O mercado se agita, o dólar dispara, os investimentos param, o terremoto do Petrolão se acentua: e Dilma, com passividade bovina, não consegue dizer quem conduzirá a economia como ministro da Fazenda

A presidente desembarca em Brisbane, na Austrália, para a reunião do G-20 que começa amanhã e vai até depois de amanhã (Foto: Reuters)

A presidente desembarca em Brisbane, na Austrália, para a reunião do G-20 que começa amanhã e vai até depois de amanhã: o esvaziado Mantega está na comitiva, e o fato de dela fazer parte também o presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, faz supor que talvez — talvez — seja ele o novo ministro da Fazenda (Foto: Reuters)

O dólar disparou. A Bolsa de Valores ninguém sabe para onde vai. Os investidores estrangeiros estão retraídos. Os empresários brasileiros, em compasso de espera. As previsões para o crescimento da economia neste ano a cada dia mais se aproximam do zero. Não bastasse tudo isso, a maior empresa do país, a Petrobras, mantém-se em crescentes abalos sísmicos pelo aprofundamento das investigações sobre roubalheira para rechear cofres de partidos políticos que apoiam o governo.

Excetuado o problema do tamanho de uma montanha que é o Petrolão, boa parte desse clima de fim de feira poderia ter sido modificado por um ato simples de política, que em qualquer país minimamente maduro do planeta já teria ocorrido: o anúncio, pela presidente que foi reeleita, de quem será seu novo ministro da Fazenda.

Mas não. Até viajar para Brisbane, na Austrália, para a reunião das 20 principais economias do mundo, a presidente, como uma barata tonta, continuava sem adotar essa crucial definição, que definirá para o mercado os rumos econômicos que seu governo seguirá.

Para usar uma palavra que Dilma parece ter aprendido durante a campanha eleitoral, é “estarrecedora” a passividade bovina com que encarou, desde a época de candidata, tarefa tão transcendental. A presidente puxou o tapete, desmoralizou e tornou um fantasma na Esplanada o ministro da Fazenda, Guido Mantega, ao anunciar meses antes de sua nova posse de que ele não continuaria na pasta.

A partir daquele momento, Mantega se tornou um ectoplasma. O que ele diz não tem importância, o que ele eventualmente combina não tem credibilidade, os líderes do setor produtivo ficaram sem interlocução no governo. Espantosamente, porém, a presidente marchou para o segundo turno das eleições sem ter assegurado alguém para o lugar do ministro que, por antecipação, fuzilara — providência elementar para quem já estava no leme do Planalto e tinha grande chances de continuar nele.

Isso dá uma mostra do tamanho da improvisação e da incompetência com que a presidente conduz a coisa pública, num período especialmente tumultuado para seu governo e para a economia do país.

Como já escrevi e já disse em TVEJA, Dilma nem tomou posse de seu segundo mandato, conquistado nas urnas com votação gigantesca, e já vive um clima de final de governo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco − quatro =

38 Comentários

  • Moacir 1

    Prezado Setti,
    É pau,é pedra é lama é o fim do caminho….
    Acho que um comentário de um delegados federais ,envolvido com as últimas prisões da Operação Lava Jato ,na data de hoje, resume a questão:
    “O Dia do Juízo Final”
    Interessante saber que os mandados de hoje não têm relação com as delações premiadas do doleiro e do amigo Paulinho.São fruto de outra investigação paralela. O delegado descreveu ainda como alguns dos investigados costumavam dormir em hotéis já esperando que a operação pudesse ser deflagrada e que os políticos – por enquanto – vão ter que continuar tomando Rivotril e esperando.
    O petista Duque foi o “responsável” pelas 12 licitações da obra da refinaria Abreu e Lima, em Pernambucon está em prisão temporária.Exatamente como em março esteve o Paulinho.
    Tremei, cumpanhêros!
    Vocês tem motivos para tanto.
    Se o Renato Duque – ex-diretor da PTrobras, petista da gema , indicado para a Diretoria de Serviços da estatal, em 2004,por José Dirceu – resolver cair nos braços da Dona Delação Premiada…Ui! …teremos um ApocaliPTse.
    O PT duvida – e eu mais ainda – que o Duque siga o exemplo do padrinho que o nomeou e permaneça em silêncio.
    Por outro lado,como a administração da PTrobrás, durante os governos do Luuzinácio, já foi atingida, a CriaturA vai ter que colocar a criançinha no colo do Criador .Aquele blablabla de que o relatório era juridicamente falho, de que ela demitiu o Paulinho do Lula , na vã tentativa de separar a gestão dela da dos corruPTos.Se Lula for implicado , Dilma também o será.Não é leviandade ,nesta altura do jogo,se falar impeachment.
    E a cunhada do Vaccari? E o irmão ,já procurado pela Interpol , do ex-Ministro das Cidades da Dilma? E o Baiano de estimação do PMDB?
    E os maiores PIBs doadores de campanhas da República?
    Nove empreiteiras foram alvo da sétima fase da Operação Lava Jato deflagrada nesta sexta-feira, 14. São elas: Camargo Corrêa, OAS, Odebrecht, UTC, Queiroz Galvão, Engevix, Mendes Júnior, Galvão Engenharia e Iesa Óleo e Gás.Estão sendo feitas buscas , apreensões e prisões de seus dirigentes.Os contratos dessas máfias com a PTrobrás somam R$ 59 bilhões.Foram bloqueados bens de empresas e executivos no valor de R$ 720 milhões. Os bens de executivos alvos da operação foram bloqueados até o limite de R$ 20 milhões por pessoa.
    Veja os mandados de prisão decretados pela Justiça Federal:
    Prisão preventiva:
    1. Eduardo Hermelino Leite, da Construtora Camargo Correa;
    2. José Ricardo Nogueira Breghirolli, da OAS;
    3. Agenor Franklin Magalhães Medeiros, da OAS;
    4. Sergio Cunha Mendes, Vice -Presidente da Mendes Júnior;
    5. Gerson de Mello Almada, da Engevix;
    6. Erton Medeiros Fonseca, da Galvão Engenharia.
    Prisão temporária:
    1) Dalton dos Santos Avancini, da Construtora Camargo Correa;
    2) João Ricardo Auler, da Construtora Camargo Correa;
    3) Mateus Coutinho de Sá Oliveira, da OAS;
    4) Alexandre Portela Barbosa, da OAS;
    5) José Aldemário Pinheiro Filho, da OAS
    6) Ednaldo Alves da Silva, da UTC;
    7) Carlos Eduardo Strauch Albero, da Engevix;
    8) Newton Prado Júnior, da Engevix;
    9) Otto Garrido Sparenberg, da IESA;
    10)Valdir Lima Carreiro, da IESA;
    11) Ricardo Ribeiro Pessoa, dono da UTC;
    12) Walmir Pinheiro Santana, da UTC;
    13) Othon Zanoide de Moraes Filho, da Queiroz Galvão;
    14) Ildefonso Colares Filho, da Queiroz Galvão;
    15) Jayme Alves de Oliveira Filho, subordinado de Alberto Youssef;
    16) Adarico Negromonte Filho, foragido, procurado pela Interpol,subordinado de Alberto Youssef irmão daquele outro que foi Ministro das Cidades da DilmA.
    17) Carlos Alberto da Costa Silva, emissário das empreiteiras;
    18) Renato de Souza Duque, petista da gema ,ex-diretor da Petrobras,indicado por José Dirceu
    19) Fernando Antonio Falcão Soares, lobista
    A quadrilha formada para abastecer o caixa do PT e seus aliados PP e PMDB , responderá por crimes de organização criminosa, formação de cartel, corrupção, fraude à Lei de Licitações, lavagem de dinheiro. A operação também bloqueou bens de empresas e executivos no valor de R$ 720 milhões. Três empresas ligadas a um dos operadores do esquema tiveram os recursos integralmente bloqueados e os bens de executivos alvos da operação foram bloqueados até o limite de R$ 20 milhões por pessoa.
    Se a lei for cumprida e as obras tocadas por tais organizações criminosas interrompidas , o Brasil vai parar. As obras serão paralisadas do Oiapoque ao Chuí.Se as empresas bandidas forem impedidas de participar de licitações, Banânia será invadida por empreiteiras americanas,chinesas, alemães .E os progressistas pró-corrupção tomarão as ruas gritando: Yankees ……..GO HOME!
    Muitos não acreditam – a essa altura dos desgovernos petistas – na PF, no MP, na Justiça,no Congresso,na oposição, nos ministros cumpanhêros do STF,nas instituições.O PT abusou da sacanagem e do aparelhamento.Pelas mãos sujas desses petistas estamos vivendo uma cleptocracia.
    Para os descrentes das nossas instituições apetezadas eu garanto que , dessa vez, a COISA é “estarrecedora” demais para segurar.E o medo é grande, muita gente está morrendo de vontade de falar, soletrar e desenhar!
    Além do mais ,as investigações americanas serão ágeis e pressionarão nossa justiça devagar quase parando.Empurrar com a barriga ,neste cenário ,será difícil.
    A PTrobrás possui ações na bolsa de Nova York .A estatal está pois sujeita às leis americanas de combate à corrupção.
    O Departamento de Justiça dos Estados Unidos e a Comissão de Valores Mobiliários dos EUA também estão passando a limpo a corrupção na PTrobras.Afinal, acionistas da empresa foram lesados.Muitos dos quais estadunidenses.Foi por causa da imensidão do rombo feito pelos marginais do poder no caixa da empresa, que os tais auditores da PwC – uma das 4 maiores auditorias deztemundo!! – recusaram-se ontem a assinar o balanço trimestral da empresa. Pudera! Correm o risco de serem acusados de cumplicidade e perder o registro.
    Li por aí que “se for condenada ou fechar um acordo com as autoridades americanas” a PTrobrás pode se meter em sérias consequências , a saber:
    * pagar uma multa muuuito bilionária e pode até
    * ser expulsa da bolsa de Nova York.
    * ser processada por investidores estrangeiros lesados
    * sofrer arresto dos bens no exterior.
    * ver atrás das grades seus administradores que pisarem em solo americano.
    Eu fico aqui imaginando as caras – de pau ! – sujas de óleo da represidenta e do Mantega no
    G- 20.Vai ser complicado convencer o mundo – e os investidores – que a gerentona, a tocadora de obras, a Ministra das Minas e da Energia, a PresidentA do Conselho de Administração da PTrobras , a Ministra da Casa Civil e a PresidentA do Brasil não tivesse a mais remota IDÉIA do blowjob feito por 12 anos da estatal pelo partido-quadrilha que a elegeu.
    Duvido que ,desta vez, o lulopetismo possa contar com o silêncio ” dessa gente que não é da confiança deles”
    LULA E DILMA SEMPRE SOUBERAM!
    Abc

  • Silas S. Carvalho

    Caro Ricardo Setti, boa noite.
    Acabo de ver Ricardo Boechat proteger, de forma contundente, as manobras do PT contra as CPIs da Petrobrás. Segundo ele, a oposição não deve politizar o escândalo criando nova CPI em 2015 por que, segundo ele, todas elas terminam em pizza (talvez ele ignore que o desfecho da CPI dos Correios redundou na investigação do Mensalão), e utilizou como exemplo as duas CPIs em curso que não andam, omitindo que quem impede o seu funcionamento é o PT, e arrematou dizendo que na CPMI em curso, PT e PSDB teriam feito conluio para proteger os seus respectivos políticos de serem convocados a prestarem esclarecimentos.
    Nem Humberto Costa, lider do PT no Senado, faria uma defesa tão apaixonada do governo neste escândalo dos escândalos.

  • Reynaldo-BH

    Só há uma hipótese para a permanência deste governo que – pela re-eleição – abortou a gravidez na metade do tempo: a oposição.
    Lula teve a chance (erro histórico) de continuar presidente do Brasil com o apoio e até mesmo, com a escolha do enredo, por parte da oposição. Que preferia vê-lo sangrar em uma hemorragia contínua a interromper o mandato que já pedia a substituição da faixa presidencial suja de lodo de chiqueiro.
    O farsante que pediu desculpas, afirmou ser uma farsa e hoje defende bandidos, teve a sobrevida inesperada com o remédio manipulado por quem nem deveria estar no laboratório.
    Dilma está só, fora do Brasil, autista de ocasião, no momento em que o MUNDO assiste a um escândalo que – nunca é demais repetir – derrubaria o governo até de Angola! Nada mais a investigar.
    Parabéns à Polícia Federal (que nunca foi “de Dilma”, como era um dos mantras falsificados da campanha) e ao juiz Sérgio Moro, que sabe, muito dificilmente (pelo que é e nos orgulha, ao contrário do bando que nos envergonha) um ministro de Tribunais Superiores.
    Resta a Teori Zavaskcy (umn Tofolli que comprova que a idade nem sempre dá dignidae aos homens) aja rapidamente e torne público o que já se sabe. Ninguém é preso e base de suposições. São fatos, a serem – respeitando o devido processo legal – comprovados. Mas, existe um instrumento democrático que representa a investigação para e pelos cidadãos, nas democracias representativas, de nome CPI. Uma não: duas. E estas merecem ter acesso ao que já foi assinado como delação premiada. Mesmo que os depoimentos envolvam membros das mesmas. Menos mal. Melhor.
    A Dilma em fim de mandato que não se iniciou é a mesma da campanha suja e abjeta que a levou a ter mais 4 anos de desmandos e de um governo repleto de ratazanas. Campanha que foi a continuidade do que fez antes. Ela e….ele!
    Não quero ver Dilma sangrar! Não quero, em nome de uma “estabilidade democrática” abandonar a própria democracia entregue a um bando de quadrilheiros.
    Dilma está calada por que não tem o que falar. E nutre pelos 54.000.000 de eleitores que teve (versus os 51.000.000 que não a queriam!) um desprezo que chega às raias da patologia.
    Dilma está calada por que sabe que MUITOS falarão por ela. A favor dela. Precisam não de Dilma, mas do que esta representa.
    Não é o Brasil que derreteu hoje. Afundamos mais um pouco na latrina que o PT criou e que transformou em uma nova forma de exercício de poder. Habitat natural.
    Dilma está certa de ter um exército (como os paramilitares dos bolivarianos) que farão qualquer coisa para defender o status quo, que os permite sobreviver na selva de ignorância, roubo e corrupção que precisam para ter o que comer.
    Ao contrário (como no film do PT de camapanha) poderá faltar a comida no prato!
    O uso da gazua faz a mão esperta. Mudam os fatos. As personagens são as mesmas. Aumenta a corrupção. O método é idêntico. O valor é maior. Pouco importa; o dinheiro é o NOSSO!
    Dilma está calada por que o que falar poderá ser usado contra ela em um Tribunal? Ou por que falta a presença de João Santana para ditar as mentiras a serem ditas?
    Nada disto é importante.
    Dilma está calada por não ter o que falar.
    E por ser conivente – no minimo – com TUDO aquilo que sempre soube!

  • Ricardo

    Um dia teria de acontecer!
    Deus não abandonaria este povo trabalhador e do bem!
    Tomem logo o passaporte de Lulla!
    Elle vai tentar fugir para o exterior!
    Petralhas vão lotar as prisões!
    Nos próximos meses o Brasil vai ressurgir do esgoto!
    Mas temos de ter cuidado e exigir justiça a um Supremo Tribunal Federal totalmente dominado!
    Vão tentar uma saída por ali!
    Bandidos sempre tentam ajudar os colegas bandidos!

  • Sylvio Haas

    Penso que a dificuldade de Dilma apresentar um novo nome para a Fazenda é por viver um conflito: se anuncia um nome forte, conhecido do Mercado, perde o que vem fazendo com Mântega: interferir na política econômica e realizá-la a seu modo. Ser vaquinha de presépio e ter independência/autonomia são características incompatíveis. Ou uma coisa ou outra.

  • Evandro


    Olá Setti,

    Nunca dantes da história destepaízzz tivemos uma
    situação como a presente.

    Os vitoriosos nas urnas, ainda que por pouca
    diferença, estão com um semblante de derrotados,
    que não está saindo das fuças nem com cirgurgia
    plástica.

    Quem perdeu nas urnas, está com o maior brio na
    alma, respaldados nessa massa eleitora consciente
    e que sabe o destino correto que quer levar seu
    país.

    A represidentaaaa está mais perdida que a seleção
    brasileira depois dos 7 x 1.

    Tô falando sério..,, observe as imagens dela no
    Catar e na Austrália. Parece que a mulher tomou
    um pote de rivotril. Tá anestesiada.

    Ontem no desembarque na Austrália, saindo do avião
    ela falava com um interlocutor.
    Presumo que ele estava falando em Dilmês, pois esse
    [é o único dialeto que ela domina bem.

    Com certeza ela já está informada do que sucedeu
    hoje no Brasil, na fase número 7 da Operação Lava
    Jato.

    Olha Setti…, o mar de lama tá subindo…
    Não vai demorar muito para a nação toda
    saber quem era o TUTTI CAPPO do esquema.

  • Mirta

    alguem sabe me dizer o que ela estava fazendo todo esse tempo no]qatar? Assinando algum convenio com o estado islamico?

  • Naná

    O País está em plena decomposição.

  • Luiz Pereira

    Setti,
    Acharam outro pré-sal: de lama!
    Boas férias!!!
    abs

    Obrigado, caro Luiz. E não fique tão sumido.
    Abraço

  • Reynaldo-BH

    Tentando ser um pouco racional – o que é um exercício bastante complicado neste cenário atual do Brasil – o que faz com que uma candidata (pior, em processo de reeleição) não consiga dizer ao país o nome de seu ministro da Fazenda?
    Não há como negar a importância deste posto em um país (mesmo que deixemos de lado as asneiras cometidas) em pleno, real e doloroso processo de descontrole e desmonte das bases econômicas herdadas de terceiros e hoje inteiramente perdidas.
    Vamos admitir – por pura a absoluta necessidade de destruir a ÚNICA justificativa apresentada pelo PT para justificação da atual situação – que a crise mundial seja a única responsável pelo desemprego, corrupção, falta de investimento e desânimo que se sente, vê ou vive nas ruas.
    Que seja real. Somente como – insisto – critério de discussão.
    Neste cenário, qual será a MACRO POLÍTICA de Dilma para corrigir o desastre que já vivemos?
    QUEM é o nome (e equipe) que será o autor das soluções que o Brasil EXIGE e necessita?
    QUEM aceitará implantar QUAL programa?
    Dilma está na Austrália, observando cangurus, e esquecendo que o Brasil hoje AFUNDOU um pouco mais na lama movediça que o PT criou e nela sabe habitar.
    A questão básica é não é quem será o novo ministro. Mas, O QUE SERÁ a nova política. A continuidade da velha? Continuaremos a ter a maior carga fiscal do MUNDO? O desemprego entre os jovens será ainda o MAIOR da América Latina? Os juros para investimentos em indústrias, serviços e comércio, continuarão a ser benesses aos amigos do poder? As empreiteiras continuarão a pagar as palestras e viagens de Lula? O Eike Batista e o Daniel Dantas serão os “empresários” que continuarão citados como exemplos da “nova geração de brasileiros”, conforme discursou Dilma?
    A discussão de QUEM SERÁ o ministro é para ser desprezado.
    O ministro da fazenda de Dilma é Dilma.
    O que precisamos descobrir é o QUE Dilma pretende, quais as ideias, quais as soluções e quais as diretrizes para um Brasil sem norte.

  • Sandy

    Prezado Setti,
    Como não consigo ainda acessar o vídeo da TV veja em sua participação ao vivo, deixo uma pergunta: Até quando Janot vai manter a blindagem em torno da presidente Dilma, evitando que a mesma seja investigada, vetando pedidos de outros integrantes do Ministério Público?
    Talvez por ser resposta desconhecida no momento, creio que será uma pergunta pertinente em longo prazo também. Boas Férias!

    Agradecemos os votos de boas férias ao Setti e informamos que o vídeo, em gravação, estará disponível dentro de mais algum tempo na home page de VEJA.com

  • YCF

    Sensacional o “passividade bovina”. Tudo a ver. Nossa governanta parece, realmente, *** ****.

  • JB Figueiredo

    Li no Lauro jardim um comentario de que vai ser Meireles.

  • Moacir 1

    Prezado Setti,
    Ótimas férias para você e os seus.
    Abraço

    Agradecemos em nome do Ricardo Setti.

  • Malu

    E o diluvio esta chegando!
    Boas ferias Setti, sentiremos a sua falta!

    Agradecemos em nome do Ricardo Setti.

  • paulo cesar

    A maioria dos votos validos a elegeu sem dizer uma linha do seu não programa, tendo seu governo atolado num lamaçal de corrupção, o tendo ministro e o tesoureiro da campanha acusados de pertencer a quadrilha da lava jato, tendo indicadores horrorosos na economia.O que indica que no povo em sua maioria não liga para a corrupção desde que leve alguma vantagem, seja atraves das inumeras bolsas seja por um bom emprego publico ou em estatais que mesmo sendo saqueada e dando prejuízo distribui lucro.

  • Rodrigo

    Nós, os leitores, estamos editando uma medida provisória CANCELANDO suas férias, Setti.
    Por favor, não vá!
    Abraços
    P.S.: tenha excelentes férias, aguardamos ansiosamente seu retorno.

  • franco

    Tio Ricardo…esse ano tem que acabar rápido…o pais está paralisado á espera de definições claras do governo…
    Tenha boas férias e não esqueça “use filtro solar”.

  • DBS

    Olá, Setti. Estou pesquisando sobre as FARC, não esqueci não… Mas, acabei assistindo ao debate de hoje. A “sacanagem” que você diz que a Folha de São Paulo fez com os manifestantes também a fez o Estadão, o centenário, sério e conservador jornal elogiado minutos antes. Ocorre que, como o Felipe Brasil demonstrou no blog dele, ambos os jornais prestaram-se ao mesmo papel: desinformação. Não é sacanagem, é desinformação. Se bem que dá para dizer que desinformação é uma tremenda sacanagem mesmo… Voltando às FARC, estou tendo dificuldades para achar os livros que você indicou…. Vicissitudes de uma cidade pequena como a que moro… Mas, notei que são livros lançados no governo Uribe. Boas férias! Se for viajar à Colômbia, cuidado!

  • Paulo/Curitiba

    Passividade bovina. Gostei dessa. Tem tudo a ver com o que penso de nossa ilustre presidenta.

  • Anderson Almeida

    Caro Setti, ótimo descanso nas férias, e muito obrigado a você e toda a equipe de VEJA, pelo belo brilhante trabalho e colaboração com nosso país.
    Abraço!

  • Sergio Braga

    Se ainda sobra um pouco de vergonha na cara, a rotunda Dilma não vai mais comandar coisa alguma no Brasil. Nem tem condições de comandar qualquer coisa na Papuda, porque lá estará o nosso querido apedeuta, provocando rebeliões e queima de colchões, bem ao modo PeTralha de agir.

  • José Carlos

    Para não destoar deste fim de feira proponho o melhor nome possível para a Fazenda nessas circunstâncias: Eike Batista. Eles se merecem.

  • Jandira Gomes

    Ou é malandragem ou deu curto circuito no “poste” ou em meio a tanto tiroteio do PeTrolão ela esta mais perdida do que cego em tiroteio.

  • Sonia

    Ela ainda não indicou seus novos ministros porque ainda não sabe a lista dos políticos envolvidos no Petrolão.
    Vai sobrar pouca opção.

  • Ze Sabia

    Considerando a gravidade do momento a presidenta Dilma vai indicar Meirelles para comandar. Agatha Meirelles ira comandar com amplos poderes para fazer o que for necessario.

  • jair50

    Eu penso que ela quer o Mercadante, mas também penso na possibilidade de continuar com o Mantega! Em quem mais ela mandaria, além desses?

  • Reynaldo-BH

    Acho que vou prá Barcelona! Abraços, amigo!

  • souza

    Não publico em hipótese alguma comentários que defendam, estimulem ou mostrem tolerância com a ruptura da ordem constitucional.

  • areobaldo teruel

    As regras para publicação de comentários no blog, conforme relembrei aos amigos leitores incontáveis vezes, não aceitam textos escritos somente em maiúsculas, em respeito à boa educação, aos leitores e seguindo uma norma internacionalmente praticada na web.
    Como presumo que você saiba, palavras em maiúsculas significam palavras gritadas, não é mesmo?
    99% dos leitores escrevem assim, como neste texto, em maiúsculas e minúsculas.
    Peço que você faça o mesmo das próximas vezes.
    Confira as regras no link http://goo.gl/u3JHm
    Obrigado

  • Luis A. Neto

    Ricardo,
    A presidente Dilma vai anunciar o novo ministro da Fazenda após seu retorno à Pátria amada, salve, salve! E já estou até antevendo seu pronunciamento: “Brasileiros e brasileiras, após longo período de busca do nome mais adequado para o comando da política financeira do Brasil, tenho a satisfação de anunciar ao povo brasileiro quem será o comandante da pasta da Fazenda. É um homem querido pelo meio universitário, é respeitado pelo ambiente financeiro, pelos bancos, está em consonância com os mercados, é muito bem visto pelos outros países e conhece como poucos a alma do brasileiro. Senhoras e senhores, o novo ministro da fazenda do Brasil é … (suspense!!) … é …

    GUIDO MANTEGA!

  • geraldo barros

    Ela a DILMA esta mais perdida que cego em tiroteio, parece que quer se suicidar, faça como a barata atravesse um galinheiro, esta presidente o Poste do Lula ou é maluca ou não sabe de nada, por exemplo ela não sabe que o Brasil esta pegando fogo e a danada vai no G20, propor o que, nada o Brasil esta atrazado a 100 anos vai dizer que aqui nos temos o maior escandalo de corrupção, mesmo o escandalo da Mafia italiana não foi tão grandee la não era firmas do governo, eram ladrões e corruptos normais civis, que matavam roubavam aqui no Brasil são funcionarios, e homens do governo que roubão e matão para se locupleta do dinheiro do povo, sera que ela foi propor isso no G20, passar Noal para os gringos, eles não querem corruptos e tampouco mentirosos porque por la mentiu perdeu a crdibilidade, maluca volte para o Brasil e de uma declaração convicente para o povo peça desculpas pelas cagadas que fez e depois vamos ver se você vai ter a credibilidade que merece.

  • Jacqueline

    Calma, Ricardo. Ela está esperando ordens do chefão. Você é tão incompreensivo…

  • Antonio santos rocha

    Como Brasileiro,me sinto envergonhado de ver uma presidente de meu país,afundada em corrupção,totalmente desmoralizada,participar de uma reunião do G 20. Falta moral para poder se expressar. Vejo ela e até sinto pena,porque ela parece uma testa de ferro do Lula. Embarcou em uma canôa furada.Nada mais além de pena.

  • marcelo

    A guerrilheira não é tão ingênua como pode parecer, talvez a demora na escolha do economista se deva a algum problema de saúde do mestre Fidel.

  • Luis Machado

    Alguém ainda tem dúvida que de que o futuro próximo do Brasil é negro?

  • jorge pires

    Esse Mantega não tem um pingo de amor próprio. Qualquer pessoa com alguma decência já teria mandado essa **** se ferrar (no caso, a presid*NTA). Parece que o poder e/ou o dinheiro conseguem destruir reputações. Esse Guido não passa de manteiga estragada. É menor do que um verme.

  • Max Amaro

    Será difícil a presidente Dilma refazer ou remendar a chamada “base aliada”. Vai faltar dinheiro, fecharam, ao menos temporariamente, os dutos da Petrobrás. E o Congresso está todo contaminado, com as maos sujas de petróleo e lama, pois TODOS os partidos receberam suas quotas dos empreiteiros. E estes não ficar calados e impassíveis, esperando a sentença que determinará suas penas. Eles são poderosos, formam um cartel, um “Clube” como um dos mais falastrões deles chama o grupo. Por isso já surgem, de dentro do governo e até do TCU, propostas para negociar os custos superfaturados das obras já iniciadas. De repente os brasileiros descobriram que além das quadrilhas formadas pelos lulopetistas, também existe um “estado paralelo” formado pelas nove maiores empreiteiras do país.