Image
Mezzetta diante de uma de suas obras: hiperrealismo em preto e branco

Matteo Mezzetta, 40 anos, é francês, de Bourgoin-Jallieu, cidadezinha próxima a Lyon, embora viva e trabalhe em Milão, na Itália. Seu trabalho, porém, está na rede rodando o mundo, é exposto, admirado e premiado.

Marcado pelo preto e branco que caracteriza a sua pintura hiperrealista, Mezzeta é ousado e arrisca em vários temas. As obras aqui mostradas fazem parte de 8 séries, Into the WildMountain, Dogs, Abstract, Fence, People, Vintage e Noise. Quem observa suas pinturas chega a confundir-se: é pintura mesmo, ou fotografia?

Sobre a série Into the Wild, inspirada no filme homônimo, representa, segundo ele, a visão que o artista tem do mundo interior de um jovem “selvagem”, muito provavelmente localizado nas profundezas da província norte-americana. “Em particular, eu tentei pegar a sua fuga das relações interpessoais para mergulhar em um mundo alternativo, solitário e selvagem, não só literalmente, mas também metaforicamente, como se fosse bem-arredondado retrato de um clássico ‘lobo solitário’, que vira as costas para nos comunicar apenas através de seu corpo tatuado”, explica Matteo.

Aprecie seus quadros surpreendentes.

“Into the Wild” e “Montain”

Image
“Sem Título”, óleo sobre tela
Image
“Sem Título” (2011), óleo sobre tela
Image
“Sem Título”, óleo sobre tela

“Dogs”

Image
“Observando” (2009), óleo sobre tela

“Abstract”

Image
“Sem Título” (dobras alongadas nº 1), 2010, óleo sobre tela

“Fence”

Image
“Sem Título” ( cerca nº 1), óleo sobre tela

“People”

Image
“Punk” (2007), óleo sobre tela
Image
“Urbanos” (2005), óleo sobre tela

“Vintage”

Image
“Família” (2004), óleo sobre tela
Image
“Quarto” (2003), óleo sobre tela

“Noise”

Image
“DJ nº 1” (2010), óleo sobre tela

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 + seis =

20 Comentários

GERSON em 25 de abril de 2013

A tela "Observando" se não estivesse no cavalete seria confundida com uma janela. Impressionante

IZIDRO SIMÕES em 12 de fevereiro de 2013

Não dá para acreditar que seja pintura

Vinicius Moraes em 29 de janeiro de 2013

Lindo,maravilhoso,explendido ,capaz,profissional,imagine se este teria vivido na epoca que não existia a fotografia....seria de um valor maior !

DULCI em 18 de abril de 2012

Nooooooossaaaaaaa......Nunca vi nada parecido...o talento de Matteo Mazzetta é impressionante e hiperreal...!!! Parabéns pela excepcional capacidade de retratar de maneira tão perfeita entre sombras e luzes cenas do nosso cotidiano...Não há palavras para qualificá-lo...é simplesmente surpreendente..!!!

FALA SÉRIO! em 24 de março de 2012

FALA SÉRIO! VEJAM O SEGREDINHO DO "PINTOR": Câmera fotográfica Nikon! Depois Plotter Gráfico! [#Beginning of Shooting Data Section] Nikon D2Xs Focal Length: 60mm Optimize Image: Color Mode: Mode III (sRGB) Long Exposure NR: Off High ISO NR: Off 2007/08/30 11:52:55 Exposure Mode: Manual White Balance: Preset Tone Comp.: Normal RAW (12-bit) Metering Mode: Multi-Pattern AF Mode: AF-S Hue Adjustment: 0¡ 1/60 sec – F/7.1 Flash Sync Mode: Not Attached Saturation: Normal Color Exposure Comp.: 0 EV Sharpening: Medium high Lens: 60mm F/2.8 Sensitivity: ISO 100 Image Comment: [#End of Shooting Data Section] Você leu com tanta atenção ao post que nem percebeu que é uma pintorA. E que, sim, é fotografada para fazer as pinturas. Se é tão fácil, por que você não começa a vender quadros, caríssimos, para milionários e celebridades, como Lee Price?

João L. em 22 de dezembro de 2011

Nossa, eu tô impressionado! Acho que ele tirava a foto e depois fazia uma cópia na tela. rs. Incrível.

Mariana em 04 de outubro de 2011

Gente, não tem como isso ser pinturaaaaa! hahahaha... Que medo que eu fiquei desse cara! Tô impressionada!

Tânia Leone em 03 de outubro de 2011

Muito bom mesmo !!

Nina em 17 de setembro de 2011

Absolutamente impressionante... Dá até uma pontinha de inveja... rsrsrs Deus dá tanto talentos a alguns e tão pouco a outros. Aquela da dobra dos lençóis, então!! Dá prá quase sentir a maciez do cetim...

Valsh em 17 de setembro de 2011

Simplesmente maravilhoso! Obrigada pelo brinde!!!

Jose em 14 de setembro de 2011

Lindo. Chique no último!

Jane Araújo em 14 de setembro de 2011

Gostei muito, surpreende por ser pintura e parecer foto, o hiperrealismo em preto e branco é muito chique pelo que se constata. Aliás, tudo em p&b é chique, com destaque para a música Retrato em Preto e Branco, de Chico e Tom, interpretada por João Gilberto, o chique dos chiques, é o must!

Kitty em 12 de setembro de 2011

Olá Ricardo, É fantástico!!Fiquei olhando atentamente, mas fica realmente difícil distinguir entre pinturas ou fotografias.Uma técnica de avanzada,sem falar do pintor,sem dúvida, um verdadero mago do pincel!! Ricardo se eu pudesse escolher para levar para a minha casa,seriam duas as escolhidas:"Familia" 2004 oleo sobre tela e "Observando"2009. A moça e os cachorros estão perfeitos!! Abraços/Kitty

Bruno Guerra em 12 de setembro de 2011

Caro Setti, . It's amazing ! Simplesmente fantástico. E logo a preto e branco que é bem mais dificil e dá resultados tão bons (meu gosto). . Abr, BR

Roger em 12 de setembro de 2011

Oi Ricardo Não precisa postar o comentário. Encontrei este artista Lee Price e quando ia enviar vi que você encontrou outro antes. Também óleo sobre tela. Abraço. http://www.leepricestudio.com/index.html

Reynaldo-BH em 12 de setembro de 2011

Acho que devo ser louco! (meio sei que sou! mas não a este ponto!). Vi estes quadros e fiz (ou veio-me) uma comparação esdrúxula. Assim como a ficção dos pincéis substituíndo a crueza da foto (mesmo sendo também uma arte), me veio a ideia que com as palavras acontece o mesmo. São usadas para ofender, protestar, cobrar, magoar, explicar, ensinar... Mas alguns tem o dom de usarem-nas para dar vida a vida! Como o pintor que substitui o olhar da foto pelo detalhe do feito com as mãos. Loucura não é? Lembrei-me de Mário Quintana. Que fez com as palavras o que Mateo Mazetta faz com as telas! Boa noite. http://www.youtube.com/watch?v=QmkF-6ujW7Y

Franco em 11 de setembro de 2011

Fora de serie! Ricardo, sugiro um post sobre a classificação do basquete masculino para as Olimpiadas. Obrigado, Franco. Sugestão anotada. Abraços

Vera Scheidemann em 11 de setembro de 2011

Genial ! O cara é demais ! Vera

Paulo Bento Bandarra em 11 de setembro de 2011

Olha, como o senhor não mente, eu acredito, mas que é difícil de fazê-lo, ah, isto é!!!!

Marcia de Alencar em 11 de setembro de 2011

Surtei, o cara é bom demais!

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI