O ex-terrorista Battisti se mete em política interna do Brasil e recorre a um psiquiatra por estar “traumatizado”. Imaginemos então o trauma das famílias das quatro pessoas que ele matou ou mandou matar

Amigos do blog, vocês viram a cara de pau do ex-terrorista italiano Cesare Battisti, tranquilamente se intrometendo em assuntos internos do Brasil?

Só poderia mesmo ser no Brasil de Fato, jornal semanal que tem entre seus controladores o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST).

Na edição que será distribuída na quinta-feira, mas que já está na internet, Battisti faz a incrível declaração segundo a qual “se o Lula desse (sic) essa decisão antes [de 31 de dezembro, último dia de seu mandato], iam em cima dele, porque me derrotar também é derrotar o Lula”.

E acrescenta: “Agora, o objetivo principal da direita brasileira, nesse caso, é afetar o governo Dilma”.

Battisti também se disse tão “traumatizado” com a demora em decidir sua situação que até procurou um psiquiatra.

Imagine-se então o que ficaram traumatizadas as famílias das quatro pessoas que nos anos 70, na Itália, quando fazia parte do grupo terrorista de extrema esquerda Proletários Armados pelo Comunismo, Battisti matou pessoalmente ou mandou matar.

Ele nega os crimes, mas foi julgado e condenado à prisão perpétua na Itália por três instâncias da Justiça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 − 1 =

40 Comentários

  • Glorinha de Nantes

    Em países outros, há Justiça! Há Julgamento! Há Prisão! Já por estas bandas, os que vilipendiam nossas leis, sentam-se em pomposas cadeiras de Ministérios, elegem-se e reelegem-se, sobem em palanques ou são entrevistados, e, com desfaçatez, exibem-se, humilham-nos, sobrepõem-se à Vontade da Nação, manipulam-Na! Qual fossem Eminências Pardas! E como tal são tratados! Quem nos honrará?! Quem nos respeitará?! Quem nos salvará da invasão dos parasitas sociais?! Quem?!

  • Francisco

    Ricardo, o insuspeito Ministro aposentado Almir Pazzianotto, que se notabilizou na condição de advogado do Sindicato dos Metarlúgicos nos tempos em que este era dirigido por Lula, descortinou de vez o tremendo erro, moral inclusive, cometido pelo ex-presidente, por pura veleidade ideológica, ao dar guarida ao homicida Battisti.
    Em um artigo publicado sábado no Estadão, o Ministro chega a perder a paciência com a tentativa do Governo Lula de pintar o caso como controverso, quando na verdade nenhuma dúvida existe no âmbito do direito e da Justiça.

    De fato, caro Francisco, é muito bom o artigo do ministro Pazzianotto.

    Um abração e fica a dica para os leitores.

  • Jose Figueredo

    A carlinha pediu,o governo deu trela.Aí teremos um futuro ministro das relações internacionais(hehehe),Se a direita morrer.(hehehe)

  • Patricia

    Tádinho, tá traumatizado, é? E a gente depois de 8 anos de Lulla e agora mais 4 de Dilma??? Só com uma uma Bolsa-Gillete..(para cortar os pulsos!!) SOCORRO

    Pois é, Patrícia, veja só o pobrezinho. Ele não está traumatizado porque infelicitou quatro famílias, sendo responsável pela morte de quatro cidadãos, mas devido à longa espera pela decisão de seu caso. Vamos promover uma coleta para ajudar a pagar conta do psiquiatra dele? Talvez o assassino precise também de massagistas — para o corpo e para o ego — e de outros especialistas. Dá uma pena, não? Vai ver que foi por isso tudo que o Lula, sempre tão generoso, resolveu abrigá-lo no Brasil, não é mesmo?

    Abração

  • Patricia

    Pois é, “Brasileiro é tão bonzinho”.. Parece até que o bordão foi criado para Lulla & Cia! A minha terapia é ler os blogs de jornalistas como você, Augusto Nunes e Reinaldo Azevedo, entre outros (poucos), e botar a boca no trombone. Caso contrário enlouqueço..rsrs Obrigada!

    Quem agradece sou eu, cara Patrícia, pela visita e pelo comentário. Um grande abraço.

  • Ricardo, acho que quem precisa de psiquiatra somos nós para poder viver com este governo. Acho inacreditável com tantos problemas que o Brasil tem, ficar perdendo tempo com um terrorista que nem brasileiro é. O ditado: Cada um com seus problemas cabe bem nesta situação. Deixemos a Itália julgar o crime que ele cometeu lá. Os políticos deveriam se preocupar com as famílias que estão desabrigadas neste momento sem ter um teto para morar, estas sim precisam de psiquiatras para curar o trauma vivido por elas, as crianças órfãs precisam de psiquiatra para entender a morte dos pais… É inacreditável as coisas que acontecem neste nosso país. Inacreditável e revoltante…

    Você tem toda razão, cara Daniela. Mas, veja bem, a Itália JÁ JULGOU os crimes que ele cometeu lá. A Itália, muito corretamente, quer agora que ele cumpra sua pena, quer colocá-lo na cadeia. E graças ao ilustríssimo ex-presidente, esse ex-terrorista com sangue nas mãos poderá ficar, belo e formoso, vivendo no Brasil pelo tempo que quiser. É uma vergonha.

    Um abração e obrigado pela presença constante.

  • Marcio

    E so mais um caso onde o criminoso e apresentado como vitima. Ele esta sendo coerente com o discurso do PT que defendeu (e continuara defendendo) todos os acusados de crimes durante os ultimos 8 anos.

  • sidney

    Sr Setti !!!
    O que eee que esse – cara – significa para o nosso Pais se nao – VERGONHA INTERNACIONAL !!!
    Mal carater,bandido,safado…. infelizmente – tremendamente – apoiado ?? porque ?? como pode chegar a isso ??
    Eeee demais ler,assistir essa novela que nao deveria nem na verdade ter comecado.
    Os paitrocinadores de plantao…… estao vivos ; alias continuam muito vivos e ; infelizmente – INFLUENTES.
    Que vergonha !!!!!!!!!!!
    Abracos

  • Pedro Luiz Moreira Lima

    Caro Setti:
    Mesmo com a evidencia de Bellusconi com corrupçõ de todos os niveis,a justiça italiana ser co-partifice, a imprensa totalmente corrompida e os raros jornalistas independentes perseguido e perseguidos e perdendo empregos e os terroritas de direita da Italia sem a mesma caça da policis e justiça dos estado italiano,voce tem certeza absoluta da culpa de Battisti?
    Nossos melhores juristas constitucionalista não o consideram,na Italia outros tantos tambem.
    Lendo os dois lados acho Battisti inocente,sim um dos participantes dos movimentos de luta armada da esquerda italiana,mas dos crimes?
    Em duvida pro reu.
    Abraços
    Pedro Luiz

    Caro Pedro Luiz, o cenário que você pinta não é bem assim. A Justiça italiana não é co-partícipe de nada, e vive às turras com Berlusconi. Agora mesmo, o Tribunal Constitucional, por grande maioria de votos, derrubou várias leis feitas “sob encomenda” para protegê-lo de processos. A imunidade legal de que ele desfrutava acabou. Da mesma forma, não sei de onde você tirou a informação de que a imprensa italiana é “totalmente corrompida”. Só em matéria de jornais, há uma dezena de jornais independentes e confiáveis, começando pelo ótimo “La Repubblica”.

    Não há a situação de “in dubio, pro reo”. Não há dúvida alguma. Battisti foi condenado em três diferentes instâncias da Justiça italiana e a decisão passou pelo crivo da União Europeia. Não tenho qualquer dúvida sobre a culpabilidade dele, não.

    Abraço

  • tino

    Infelizmente na república de banânia, criada pelo apedeuta, Seu Luiz 51, tudo era possível de forma semvergonhice e mau caráter, ao ponto de, no seu último dia de mandato ter concedido a liberdade a um fora da lei, terrorista que cometeu vários crimes no seu país de origem, a Itália. Esperemos que, a invenção para presidente da república tenha a moral para autorizar a extradição desse bandido ****, que já recebe apoio de tantos outros canalhas que comandam o governo e a justiça do Brasil. Que se faça justiça e livre a fatia de brasileiros, com exemplos de ética e dignidade, dessa vergonha internacional.

    Também espero, caro Tino, mas, infelizmente, não acredito que vá ocorrer.

    Abraço

  • ox

    Proletários Armados pelo Comunismo, PAC deve ser por isso que os petistas morrem de amores por esse criminiso, deviae ser esse o verdadeiro PAC.vai “TIMBORA”e cala a boca batisti.

  • Almir Bohana

    Essa história merece uma pergunta.
    QUEM É O PIOR?
    – Battisti – todos conhecem o que ele fez;
    – Tarso Genro – que diz que Battisti tem que ficar
    Brasil;
    – José Eduardo Cardoso – também diz que Battisti
    deve ficar no Brasil – é o ministro da justiça;
    – Lula – todos sabem o que ele fez.
    Tenho uma opinião – todos são farinha do mesmo sa –
    co. E da pior qualidade. Aquela bem grossa que se
    dá para os porcos.
    Brasil, até quando vamos ter que eturar esta gentalha?

  • J.B.CRUZ

    CARO SETTI: Mais uma vez pertinente seu comentário sôbre Cesare Battisti..Tudo explicado,planificado e desenhado..Mas o que me impressionou, foi o S.T.F reunir por mais de 10 horas e em uma votação apertada,(5×4 pró-extradição)deixar para o Presidente Lula a palavra final..É claro que na cabeça dos leigos (me iclua) fica nítidamente a sensação de impunidade..E aí faço-lhe a pergunta que milhões de Brasileiros gostaria de fazer?..Então para quê serve o tribunal se é o Presidente quem decide!!Fica a impressão que realmente todos os Brasileiros são otários, como bem disse o Sr. Exmo. Governador do Estado do rio de Janeiro a um Cidadão Carioca…

    Caro J. B., eu me formei em Direito, mas meu modestos conhecimentos de nada serviram no caso: não entendi a decisão do Supremo Tribunal. Juro. Não entendi até agora. Estamos na mesma situação.

    Abraços desconsolados.

  • Marcus(MG)

    Caro Ricardo,não sei se você viu mas quando no auge desta confusão,um jornalista perguntava para Italianos, acho que em Roma, sobre o caso do terrorista,fico pensando no que disse um taxista:”Battisti não foi extraditado por causa do medo de que ele possa revelar segredos daqueles que o defendem”.
    Posso ter trocado algumas palavras mas o siginificado foi este mesmo!

    Não tinha visto, não. Bem ilustrativo, não, caro Marcus?

    Abração

  • wilson

    Batisti fez certo afinal um presidente semi-analfa
    vai entender o que de tratado, decoro, etc.
    O pior é a idiotice de certos tupiniquins enchendo
    o peito de “patriotismo” dizendo que era de soberania então cade esta tal de sob o o que?
    quando o indio cocalero açambarcou uma refinaria.
    Além de miar o brasil gemeu que nem **** ***** pro
    malandro.

  • Vc tem toda razão Ricardo, ele já foi julgado, me expressei mal no auge da minha indignação… Outra coisa que me deixa completamente indignada, é ler na internet grupos promovendo debates (na Faculdade de Direito da USP) e manifestações a favor de Battisti (na frente do consulado italiano). Se querem lutar por justiça, pq eles acham que estão fazendo injustiça com ele, deveriam se manifestar por uma justiça mais eficiente no Brasil, com os brasileiros, seriam bem mais coerentes.

    Cara Daniela, virou moda, é “chique” defender esse criminoso. No Brasil temos esse tipo de esquerda festiva que em países mais sérios já foi extinta. Não é mesmo?
    Abraços

  • Pedro Luiz Moreira Lima

    Caro Setti:
    Se fosse um caso simples Battisti já estaria deportado,há tantas perguntas tantas duvidas:quando Battisti viveu na França como refugiado politico,silencio completo da justiça italiana e do estado italiano tambem,no Brasil vivem uns 3 ou 4 italianos como exilados politicos da luta armada na Italia,silencio e nenhum pedido de extradição do governo italiano.
    Morou 10 anos na França,viveu tranquilamente como escritor,não há historico pelo governo frances em atividades subversivas.
    Foram movimentos de direita e de esquerda na luta armada na Italia,interessante notar que o atentado do metro de Milão
    reconhecidamente cometido pela direita italiana,com cumplicidade da famosa Loja P 2,se dizia maçonica,com possivel envolvimento do Banco Ambrosiano e seus executores ainda desconhecidos.
    Aldo Moro pricipal figura do maior partido da Italia – Partido Democrata Cristão – foi morto pelas Brigadas Vermelhas,todos os executores presos e condenados.Anos se passam e veio a operação mãos limpas,resultado fim do PDC,estava coalhado de mafiosos,inclusive Aldo Moro,pouco tempo depois caiu e o grande lider do PDC e ex primeiro ministro italiano por crimes e envolvimento com a Mafia.Assim tb foi com o ex PC,PS e outro partidos de direita e esquerda.
    Dentro desse quadro terrivel surge o Belluscone e uma ultradireita se junta a um barão finaceiro e de televisão.O Belluscone esta no poder não sei a quanto anos,condenado por crimes financeiros o STF de lá o julgou como INJUGAVEL,acima de qq suspeita,a imprensa e a tv onde ele é quase senhor total e sua imprensa tecias loas e atacava quem os atacava.A TV oficial tentava resistir perseguições e demissões era corriqueira entre os jornalistas que resistiam.
    A Italia esta na mão de um bufão e anos dominando a imprensa que é sua, um banco de investimento em nível mundial,abençoado por todos e infelimentye o Vaticano tb.Hoje chegou ao limite,abusou demais o STF de lá agora o considera julgavel,o Vaticano em subita compulsão moral faz um AI,AI,AI timido,a imprensa resistente volta dar sinais de vida,a ultradireita italiana sentindo bola da vez – pulando fora.
    Foi nesse clima de poder absoluto do BUFÂO ITALIANO que a justiça italiana o condenou.
    Setti,leio e releio todo o caso – defesa e ataque – vejo argumento mais consistentes na defesa.
    Não vejo uma situação de Lula é bom ou ruim,não confundo Justiça em politica partidaria.Fico com os grandes juristas constitucionalistas brasileiros e as duvidas de juristas italianos não concordando com o julgamento condenando Battisti,dizendo que o tribunal julgou fora das normas jurídicas.
    Seria interessante colocar as opiniões dos juristas brasileiros e estrangeiros que não concordam da decisão da justiça italiana e a favor de exilado politico a Battisti.
    É assim que penso e repito em duvida pro reu.
    Um grande abraço
    Pedro Luiz

    Respeito sua opinião, caro Pedro Luiz, e aqui a publico. Mas, de seu longo comentário, destaco um aspecto: Berlusconi não é mais insuscetível de julgamento. Como escrevi em outra resposta, há poucos dias o Tribunal Constitucional da Itália derrogou, por considerá-las inconstitucionais, leis que protegiam o primeiro-ministro de processos nas Justiças civil e criminal. Agora o Ministério Público italiano pode continuar os processos que estavam em curso e iniciar novos, se os fatos assim o justificarem.

    Abração

  • Fernanda

    Pois é, Setti…só falta o picadeiro para esse palhaço chamado Battisti…ele está precisando de psiquiatra? E só agora ele percebeu? Engraçado, eu sempre achei que essas pessoas que possuem sangue-frio o bastante para tirar a vida de outro ser humano necessitam urgentemente de tratamento psiquiátrico sério (e cadeia, claro…)…mas me preocupo mais com as condições psicológicas das famílias das vítimas executadas…elas, sim, deveriam ser alvo de preocupação e não um sujeitinho como esse, que, além de tudo, é cínico e debochado! E ainda tem ibope, o falastrão!!! Foi para isso que Lula deixou de extraditá-lo?? Para que ele fosse seu porta-voz?? Era só o que nos faltava…

    Obrigado pela visita e pelo comentário, cara Fernanda. Realmente é vexatória para o Brasil essa situação. Não entendi até agora a decisão do Supremo.

    Abração

  • Corinthians

    Setti,

    O que me impressiona neste caso é a falta de realidade, objetividade em muitos setores da imprensa.
    Simplesmente não interessa se o Battisti está traumatizado ou não. Os fatos são que ele foi julgado e condenado por três instâncias de justiça de um país democrático e que o Brasil está rompendo um tratado de extradição por ideologia burra.
    Agora vejo muita gente misturando as coisas, querendo justificar um erro com outro – afinal se Berlusconi pinta e borda, por que se preocupar com Battisti ? (ainda procuro lógica neste tipo de pensamento, mas não encontro).
    Não interessa também se ele fez parte de um “movimento armado” (que é somente um nome bonito para quadrilha em minha opinião) de esquerda ou direita. Mesmo que a Itália fosse uma ditadura quando Battisti cometeu seus crimes (e não era, ela já era democracia) matar é crime e ponto final. Ele foi julgado e condenado. O Brasil tem um tratado de extradição com a Itália.
    Tem dúvida jurídica ? Que seja resolvido em seu foro correto, que é na Itália.
    Com isso, mais uma vez o brasil passa vergonha internacionalmente devido ao ego do Lulla…. aonde vamos parar…

    Concordo com seu comentário, quase sem tirar nem por, caro Rodrigo.

    Abração e obrigado pela visita.

  • Roberto 7467

    Proletários Armados pelo Comunismo, o PAC original…

    Mas, falando sério, não é a primeira vez que o Brasil passa por essa situação vergonhosa. Lembram de Ronald Biggs?

  • Kitty

    Caro Ricardo,
    De novo o caso Battisti na ribalta!!! Desta vez com
    direito a ampla difusão na imprensa. Não se iludam,
    é isso que ele quer.Outro megalomaníaco que adora
    holofotes!!!
    Pelo amor de Deus, Ricardo!!Esse Battisti é o pior
    demagôgo eu já ouví falar.É increível como deturpa
    a verdade querendo fazer da sua mentira uma
    bandeira idiológica: DIREITA versus IZQUERDA.
    Posso estar errada,mas eu acredito que há grupos
    poderosos ligados ao Movimento dos Sem Terra,que
    estão insuflando todo este imbroglio jurídico.
    O que mas me enraivece,caro Ricardo,são os comentários irônicos de pobre VÍTIMA, que são um
    insulto ás quatro pessoas que matou pessoalmente
    ou mandou sicarios para cometê-los.
    Para encerrar,eu pessoalmente,odeio qualquer tipo
    de terrorismo seja qual for a sua idiológia.
    Os terroristas atuam de forma sorrateira e covarde
    matando inocentes e escudando-se detrás da frase
    “OS FINS JUSTIFICAM OS MEIOS”.
    Abração, Kitty

  • vera scheidemann

    Esse caso continua envergonhando o
    Brasil. Até quando ?
    Vera

  • Marco

    Caro R. Setti: Influência da França no Brasil, só se for de odores violentos e Budum. Essa não vale…
    Abs.

  • Mariazinha

    A ministra Maria do Rosário não vai segurar na mãozinha do pobrezinho do Battisti?

  • Perola

    Desculpem-me o termo pouco delicado,mas só num pais vagabundo como o nosso um criminoso condenado,e ainda estrangeiro,é entrevistado, sua entrevista é publicada num jornal e ainda falando sobre política nacional.E o “coitadinho”,que assassinou 4, se queixa de que precisa de apoio psiquiátrico!É o fim!

    Sendo um jornal do MST e de outros grupos semelhantes, não dá pra estranhar, não é mesmo, Pérola?

    Abração

  • caipira mermo

    Ricardo
    Esse trauma,cura-se facilmente com:Paredon!

    Caro Caipira,

    Como a Itália não adota a pena de morte, cura-se com a cadeia de alta segurança, com barras de aço bem grossas e vidro blindado, onde ele deveria passar pelo menos 30 anos pensando no que fez (na verdade, ele merecidamente foi condenado à prisão perpétua, mas a Constituição brasileira não permite extradição para esse tipo de pena; em tais casos, quando ocorre a extradição, o país que a solicitou se compromete a que o condenado não fique mais do que 30 anos preso. De minha parte, 30 anos para o Battisti estaria bem melhor do que o vidão que ele vai ter no Brasil, ainda por cima paparicado por sua “turma” ideológica).

  • Egmont

    É obvio que o assasino em questão é culpado pelos crimes que cometeu. Tanto que foi condenado pela Justiça de um país democrático, que não acoberta criminosos, como em algumas republiquetas. O verdadeiro motivo de toda esta mobilização em sua defesa é a identidade ideológica com os esquerdopatas bananeiros.

    Cem por cento de acordo com seu comentário, Egmont.
    Abração e volte sempre.

  • berlatto

    A desfaçatez com que a esquerda brasileira apoiá Battisti é repugnate. É incrível como em nome de uma ideologia as pessoas perdem totalmente o bom senso.
    Santo Deus, a coisa é tão óbvia, tão cristalina, o cara foi julgado na Itália em três instâncias da Justiça. Será que os italianos estão cometendo injustiça com o terrorista? E o acordo de extradição entre os dois países não vale nada?
    O Lulo-Petismo conseguiu acabar com o que existia de competência na diplomacia brasileira. Abs.

    O pior de tudo, caro Berlatto, é que o governo brasileiro está negando a extradição por considerar que Battisti pode sofrer perseguições e violências na Itália, como se um dos países mais democráticos do mundo — estou falando de instituições, não do debochado Berlusconi — fosse um Congo, um Irã, uma Coreia do Norte. Na verdade, bem acomodado numa prisão de alta segurança, com barras de ferro bem grossas e vidro blindado na cela, ele não será perseguido por ninguém, nem que houvesse essa possibilidade. Só será perseguido por sua consciência.

  • carlos nascimento

    Ricardo,

    Falando em Battisti, nos leva à Itália, lá como cá, os seus líderes estão afundando, leio hoje que o Vaticano anda preocupado com a decadência moral da sociedade Italiana e o péssimo exemplo que Berlusconi está oferecendo.
    Também tomei ciência da fantástica estória do filho do jogador Toninho Cerezzo – transexual – hoje famosa modelo.
    O “bbb” da globo tentou abrir espaço para nossa Sociedade discutir essas situações, a moça foi detonada, vejo que o nosso País não está preparado para essas discussões.
    Qual sua posição a respeito desses desvios de personalidade,decadência nos valores, saúde pública, ou caminhos distantes da fé. Me falaram que vc é Católico.
    Carlos Nascimento.

    Caro Carlos,

    Essas questões são complexas demais para analisar numa resposta a comentário. Não vejo em que o fato de um filho/a transexual do Toninho Cerezzo — o caráter transexual de uma pessoa de um determinado sexo que sempre se sentiu como pertencente ao outro é hoje reconhecido pela medicina e pela psiquiatria — tenha a ver com decadência de valores.

    Quanto a eu ser católico, bem, fui batizado como católico mas sou um católico cheio de dúvidas e não praticante.

    Abração

  • Caio Frascino Cassaro

    Prezado Ricardo:

    Tomo a liberdade de encaminhar trechos de dois comentário que fiz à época que você estava fora e eu, juntamente com um grupo de leitores, nos vimos obrigados a defender o Blog de uma enxurrada de estúlticies e insultos dirigidos especiamente a voce. Uma das discussões dizia respeito ao Multi-Assassino Cesare Battisti, a quem os Soldados do Apedeuta defendiam com argumentos que espancavam, e, conforme alguns comentários publicados abaixo, continuam espancando a lógica mais elementar.

    Dei uma adaptada nos textos para que fizessem sentido em um outro contexto.

    Assim, vejamos:

    “Com relação à Batistti, a decisão do STF deixou claro que o multi-assassino fôra condenado por crime comum e que sua integridade física não correria riscos caso fosse extraditado à Itália – aliás, como já havia decidido a própria comissão de refugiados brasileira e que teve sua decisão atropelada pelo sr. Tarso Genro, dando origem a toda esta confusão. Isto posto, Luiz Inácio – o Silva – solicitou um parecer ao inefável Luis Inácio – o Adams – para que pudesse revestir a decisão de não extraditar o terrorista de algum aspecto legal.

    O problema é que o parecer da AGU recomenda que o criminoso seja mantido no país porque teria sua integridade física posta em risco caso fosse extraditado. Esse gênio do direito nacional deu um parecer contrário a uma decisão do STF, irrecorrível e com força de lei. Ora, enquanto isto aqui ainda for uma democracia, decisão do STF se superpõe a qualquer parecer da AGU.

    Assim, conforme previsto pelo ex-ministro do Supremo e ex-membro da Corte de Haya Francisco Rezek e pelo também juiz Walter Maierovitch, o mais provável é que o Supremo mande o terrorista embora sem sequer encaminhar o caso à presidente Dilma(que por sinal já deu todos os sinais do mundo que não quer esse cidadão por aqui, segundo os diversos comentaristas políticos que têm tratado do assunto), pois quando o caso foi encaminhado ao ex-presidente a única chance do terrorista era que Luíz Inácio – o Silva – levantasse algum argumento de ordem diplomática para não extraditá-lo, ainda assim correndo o risco de ver sua decisão reformada pelo STF face ao tratado de extradição que mantemos com a Itália (sim, existe um diploma legal ao qual estão subordinadas as decisões do Presidente da República).

    Os italianos, por sua vez, já haviam informado que recorreriam à corte de Haya para fazer valer os seus direitos.

    Todos concordamos que leis existem para serem cumpridas. Temos uma decisão do Supremo autorizando a extradição e um tratado que nos obriga a fazê-lo. Portanto, quem descumpriu a lei foi o ex-presidente que, sabedor inclusive da possibilidade se ser acusado de crime de responsabilidade por descumprimento de um tratado internacional, deixou a decisão para o último dia de seu mandato.”

    “Finalizando, com relação ao Battisti toda e qualquer argumentação favorável a ele tropeça de cara em um ponto: ele não é um REFUGIADO, é um CRIMINOSO condenado em um país amigo, cuja democracia funciona de maneira exemplar, inclusive procurado pela Interpol.(Foi condenado TAMBÈM pela corte de apelação européia, o que obrigou ao Presidente Jacques Chirac a ordenar sua deportação).

    Vou tentar explicar melhor. Digamos que um traficante mexicano esteja em vias de ser prêso em seu país. Ele pensa em um lugar para se refugiar, aí lembra das FARC, pensa no seu amigo “cura” Medina e fala: “Já sei! Vou para o BRASIL!!!! Entro em contato com meus amigos das FARC, eles me indicam alguns amigos em comum lá no Brasil, claro que de algum grupo político influente, eu dou uma polpuda contribuição ao “Projeto Político” daquela gente e pronto: consegui o “status” de refugiado.

    Vou para a praia, caso com uma brasileira,faço um bacuri nela, e aí, como diria a presidente Dilma, nem Deus me tira dali”. Ele faz tudo isso direitinho, só que se esquece ou não dá tempo de casar com a brasileira.

    Resultado: os mexicanos acordam, descobrem que o facínora está aqui e solicitam ao governo brasileiro sua imediata deportação. O tipo alega ser um perseguido político, tendo trabalhado sempre com muita honestidade nos ramos de talco (do tipo que brilha) e ervas (medicinais, bem entendido).

    O STF analisa o caso e descobre que o fulano mandou decapitar 8645 pessoas. E aí manda o pulha embora. Por que? Porque não se tratará de um refugiado, mas de um CRIMINOSO!!! Deu para entender ou eu preciso desenhar???????? Refugiados eram os dois pugilistas cubanos que nos solicitaram asilo para fugir daquele inferno chamado Cuba e o nosso governo os despachou de volta em um avião arrumado pelo Chapolin Colorado, o indigitado Hugo “Porque non te Callas” Chavez, em mais uma vergonha internacional para o nosso país. Os caras tiveram que fugir de novo e hoje estão boxeando naquela ditadura elitista chamada Alemanha.”

    Desta forma, pelo amor de Deus, parem de agredir a lógica e os fatos. Se o sujeito ficar aqui, será o fecho com chave de ouro para o período mais estúpido da história da nossa política internacional. O governo(?) Luiz Inácio estará marcado para a posteridade pelo seu apoio a todo tipo de ditaduras – de Cuba ao Irã, passando pelo Sudão e Venezuela – e por abrigar gente que cometeu crimes contra a humanidade. como esse Battisti e o tal “cura” Medina.

    Um abraço.

    Caro Caio,

    Muito obrigado por sua generosidade durante minhas férias e por esse ótimo, irretocável comentário.

    Um grande abraço

  • Glorinha de Nantes

    Glorinha de Nantes – 02/11/2010 às 2:33
    A cirurgia exigirá alguns meses de recuperação. Talvez uns quatro. Transplante completado, e tudo permanecerá como estaria até a rrousseff desincompatibilizar-se. Lulla travestido em rrousseff, e esta travestida em . . . Quem se habilitará?! . . .Não há qualquer diversa idade. Não há barba (r-idade ) nem peruca a atrapalhar. Como mais de 80.000.000 de eleitores não querem a rrousseff, tudo bem!___ ” Se EU transferi os meus 55.000.000 de votos prá OCÊ, agora é só EU pegá o seu rosto prâ mim! Com botox e preenchimento, EU vou ficar lindo como OCÊ! “Não foi pesadelo, nem mero sonho, nem delírio meu. O pesadelo aconteceu a lulla, durante a campanha. Ao acordar, assustadíssimo, corre para o espelho, fica aliviado
    .___”Mas, que boa ideia! Té que EU sou parecido com a diuma . . .!”
    Único entretanto : a morte repentina do Presidente da Argentina.
    Ressabiado, lulla agora hesita.

  • Ricardo

    O Lula bem que poderia levar o Battisti pra casa.Os bandidos costumam se dar muito bem.

  • Glorinha de Nantes

    Qual seria a reação do governo atual, no caso inverso?! Se acaso fosse preso na Itália um bandido, autor de crimes no Brasil, e negada sua extradição?! Melhor ainda, e se, em caso nada assemelhado ao do italiano, fosse um cidadão cubano?! Neste caso, o bandido Battisti está preso, realmente?! Ou hospedado?! Em casa de quem?! Quanto à desfaçatez? Normal!!! Os canalhas? Normal!! Os manipuladores? Normal!!! Quanto a ser criminoso de crimes hediondos? Normal!!! Quantos são os mortos da região serrana do Rio de Janeiro?! Mil, mil e quinhentos?! Jamais saberemos, sequer aproximadamente, as dimensões de mais este hediondo crime
    “da natureza vingativa”, do ” desequilíbrio climático”, ” dos inúmeros governos populistas que nos antecederam”! Por que?! Ah! Normal!!! Coerência é isso!!!

  • Roberto

    Proletários Armados pelo Comunismo, o PAC original…
    Mas, falando sério, não é a primeira vez que o Brasil se coloca nessa situação vergonhosa. Lembram do Ronald Biggs?

  • Kitty

    Carissimo Ricardo,
    La ringrazio di tutto cuore per la sagace risposta
    che ha dato al signore delle ore 19:50,difendendo
    la Giustizia italiana,come pure la Stampa,
    specialmente i giornali independenti.
    un abbraccio, Kitty

  • Vera Natali

    Caro Ricardo Setti, lembra-se do “FORA FHC”? Agora minha vontade é de fazer faixas, sem pixações, do “FORA BATTISTI” Só espero ter um número grande de seguidores.
    Abraço
    Vera

  • veiaco

    Engraçado, aqui no Brasil, ex-terroristas em vez de recorrer a psiquiatras recorrem a cargo público de presidenta a consultores de multinacionais. Aprende Batisti.

  • José Eduardo Curti

    Caro Ricardo,
    Uma das condicoes que quem recebe asilo tem que respeitar, e não participar e não se manifestar sobre a vida politica do pais. Ao fazê-lo, o Sr. Battisti esta infringindo a regra. Portanto, sujeito a suspensão do beneficio.

  • fpenin

    Setti,
    Esse bandido, que veio juntar-se à corja que domina o cenário, nem ainda tem definida a sua situação de refugiado e já coloca as manguinhas de fora,dando palpites sobre assuntos que, por lei, estaria impedido de comentar. Há ministro da Justiça no Brasil? Se há, onde está? Ele, Battisti, não precisa de psiquiatra. Melhor seria contratar um exorcista. Uma pergunta: se Battisti está “internado” em uma cadeia, de que maneira teve acesso a um psiquiatra ? Os outros presos, pobres diabos brasileiros, também podem recorrer a um profissional dessa es pecialidade ? E quem está pagando a conta ? O próprio Battisti ou nós,contribuintes e babacas ( não necessariamente nessa ordem)?

  • Marco

    Caro R. Setti : Imagina esse Sr. pousando na G Magazine, seria o sonho de fetiche de muitos terroristas, é só o q falta !
    Abs.