A foto integra uma sequência que Bob Wolfenson realizou com a estrela debruçada sobre a amurada da suite do hotel ou contemplando o azul esplêndido do mar de Miami Beach.

Bob com certeza achou mais elegante esta foto, reproduzida com câmera amadora de um exemplar aberto da revista, do que a versão em que a estrela apoia um dos pés na amurada.

Como a maioria dos fotógrafos de ensaios para Playboy, mesmo na era pré-digital Bob produzia um enorme número de cromos — é assim que chamávamos os slides coloridos — para depois escolher os que considerava adequados a um ensaio.

Esse material era depois levado à revista, e examinado pela editora de Fotografia, Ariani Carneiro, pelo diretor de Arte, Carlos Grassetti, e por mim, antes de batermos o martelo.

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

9 + catorze =

TWITTER DO SETTI