Image
Nível de pobreza dos Estados Unidos é o maior desde 1994 (Foto: Joe Raedle/Getty)

Não é só no Brasil que acontece.

Vejam só esses dados do respeitadíssimo Escritório de Orçamento do Congresso americano sobre desigualdade econômica nos Estados Unidos:

Se em 1979 a participação na renda nacional dos 1% de americanos mais ricos chegava a 8%, em 2007 o percentual havia mais que duplicado, atingindo 17%. No mesmo período, os 20% mais pobres, a quem cabia 7% da riqueza, viram sua parcela no bolo subir muito menos: apenas 18%. Dos 7% da renda nacional que detinham, caíram para 5%.

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 − 6 =

Nenhum comentário

brasil 2022, 200 anos! em 21 de novembro de 2011

O michaelmoore.com ajuda a entender essa desproporção. Eu todo ano envio $ mil , através da Igreja, para ajudar os pobres (e ricos) americanos. Vamos todos colaborar.

Pedro Luiz Moreira Lima em 20 de novembro de 2011

PS - Perdão -Espero que haja – um filme catástrofe terrível e nunca filmado, pior nínguem será louco de bancar ser Força da Paz. PIOR QUE NÃO HAJA!!! na pressa esqueci o NÂO - sou crítico e nunca um desejoso de tragédias e o pior uma tragédia de matança de POVOS. Boa sorte POVO AMERICANO.

Pedro Luiz Moreira Lima em 20 de novembro de 2011

Amigo Setti: Um país como o EUA onde a arma e o direito de ter arma - de qq calibre é garantia - e essas armas espalhadas entre a Direita e a Esquerda,Negros e Brancos,Hispanicos,Religiosos e Não Religiosos... Caso não seja debatido o CAPITALISMO e seus caminhos no MAIOR PAíS CAPITALISTA do MUNDO - é um barril de polvora com pavio aceso e tudo.Será que existe dentro dos EUA condições desse debate? Espero que haja - um filme catástrofe terrível e nunca filmado, pior nínguem será louco de bancar ser Força da Paz. Espero sinceramente que não tenhamos uma realidade de ver um filme desse em nossas TVs. Boa sorte ao povo americano.

Re/Massachusetts em 20 de novembro de 2011

O Instituto Gallup, um dos mais respeitados órgãos de pesquisas nos EUA publicou no seu site no dia 12 de outubro de 2011 o resultado de uma pesquisa feita na China e nos Estados Unidos na qual o resultado foi surpreendente, quase 1 em cada 5 americanos nao tiveram dinheiro suficiente para comprar comida o ano passado. Abaixo o titulo em ingles: Chinese Struggling Less Than Americans to Afford Basics Almost one in five Americans say they did not have enough money for food in the past year by Rajesh Srinivasan and Bryant Ott A pesquisa do Instituto Gallup na China e aqui nos EUA revelou que os chineses estão se esforçando menos do que os americanos para colocar comida em suas mesas. Em 2011, seis por cento dos chineses dizem que houve momentos nos últimos 12 meses em que eles não tinham dinheiro suficiente para comprar alimentos necessários para si ou para seus familiares, uma queda significativa ante o índice de 16% em 2008. No mesmo período, o percentual dos americanos dizendo que não tinha dinheiro para comprar comida nos últimos 12 meses mais do que duplicou, passando de 9% em 2008 para 19% em 2011. Setti, a coisa aqui e pior do que se imagina. O comentario do Carlos Reis foi excelente. A realidade aqui mudou nos ultimos 10 anos. Os americanos terao que aprender a viver com menos dinheiro. Voce trabalha, recebe o dinheiro e ele evapora.A quantidade de mendigos nas ruas de Boston e nos suburbios proximos, aumentou nos ultimos 3 anos. Eu mesma, perdi meu emprego em 2009(nivel academico), 3 dias antes do nascimento da minha filha, faco atualmente um part-time job nada relacionado com o que eu fazia antes e recebo menos de 300 dolares por semana. A sorte e que meu marido trabalha e ganha razoavelmente bem. E pela primeira vez na vida meu pai aposentado pelas Forcas Armadas do Brasil tem que mandar uma ajuda em dinheiro todos os meses para ajudar-me com outras despesas relacionadas com minha filha. A sensacao que eu tenho e que o pais esta desmoronando e tudo ao lado esta caindo, educacao, seguranca e saude.

anti-record em 20 de novembro de 2011

DE 7% PARA 18% É MAIS DO QUE O DOBRO.....NÃO ENTENDI,E DEPOIS CAIU PARA 5%,PODE EXPLICAR MELHOR. Como a parcela do bolo da riqueza nacional que os mais pobres detinham subiu muito menos do que a parcela dos mais ricos, os mais pobres melhoraram de vida, mas perderam participação no total da riqueza. Se a parcela do bolo dos ricos subiu mais do que a dos pobres, a dos pobres encolheu. Os mais ricos dobraram sua participação no total da renda nacional no período mencionado. Os mais pobres viram sua participação subir apenas 18% no mesmo período. Portanto, no total, diminuíram a fatia no bolo.

Carlos Reis - USA em 19 de novembro de 2011

Desde que cheguei aqui - e ja sao muitos anos - nunca tinha visto tanta gente em ponto de onibus, como nos ultimos 3 anos. 3 carros novos na frente das casas nos meses de dezembro, janeiro e fevereiro era comun. Sumiram tambem as VANS de trabalho nas vias; - antes era bem mais - carros de Policia se via a cada 3 milhas, hoje ja nao e o mesmo. Os Corvetes, os Dodge vipers, os Porsches e os Hummers diminuiram consideravelmente nas ruas. Alias, muita coisa diminuiu por aqui, grana e uma delas. A impressao que se tem e que esta EVAPORANDO Tambem se ve muitas pessoas PEDINDO qualquer coisa nas esquinas, antes, praticamente nao se via isso. Os EUA dos filmes ainda se ve tudo bonitinho, mas a REALIDADE e completamente outra. HOLLYWOOD e uma coisa; fantasia, alegria, dinheiro facil, farras e ilusao.......Fora de la a realidade dos Americanos normais, e completamente diferente, nada que ver. Os TURBILHOES de dinheiro jogado fora nas 2 guerras esta fazendo MUITA FALTA na economia do PAIS. Eles jamais imaginariam que o tiro fosse sair pela CULATRA........E SAIU...... AGORA E MEIO TARDE!!!!! A familia BUSH sumiu do mapa, raramente se ve um deles em alguma TV, jornal ou na NET. Eu nunca mais vi, Estao escondidos, o mesmo digo, do DICK CHENEY. E OBAMA, fazendo das tripas coracao, para segurar a barra, mas nao esta sendo facil pra ele. O ROMBO que o OUTRO deixou, era muito grande, alias, E MUITO GRANDE, dificilmente sera tapado nos proximos 30 ANOS.

Diego Araujo em 18 de novembro de 2011

Palestra interessante sobre o efeito das desigualdades em sociedades: http://www.ted.com/talks/lang/pt-br/richard_wilkinson.html

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI