilibrado comportamento? Assemelham-se à Madame-Comunista, defendendo o aborto... Os fotógrafos auxiliarão as distraídas irmãs na recuperação energética, após a ofensa cometida no FOGO do metal dos Sinos. A Verdadeira-Democracia garante a liberdade de expressão, mas deve desestimular atos de desrespeito ao Cristianismo, no Mundo. A nossa missão consiste em reconhecermos o sacrifício de Jesus por nós, ao propiciar-nos a VIDA nessa meravigliosa Esfera-Sagrada.

Carlos Costa Aguiar em 13 de fevereiro de 2013

Nossa, como sao corajosas! Bem que elas podiam repetir esse tipo de protesto dentro de uma mesquita qualquer gritando palavras de ordem contra a homofobia, contra a submissao das mulheres islâmicas, etc. Sugiro o Ira como palco para as proximas manifestaçoes cheia de peitos e brio.

carlos alberto em 13 de fevereiro de 2013

Como é mesmo o que se diz aqui? . "Este espaço pretende apresentar boas histórias..., mas rejeitará qualquer compromisso com o azedume e o mau humor." . As vadias do femen - calma aí, que vadia não é xingamento, é assim que que mudernamente as mulheres orgulhosamente de chamam - não atendem à sua meta. Elas são só azedume e mau humor. E é uma tremenda criancice repercutir essas manifestações. . Qualquer um taca pedra em católico. Se macho fores, quero ver fazer piada de Maomé. . Você está muito desrespeitoso com os católicos. . Bola preta, senhor colunista. Publicar informação sobre um fato público, que percorreu o planeta e foi divulgado por todos os veículos de informação de mais de cem países, não é desrespeitar os católicos, não, Carlos Alberto. Você está confundindo as coisas.

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI