Image
O ditador Ahmadinejad

Apesar do tema literalmente explosivo, a mídia praticamente não deu destaque ao assunto. Mas aqui no blog achamos importante registrar. Ocorreu dias atrás. Estavam presentes Sergei Kirilyenko, presidente da indústria nuclear estatal russa Rosatom, e o presidente da Organização de Energia Atômica do Irã, Ali Akbar Salehi, quando as pastilhas de combustível radioativo foram colocadas no local apropriado das instalações.

Enquanto o presidente Lula delira sobre abrandar o apetite militarista da ditadura do presidente Mahmud Ahmadinejad com sua diplomacia de dar caneladas nos Estados Unidos, finalmente começou a funcionar a primeira usina geradora de energia elétrica — e também de resíduos de destinação perigosa – do Irã.

A AJUDA DOS RUSSOS — Ainda sob o governo do deposto e hoje execrado xá Mohammed Reza Pahlevi (1941-1979), em 1975, o projeto e a construção da usina estiveram a cargo da empresa alemã Siemens, mas um calote aplicado pelo novo regime dos turbantes paralisou as obras.

Além do mais, elas sofreram sucessivos bombardeios do Iraque durante a guerra entre os dois países (1980-1988).

Os aiatolás de Teerã voltaram-se, anos mais tarde, para os russos, que mantiveram o andamento da obra em fogo brando como forma de manter sua influência para o regime xiita, sequioso de ter a usina.

A usina se chama Bushehr.

Que não se perca pelo nome.

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × dois =

8 Comentários

Gerson em 20 de setembro de 2010

Gostaria de ouvir comentários à nínvel jornalístico sobre as ligações do Imperio do Mal, Ronald Reagan, a CIA, Bin Laden, Al Qaeda e se tem algum ligação com o ataque de 11 de setembro. Pois está parecendo que há entre a Rússia (parte do Império Soviético), algum rescentimento em relação aos EUA (pela ajuda e treinamento que os EUA prestou no passado aos seus inimigos - Bin Laden etc), e, salvo melhor juízo, essa ajuda que estão dando o Irâ, quanto à Energia Nuclear e respectiva Usina Atômica, não seria uma espécie de vingança ? Caro Gerson, Suas perguntas são complexas demais para responder em um comentário. Em termos gerais, diria que as relações internacionais não funcionam como as pessoais -- "uma espécie de vingança" A Rússia ajuda o Irã como parte de sua estratégia de influência nas áreas próximas a suas fronteiras, de um lado, e como parte de seu corpo-a-corpo com os Estados Unidos, de outro. Isso pode permitir ziguezagues como, por exemplo, a Rússia apoiar a condenação de determinadas atitudes do Irã na ONU, acompanhando os Estados Unidos. Abordarei esses temas de alguma forma em posts futuros na seção "Vasto Mundo". Obrigado por sua visita e volte sempre. Abraço do Ricardo Setti

Dia D... em 19 de setembro de 2010

A diferença entre o louco xiita e o bobo da corte é que o lunático de lá estudou, tem conhecimento de causa; o mico global é o perigo-manipulado-ambulante que não sabe de nada e acha que sabe tudo, pode explodir a qualquer momento. Digas com quem andas... sinceramente, a quem Lula serve?!, quem é o cérebro de Lula?!, o que está por trás de Lula?! quem é esse que tem o mapa da mina?!... que tem, tem!... Nosso dia D está chegando mas não será o do Desembarque das aliadas falanges do bem para nos libertar... será o dia da Detonação!...

Maria Teresa em 17 de setembro de 2010

A maior arma de destruição em massa é a manipulação da ignorância que acontece no Brasil. Nós não temos oposição; a cegueira é coletiva. Até os jornalistas da Veja acreditam que Serra faz oposição a Lula. Estamos completamente perdidos. Serra sempre foi o maior cabo eleitoral de Lula: catástrofe mais que anunciada. É uma vergonha que um país com 190 milhões de cidadãos, tenha um Desqualificado (estou medindo as palavras) que será sucedido por essa Mutação-Transgênica por falta de Algo-Menos-Ruim para bater de frente. Senhores JORNALISTAS, ACORDEM!!! A Veja sempre prestou grandes serviços à Nação; não deveria ter tomado partido de nenhum candidato, mostrando a verdade doa a quem doer, como deve fazer a verdadeira imprensa livre e competente. O que está acontecendo no Brasil é ASSUSTADOR!!! Salve-se quem puder...

Rafael SC em 17 de setembro de 2010

Olá Sr. Setti, lendo seu texto, lembrei do Iraque, os EUA afirmavam que havia armas de destruição em massa. Agora o Irã se prepara para enriquecer urânio, será que Obama vai cometer o mesmo erro que Bushehr, digo, Bush? Um abraço.

Renata em 17 de setembro de 2010

Este 'e mais um assunto que os meios de comunicacao em sua gerande maioria nao coloca de forma clara e didatica para o povo perceber a que tipo de governo nosso atual governo se alia! Personalidade perigosa nos rondam ultimamente!

Vincenzo Galo em 17 de setembro de 2010

A pretensão de Lula de achar que pode "amaciar" esse tarado do Irã seria comica se não revelasse ingenuidade ou má-fe´. O regime desses loucos é repudiado no mundo inteiro, e o Brasil faz papel vergonhoso.

Emanuel Fischer em 17 de setembro de 2010

Deus do ceu, esses doidos vao acabar mesmo fazendo a bomba atômica.

maisvalia em 17 de setembro de 2010

SE ACONTECER O PIOR, PODEREMOS CULPAR AQUELE QUE NUNCA ANTES NESTE PAIZ SOUBE DE ALGUMA COUSA, HEHEHE

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI