Difícil esquecer o dia 4 de junho de 1990. Catorze anos depois de ter começado como repórter no nível mais básico da hierarquia do jornal, na sucursal de Brasília, eu assumia como editor-chefe de O Estado de S. Paulo.

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TWITTER DO SETTI