Image
Mandela: a tradição de sua etnia diz que as pessoas devem voltar aonde os ancestrais repousam para morrer. E ele regressou à aldeia da infância

Dispõe a tradição da etnia xhosa da África do Sul, à qual pertence o ex-presidente e pai da pátria Nelson Mandela, 92 anos, que as pessoas mantêm uma ligação permanente com seus ancestrais, e devem voltar para onde eles repousam para morrer. Assim, foi com consternação que o país ficou sabendo que Mandela e a esposa, Graça Machel, haviam voado de Johannesburgo, onde vivem, e chegado à aldeia de Qunu, na província do Cabo Oriental onde foi criado o líder da derrubada do regime racista do apartheid e introdutor da democracia no país.

O avião que conduzia o velho líder e a mulher aterrissou no aeroporto da cidade de Mthatha, 875 quilõmetros ao sul de Johannesburgo e a alguns quilômetros da pequena aldeia, acompanhado de um impressionante esquema médico e de segurança: outros 4 aviões, uma ambulância militar e 12 automóveis.

“Quero ir para casa”

“Quero ir para casa”, teria dito Mandela à família, meses depois de ter se recuperado de uma pneumonia que o levou a passar 2 dias num hospital de Johannesburgo. Já há tempos ele se encontra muito fragilizado, e passa meses sem aparecer em público.

Qunu é uma aldeia simples, com muitas choças e casas de paredes de barro, que até há pouco não dispunha de eletrecidade. Ao deixar o cárcere em 1990, depois de 27 anos de prisão – boa parte em solitária — por sua ação contra o regime racista, a primeira viagem do líder do então ilegal Congresso Nacional Africano foi exatamente a Qunu, onde acabou construindo uma casa que ainda mantém. Não há prazo para sua volta a Johannesburgo.

Além dos longos e duríssimos anos de prisão – durante anos a fio, ele só podia receber uma visita e uma carta a cada 6 meses –, Mandela sofreu golpes terríveis da vida, como perder 2 filhos e uma filha, dos 6 que teve em dois casamentos, além de uma neta muito querida, que morreu num acidente de tráfego justamente quando se realizava a Copa do Mundo de 2010 em seu país.

Image
Crianças numa escola de Johannesburgo sob a placa “Nós te amamos, Madiba”

Um aperto no coração de muita gente

Tem, porém, uma vasta família, e um de seus porta-vozes é o bisneto Luvuyo Mandela, que assegura que o ex-presidente (1990-1995) e Nobel da Paz de 1993 está bem.

Muita gente na África do Sul, porém, sente um aperto no coração, por temer que o homem exemplar que estendeu a mão aos algozes para virar a página do regime racista e reconciliar os sul-africanos, que deixou a luta armada em prol da paz, da tolerância e da democracia, que nunca deixou de pregar contra o ódio entre negros e brancos, que foi para a casa depois de exercer um mandato, quando poderia se reeleger quantas vezes quisesse, o último dos gigantes do século XX, Madiba – como é conhecido – ou Tata (“papai”, no idioma xhosa) pode aos poucos estar se despedindo para sempre.

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

nove + 12 =

7 Comentários

A Língua! em 12 de junho de 2011

MARGINAL COMUNISTA, CO-TERRORISTA DE FIDEL CASTRO, ISSO VOCÊS NÃO REVELAM. ESSE DESGRAÇADO NUNCA DEVIA TER VINDO AO MUNDO... ESPÍRITO TORTO, INCORRIGÍVEL. Você precisa urgentemente de um tratamento, meu amigo. Você não tem a menor ideia de quem é Mandela e de sua grandeza. Ódio faz mal, mata, viu?

Pedrão em 30 de maio de 2011

Mandela, o grande 'Madiba', seguindo uma lei natural como a dos elefantes de seu continente, prevendo chegada sua hora, dirige-se ao local que escolheu, com grande virtude e honra. O Sarney irá para o Amapá ou Maranhão, ou em Alagoas, a convite de Collor? Se for parar em Alagoas, diria: ''não devia ter acontecido''.

Vera Scheidemann em 29 de maio de 2011

Dá mesmo um grande aperto no coração quando a gente vê pessoas assim na iminência de nos deixar, embora saibamos que, na verdade, gente desse calibre não morre nunca. Se já tiver chegado a hora de Mandela, que ele vá em paz sem mais sofrimentos, pois ele já sofreu bastante. Vera

Rosa Maria Pacini em 29 de maio de 2011

Setti, não é apenas o coração do sul-africano que fica apertado diante de uma notícia como esta. O meu também ficou e creio que esse sentimento tenderá a afetar boa parcela da humanidade que se sente carente de exemplos como os de Mandela. Creio que com sua morte a humanidade toda ficará mais pobre e menos iluminada.

Jotavê em 29 de maio de 2011

Uma amiga minha, antropóloga, estuda processos judiciais da época do apartheid envolvendo leis segregacionistas. Uma delas proibia (sob pena de prisão) o intercurso sexual entre brancos(as) e negras(os). Não sei por quais meandros da lei ou da vida, um homem branco casou-se com uma mulher negra - se entendi bem a história surrealista que ela me contou, não havia nenhuma lei proibindo especificamente o matrimônio nesses casos. Bastava que não houvesse relações sexuais. Pois bem. A mulher é presa em flagrante, um belo dia, vestindo uma camisola na casa dele. Para o promotor, evidência clara de que tinham violado as leis raciais do país. O advogado, muito esperto, adotou a seguinte linha de defesa. A casa era um sobrado. Só havia cama no segundo andar. No primeiro, atrás da cozinha, havia uma despensa, com um colchonete enrolado. Obviamente, era uma prova de que eles dormiam separados. Onde mais, afinal de contas, uma negra poderia estar dormindo dentro daquela casa, senão naquele quartinho? O mundo está bem melhor, né? Sem dúvida, caro Jotavê. Estou entre os que acham isso, embora muita gente tenha saudades de épocas passadas. Com tudo o que há de injusto e errado no mundo, sim, ele já esteve bem pior. E, sim, está bem melhor. Abraço

chorei antes de nascer em 28 de maio de 2011

POEMINHO DO CONTRA . Todos estes que aí estão. Atravancando o meu caminho, Eles passarão. Eu passarinho! . Mario Quintana

chorei antes de nascer em 28 de maio de 2011

Bem, já se diz que dentro de 15 a 20 anos a Holanda terá maioria da população islâmica, aí se saberá na carne e na alma, o que de parecido ancestrais da população do país fez na África do Sul por séculos.

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI