O currículo de Eros Grau bateu recordes no Supremo

 

Aposentado do Supremo Tribunal Federal (STF) no dia 19 do mês passado por ter atingido a idade-limite de 70 anos, o ministro Eros Grau já teve reduzida a proporções razoáveis – duas telas de computador, em letra pequena – o gigantesco, colossal currículo que constava de seu perfil, proporcional à sua robusta figura: 219 páginas em formato PDF, de longe, muito longe, o mais extenso de todos os seus colegas e, provavelmente, um dos mais volumosos da história do Supremo.

Para tanto, o ministro havia incluído entre suas realizações tudo o que se possa imaginar, até um programa destinado a crianças na Rádio Justiça, mantida pelo Supremo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nenhum comentário

  • Marco

    Setti: O Eros é uma verdadeira Figura, criativo e pelo jeito produtivo. Acho q com 70 anos uma boa idade para se pensar em Aposentadoria. Mas ele não fez um livro erótico tbm ?

    Caro Marco,
    Obrigado por seu email.
    O ministro Eros Grau se aposentou aos 70 anos porque assim determina a Constituição. Não sei se ele teria se aposentado voluntariamente caso não existisse essa exigência constitucional.
    E, sim, ele é autor de um livro erótico, Triângulo no Ponto (Editora Nova Fronteira, 1997).
    Um abraço do
    Ricardo Setti

  • Olga Gueiros

    Ah, a vaidade das pessoas… E dizem que o ministro Eros Grau é um bom sujeito. Acabaram enxugando o currículo do homem, no fim das contas.

  • Edú

    Qual o sentido de indicar um ministro para o Supremo com apenas dois anos úteis para o exercicio da magistratura?

    Caro Edú,

    Concordo com você. E lembremo-nos de que os ministros do Supremo acabam se aposentando com gordíssimos salários, mesmo tendo exercido o posto por pouco tempo.

    No caso do ministro Grau, ele, além de ter sido militante de esquerda na juventude, é amigo do presidente Lula.

    Claro que se trata de um bom jurista, mas…

    Um abraço do

    Ricardo Setti

  • Markito-Pi

    Serri. Será que nestas 219 paginas ha menção de ter dado sucessivas liminares, absolutamente inócuas e procrastinatórias para retardar a cassação do amigão Zé Dirceu, a quem deva a nomeação?

    Caro Markito,

    Confesso que não consegui ler as mais de 200 páginas do currículo do ministro.

    Mas jugo que nada existe ali a respeito desse momentoso assunto.

    Obrigado por seu comentário e sua visita.

    Volte sempre.

    Abraço cordial do

    Ricardo Setti