Image
Neymar caído no gramado de Wembley: que está devendo, está (Foto: Reuters)

O meia encrenqueiro Joey Barton, inglês atualmente no Olympique de Marselha, mostrou sua ignorância, sua boçalidade e seu preconceito ao dizer no Twitter, após a derrota por 2 a 1 da seleção de Felipão contra a seleção da Inglaterra, no Estádio de Wembley, que vai se apresentar pessoalmente a Neymar “quando ele resolver deixar a liga da selva amazônica”.

Se estivesse no Brasil, acabaria sendo, com razão, enquadrado na lei antirracismo (lei nº 7.716, de 5 de janeiro de 1989). Na França, onde atua, provavelmente não acontecerá nada.

Mas Barton, depois que apagou a mensagem e, mais bonzinho, deu explicações, fez declarações especificamente esportivas em que tem toda razão, depois de assistir à partida de anteontem pela TV. Coisas como “esperava mais de um jogador tão badalado” ou “ele não conseguiu dar um chute ao gol” ou, ainda, “e olha que ele estava jogando contra Cahill e Smalling, que, com todo o respeito, não são Baresi e Beckenbauer”.

É isso aí. Poderia acrescentar que ele não deu um único drible. Neymar não apenas é simpático, mas habilíssimo, um artista da bola — quando joga contra o Oeste de Itápolis (SP), o Guarani ou mesmo o Vasco ou o Grêmio. Na seleção, contra adversários de verdade, como o poderoso e até certo ponto surpreendente English Team, o jovem craque ainda está devendo.

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × 5 =

43 Comentários

diego em 23 de março de 2013

eu penso que neymar ja fez muito pela pouca idade que tem e pode evoluir muito mais com o tempo messi e cr7 nem jogava essa bola com 20 anos e para a informação de todos babacas que falam mal, as estatisticas de neymar só perde para o pelé com os mesmos 20 anos

givanildo nunes de oliveira em 15 de fevereiro de 2013

mas Joey Barton ta certo. De Carlota Joaquina ate a atualidade nao s tem mudado muita coisa nao

João em 14 de fevereiro de 2013

Neymar não tem culpa dessa máscara. mas, os fanáticos brasileiros, sim, tem muita culpara. O Brasil se encontra em carência de craque. Porém, alucinados, perdidos, ficam disparando para todos os lados à procura de um craque ou gênio do futebol. O pior é que a mídia acaba de piorando à situação; fica promovendo talentos-imaginários antes do momento. Aí, acontece isso que todos estão vendo e percebendo, inclusive, os fanáticos e a mídia...

Gilberto em 14 de fevereiro de 2013

Setti, sou leitor assíduo desse ótimo blog. Concordo que o desempenho de Neymar na seleção é inferior ao desempenho no Santos. Mas é preciso levar em consideração que na seleção ele não tem (ainda) a mesma liberdade que dispõe no alvinegro praiano. Temos que levar em consideração também, que ainda é jovem, tem muito a aprender, embora já tenha conquistado mais títulos que muitos marmanjos. Interessante notar como ele desperta sentimentos antagônicos. Muitos o idolatram (sobretudo os santistas, e com razão), enquanto outros, o destestam, por inveja ou despeito. Sabemos que neste país, o sucesso incomoda muita gente. Não é um Messi (e talvez nem chegue a tanto), mas é um dos melhores jogadores que o Brasil produziu nos últimos tempos. Sem dúvida, é um prazer ir ao estádio e ver o garoto jogar.

henrique lins em 14 de fevereiro de 2013

o jogador ingLÊs esta certo, contra times pequenos esse rapazinho faz ate chover, quando pega jogadores de verdade n faz nada, entra mudo e sai calado, queria ver se a bruna marquezine ia namorar com ele ele sendo pobre, vc´s estão criando uma esperança que esse jogador merda va trazer a copa vai já

Levi em 13 de fevereiro de 2013

A máscara do Neymar já acabou com ele, como acabou com Robinho, Kaká e outros menos votados. Vamos ver outro Maracanasso.

carlos alberto couto da cunha em 12 de fevereiro de 2013

Os comentários do inglês tem explicação, quando lemos nos jornais que a cidade de Caruaru, no carnaval, realizou um festival de Jazz. Será que em Nova Orleans sabem o que é forró, maracatu ou frevo?. Essa macaquice é que justifica as declarações do jogador britânico.

osvaldo em 12 de fevereiro de 2013

o inglês tem toda razão eu acho que neymar é jogador de pelada.uma tremenda propaganda enganosa.

Marco em 11 de fevereiro de 2013

Don Setti; Viu só, como entende o Carlos Nascimento, discordo de 1 ou 2 pontos, sobre alguns jogadores citados. Time grande só tem q contratar quem tem biografia, principalmente vitoriosa. No resto, perfeito é na base q se planta grandes times.Como ponto de partida. Valeu Carlos , bastante iluminado o teu texto, é de quem conhece. Abração.

carlos nascimento em 10 de fevereiro de 2013

Grande Marco, Vc merece ! Vamos lá, domingo de carnaval, tempo sobrando, dei uma passada no Sport Tv, Mogi Mirim 2 x 2 Palmeiras, fico aqui imaginando, como deve estar triste o coração do famoso palmeirense - AUGUSTO NUNES - ao ter que assistir a tragédia em que se transformou o glorioso Palestra, uma caricatura de time de futebol. Vamos ao resumo das causas que geraram esses efeitos: Quem lembra desse TIMAÇO : Leão, Luís Pereira, Alfredo e Zeca - Dudu e Ademir da Guia, Edu, Leivinha, Cesar e Nei - Técnico : Osvaldo Brandão. O time era chamado de ACADEMIA, formada no Parque Antártica, qual era o segredo daquele sucesso, a maioria dos jogadores eram oriundos das divisões de base do Clube. Só isso já "desenha" e diz tudo, com o tempo passando, os dirigentes que se dizem inteligentes - inteligentes para os bolsos $$$ deles - partiram para as contratações de curto prazo,a peso de ouro, o negócio é auferir as comissões das intermediações de compra e venda, investimento na base é coisa para torcedor - otário - sonhador, o negócio é movimentar o caixa, e assim vão quebrando com os nossos tradicionais Clubes. Idem, idem, o time de maior torcida do País, o Flamengo, recorde-se desse outro Timaço:Raul, Leandro, Marinho, Mozer, Júnior - Adílio, Andrade e Zico - Tita, Lico e Nunes - Técnico : Carpegiani. Ganharam quase tudo, perceba novamente, a maioria dos jogadores eram oriundos das divisões de base. Hoje o glorioso Flamengo, está simplesmente FALIDO , financeiramente falando, graças aos geniais dirigentes, com suas maquiavélicas administrações, imediatistas,temerárias, desde então, o Flamengo deixou de produzir novos talentos, um novo Zico, nem pensar, só daqui a 50 anos. A razão é simples meu caro Marco, gra$$$$na, gra$$$$na, gra$$$$na, essa raça não tem compromisso com a CAMISA do Clube, assim vão se acabando as glórias e a mística das camisas. Temos outros exemplos, o Glorioso Botafogo, da época de ouro, Didi, Garrincha, Gerson, Jairzinho, etc., hoje uma caricatura de Clube, a cada ano buscam os engôdos, Loco Abreu, Seedorf, e assim vão iludindo os torcedores, no ano seguinte os times não tem nem elenco para disputar competições, o caixa quebradinho, quebradinho. Comparo a situação dos grande Clubes brasileiros, ao nosso desastre político, tanto os torcedores, como os eleitores são BOVINOS, não fazem as cobranças e exigências que são necessárias, os dirigentes e políticos pintam e bordam, ninguém é punido, assim a era da MEDIOCRIDADE vai atolando com os nossos sonhos. Vc como COLORADO, vê se aperta os dirigentes do Inter, estão indo pelo mesmo caminho, ao invés de formarem novos Falcões, Batistas, estão trazendo os falsos medalhões, Forlan, D'Alexandro, inflacionam a folha, depois irão hibernar no ostracismo de títulos. Ia esquecendo, o nosso amigo Ricardo, morando em Barcelona, conhece a história do Clube da cidade, investimentos pesados na base, assiste a política do seu glorioso Timão, que há anos, não consegue revelar nenhum grande jogador, ao nível de ROBERTO RIVELINO, a paixão cega meu caro Marco. Um abraço. Carlos Nascimento.

Fernando em 10 de fevereiro de 2013

O que é isso, Setti, não precisa se desculpar por nada. Por falar em Neymar, você concorda com os que defendem sua ida imediata para o futebol europeu? Sem achar de forma alguma que minha opinião é a necessariamente correta, acho que os que assim pensam ainda acalentam dentro de si aquele pensamento colonizado que diz que tudo de bom vem do dito "primeiro mundo",devendo nós, brasileiros, acostumarmos com nossa sina de fornecedores de matéria-prima. A importância de Neymar transcende em muito seu potêncial técnico; trata-se, primeiramente, do símbolo de uma nova faceta do futebol brasileiro, aquele que se esforça para segurar seus principais jogadores e, dentro de uma ótica profissional, busca exportar o espetáculo,não os artistas. É claro que nosso futebol ainda é dominado por dirigentes amadores e corruptos, mas ações como essas nos dão a esperança de dias melhores. Ps. o que me deixa ainda mais reticente quanto a essas pessoas que defendem a venda de Neymar, é que várias possuem interesses diretos na venda do mesmo, como Ronaldo,proprietário da empresa que agencia o craque. Aliás,Setti, no que esse ídolo está se transformando? Pedindo à imprensa e à população em geral que feche os olhos perante os absurdos que estão acontecendo na organização do Mundial, o ex-jogador age exatamente igual ao que há de pior em nossa classe polítia e esportiva.Lamentável.

Marcos em 10 de fevereiro de 2013

Neymar andou fazendo gols realmente espetaculares. Para ser um craque consagrado no entanto, falta muito. Sejamos realistas. Jamais será um Messi, ou Cristiano Ronaldo. No máximo, um Vucinic, o que será muito bom para nós brasileiros. Enquanto tivermos um exemplo como Ronaldinho Gaucho, aquele que a E

Fernando em 10 de fevereiro de 2013

Setti, concordo integralmente com seu texto, exceto quando você implicitamente considera Grêmio e Vasco adversários que "não são de verdade". Sei que não foi intencional, mas de certa forma houve um desrespeito a tais clubes, tão tradicionais e importantes a nível nacional e mundial. Abraço. Não considerei os dois grandes e tradicionais clubes brasileiros como "não sendo adversários de verdade", não, Fernando. Se vc teve essa impressão, estão aqui apresentadas minhas desculpas. Abraço

Marco em 10 de fevereiro de 2013

Don Setti; Carlitos, explica para eles q investir em apostas é muito mais caro, q em jogadores de nível, q se é então por problemas financeiros, q façam então essas apostas nas categorias de base. Q é do clube. Abs.

Marco em 10 de fevereiro de 2013

Don Setti: Carlitos, o tema seria contratações por atacado ou varejo. Ou descritério esportivo em apostas. ( 1/100). Acho importante tu fazer esse alerta ao co-irmão. Abs. Você já está fazendo por mim, caro Marco. Abração!

Marco em 10 de fevereiro de 2013

Don Setti; O nosso "Carlitos" Nascimento, tem razão, me lembro de jogadores q arrasam nas categorias de Base, ou no Interior, ou no Nordeste. E não conseguem jogar nos grandes clubes ou no profissional, pq lá eles recebem 20 bolas, ou o esquema ou o time joga para eles, na Seleção às vezes tu recebe 3 ou 4 e tem q resolver. Essa é a diferença. O nosso Carlitos já merece um post do Leitor, publica aí Carlitos , sobre o péssimo início de trabalho da diretoria do Palmeiras. Abraços.

carlos nascimento em 09 de fevereiro de 2013

Ricardo, O jogador inglês deve ter formação educacional na escola medíocre dos hoolings, aquela turma pavorosa dos subúrbios Londrinos, somente uma cabeça oca para emitir comentário tão bisonho e grotesco. A elite inglesa jamais cometeria essa gafe e grosseira. Em questão de qualidade futebolística, os ingleses devem ficar quietinhos e calados, pois a última conquista - Título em 1966 - foi arranjada com o apoio do juiz amigo, quem não há de se lembrar da famosa bola que não ultrapassou a linha do gol, no fatídico jogo entre Inglaterra x Alemanha, levaram o título, mas carregam desde então o CASTIGO dos deuses esportivos, pois já se foram 48 anos, ou 12 Copas sem qualquer brilhantismo, com o English Team ficando sempre pelo meio do caminho. Li alguma coisa de que um vidente indiano profetizou que o castigo será de 100 anos...o tempo dirá. Separando o comentário idiota do inglês, focando na performance de Neymar na Seleção, precisamos entender que são esquemas táticos diferentes, no Santos ele tem liberdade de se posicionar e receber as bolas nas condições de infiltração e velocidade, não tem obrigação defensivas, tem a confiança do grupo, na Seleção a coisa muda, o treinador é outro, força um posicionamento que sobrecarrega o jogador, tendo que buscar a bola bem atrás, as vezes armando, tabelando, isso desgasta o atleta, além da pressão emocional do peso da CAMISA amarela. É necessário que o esquema seja adaptado ao atleta, potencializando o que ele tem de melhor, mudar suas características de atuação, o tornará um jogador comum, é o mesmo que pedir para Lionel marcar, não dá, perderão o potencial que o jogador tem, que é o de jogar lá na frente. Tem treinador que enterra carreiras, basta montar esquemas táticos que forcem o jogador tem que modificar suas características.

Leonardo Saade em 09 de fevereiro de 2013

Jogadores como Romário e Ronaldo entraram para a história, por se destacarem em jogos difíceis, em jogos decisivos. As vezes eles não estavam jogando bem na temporada, mas era nesses jogos que eles mostravam ao mundo porquê eram gênios.Outros jogadores como Bebeto e Ronaldinho Gaúcho se destacaram em jogos "normais', mas sumiam em campo nos jogos decisivos. Neymar sem duvida é um dos melhores jogadores da atualidade, mas se quer ser lembrado no futuro precisa aparecer mais em jogos decisivos, assumir a responsabilidade de ser o craque do time.

moacir em 09 de fevereiro de 2013

Reynaldo-BH, P/você,p/ a águia,p/mim,p/o Brasil, com afeto: /// Vai! na certeza da incerteza de chegar, aos horizontes que só riscam as retinas dos teus olhos, e anunciam auroras que ainda não nasceram. Vai! como a noite que se arrisca na escuridão, e avança sem mêdo, por estradas que só existem na ânsia que tem de andar , para inventar a própia madrugada. Vai! na angústia de aceitar o limite, e de saber, que já estás além do tempo e do espaço, onde a vida se plenifica e se eterniza. Vai! perdendo os teus pedaços, MAS CRIANDO à imagem do ser que és, na incessante renovação de teus desejos de te rasgar para renascer VAI!!! //// Você não está só.A autora do poema é a minha águia. Abraço

Angelo Losguardi em 09 de fevereiro de 2013

Não entendi, Setti. Ele fez alguma alusão a raça? Você deixou de publicar alguma parte do comentário do inglês? O cara tem um histórico nessa linha. Não precisa ser muito sutil para ver o desprezo dele pelo nosso país. É o que eu senti, pelo menos. Abraço

Vanderlei em 09 de fevereiro de 2013

Quando os juízes brasileiros pararem de passar a mão na cabeça desse cai cai, veremos apenas um bom jogador. Nada parecido com um tal de Messi.

ambulance em 09 de fevereiro de 2013

Faço uma aposta e gostaria de perder. Neymar é somente um produto de marketing, no que diz respeito a seu futebol fora de série. uma ou outra jogada ou gol bonito, não quer dizer que é fora de série. é fraquinho e tem medo.

João Lavador. em 09 de fevereiro de 2013

Cá entre nós essas leis "anti-isso" e "anti-aquilio" ajudam é aniquilar a liberdade de expressãO. Vemos na Inglaterra a campanha ferrenha para se REVOGAR A seção 5(que trata do insulto) da lei de conduta pública pois desde o início dessa regulação, tudo e qualquer coisa é ...insulto!Eu, particularmente, não me conformo com o art. 331 do código penal( que trata do desacato ao servidor público em serviço) considero uma sutil e eficiente mordaça no usuário do serviço público mequetrefe que temos.Praticamente qualquer manifestação do usuário é tida por desacato. E a eficiencia com que eles espalham placas com o texto do art.331 me comove.A coisa é feia em setores de emergência médica. Numa delegacia de policia o clima é dos mais pesados! Temos verdadeiros "tutores" ali! Ai de mim, q

Pedro Luiz Moreira Lima em 09 de fevereiro de 2013

Grande ReynaldoBH; Belo texto meu amigo - agora apenas uma mensagem para você, é de para choque de caminhão,nada sutil mas diz tudo: ReynaldoBH: "A vida é como sutiã temos que meter os peitos!" Vai em frente mano! Beijão Pedro Luiz

Marcelo Rocha em 09 de fevereiro de 2013

Setti você também está na onda do Polticamente Correto? Vocês irão conseguir um dia acabar com o bom humor... Na França não tem essas leis pois não é um país de idiotas como o nosso. O Neymar é produto para consumo interno. Lá fora só se diferencia por causa do cabelo. Não estou nessa onda, não, Marcelo, mas é óbvio que o cara quis ofender. Abraço

Clóvis Pituleira em 09 de fevereiro de 2013

Ricardo quem está acabando com o futebol de Neymar são os nossos "professores".Os caras só falam em marcar,marcar e marcar.Esse garoto devia ser proibido de marcar,só pode criar.Essa minha opinião.Gostaria de saber a sua.Um abraço,Pituleira. No futebol moderno, todo mundo faz algum tipo de marcação sobre o adversário -- até o Messi... Abração

Luiz Carlos em 09 de fevereiro de 2013

O Neymar é jogador do Santos F.C., pelo qual joga muito bem. Como pode estar devendo futebol, quando atuando com a camisa da seleção foi impiedosamente vaiado em pleno Morumbi? Jogador não tem obrigação de agradar torcida adversária. Se o Neymar esta devendo futebol na seleção ē simples, não o convoquem mais. O Brasil tem muitos craques para ocupar a posição do indiozinho.

XANYTA em 09 de fevereiro de 2013

Não vejo porque é que o jogador inglês foi racista.Esta materia demonstra alguma ignorãncia,e acima de tudo mostra que Neymar no Brasil é o melhor do mundo.Na Europa talvêz seja um jogado banal

Rodrigo em 09 de fevereiro de 2013

"maria aparecida soares - 08/02/2013 às 23:12 neymar é genio, nasceu com a bunda pra lua e uma estrela na testa. jogador esforçado, determinado e vai a luta ate onde permitirem. só acho que tem que poupar ele, porque ele ainda é muito menino para ser tão explorado." Ai a gente pega e é obrigado a ler isso.... Eu trabalho desde os 19 de "domingo a domingo" e ganho 111 vezes menos que o cara para falar que ele é muito explorado? É esse tipo de coisa que frusta o futebol, o cara ganha mais de 2 milhoes por mes para " ser explorado " demais... Para vai, Rogerio Ceni e Marcos com 40 anos ganharam tudo e nunca ouvi falar de exploraçao!!!! que ele consiga seguir sua carreira com muita garra, e que Deus esteja sempre em seu caminho.

ze do matogrosso em 09 de fevereiro de 2013

...talvez seja a imaturidade, as cobranças, a excessiva exposição, deslumbramentos próprios da juventude que no momento vem comprometendo o rendimento deste jovem jogador. Não podemos negar, êle sabe dominar a arte, futebolistica, com a qual foi ungido. O tempo dira, desde que não sejamos muito severos nas cobranças, sabendo perdoar os erros. Quanto ao prezado companheiro de blog, Sr. Reynaldo-BH, declaro-me admirador de seus posts, sobretude pela lucidez e segurança que transmite, que me parece, oriundos de uma vida, vivida em função da dignidade e altivez. Quanto à águia, bem comparado, demonstrou sobretudo sabedoria. Quem procuraria um penhasco, nas alturas, sabidamente seguro para assistir o final desta ópera que é nossa vida? Poucos. Preferível à fênix, que diz a lenda, ressuscitou das cinzas. Assistir por mais tempo a tragicomédia que vive nosso país, amado e vilempediado? Diziam, hoje olvidado, que seriamos completos se tivessemos um filho, plantássemos uma árvore e escrito um livro. E porque não? Tenhor certeza que poucos como nós, já tomaram uma cachacinha mineira e comeram um torresminho.

Cronos em 09 de fevereiro de 2013

Mesmo não jogando tudo o que sabe,Neymar ainda é o jogador que tem o melhor desempenho nessa nova fase da seleção.O grande entrave é que todos os nossos técnicos estão ultrapassados,obsoletos,arcaicos.

Augusto Freitas em 08 de fevereiro de 2013

Neymar é um craque indiscutívelmente,mas ainda está deixando muito a desejar quando atua pela seleção.Tem que mostrar serviço logo ,para não parecer o Messi que também na seleção não joga 1/3 do que joga no Barcelona. Na verdade, Augusto, essa fase ruim do Messi com a camisa azul celeste e branca ficou para trás, e ele hoje está detonando na seleção argentina. Vai ser uma dureza a Argentina na Copa de 2014... Abraço

fabio em 08 de fevereiro de 2013

Já morei fora do Brasil, e quando transmitiam jogos da seleção brasileira os locutores se referiam a mesma como ¨cariocas¨, ¨amazonicos¨, ¨canarinhos¨, e nunca vi sentido pejorativo. Lá fora o Brasil é visto de forma diferente daquela que conhecemos, como seguramente nós aqui não temos a real dimensão de como são outros países, a não ser aquela que temos por filmes, .... E se formos ver de que forma nos tratamos entre nós brasileiros não diferencia muito da forma como entendemos que este sr. se expressou, ou alguém discorda do que acontece na nossa política (que nada mais é do que o reflexo da maioria da sociedade - ver indices de aprovação deste governo) que esta mais parecido realmente a "selva" (lei da força) do que civilização. Agora, porque um de fora se expressa desta forma nos sentimos agredidos, façamos a nossa parte para que sejamos vistos como queremos. Quanto ao Neymar na seleção, a estratégia do outro time de anulá-lo em campo não é tático, mais vestir ele de amarelo, torcemos para que ele reaja.

Lord keynes do sec XXI em 08 de fevereiro de 2013

O brasil é um país q adora um 8 ou 80.neymar não é mediocre mas também não é esse super craque que pintam,é muito bom,mas está mais para um robinho melhorado q paea um messi brasileiro A verdade é q dificilmente ganharemos a copa,o brasil esta cheio de bons jogadores,alguns muito bons como neymar,mas nenhum super craque.como nossos técnicos são mediocres,só contamos com ofator casa

Papai Sabetudo em 08 de fevereiro de 2013

No Brasil (país) está assim? Falou demais... Cadeia? "Que holor!" - como diria o Cebolinha. A lei em referência trata do preconceito racial que é de natureza objetiva, conforme está explicitado no artigo seguinte: “Art. 3º Impedir ou obstar o acesso de alguém, devidamente habilitado, a qualquer cargo da Administração Direta ou Indireta, bem como das concessionárias de serviços públicos”. O que deve ter acontecido, se a autoridade assim entender, é injúria de natureza racial, que, como se vê, é de natureza subjetiva. É crime previsto pelo CP, art. 140, § 3º., in verbis: “Se a injúria consiste na utilização de elementos referentes a raça, cor, etnia, religião ou origem...” (Redação dada pela Lei no. 10.741/2003). Pena – reclusão de um a três anos e multa”. Jornalista não é para defender ou criticar jogador A ou B. É para relatar a verdade. E o Neymar não joga nada na Seleção. Só nos timinhos de várzea. Nuns times de nomes esquisitos e desconhecidos... O Neymar dá o show!

maria aparecida soares em 08 de fevereiro de 2013

neymar é genio, nasceu com a bunda pra lua e uma estrela na testa. jogador esforçado, determinado e vai a luta ate onde permitirem. só acho que tem que poupar ele, porque ele ainda é muito menino para ser tão explorado. que ele consiga seguir sua carreira com muita garra, e que Deus esteja sempre em seu caminho.

André Lago em 08 de fevereiro de 2013

Neymar não é nada, nada mais que um jogadorzinho mediocre e boçal, que brilha contra times pequenos.

Maristela em 08 de fevereiro de 2013

É evidente q o Neymar não joga bem na seleção,qq um sabe disso.Existem tantos jornalistas gênios e não enxergam o pq.Na seleção nenhum jogador vai querer q ele seja a estrela,como é no Santos,só prestar atenção, qdo tem um contra ataque,ele corre livre, mas não tocam p/ele.Ah mas ele não dá os dribles como no time, claro q não, pq está ficando intimidado, não tem confiança nem o aval como no Santos!!! Jogar c/ um frio de quase 0º p/ um cara q vive na praia, é um fator q conta mto, não dá pra render igual. Ak no Brasil não tem adversário de verdade????!!!! Temos até q ouvir isso, pensei q só os fanáticos falassem esses absurdos, mas os tais jornalistas tbm o dizem!!!! Neymar é uma farsa, não dá baile em cima de todos os times brasileiros, o q vemos qdo assistimos os jogos dele na tv paga, pois só lá conseguimos assistí-lo, é uma mentira, ilusão de ótica!!!!! kkkkkkkk.... Falar q ele não joga bem na seleção td bem, mas q no Brasil não tem adversário de verdade, é babaquice de quem pra tentar detoná-lo fala asneiras!!! OU........ São Paulo,Corinthians, Palmeiras,Flamengo,Internacional, Grêmio,Atlético Mineiro,Cruzeiro,Vasco,Botafogo e o Campeão brasileiro Fluminense não são adversários de verdade????? kkkkkkkkkkkkkkk....... bando de gênios q são os melhores profissionais de suas áreas!!! Mesmo q o Neymar não jogue bem na seleção é o melhor da categoria dele no país!!!!

Ebaggio em 08 de fevereiro de 2013

Bingo. Para a seleção, só fumaça. Nada de concreto, de inteligente, de diferente, de esperançoso. Jogador comum, comuníssimo. Não adianta esperniar, é fato. Não tem jogado nada, absolutamente nada pela seleção; pelo menos, que justifique essa enorme fama.

Nitto em 08 de fevereiro de 2013

Sei não!, mas o cara quando é craque joga bola em qualquer jogo. O Neymar só aparece esporadicamente e quando menos se espera. Não tem um estilo definido de jogo.

Rafael em 08 de fevereiro de 2013

Como assim, Setti? O Neymar não joga mais no Brasil ou o campeonato brasileiro passou a excluir os times da região amazônica?

Marco em 08 de fevereiro de 2013

Don Setti; Vou conferir daqui a pouco no Porto Seco às escolas aqui do Sul, quanto ao Neymar esse não pode reclamar das oportunidades, acho q agora, faria bem para ele esquentar o banco de reservas. Apesar de toda sua qualidade. Abs.

Reynaldo-BH em 08 de fevereiro de 2013

Setti, amigo de sempre! De volta. Um off topic. MAs como sei de seu eternoi carinho para quem por aqui está, mando o "desabafo" destes dias. Abraços e OBRIGADO! ............... Não sei se é verdadeiro. Aliás, com o tempo cada vez sei menos. E o pouco que julgava saber, precisa ser revisto. Vida que segue. E é bom a vida seguir. Só temos esta opção. Dizem que a águia, aos 40 anos de vida, se recolhe a um penhasco. Asas com penas grossas, bico retorcido que não mais a permite se alimentar, garras imensas que dificultam a caça. E ela então passa cinco meses – em um penhasco seguro - por um doloroso processo de arrancar o próprio bico, depois as garras e por fim as penas envelhecidas. Passado este tempo, está novamente pronta para viver o que resta da vida. É o que nos resta? Em um país que abandonou valores e abraçou a mais banal das atitudes: a desonestidade como valor maior? Se você, que me lê, tivesse a perspectiva de saber-se frente ao seu próprio fim, qual o balanço faria? Que medos lhe assaltariam a alma? Que dores lhe afligiriam antes da anestesia? Olhar para trás e sentir-se gauche na vida. Fora do tempo. Afastado do mundo. Deixando um Brasil para quem lhe sucede (filhos e filhas), que não pediram para ter. E que entregamos cobrando que o conserte. Você é que é louco ou a loucura é que é normal? Você é o ponto fora da curva, ridicularizado por acreditar em valores que são velhos, esquecidos e – hoje – ridículos? Você já se sentiu velho? Cansado? Já sentiu o peso das próprias ideias e das ofensas que suporta por tê-las? Já se agarrou em uma esperança – qualquer uma – para crer que a vida tem algum sentido? Para além do frio do quarto, do barulho da máquina de respirar, do “Bird” dizendo seu batimento cardíaco mas jamais entendendo em que ritmo ele bate? Se sim, e você continua, você é uma águia. Em um país que cultua galinhas e bodes, você achou um modo de viver: olhando de cima. Isolado de bandos ou tribos. Sem ninhos ou esconderijos. Mas a sensação de estar só pesa como uma âncora de um navio sem porto. Mas com um mar que não pode ser substituído. Há que se navegar. Isto as águias não nos ensinaram. A sensação de solidão não é exclusividade dos poderosos. É consciência do ser humano. De nascer só e ir-se só. Esta certeza todos temos. Resta a dúvida – eterna – sobre como e para onde caminha o país que me foi dado viver. É inevitável não nos lembrarmos do quadro O Grito, de Munch. Um grito que não cala. Nem poderia. E águias, velhas em penhascos, sequer podem gritar. Vida que segue... Magnífico, comovedor, grande Reynaldo. Bem-vindo seja de volta! Abração

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI